História Blind boy - yoonmin fanfic - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Jimin, Suga, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 146
Palavras 918
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura sz

Capítulo 15 - Décimo terceiro


Fanfic / Fanfiction Blind boy - yoonmin fanfic - Capítulo 15 - Décimo terceiro

Yoongi quase pulou com o susto que foi escutar a voz de Jungkook anunciando sua volta. 

Ele não fazia ideia se seu melhor amigo tinha visto seu beijo com Jimin e rezava para que ele não houvesse. 

Suas bochechas queimavam em vergonha, enquanto Jimin não parecia estar tão preocupado quanto a isso. 

 

Yoongi’s POV 

 

-Estão na piscina? De roupa? Caíram aí? - Jungkook já chegou cheio de perguntas. 

-Já estamos de saída. - respondi rápido e com o tom de voz mais baixo do que eu esperava. 
 
-Na verdade não estávamos não. - Jimin me contrariou. 

Eu quis morrer. 

-Hey Jungkook, me ajude com as sacolas. - gritou Taehyung, ao longe. 

-Estou indo! - escutei a voz dele se tornar cada vez mais distante, suspirei em alívio. 

-Você está louco, Jimin?! Como pode me contradizer?! - foi a primeira coisa que disse, em tom repreendido, assim que Jungkook saiu. 

-Eu disse a verdade. - seu tom calmo me irritava. 

-Você é sem noção. 

Não dei mais espaço para intriga. 

Tateei a borda da piscina a apoiei meus dois braços dela, dei impulso e sai da piscina. 

Como o dia estava realmente quente, não senti frio, mesmo estando completamente enxarcado com a água. 

-Me leve de volta para dentro. - mandei autoritário, cheguei até a cruzar os braços para me dar uma pose mais confiante e superior. 

Escutei a água se mexer e provavelmente Jimin saia da piscina. Tive certeza disso quando escutei seus passos vindo em minha direção. 

Ele ficou próximo de mim, muito próximo. Eu podia sentir sua respiração bater no topo de minha cabeça molhada pela água. 

Suas mãos tocaram meus braços cruzados e eu automaticamente os descruzei, perdendo também minha pose superior, que na verdade foi uma coisa que nunca tive. 

-Não se irrite comigo. - ele falou, bem pertinho de minha orelha. 

Me senti arrepiar. 

-Jimin... - não conseguia dizer nada, apenas seu nome de uma forma completamente arrastada. 

Nem eu sabia se queria que ele se aproximasse ou que se afastasse. 

-Está bravo comigo, Yoon? - ele perguntava de uma forma tão sincera e ao mesmo tempo fofa (?) e cuidadosa. 

-Não. - respondi baixinho, sem pensar muito. 

-Que bom. 

Suas mãos subiram para meu rosto, cada uma tocando uma de minhas bochechas. 

Ele fazia um singelo carinho com os polegares. 

Senti sua respiração ainda mais próxima. 

Eu sabia que ele estava perto, perto de mim, perto de meu rosto e eu não queria afastá-lo. 

Outra vez senti seus lábios nos meus, mas dessa vez sua língua invadiu minha boca e eu não fui louco de recusar. 

Céus... ele beija tão bem. 

Eu não sabia se estava no paraíso ou no inferno, mas independente de onde eu estivesse, aquilo era bom, bom demais e isso me assustava. 

Não poderiam haver nem mínimas hipóteses de que eu estivesse apaixonado por Jimin. 

Eu mal o conhecia, isso não era possível. 

Eu estava com medo, medo de ter algum sentimento a mais por ele, medo de me machucar. 

Mas seus lábios conseguiam me fazer esquecer de tudo isso, na verdade, eles me faziam esquecer de tudo. Era como se só estivéssemos nós ali. 

Só eu e Jimin. 

Nos beijando. 

Mas isso era algo que não é verdade. 

E a voz de Jungkook nos gritando para entrar me lembrou que sozinhos é a última coisa que estamos. 

Me afastei de Jimin imediatamente, Jungkook nos viu? 

-Acho melhor entrarmos. - ele deu uma risada fraca antes de tomar minha mão e nos guiar para dentro de casa. 

Eu não pensei em nada durante o caminho, minha mente só repetia uma única coisa sem parar “será que Jungkook me viu beijando Jimin?”

Eu não pensava em nada além disso. 

Jimin me deixou no banheiro de seu quarto e esperei ele trazer roupas para mim e uma toalha. 

Ele deixou tudo na bancada da pia e me deixou sozinho. 

Meu banho não demorou muito, e logo já estava na sala, trajando as roupas que Jimin tinha escolhido para mim e esperando Jungkook buscar seja lá o que fosse para podermos ir embora. 

Com muito custo consegui convencer Taehyung e Jimin que eu e meu melhor amigo já tínhamos abusado demais da hospitalidade dos irmãos e já estava na hora de voltarmos para casa. 

Na verdade, eu até poderia ficar mais um dia vivendo naquela casa gigante e cheia de coisas para fazer por mais um dia. Mas a ideia de conviver com Jimin e correr o risco de cair em seus encantos mais uma vez, ou pior, me apaixonar por ele, me fizeram insistir até a última gota para que eu e Jungkook fôssemos embora. 

Acabei que não conseguir ir contra a ideia de sermos levados por Jimin para casa. 

Mas de qualquer forma a viagem de volta para o lar doce lar não foi nada emocionante, já que encostei a cabeça no vidro do carro e fingi dormir durante todo o trajeto até chegar em casa. 

“Acordei” sentindo Jimin me cutucar no braço e me despedi dele antes de saltar do carro e esperar por Jungkook. 

Fomos juntos para meu quarto, onde me joguei em minha cama, exausto. 

Meus pais ainda não estavam em casa, talvez tivessem saído para comer ou algo assim. 

Senti a cama afundar do meu lado. 

-Ok, agora que chegamos em casa, me explica uma coisa...- Jungkook começou a falar. 

-Diga. 

-Por que motivo você estava beijando o Jimin? 

Eu congelei. 

Jungkook tinha visto tudo. 

-Beijo? Que beijo? Tá doido? - me fiz de desentendido.


Notas Finais


Confesso que esse capítulo não foi meu favorito e ficou muito mais curto do que eu esperava :(
Mas fazia muito tempo que eu não atualizava, então decidi postar mesmo não me agradando 100%

Acho que agora vou conseguir voltar a postar frequentemente, já que voltei de viagem e meus horários já voltaram para rotina kkkk

Os próximos capítulos vão ter uma trama mais envolvente, aguardem pra ver hehe

Espero que tenham gostado (e caso não tenham e querem fazer uma crítica construtiva) não esqueçam de comentar! Isso estimula qualquer autor!

Até o próximo capítulo sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...