História Blackout - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Alma, Anjos, Depressão, Deus, Oração, Sonhos, Subconsciente
Visualizações 12
Palavras 728
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá, desde de já deixo avisado que todas as imagens da fanfic foram retiradas do Pinterest e que infelizmente não consegui achar o nome dos autores.

Espero que gostem desse universo paralelo entre real e subconsciente.

Boa leitura!

Capítulo 1 - Start


Fanfic / Fanfiction Blackout - Capítulo 1 - Start

Sinto o ar escapando dos meus pulmões, meus olhos estão fechando instintivamente mas o meu corpo nunca esteve tão leve...talvez eu acabe me afogando.

-Kana? - Sinto uma mão quente sobre o meu braço e abro os olhos imediatamente.

-AAAAH – Me sento na cama enchendo os pulmões de ar.

-Você está bem? -Yui pergunta.

-Sim...agora estou! -Falo ainda ofegante.

-Aquele sonho de novo? - Ela me olha preocupada.

-Sim e está cada vez mais real. -Falo abaixando a cabeça e esfregando o rosto.

-Você devia procurar logo um psicólogo. - Yui me encara preocupada.

-Talvez… Vou me lembrar de procurar um. Que horas são? -Pergunto preocupada em perder a primeira aula.

-Ainda é cedo. Acordei com você gritando. - A ruiva me encarava com seus cabelos curtos bagunçados e seu pijama azul de bolinhas.

-Desculpe Yui. Vou me levantar, preciso chegar cedo na aula, o professor anda de olho nos meus atrasos.

-Está bem. Pode usar o banheiro primeiro.

 

Kana é uma moça de 18 anos, acabou de entrar numa faculdade feminina, mora em uma república com sua amiga que se formara junto com ela no colegial. Nos últimos dias, tem sonhado constantemente com água e na maioria das vezes ela está se afogando ou vendo alguém se afogar. Ainda não entende o porquê destes sonhos mas poderia apostar seu diploma que tudo se relacionava com Yoriuchi, seu colega de sala nas aulas de filosofia.

Era comum ser surpreendida por suas suposições e teses infundadas, no entanto, todas as vezes em que Yori a afrontava com alguma nova história, Kana parecia entrar em um profundo estado de hipnose, por isso tinha quase certeza de que seus pesadelos eram consequências das experiências malucas do rapaz. Precisava tirar satisfações mas antes precisava chegar cedo na aula de psicologia, seu professor passara a notar a recente mudança de comportamento dela e tem feito perguntas que a deixam desconfortável. Ela precisava voltar logo para a sua habitual rotina.

 

Enquanto a garota de cabelos castanhos e franjinha corria pelo campus, viu Yoriuchi de relance no pátio que dava acesso à praça de alimentação.

-O que ele faz aqui tão cedo? - Pensou.

Resolveu ir ver o que ele estava aprontando, tentou se aproximar sem fazer barulho, poderia jurar que tinha visto mais alguém com ele mas quando apertou seus olhos a pessoa havia desaparecido.

-Kana? O rapaz de cabelos longos presos em rabo de cavalo, alto, com olhos castanhos tão claros que se assemelhavam ao amarelo, sorriu ao vê-la.

-E a pessoa que estava com você? - Perguntou enquanto procurava ao redor.

-Pessoa? Eu estou sozinho. -Ele disse levantando a mão direita em direção aos meus olhos.

-Vamos Kana! - Apaguei.

 

-Essa não! De novo não! Socorro!!! - Kana estava embaixo d’água em um vestido longo branco, novamente lutando para manter seus pulmões cheios de ar.

-Kana, venha! - Yoriuchi estendeu sua mão e a garota se agarrou a ele.

Tentava controlar seu desespero mas não aguentaria por muito tempo.

-Respire Kana! -Ele falou como se estivesse ordenando.

-O quê? - Kana deixou o ar escapar mas ficou surpresa quando percebeu que não precisava prender a respiração.

-Onde estamos Yori? -Ela olhou em volta mas estava escuro, podia sentir o frio e o movimento da água mas não tinha mais medo.

-Vamos subir. -Ele falou e começou a subir sem nadar, como se tivesse domínio sobre a água. Começamos a subir e logo estávamos sobre a superfície de um lago no meio de uma floresta intocada.

-Tudo bem, Kana? Pode relaxar agora. -Ele falou encarando meus olhos negros com aqueles olhos amarelos. Eu poderia jurar que eles estavam brilhando.

Pisquei por um instante e estava de volta ao pátio da faculdade.

-O que foi isso? - Perguntei assustada.

-Foi uma visita ao seu mundo interior. Eu precisei entrar pra te salvar.

-O quê?

Ela estava em estado de choque, achava que estava realmente enlouquecendo. Talvez procurar um psicólogo não fosse má ideia.

-Kana? -Yori pegou em sua mão.

-Não! Fique longe! -Ela se soltou e correu para longe dele.

-Estou ficando louca!

-KANA! -Yori apareceu bem na minha frente. - Entre! -Tudo apagou novamente.

Seus olhos agora contemplavam a grama sob seus pés. -Yori… -o chamou querendo chorar e o chão começou a dissolver tomando a forma da água escura na qual ela sempre se afogava.

-Mantenha o controle! - Ele gritava.

-YORIIII!!!  


Notas Finais


Espero ver várias opiniões ao longo desse novo projeto. Conto com vocês!
Até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...