História Blackout - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 9
Palavras 757
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


:3

Capítulo 2 - 2


~Manhã seguinte após o estranho diálogo~

Sentado em sua carteira que se localizava próxima á porta logo atrás de Momo, Sugar ainda em seus pensamentos tentava encaixar as frases de Joonie de algum modo com que ele pudesse buscar alegria. "E se" pensou em um tom quase nulo, que só o mesmo conseguiria ouvir e logo renegou a ideia que surgiu em sua mente, confuso com tudo aquilo ele começa a tentar encontrar motivos para não só esse como os anteriores relacionamentos terem acabado da mesma forma."É isto" pensou alto quase deixando escapar um leve grito de seus lábios, os quais ele havia pressionado na intenção de não deixar que nenhum som ecoasse dele naquele momento de reflexão.

-Você está bem?-Ouviu de uma voz baixa da menina que se assentava atrás de Sugar naquele dia.

-Claro, por que não estaria?-Respondeu em um tom tanto quanto defensivo.

-Ok, então-Disse a menina enquanto se virava a frente para melhor se colocar a frente da pequenina tela de seu celular.

Sugar se ajeitará na cadeira na tentativa de copiar o que lhe era passado no quadro,mas em meio aos desvaneios de sua mente mal ele conseguia se manter atento ao que era pedido e prosseguiu assim até algumas horas mais tarde quando ouviu uma risada sedutora, como de uma criança que acabará de receber cócegas, se virou então para frente e observou momo, tipicamente com seu celular na mão reagindo a uns de seus vídeos favoritos.

-Meu Deus-Sorriu enquanto negava com a cabeça.

-O que foi?-Por acidente Momo havia escutado e ele rapidamente tinha tratado de disfarçar.

-Nada,estou apenas respondendo a professora-Sorriu tentando disfarçar o corado que havia ficado em suas bochechas.

Naquele dia, Sugar apenas queria observar Momo, parecia que seria a última vez que veria a garota,mas não era isso que o incomodava. Sugar tinha passado por más relacionamentos no passado, o qual fizerá com que ele se fechasse mais para as demais pessoas de seu convívio, apenas desabafava com Tahyan, Joonie e MoMo, mas ali não parecia a melhor situação para falar de Momo com a própria.

-Sugar-Escutou o grito distante lhe chamando.-Vamos comer? perguntou a garota.

-Mas já está na hora?-Perguntou confuso para a garota que assentiu e com leves puxões na blusa de seu amigo fazendo com que ele segui-se ela até a fila do almoço.

Chegando lá olhou preocupado a sua volta como se procurasse por algo, mas seu olhar perdido indicava que não havia o que e nem quem ele estar procurando nesse momento.

-Você está bem?-Perguntou Momo.

-Sim, só um pouco sem fome-E sem se concentrar nas falas da mais nova continuava a procurar algo que não existia.

-Você está me irritando,diga logo o que procura.- E com um suspirar pesado do colega, percebeu que ele não fazia aquilo durante os últimos cinco minutos á procura de algo e sim tentando se concentrar nos pensamentos que pairavam sobre ele.

-Só queria que fosse mais simples.-Dizia Sugar enquanto o olhar de Momo, passeava sobre o semblante frustado do amigo.



[...]


O sinal tocou e já era hora de retornar para as salas, Momo como sempreu retornou junto com seu amigo, que após o almoço não se encontrava mais cabisbaixo e sim alegre como nos outros dias. MoMo ficou intrigada ao começar a pensar o por quê de Sugar ter agido de maneira tão estranha e repentina. Porém ignorou os pensamentos e seguiu, apenas observando o amigo que passava comprimentando os mais velhos com um sorriso, que nem parecia que minutos antes dava espaço para uma seriedade quieta e sem expressão. 

-Tahyan.- Gritou de maneira leve chamando a atenção do amigo que Sugar insistia em conversar pelo menos uma vez por dia.

Sugar tentou se aproximar e tentou abraçar o mais velho, porém menor que ele e como de costume foi recusado, mas Sugar não ligava, já estava acostumado com aquilo e sentia feliz só com as piadas e brincadeiras do amigo.

Tahyan já tinha conhecimento do estranho compartamento que Sugar podia ter às vezes e não quis dar importância para tal atitude rotineria do mais novo, e quis alegra-lô e soltou uma de suas piadas sem graças mas que arrancavam gargalhadas do amigo.

~O Sinal soou~

Todos se poseram em seus lugares para o início da penúltima aula do dia e mais cansativa.

Sugar ainda confuso,guardava seus pensamentos em secreto enquanto admirava as risadas de MoMo junto da amiga reagindo a algo em seu smartphone. Sugar novamente sorriu e de maneira discreta pós a mão no rosto como se admirasse uma paisagem e logo se despertou quando viu o que estava fazendo. E apenas chamou Momo e começaram a rir de seus antigos cortes de cabelo.




Notas Finais


Próximo capítulo dentro de 5 dias


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...