1. Spirit Fanfics >
  2. Bleach ga Kill >
  3. Uma noite intensa

História Bleach ga Kill - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Uma noite intensa


Fanfic / Fanfiction Bleach ga Kill - Capítulo 7 - Uma noite intensa

Os Jaegers foram todos reunidos apenas para comemorar em nome da conquista de Tatsumi…




Bols trouxe sua mulher e filha para comemorarem também.

(Wave): Bols-san, então você realmente é casado?! E tem até uma filha..!

(Bols): Sim. Mas, falando nisso, você não tinha desaparecido Wave-kun? Como conseguiu voltar..?

(Wave): É… Eu também queria saber. Tudo o'que lembro é que acordei em frente ao portão do Palácio com todas as minhas feridas tratadas.

(Bols): Realmente estranho.

(Kurome-Pensando): Ótimo. A Akame conseguiu tratar ele sem que ninguém descobrisse, agora tudo voltou ao normal.

(Seryu): Essa comida está muito boa!

(Tatsumi): É verdade!

(Esdeath): Diga "aaaa"..!

(Tatsumi): Esdeath-san, eu consigo comer sozinho, e porquê você está tão perto de mim..?

(Esdeath): Você me assustou quando ficou quase 3 dias dormindo. Por isso eu não vou sair de perto de você nem por um único segundo.

(Tatsumi): Aham…




Todos comeram, beberam e conversaram por quase 3 horas.



(Wave): Ah… Eu tô morto, vou pra cama. Aliás onde está a Kurome-san?

(Bols): A Kurome-san já foi dormir a um bom tempo, ela tem o sono pesado. Hoje eu vou dormir com minha família no Palácio.

(Wave): Entendo, boa noite!

(Seryu): Já limpei a mesa, e coloquei todos os pratos na pia. Vou indo dormir também.

(Esdeath): Vamos dormir também Tatsumi.

(Tatsumi): Esdeath-san, pode ir na frente. Eu quero ajudar o Bols-san a lavar os pratos.

(Esdeath): Tudo bem… Mas não demore muito.

Esdeath se retirou, e foi para seu quarto.

Tatsumi foi ajudar Bols.

(Bols): O'que está fazendo Tatsumi-kun?

(Tatsumi): Eu vim ajudar.

(Bols): Não precisa, eu posso lavar tudo sozinho.

(Tatsumi): Ok, então vamos dizer que eu estou fazendo isso por mérito próprio. Agora me deixe ajudar.

(Bols): Então tá…

(Tatsumi): Porém, lavar os pratos não foi o principal motivo de eu ter vindo te ver…

(Bols): Como assim?

(Tatsumi): Bols você é casado, né? Eu meio que queria te pedir um conselho…

(Bols): Entendo, vá em frente. Dependendo do que disser talvez eu possa ajudar...

(Tatsumi): É meio complicado. Eu vim a Capital com a intenção de me tornar conhecido pelo mundo. Mas aí aconteceu tudo aquilo no torneio… E teve a Esdeath. Eu… Como posso dizer, só fazem 5 dias que estou convivendo com ela, mas eu sinto que temos algo em comum, eu gosto de estar ao lado dela… Mas foram só alguns dias, e eu nunca me apaixonei, acho que nem entendo o'que é amor na realidade…

(Bols): As pessoas têm significados diferentes para o amor. Eu acredito que o amor é muito mais que namorar, ou amar uma pessoa. Eu acredito que amor é a ligação de você e todas as pessoas que você gosta. Se você sente algo pela Capitã, acredito que é a ela que você deveria falar. Afinal, ela está completamente apaixonada por você, então ela provavelmente não ficaria brava ou algo do tipo.

(Tatsumi): Entendido! Muito obrigado Bols-san!

(Bols): Que isso, somos amigos não somos?

(Tatsumi): Pode crer!

Tatsumi e Bols terminaram de lavar os pratos, e cada um se retirou para seus quartos.

Tatsumi abriu a porta do quarto de Esdeath calmamente para não fazer barulho.

(Tatsumi-Pensando): Será que ela já tomou banho..?

Tatsumi foi até o escritório que tinha no quarto de Esdeath, e viu que ela estava fazendo anotações.

Esdeath estava com o cabelo um pouco molhado, devia ter acabado de tomar banho. A roupa de General dela estava desabotoada, com seu sutiã à mostra.

(Tatsumi-Pensando): Droga, porque ela tem que ser tão sexy?

(Esdeath): Hã, Tatsumi? A quanto tempo está aí?

(Tatsumi): E-eu acabei de chegar.

(Esdeath): Hmmm, não me diga que estava pensando coisas pervertidas?

(Tatsumi): O-o'que? Eu não faria algo assim-

(Esdeath): Que tal continuarmos de onde paramos no outro dia?

Esdeath puxou Tatsumi e o jogou na cama. Em seguida ficou abraçada com ele, de forma que a cabeça dele ficou entre seus seios.

(Tatsumi): Esdeath-san, eu vou sufocar!

(Esdeath): Eu passei duas noites dormindo sozinha, quero ficar abraçada com você. Mas continue de onde parou no Monte Fake, quem te ensinou a manejar uma espada?

Tatsumi se afastou um pouco, e virou para o lado contrário(ficou abraçado por trás).

(Tatsumi): Bom, havia um ex-militar na minha vila chamado "Jiraya", ele me deu um novo significado para viver. E foi com ele que aprendi tudo que sei sobre armamentos, artes marciais, etc. Depois de 3 anos treinando, eu vim para a Capital.

(Esdeath): Entendo.

(Tatsumi): Esdeath-san… O'que você gosta em mim..?

(Esdeath): Hã?

(Tatsumi): O'que te faz gostar de mim..? Sabe, porque entre milhares tinha que ser justo eu?

(Esdeath): Que pergunta mais estranha Tatsumi. Bom, eu gosto do seu sorriso… E sua pureza me excita. E o seu jeito de lutar faz meu coração bater mais rápido…

(Tatsumi): Esdeath-san… Eu acho que também gosto de você…

Esdeath rapidamente ficou apoiada em cima de Tatsumi.

(Esdeath): O'que disse Tatsumi..? Quer dizer que finalmente vai corresponder meus sentimentos?

(Tatsumi): Isso tudo… Como eu ia imaginar que o destino fosse tão incerto..? Sem ao menos perceber, eu me apaixonei pelo seu jeito… Somos tão iguais… Eu também tive meu clã massacrado.

(Esdeath): Do que está falando Tatsumi?

(Tatsumi): Meu nome completo é "Tatsumi Kurosaki". Eu sou o último membro do clã que foi exterminado há 15 anos…

(Esdeath): Entendo… Então é por isso que seu cabelo é laranja.

(Tatsumi): Esdeath, eu posso te beijar?

(Esdeath): Não precisa pedir…

Tatsumi levantou seu corpo, apoiou suas mãos na cama e sutilmente encostou seus lábios nos de Esdeath. A sensação era quente e macia, mas Esdeath queria mais intensidade, então colocou sua língua na boca de Tatsumi. A troca de saliva, e as línguas se entrelaçando, era tudo novo para os dois.

(Esdeath): O'que achou Tatsumi? Quer que eu pare..?

(Tatsumi): Do que está falando? Porque parar agora..?

Tatsumi lambeu o pescoço de Esdeath, colocou sua mão esquerda na cintura da mesma e foi gentilmente tirando o sutiã dela com a mão direita. Ele ficou exitante em pegar nos seios dela.

(Esdeath): Porquê parou?

(Tatsumi): Isso é estranho, eu posso mesmo te tocar desse jeito?

(Esdeath): Não precisa ficar apreensivo. Eu sou só sua, e você é só meu.

Tatsumi apertou os seios de Esdeath ao mesmo tempo que beijava a mesma. 

Os dois se apertavam, e tudo ficava cada vez mais intenso.

Tatsumi apertava o quadril de Esdeath.

(Tatsumi-Pensando): Eu tô muito excitado, isso é muito bom..!

Esdeath empurrou Tatsumi, e ficou apoiada em cima dele.

(Tatsumi): O'que está fazendo? Não vamos continuar?

Esdeath tirou a calça e a cueca de Tatsumi.

(Esdeath): Então isso é um pênis…

(Tatsumi): Hã, como assim..?

(Esdeath): Eu só ví isso em caras que eu torturei, porém estavam estraçalhados.

(Tatsumi-Pensando): Cara, isso é broxante…

Esdeath então colocou o pênis de Tatsumi na sua boca, e começou a flexionar cada vez mais rápido.

(Tatsumi): Ah… Isso é muito bom…

Esdeath passava a língua, e chupava com força. 

(Tatsumi): Esdeath… Se continuar assim eu vou gozar..!

Tatsumi não aguentou, e gozou. Esdeath engoliu tudo.

(Esdeath): Então esse é o gosto de sêmen… É amargo, argh..!

(Tatsumi-Pensando): Depois dessa eu não vou mais me segurar, ela é muito gostosa!

Tatsumi ficou atrás de Esdeath e a empurrou na cama, de forma que ela ficou de quatro. Ele abaixou a calcinha dela, e a penetrou.

(Esdeath): Hã, ah… T-Tatsumi-i…

Tatsumi começou a penetrar Esdeath rapidamente. Ele apoiou suas mãos na cintura dela, e começou a penetrar cada vez mais rápido.

(Esdeath): Ah...Ah...Ah… Tatsumi… Me penetre..!

(Tatsumi): Isso é bom demais Esdeath..!

Tatsumi virou Esdeath, e os dois ficaram ficaram frente a frente, ele a penetrou ainda mais rápido.

Tatsumi colocou sua boca no seio de Esdeath, e começou a chupar. Ela apertou suas pernas nas costas dele.

(Esdeath): Isso é...bom..!

(Tatsumi): Eu estou quase gozando..!

Tatsumi chegou no ápice e gozou..!

(Esdeath): Ah..!!! 



Alguns minutos depois…



Tatsumi e Esdeath estavam deitados e cobertos. Esdeath estava apoiada no braço de Tatsumi.

(Tatsumi): O'que achou? Quero dizer, você deve ter mais experiência que eu.

(Esdeath): Na verdade não, essa também foi a minha primeira vez.

(Tatsumi): Sério?!

(Esdeath): Eu não já te disse? Você é o meu único homem. Assim como eu sou somente sua.

(Tatsumi): Então quer dizer que… Estamos namorando?

(Esdeath): Como assim?

(Tatsumi): Não é isso que as pessoas dizem quando estão juntas?

(Esdeath): Hmm… Então acho que é isso mesmo. Mas, o'que pretende fazer agora..?

(Tatsumi): O meu objetivo de ser reconhecido continua o mesmo. Porém, eu decidi que mesmo que demorem meses ou anos, eu vou te mudar. E pode apostar que vou conseguir essas duas coisas..!

(Esdeath): Ainda com isso..?

(Tatsumi): Não quero discutir. Não quero que esse momento seja estragado.

(Esdeath): Entendi.

(Tatsumi): Boa noite.








                                           Continua...


Notas Finais


Esse foi o primeiro capítulo "quente" da série. Ao longo da história terão mais momentos assim, estou muito engajado e escrevendo esses capítulos com a alma!

Dito isto, até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...