História Black Moon - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Die Antwoord, Melanie Martinez
Personagens Jimin, Jungkook, Melanie Martinez, Ninja, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, Yo-Landi Vi$$er
Tags Wtf
Visualizações 6
Palavras 666
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Depois de meses voltei vou dar uma arrumada no primeiro capítulo

Capítulo 2 - :;2


Fanfic / Fanfiction Black Moon - Capítulo 2 - :;2

Agora vamos começar com a S/n

Em meio a escuridão de meu quarto ouso uma quebra de silêncio que era característico do meu celular.

Me levanto dou uma leve espreguiçada, coloco minhas pantufas de panda,que havia ganhado de minha irmã, a única coisa que ganhei dela...; Vou até o meu celular que estava em cima de um criado-mudo,disligo o alarme e vejo as horas, era cedo 4:40,mas era algo que já havia me acostumado,me viro colocando o celular no bolso de minha blusa,sigo em direção a porta aonde empurro com leveza com isso a porta de madeira da um leve rangimento que me fez da um leve susto mas sem reação ,vou dando passos leves até às escadas que desço com calma chego aonde seria a minha sala passo por ela indo até minha cozinha na onde preparo um chá no microondas; Após pegar o meu chá vou saindo da cozinha e me direciono para a sala e me sento no sofa,ligo a TV com o controle que estava no canto, depois de algum tempo já havia tomado o meu chá ,então me levantei e fui para o banheiro,fiz minhas higines,sai do banho com a toalha enrrolada no corpo em direção ao meu quarto pego meu uniforme mas resolvo fazer uma coisa diferente,pego um colar de erança de minha família que já era bem velho,ando até a minha sala e levo minha bolsa carteira com todos os meus livros da biblioteca além daqueles que a escola havia disponível, peguei as chaves e saí.

{Quebra de tempo}

As aulas haviam acabado, peguei todos os meus livros de baixo da carteira,levando-os para fora da sala indo em direção a biblioteca, havia guardado todos,senti algums olhares confusos sobre mim, sobre minha ação estranha,em um estante daquele local indo diretamente para as escadas na onde desci normalmente chegando até a entrada de minha escola, quando passei para o lado de fora senti um alívio como se um peso havia saído de minhas costa mas; observei o céu que estava fechando, não havia levado o guarda-chuva mas não me importava,nada mais me importava..., quando percebi que já estava no portão de saída da escola e de volta para o infer...realidade,estava sozinha, sempre arranjava um jeito para sair antes da multidão,segui meu caminho que era em direção a uma ponte,na esquina da escola ouso o sinal junto com a chuva dou uma acelerada nos meus passos. Depois de um tempo cheguei na ponte meu último destino viva, joguei minha bolsa encharcada no chão,fui até o para-peito subi no mesmo, olhei para baixo o rio que passava por lá estava violento ao mesmo tempo enchendo, fechei os meus olhos joguei meu pé para frente me dando impulso mas senti algo quente envolver minha cintura eram braços que me trazia para traz com o desiquilibrio cai em cima de alguém como resposta olhei para quem havia me puxado éra um garoto que estava com o uniforme de minha escola logo meus olhos faram ao rosto do mesmo que me incarava assustado me levantei rapidamente peguei minha bolsa e corri em direção a minha casa quando chego tranco a porta e caio de joelhos começo a chorar com as forças que me restavam me levanto e vou para o banheiro ligo o chuveiro e caio no chão fico por ums 30 minutos até ouvir o toque do meu telefone me levanto me enrolo na toalha e saio do banheiro pego o telefone: 

  Alô -Falo com a voz rouca

                                Oi queria falar com a S/n

Sou eu...quem seria?

                  Nossa não reconheceu minha voz

Yolandi!

                                           Obviamente

Porque você está me ligando?

     Provavelmente terei que passar um tempo ai

hã.. porque e quando?

 Te explico quando estiver aí,provavelmente semana que vem...Thau tenho que ir.....

Ela desligou, provavelmente ela fez alguma merda no Japão para está vindo aqui percebi que era cedo mas estava cansada então subi para o meu quarto coloquei o meu pijama e fui para cama, só queria dormir e nunca mais acordar, preferida viver em um mundo de escuridão do que um inferno. 


Notas Finais


Vou arrumar essa porra toda porque tá uma merda é desculpa pelos erros de português porque não sou formada e sou ruim


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...