1. Spirit Fanfics >
  2. Black Clover - Os sem magia. >
  3. Segundo dia.

História Black Clover - Os sem magia. - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Segundo dia.


A luz da lua cheia passava lentamente por trás das nuvens, deixando apenas uma pequena iluminação no quarto dos jovens que dormiam calmamente em suas respectivas camas. Essa noite calma foi retirada da jovem, que começava a ter alguns pesadelos envolvendo ela e seu novo amigo.

No seu sonho, ela estava totalmente com bastante medo do que via. A garota presenciava uma pessoa que parecia muito uma fera jogando seu companheiro com tudo em uma parede. E quando a mesma olhou para seu amigo, ele estava com vários ferimentos graves no corpo inteiro. Seu corpo tremia, seus olhos não acreditavam no que estava vendo e lentamente ela ouvia os passos dessa fera vindo em sua direção.

Ainda totalmente paralisada, e com uma certa raiva no seu rosto, seu grimório de cinco folhas começava a brilhar cada vez mais, e mais forte. Coisa que só aconteceu uma vez quando ela recebeu esse grimório. E quando ele se abre, a mesma sente uma energia estranha no seu corpo. Até perceber que várias marcas estavam surgindo no seu braço esquerdo.

Depois disso, ela acaba despertando do seu sonho bem assustada.

- Um pesadelo...de novo….esse foi diferente dos outros...

A princesa sim já teve outros pesadelos, que envolviam sua família e o quanto eles a menosprezavam. Só que nesses pesadelos, ela ouvia uma voz doce a chamanando. E quando pensava em desistir, essa mesma voz a chamava. Por algum motivo que a mesma desconhece, essa voz parecia ser aconchegante e protetora.

- O que era aquilo...e...por que eu sonhei com isso….

A jovem olhou para a janela do local por alguns instantes e voltou a dormir ainda bem pensativa sobre o que tinha acabado de acontecer. E com isso, essa noite iria se desfazendo e os pequenos raios de sol começavam a nascer.

Em meio a batidas fortes na porta do quarto o garoto acaba acordando em um pequeno susto. Mas logo se acalmou e foi ver quem era.

- Está preparado Asta? . - Um jovem de cabelo roxo e preto comentou enquanto olhava para o garoto que acabava de abrir a porta.

- Estou !!! Deixa eu apenas me arrumar !!!!

Sendo escandaloso como sempre, o jovem não apenas acordou sua nova amiga, mas também quase acordou os outros membros do esquadrão incluindo o capitão.

- Ai moleque !!! Acho bom você não me acordar se não eu te mato !!!!! - ele gritava do próprio quarto.

- Asjumento…- a voz vinha de trás do garoto em meio a bocejos -...você já ta gritando a essa hora da manhã ?

- Me desculpe !!!

- Acho bom se desculpar já que sou da….realeza 

- Vocês dois se preparem ! Vou mostrar as tarefas que devem fazer pelo menos uma vez a cada semana seus paspalhos !!

- Pode deixar !!!! - o jovem gritava

- Eu sou da realeza, não preciso fazer nada - ela cruzou os braços e empinou o nariz.

- Claro que precisa !!! Sua riquinha !!! E outra...como que tem duas camas nesse quarto ? - ele apontou para a cama do Asta 

- Nem eu sei… - a princesa colocou uma das mãos na cabeça

- De qualquer forma !! Se arrumem e se preparem seus malditos !!!

Esse delinquente sai da porta do quarto e desce as escadas. Enquanto o jovem não pensou duas vezes e começou a vestir sua roupa de sempre que estava jogada em um canto aleatório do quarto.

- E você Noelle ? Não vai se vestir ? - ele perguntava enquanto via sua companheira se cobrindo com o cobertor.

- E-e-eu só vou me vestir quando você sair do quarto Asjumento ! - seu rosto estava bem avermelhado.

- Certo !!! Eu já acabei !! - ele sai do quarto rapidamente e bate a porta com tudo.

- Ele tem algum tipo de problema ou é assim mesmo ?

A garota se levanta da cama ainda um pouco sonolenta, e por algum motivo ela não conseguia parar de pensar em o quanto estúpido o seu novo amigo era. Isso a deixava um pouco envergonhada.

- Ele é tão barulhento, e estúpido...não acredito que vou ter que aturar ele...mas ao mesmo tempo o Astúpido até agora foi o único que me apoiou e me disse para não desistir….eu ainda sinto uma pequena dor das marcas que possuo no braço...eu fui tão boba…não deveria ter feito isso….me punindo a toa...

Ela falava consigo mesma achando que ninguém estava escutando, mas mal sabia que o garoto que resolveu esperar sua nova amiga, estava ouvindo tudo de trás da porta. Ele começou a apertar a palma da sua mão bem forte, pois o que ele não gostava nada da ideia de tirar a própria vida, ou ficar se punindo para algo parecido. E o plebeu só não adentrou no quarto pois não queria ter uma cena constrangedora com sua nova amiga.

Se passou alguns segundos e finalmente ela saiu do quarto, e quando abriu a porta o jovem que estava apoiado na mesma caiu em cima dela.

- O-O-O-O QUE VOCÊ PENSA QUE ESTÁ FAZENDO AST-AST-ASTÚPIDO ?!! - ela empurrava o garoto que estava de costas para a mesma.

- E-E-E-EU SÓ TAVA TE ESPERANDO !!

Ao ouvir isso ela automaticamente deu um tapa na cara do garoto e o mesmo ficou quase inconsciente no chão. Seu rosto estava completamente vermelho como se ela tivesse ouvido outra coisa.

- E-E-E-E-E-E QUEM TE DEU O DIREITO DE FICAR ME ESPIANDO ?!

- EU NÃO ESTAVA TE ESPIANDO ! EU DISSE ESPERANDO !!!

- DE QUALQUER JEITO !!! QUEM TE DEU ESSE DIREITO ASCHUPIDU.. ?!!

- QUE ?!

- DEIXA ! - ela se acalma tentando esquecer o que ouviu - vamos ver logo o que aquele delinquente quer...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...