História Blast Heart «Jikook» - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Blast Heart, Bts, Drama, Fanfic Jikook, Jikook, Jimin, Jungkook, Romance, Segunda Guerra Mundial, Yaoi
Visualizações 124
Palavras 1.081
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEEEI
Nossa senhora gente demorei um cadinho sidndid
Perdão aaa
Agr é feriado e nois ta suave.

Obrigado muito pelos favoritos aaa
Tomara q gostem
2bj

Capítulo 4 - 0.4| Quarto


Jungkook estava acostumado a acordar cedo, já que necessitava trabalhar na horta de casa ou exercer trabalhos domésticos, era o filho mais velho e esse era seu dever.

Porém, isso parecia algo muito pior e incômodo vindo de generais que gritavam a batiam nas cabeceiras das beliches. Os olhos escuros abertos num susto foram diretamente para cima, assim como sua cabeça, o fazendo bater a mesma na cama de cima.

Reclamou pela dor repentina encolhendo o corpo e levando sua mão até a testa.

— Aish...

Depois disso, apenas viu duas pernas grossas desceram ali de cima, Jimin já vestia rapidamente seu uniforme e nem mesmo sono transparecia.

Jungkook decidiu copia-lo, afinal, ele era um soldado 'frequente' e provavelmente sabia o que devia ser feito no dia a dia.

Os outros soldados já experientes faziam a mesma coisa então Jungkook fez como eles, pegando sua bolsa e colocando seu uniforme do modo mais rápido que conseguia e em questão de segundos, ele já estava pronto

— Sentido! — Uma voz ecoou da porta novamente, era rouca e mais velha. Jungkook o reconheceu sendo o mesmo general que o acordara antes.

Todos os rapazes ali se puseram em fila na frente das camas na melhor postura existente e encarar o nada com seriedade máxima.

— Os veteranos devem ter notado os novatos aqui! — Gritava o general — Eles vão ajudar numa missão internacional, ainda não temos muitas informações! Mas por ora, treinaremos os novatos com dureza, e os veteranos terão de fazer isso!

Um silêncio se pôs no dormitório, o general caminhou alguns passos com ar autoritário e em seguida voltou a falar.

— Se pensam que eu vou ficar limpando as fraldas dos novatos, eu não vou! Quem vai cuidar disso serão os soldados já treinados!

O gerenal tirou as mãos da cintura e caminhou até a porta, antes de sair, virou levemente sua cabeça e completou:

— Vocês tem cinco meses para transformar esses garotos em homens.

Dito isso, os passos do homem foram ouvidos porta afora, os soldados em fila relaxaram seus ombros e se encararam com certa surpresa.

— Aigoo... — Jimin balançou a cabeça, incomodado — Eu virei treinador?

Jungkook encarou o mais velho.

— Não parece tão ruim assim... — Observou, juntando as sobrancelhas.

— Você sabe usar uma arma?

Jungkook negou.

— Então é horrível.

»«

Jungkook não havia entendido por que Jimin havia sido tão rude em relação ao assunto, oras, podia ser ruim, mas ele não era idiota, e garantia que nenhum dos garotos que vieram no caminhão também não se tratavam de retardados.

De qualquer modo, Jeon pode notar curiosamente que a personalidade de Jimin de ontem a noite era diferente da de agora. Talvez já estivesse irritado com seus alunos mas, não faziam cinco minutos que Jungkook tentava dar apenas uma flexão.

Alguns dos soldados preferiram ficar atrás das cortinas enquanto alguns dos soldados melhores treinados davam as ordens do treinamento. As filas de garotos novos parecia ser patética para Jimin, que fora um dos soldados que ficaram na liderança de treinamento. Não que Park tivesse sido diferente em seu começo ali, mas Deus! Não se lembrava de como poderia ser lerdo e fraco.

Ele notou que, seu colega de beliche, Jeon Jungkook tinha estrutura forte, porém não possuía a força para exercer no mínimo cinco flexões. Caminhou até ele.

Os olhos do Jeon subiram até seu "comandante" com certo receio, se dependesse da personalidade  rude, ele temia que algo ruim estava por vir.

— Você não consegue? — Encarou o mais novo.

— Consigo — Jungkook desviou o olhar de Jimin, aquilo lhe causava uma sensação de pressionamento, e era exatamente isso que Park queria transmitir no momento.

Os outros soldados encaravam o momento pelo canto do olho, e os "treinadores" haviam parado por alguns segundos as ordens e gritarias para observar a cena. Entre eles, estavam os amigos de Jimin.

— Então faça dez — Jimin ordenou, e quando Jungkook suspirou, prestes a começar as flexões, Park completou — Olhando para mim, bem nos meus olhos.

Jungkook ficou parado por alguns segundos e finalmente, subiu seu olhar para o mais velho, agachado em sua frente, seus olhos escuros se fixaram nos de Jimin com a mesma intensidade da voz superior do mais velho.

Os braços de Jeon se levantaram com força, pareciam tão fracos de repente...

— Um — Jimin contou assim que o corpo de Jungkook atingiu a altura de seu olhar e voltou para baixo com fraqueza, porém, o olhar do mais novo carregava certa raiva.

Jungkook subiu novamente com seus braços já cansados.

— Dois — Jimin encarava o mais novo com frieza.

Um suspiro pesado saiu dos pulmões de Jungkook enquanto ele não desviava seu olhar de Jimin, seu corpo parecia amolecer aos poucos.

— Três — Os olhares de Hoseok, Yoongi e Taehyung se fixavam na cena, os três apreensivos e certamente surpresos.

— Quatro — Park contou mais uma vez assim que o corpo do mais novo se levantou novamente.

— Cinco — Namjoon, que fazia suas flexões com facilidade, encarava a cena também, apreensivo. Aquele rapaz havia lhe chamado a atenção e de certo modo, sabia que não desistiria das flexões.

— Seis — Dessa vez, Jungkook quem contou alto, quase num grito, interrompendo Jimin. Afinal, a raiva já falava por ele.

Jimin arregalou seus olhos, impressionado, por um momento, seus lábios entreabertos refletiam confusão e surpresa. E mais uma vez, quando o corpo já trêmulo de Jungkook se levantava novamente.

— Sete! — Jeon gritou mais uma vez, calando mais uma vez o mais velho, que engoliu em seco e gritou junto com o mais novo.

— Oito! — As duas vozes gritaram e nenhum deles ainda ousava tirar seus olhos um do outro.

— Nove! — O suor que escorria da testa de Jungkook pingava no chão e seus dentes cerrados expressavam esforço.

— Dez! — Uma última flexão foi feita antes de Jungkook cair repleto de cansaço no chão enquanto ainda mantinha seus olhos em Jimin.

O mais velho levantou sem dizer nenhuma palavra e caminhou de volta até os outros soldados para a próxima tarefa.

»«

Mais tarde daquele dia, Jimin caminhava até o refeitório novamente, ele sabia que naquele horário, o local se encontrava praticamente vazio e ele poderia fazer um lanche com sossego.

Mas ele já sabia que encontraria seus amigos no local e assim que os viu, sorriu aliviado.

— Jiminie — Yoongi tinha seus braços cruzados e estava sentado na mesa.

— O que? Aish... É sobre o treinamento de hoje? Porque se for...

— Conversaremos sobre isso depois — Taehyung o interrompeu — Alguém veio falar com você.

Detrás de Hoseok, surgiu um corpo masculino alto. Extremamente familiar para Jimin.

— Ah! Namjoon! Quanto tempo!


Notas Finais


AAAAAAA
JIMIN CONHECE O NAMJOON
JIMIN TA DIFERENTE
JUNGKOOK TA DESTEMIDO
OLHAA AS COISA

Ai Sherlock respira

Tomara q tenham gostado
Até o proximo
2bj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...