História Black Moon - ABO - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Abo, Alfa, Bangatan Boys, Bts, Hobi, Hoseok, Jeon Jungkook, Jikook, Jimin, Jin, Jung Hoseok, Jungkook, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Kookmin, Min Yoongi, Namjin, Namjoon, Ômega, Park Jimin, Rapmonster, Seokjin, Suga, Taehyung, Taeseok, Vampiro, Vhope, Yoomin, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 685
Palavras 1.656
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


----------------- BOA LEITURA ----------------

Capítulo 33 - THIRTy THREe


Fanfic / Fanfiction Black Moon - ABO - Capítulo 33 - THIRTy THREe

33.

 

Jimin nunca havia corrido tanto em toda a sua vida. Ele estava em disparada pela rua. A tarde tinha ido embora e dado lugar ao começo da noite. O céu estava ganhando tons escuros de azul, laranja e rosa. Enquanto isso o menor corria em direção a sua casa.

 

Precisava encontrar Suga. Pedir desculpas pelo término. E simplesmente abraçar o seu vampiro. Era só isso que o ruivo queria. Estar nos braços do outro.

 

Eles haviam ficado separados apenas por algumas horas, mas Park detestou cada segundo daquilo. E tinha certeza de que não queria sentir nada parecido com aquilo nunca mais.

 

No começo era divertido brigar com Yoongi. Até mesmo porque eles se conheceram assim. Trocando farpas e olhares atravessados, no entanto, depois de que embarcaram naquele namoro, era péssimo estarem brigados.

 

O rapaz estava em sua forma de lobo. O que lhe dava muito mais velocidade que um homem comum. O animal virou uma esquina. Estava a duas de sua casa. E foi nesse exato momento que ele viu uma criatura pálida com cabelos negros brilhosos e voando com o vento. Suga também corria. E em sua direção.

 

Minie não perdeu tempo. Correu em disparada para se encontrar com o vampiro. E antes que eles dois estivessem próximos, ele saltou no ar e aterrissou em forma de homem.

 

Seus pés mal tocaram o chão e Min o agarrou. Envolveu a cintura alheia com seus braços. Jimin agarrou as costas do mais velho e afundou o rosto em seu peitoral. Assim como Suga apoiou o queixo no ombro do ruivo.

 

As respirações de ambos estavam descompassadas. Eles puxavam o ar com força. Tanta que chegava a fazer barulho. Podiam sentir seus corações completamente acelerados e a ponto de parar de exaustão. Os dois rapazes estavam quentes. Um pouco trêmulos de tanto correr. Park até estava começando a suar.

 

O híbrido se agarrou mais ao corpo alheio. Sentia a pele do outro contra a sua lhe causava uma sensação tão boa. Aquilo de certa forma o estava deixando mais calmo.  Principalmente os carinhos que o vampiro fazia em sua cintura.

 

O mais alto também estava se deleitando com aquele contato. Com a deliciosa sensação de ter o seu tampinha em seus braços. O cheiro de Minie. O jeito que ele se agarrava ao seu corpo. Tudo.

 

Então, os dois se afastaram um pouco.

Apenas o suficiente para que seus olhares se encontrassem.

 

- ME DESCULPE EU... –os dois disseram ao mesmo tempo. O que os fez sorrir.

 

- Foda-se. –soltou o ruivo. – Eu não ligo para mais nada do que aconteceu. E chega de pedir desculpas.

 

O mais velho assentiu com a cabeça.

Sorriu brevemente.

 

- Eu só quero voltar com você. –soltou Suga.

 

- E nunca mais te largar. –completou o outro.

 

Ambos tinham os olhos marejados.

Aquele término havia lhes dado um susto.

E tudo que queriam naquele momento era ficarem juntos.

 

Yoongi levou suas duas mãos em direção ao rosto de Park. Segurou o mesmo com gentileza e passou a fazer alguns carinhos em suas bochechas. Foi se aproximando devagar. Até que seus lábios estivessem perturbadoramente próximos uns dos outros.

 

O de cabelos pretos roçou sua boca contra a de Minie. Sorriu ao sentir o outro se arrepiar. E porque finalmente podia beija-lo novamente. O seu tampinha ruivo. O seu namorado.

 

Minie se aproximou mais e interrompeu aquela tortura. Seus lábios se selaram. Em um beijo quente. Apaixonado. Um beijo que marcava a reconciliação dos dois naquele momento.

 

Min invadiu a boca alheia com a língua e passou a explorar cada cantinho. Como se aquela fosse à primeira vez que eles trocavam aquele contato mais íntimo. Suas línguas se encostavam suavemente e fazia os dois se arrepiarem.

 

O mais novo chupou o lábio inferior do vampiro. Deu uma leve mordida no local. Depois outra, só que um pouco mais forte do que da outra vez. Então, passou a língua pelos lábios do namorado e sorriu o ouvi-lo gemer baixinho. Por fim, aprofundou o selar novamente.

 

Depois de alguns longos segundos eles se separaram.

O ar se fez necessário.

 

Mas Suga não conseguiu se segurar e depositou alguns selinhos no pescoço alheio. Até passou a língua no local e lhe deu algumas mordidas leves e alguns chupões nem tão leves assim.

 

Suas mãos voltaram para o rosto do ruivo.

Os dois rapazes se encararam e sorriram.

 

- Eu senti tanta falta da sua boca. –Yoongi deu um selinho no menor. – Do seu cheiro. –outro selinho. – Do seu toque. – mais um. – Do jeito que você me abraça. –outro selinho, contudo, mais demorado e profundo que os outros.

 

- Eu também. –lambeu os lábios. Jimin ainda sentia o gosto do vampiro em si e estava adorando aquilo. – Mas...

 

- Mas? –o outro perguntou preocupado.

 

- Olha, eu queria prometer que nunca mais vamos brigar, só que isso será impossível. –ambos sorriram. – Mas pelo menos quero que prometamos nunca mais terminar sem motivo. E nem por conta da primeira briga idiota que surgir.

 

- Eu prometo. –Suga roubou mais alguns selinhos do namorado. – Eu não quero te largar nunca mais. –disse abraçando o híbrido apertado.

 

- Acho bom me largar.

 

- Por quê? Estou te abraçando muito forte.

 

- TEM UM CARRO SE APROXIMANDO E ESTAMOS NO MEIO DA RUA! –berrou o rapaz.

 

Min o pegou no colo e correu para calçada rapidamente.

Os dois gargalhavam alto por conta daquilo.

 

- Mal volto com você e quase me meto em confusão de novo. –sorriu o vampiro.

 

- Quase se mete em uma cama de hospital. –brincou. – Mas vá se acostumado, Park Jimin é uma confusão pura. –piscou.

 

- Eu sei disso desde a primeira vez que nos falamos. –sorriu malicioso. – Mas sabe de uma coisa... –puxou o corpo alheio para mais perto do seu. Suas mãos desceram pelas costas do ruivo e agarraram suas nádegas firmemente. – Eu adoro uma confusão.

 

- Que tal você calar a boca agora. –devolveu o mais novo.

 

Logo em seguida, Jimin agarrou as costas do outro.

Yoongi quebrou a distância entre seus lábios e o beijou.

 

[***]

 

- GENTEEEEEEE! –resmungou Seokjin. – Eu não acredito que vocês quase terminaram por causa de uma idiotice dessas. –o moreno revirou os olhos.

 

Os seis estavam na mesa do refeitório da escola. E Suga e Park havia contado para os três que não sabiam que no dia anterior os dois tinham terminado por algumas horas.

 

- Felizmente percebemos que era idiotice a tempo. –o ruivo pegou na mão do namorado e sorriu para ele.

 

- Que bom mesmo. Porque eu teria dado um belo chute no saco dos dois. –disse Jin. – Quando eu acho que você não consegue me surpreender mais fazendo merda... –encarou Park e começou a gargalhar.

 

- Não me enche o saco Seokjin. –reclamou o menor.

 

- Eu não quero encher, eu quero é chutar. –riu ainda mais alto.

 

- Enfim, o que aconteceu já ficou no passado e... –Yoongi passou um braço pelos ombros do mais novo ao seu lado. – E agora estamos melhores do que nunca. –beijou a bochecha alheia.

 

- Quem vê o Min todo fofinho desse jeito nem pensa que ele é o vampiro mais rabugento do mundo. –comentou Jin.

 

- Ele só é assim comigo. –piscou Jimin.

 

- Hmmmm danados. –o ruivo e o moreno gargalharam.

 

- Espera, eu não entendi uma coisa. –soltou Tae e todos da mesa o encararam.

 

- Só uma? Que milagre é esse? –brincou Seok e o outro ômega mostrou o dedo do meio para ele.

 

- Fala o que você não entendeu. –pediu Hoseok.

 

- Como é que eu transformo potência em número decimal mesmo?

 

- O QUÊ? –a mesa disse junta.

 

- Eu achei que você não tinha entendido sobre a nossa confusão de ontem. –comentou Jimin.

 

- Isso eu entendi. O Hobi me contou tudo ontem. Estou com dúvida em algumas coisas que eu vi na aula de matemática hoje. –respondeu o de cabelos brancos.

 

Os outros rapazes se entre olharam.

Estavam todos com cara de paisagem.

 

- Gente, às vezes eu acho que o Tae faz isso de propósito. –soltou Namjoon. – Sério!

 

- Eu concordo. Vai que ele é algum tipo de gênio e está enganando a todos nós. –disse Yoongi.

 

- Só se for gênio da lâmpada. –Jin gargalhou.

 

- Nem é. –Jung os interrompeu. – Já esfreguei o meu pequeno tanto, e não saiu gênio nenhum. Saiu outras coisas, mas gênio não. –contou o avermelhado.

 

A mesa gargalhou.

Menos Taehyung.

Ele ficou corado e deu um tapa no braço do vampiro.

 

- Ainda estou impressionado com o Hobi. –disse o alfa de cabelos roxo.

 

- Por quê? –perguntou Hoseok.

 

- Por você ter tomado a iniciativa e ido falar com o Yoongi. Achei que você tomaria o lado do Minie e iria ficar putão com ele. –encarou o vampiro de cabelos negros.

 

- Que nada. Depois que o Minie me contou tudo, eu soube que terminaram por idiotice. E porque são duas mulas empacadas de cabeça dura. –revirou os olhos.

 

- Mula é a senhora sua tia. –bufou o ruivo.

 

Min o abraçou um pouco mais apertado.

Estava contendo a sua ferinha.

 

- Ah, e eu nem agradeci pelo empurrãozinho que você me deu. –Suga encarou o de cabelos vermelhos.

 

- Relaxa. É para isso que servem os amigos.

 

Os dois trocaram um aceno de cabeça.

E um sorriso.

 

- E quem foi que convenceu o Minie de que ele estava sendo orgulhoso e infantil? –perguntou Hyung.

 

Os outros rapazes encaram dele para Jimin.

Depois franziram o cenho.

Estavam um pouco chocados por não terem pensado naquilo, mas Tae sim.

 

- Boa pergunta. –soltou Seok.

 

- O Kookie falou comigo. –o de cabelos pretos ficou um pouco tenso em seu lugar. – Ele que me disse para correr atrás do meu vampiro. –beijou a bochecha do outro algumas vezes.

 

E isso fez Min ficar menos tenso.

Pelo menos Jungkook servira para alguma coisa” pensou ele.

 

- CONTINUA -


Notas Finais


semana que vem tem mais
fui
se lasquem
beijos
aiahaiahuahau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...