1. Spirit Fanfics >
  2. Black Florest >
  3. Cap. 17 - Grisha

História Black Florest - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpe se o capítulo ficou um pouco pequeno.

Capítulo 17 - Cap. 17 - Grisha


Tudo estava quase pronto, faltava pouco, tudo teria que estar pronto até está noite, onde a Lua Vermelha se levantaria e os poderes daqueles demônios iriam enfraquecer. Isso será vantagem para meus homens, o único problema seria enfrentar os titãs de sangue, eles só podem usar seus poderes durante a Lua Vermelha. Mas se aquela vadia cumprir o que combinamos, então a vitória estaria ao nosso lado.

Então eu poderei cumprir minha vingança e matarei o titã especial. Antes, Eren era meu filho, mas depois que se tornou o titã especial, deixou de ser e se tornou um inimigo. É meu dever mata-lo. E depois o enterrarei ao lado de sua mãe.

Ah, Carla que falta sinto de você. Mas ninguém lhe mandou vir para o porão e bisbilhotar no que não devia. Se não tivesse descoberto meus planos, nada disso teria que acontecer. E eu não teria que te matar.

Isso me lembra quando matei a mãe daquelas crianças Ackermans, Kuchel gritava desesperada enquanto lhe esfaqueava. Ela gritava para eu não machucar seus filhos que assistiam tudo. Aquilo foi poético. Uma mãe pedindo misericórdia aos seus filhos enquanto era morta.

Meu exército estava pronto, eram jovens e alguns velhos, havia também alguns caçadores de demônios. Perfeito. E melhor fica quando soube por ela que Kenny participaria também. Kenny Ackerman, o homem que todos imaginam estar morto. O que é bom, pois ninguém estará preparado para lutar contra um Ackerman que todos imaginam estar morto.

- Por enquanto sim - diz aquela voz psicótica. Ela estava aqui, olhando para mim enquanto estava sentada a minha frente com suas pernas cruzadas. Ela estava com o rosto e as mãos enfaixadas pelas marcas de queimaduras. - Não consegui essas queimaduras sozinha, não é Grisha?

Olhar para elas me lembra aquela noite, quando taquei fogo no castelo, matando assim o rei, deveria ter matado também a princesa e a rainha. Mas elas duas sobreviveram, infelizmente.

- Minha filha sobreviveu por que estava acompanhada daquela Friz que usou o seu poder de terra para proteger as duas, caso contrário ela também teria morrido.

- Então, ela tem uma namoradinha? Que fofinho... Adorarei matar essas duas pragas.

- Faça o que quiser, não está nos meus planos entrar no conflito. Vou apenas observar de longe - ela olha para o lado antes de voltar sua atenção para mim. - E o que fará em relação ao seu filho mais velho?

- O que tem Zeke?

- Bom, terá que explicar a ele aonde a mãe e o irmão estão, porque ele acabou de chegar.

Ouço a porta do andar de cima se abrir e se fechar, e então passos largos. Respiro bem fundo. Pego a faca que está em cima da mesa e caminho até a porta do porão. Não estou nenhum pouco interessado em responder perguntas e nem de ter outro bisbilhoteiro.

- Pai? Onde está a mãe e o Eren?

- Não se preocupe, meu filho. Você logo os verá.

 

[...]

 

Sanidade? Sanidade é algo que perdi a muito tempo. Quando Dina foi morta por aqueles terríveis demônios, jurei vingança contra todos eles. Me aproximei dos Ackermans, fingi ser amigos deles para poder saber tudo sobre Eldia, sei de cada fraqueza, sei de cada poder. Depois os matei e poupei somente as crianças,, como Kenny pedira.

Meu exercito enfim estava pronto, todos vestiam armaduras e usavam armas com balas com resíduos de Cristal, suficientes para matar qualquer demônio. A Lua Vermelha estava quase chegando, só falta esperar.

 

Armin

Algo não está certo. 

Nada, aparentemente, está correto. Os humanos treinado para poderem matar os demônios - isso se é que eles morrem -, o desaparecimento de Eren, as lagrimas de Grisha, o sumiço de Carla - que todo dia vinha trazer algo para todos comerem -, e agora ouvi que Zeke retornou, mas até agora não o vejo. Algo realmente está estranho.

Mas algo que em chamou mais atenção e que aparentemente ninguém mais notou, era como Grisha sabia que a luz da Lua Vermelha os poderes dos demônios enfraqueceriam? Como ele sabia sobre a fraqueza era o Cristal?

Certo que Grisha passou muitos anos de sua vida caçando e lutando contra os demônios, mas também não significa que dá para saber de tudo isso, só lutando.  Tem algo a mais nisso, eu sinto isso.


Notas Finais


Lavem bem as mãos, senão vou mandar o Grisha fazer uma pequena visita para vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...