História Black Pearl - Park ChanYeol (Long FanFic) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Personagens Originais
Tags Exo, History, Park Chanyeol
Visualizações 37
Palavras 746
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Esporte, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - "Dead Men"


Fanfic / Fanfiction Black Pearl - Park ChanYeol (Long FanFic) - Capítulo 2 - "Dead Men"

💭ChanYeol

O sinal do colégio soou dando o fim das aulas, eram seis horas da tarde, alguns já estavam na saída, outros conversando assuntos aleatórios nos corredores, enquanto nós arrumava tranquilamente nossos materiais. Saímos da sala de aula acompanhados por Sook, a garota dos cabelos pretos assim como seus olhos, iria a metade do caminho conosco depois partiria pra sua residência. Alguns nos conversava entre si mesmos, outros iam calados, caso de KyungSoo e Sehun, ambos com as mãos nos bolsos de suas calças e calados. Paramos em frente a uma viela onde Sook entraria pra seguir a sua casa, nos despedimos da garota que seguiu seu rumo enquanto nós oito seguia um caminho totalmente diferente de nossa casa, iríamos para uma fábrica abandonada, onde teria uma pequena "luta" entre "gangues".

Sehun: Sabe, acho que se S/n estivesse aqui, ela taria nos dando um belo sermão. - Riu fraco balançando sua cabeça negativamente enquanto fitava o asfalto.

Suho: Não, ela iria entender, eu acho. Ela sempre foi compreensiva, provavelmente aceitaria.

- Do que falam ? - Me intrometi entre a conversa de Sehun e JunMyeon.

Suho: Sobre S/n aceite Sook. 

- Ah sim, entendo. - Sorri fraco ao lembrar da garota dos fios pretos.

Soo: Só acho que ela não gostaria, sabe-se lá o que Sook tentaria fazer a ela. - Pronunciou-se.

- Sook e gente boa, ela não faria mal a ninguém.

Sehun: Aparências enganam, meu amigo. 

Suho: Tentem ser compreensivos, ela é uma boa garota, e educada além das contas. - JunMyeon parou andar ao parar em frente a fábrica abandonada; dei de ombros continuando a andar pra de troca daquele estabelecimento que já está em péssimas condições, porém é o único lugar que podemos guerrilhar sem nenhum policial, ou pessoas de apostas de luta. Entramos naquele lugar empoeirado e imundo já encontrando quem iria "tentar" lutar contra nós; tudo bem, já faz um bom tempo desde que não ganhamos uma, ou saímos empatados, mas deve ser apenas azar do momento - Meses. - ou falta de treino diário.

...: Vejo que são pontuais.- Olhei para o meu relógio de pulso vendo ser dezoito e meia da noite, está era a hora marcada por eles.

Suho: Sim, não vamos enrolar, quero acabar logo com isso. - JunMyeon respondeu-lhe.

...: Claro, prontos para perderem ? - Sorriu em tom debohe enquanto foi nocauteado por JunMyeon.

E lá vamos nós.

Desviei de um golpe de um dos homens de quem estamos lutando, ou como gostamos de chamar, "Dead Men". Nao era de usar meu elemento, ainda mais em "lutas" como estás, eu jurava justo, apenas nos socos. 

Dei uma joelhada frontal no homem com quem lutava fazendo com que ele cambaleace para o lado; dei um soco lateral no rapaz cruzando sua linha frontal, visando em a acertar a lateral de sua cabeça. Fiz um golpe de UpperCut nele acertando seu queixo de baixo pra cima fazendo ele dar alguns passos pra trás. Por último dei um Round Kick (Chute Circular), usando todo o meu impacto acertando seu pescoço onde o "Dead Men" caiu com seu pescoço quebrado. Olhei pra os demais onde estavam apanhando bastante de seus oponentes, senti um impacto atingir meu abdômen fazendo-me recuar pra trás, senti outro impacto mais desta vez em meu rosto o que me fez transferir um Elbow ( Cotovelada) em seu queixo, apenas ouvi algo estralar após ser nocauteado por minha parte, olhei para o homem que havia me "socado" e o mesmo se encontrava no chão. Olhei para JunMyeon vendo-o limpar o sangue do lado de seu lábio superior e ajudar MinSeok a se levantar do chão 

- Acho que... Ganhamos 

Lay: Sim, tô exausto cara.- Resmungou estralando suas costas.

Suho: Vamos pra casa. - Colocou o braço de JongIn atrás de seu pescoço o ajudando a caminhar, apenas assentimos em silêncio e prosseguimos pra nossa casa por meio de uma floresta, onde era o lugar mais rápido pra fábrica, ou como alguns dizem, atalho.

(...)

- Tá tudo bem, Kai ? - Perguntei após jogada um soco com gelo em seu colo.

Kai: Tô, eu acho.

Soo: Apanhou feio viu, JongIn. 

- Não queria dizer, mas concordo com o Soo.

Kai: Omo!  Não enchem!

Sehun: Vou indo, boa noite. - Subiu as escadas indo para o seu quarto onde dividia com KyungSoo.

Suho/Chen/xiumin: Boa noite.

- Amanhã ainda é terça. - Resmunguei em preguiça.

Chen: Nem me fale - Marmurou - Bom, até amanhã. - Acenou e subiu pro andar de cima.

- Também já viu, boa noite aí. - Acenei e prossegui pro meu quarto onde dividia com JongDae.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...