História Blinding Lights - Capítulo 55


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Shawn Mendes
Tags Canadá, Drama, Romance, Shawn Mendes, Suspense
Visualizações 97
Palavras 2.141
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


as coisas pegam fogo nesse capítulo vamos lá!!!
boa leitura! <3

Capítulo 55 - Não foi uma boa ideia


- Camila, não. Eu não vou dançar com você desse jeito - o garoto disse, tentando se afastar.

- Você disse que a minha música te excitava - Cabello disse, aproximando-se ainda mais de Shawn.

- Talvez tenha entendido errado. Eu disse que a sua música é boa de ouvir, era um elogio ao seu trabalho e nada mais do que isso. Somos amigos, não me entenda mal.

- Você nem fala mais com ela, pra que vai insistir nesse relacionamento? Querido, eu posso te levar ao seu máximo - Camila segurou a camisa do garoto, tentando puxá-lo para um beijo.

- Agradeço a oferta, mas vou insistir no meu namoro porque ela é tudo para mim. Até logo.

- Está perdendo a oportunidade da sua vida!

- Não estou perdendo nada e nem você. Não insista nisso, por favor. Gosto muito da nossa amizade e quero preservá-la - o garoto tirou a mão de Camila de sua camisa e saiu da pista.

- Já voltou? - Cameron perguntou, enquanto mordia um sanduíche.

- Camila está aqui.

- Vocês se falaram?

- Cara, ela queria me beijar...

- Meu Deus Shawn, e aí?

- Claro que não fiz isso. Ela ficou me pressionando...

- Tome cuidado, não vá estragar tudo.

- Ficou louco? Eu amo a Ana, não sou idiota a esse ponto. Não é porque tivemos um problema que vou beijar outra boca.

- Está certo sobre isso, ela está muito esquisita... será que gosta de você?

- Acho que não. De qualquer forma, da minha parte não vai ter nada. Se ela acha que vou largar a Ana, que está comigo há tanto tempo... precisa saber que isso não vai acontecer. Eu não devia estar aqui.

- Por que?

- Cameron, balada é o último lugar para o qual alguém que está com problemas no relacionamento deveria ir.

- Então fique aqui nessa área, ninguém vai te incomodar. Mas sinto que você precisava descontrair e naquela casa com a equipe só iria ficar bêbado e passar mal - Dallas riu.

- Sim, é verdade. Vamos beber, o que tem aí?

- Vamos tomar tequila.

- Você é doido - o garoto riu.

________________________________________

Três horas depois, Cameron e Shawn já estavam completamente alterados.

- Cara, preciso comer alguma coisa.

- Cam, você come demais... mas vou concordar que também estou com fome. Opa! - Shawn tropeçou e caiu.

- A bebida te deixa ainda mais desastrado - Dallas riu.

- Não sou desastrado e você está deixando vodka cair na sua camisa.

O dia já estava amanhecendo quando saíram da festa. Taylor havia sumido e decidiram não esperar.

- Cara, você consegue dirigir? - Shawn perguntou.

- Consigo, fique tranquilo - Cameron cambaleou até a porta do motorista.

- Eu dirijo. Melhor.

- Já que insiste...

Passaram em um Starbucks e tomaram café da manhã. Logo depois, seguiram para o apartamento que Shawn alugou em Los Angeles. Dallas se jogou no sofá e dormiu em segundos. Mendes decidiu tomar um banho antes de dormir. Ao sair, vestiu-se e se deitou.

________________________________________

DOIS DIAS DEPOIS

________________________________________

- Cara, vou para o aeroporto - Cameron disse, pegando sua mochila.

- O que?

- É, esqueceu? Vou acompanhar a Ana esses dias com médicos e todo o resto. E tenho algumas gravações e sessões de fotos em Toronto.

- Que ótimo! Pelo que conversei com o Andrew ontem, pode ser que esses dias que teríamos de folga não aconteçam. Surgiram muitas oportunidades e temos que nos preparar para o fim do ano.

- Bom, pelo menos quando a turnê acabar você não terá mais nada para fazer.

- Cameron, sempre tem alguma coisa para fazer.

- É verdade. Estou indo... qualquer coisa é só me ligar.

- Obrigado por salvar o terceiro álbum. Esqueci de agradecer...

- Não precisa! Salvei em um pendrive porque vi o Geoff quebrando a cabeça muitas vezes e os arquivos começavam a dar problema... então resolvi ajudar. Foi algo simples, só salvei as músicas nas versões finalizadas...

- Algo simples que salvou tudo. Obrigado - Shawn o abraçou.

- Foi legal ver a sua reação ao descobrir que o álbum não estava perdido - Cameron riu - tenho certeza que fará muito sucesso!

- Espero que sim. Quando fechar a turnê vamos comemorar de forma decente, ok?

- Tudo bem! - Dallas disse, se despedindo.

________________________________________

Ao desembarcar, Cameron foi abraçado por Ana.

- Oi Cam! Senti tanto sua falta!

- Oi, também senti! Como vão vocês?

- Nós quem?

- Você e o bebê - Dallas disse, sorrindo.

- Não sei... acho que estamos bem.

- Vamos marcar logo esse médico para acompanharmos o andamento!

- Acho que você está mais ansioso do que eu e o Shawn juntos - a garota riu.

- Estou.

O celular de Cameron tocou.

"Oi pai".

"Oi, meu filho. Se sente melhor? Se sim, podemos acampar nessa semana? Consegui um tempo livre no trabalho e adoraria que você fosse".

"Nessa semana? Acho que não... tenho sessões de fotos e gravações... além disso, minha amiga está..." - disse, olhando para Ana. A garota sussurrou que não se importava.

"Tudo bem, se mudar de ideia me avise. Até mais" - o pai, desapontado, desligou.

- Ele ficou chateado - Cameron disse, cabisbaixo.

- Então vá! Remarque seus compromissos para a próxima semana e vá, esse momento vai ser bom para vocês.

- Mas tenho que te acompanhar e...

- Cam, não se preocupe com isso agora. Ligue para o seu pai e diga que vai.

- Mas...

- Sem mas. Ligue logo!

- Ok.

Depois de marcar com o pai, Dallas fez outras ligações para transferir as datas dos compromissos que tinha na semana.

- Tem certeza que você e o bebê aguentam esperar? Você disse que estava sentindo dores no útero...

- Tenho sim, não precisa se preocupar. Os remédios para a dor estão ajudando, depois vamos ver isso. A prioridade é você passar alguns dias com o seu pai.

- Acampamento... ele ficou maluco. Como vamos acampar em Toronto?

- Tem muitos lugares a três ou quatro horas daqui. Pesquisei no mês passado.

- Então tudo bem. Acho que vou acampar - o garoto riu - mas hoje o dia é nosso, o que quer fazer?

- Primeiro, preciso passar na arena de hóquei para buscar Aaliyah. O jogo dela terminou há uma hora e deve estar nos esperando. Depois que fizer isso, vamos ver algum lugar legal para passarmos o resto do dia.

- Perfeito!

________________________________________

Shawn estava com o celular em suas mãos, lendo uma notícia que Andrew havia comentado pela manhã. O título: "Shawn Mendes em balada conquista o coração de Camila Cabello".

- Mas que merda é essa? - o garoto perguntou para o empresário.

- Adoraria dizer "eu que te pergunto" mas sei que não foi sua culpa. Isso vai pegar mal. E vai chegar no ouvido da Ana muito em breve, você sabe disso.

- E o pior é que essas fotos que tiraram estão muito fora de contexto. Se tivessem gravado o que eu disse, certamente iriam entender que não queria nada com ela.

- É claro. Mas como uma imagem diz mais do que mil palavras, aqui estamos com doze fotos que dão... doze mil palavras. É quase uma bíblia sobre a sua aparição na balada.

- Mas que inferno, e agora? O que vamos fazer?

- Acho que em primeiro lugar você deve ligar para a Ana. Ela precisa entender antes mesmo que veja isso circulando.

- Meu Deus Andrew. E o pior é que você não sabe nem da metade das coisas. Se fosse só uma simples discussão...

- Garoto, eu já disse que você precisa me contar tudo de relevante que acontece, por mínimo que seja. Assim posso ajudar (ou tentar).

- Não, é melhor não comentar sobre isso agora. Enfim, vou ligar para ela.

________________________________________

Ana estava com a mesma notícia que Andrew mostrou para o garoto aberta em seu celular. Estava boquiaberta.

- Você sabia dessa pouca vergonha aqui? - a garota perguntou para Cameron.

- Ela ficou dando em cima do Shawn, agarrou o braço e a camisa dele... não é o que parece nessa notícia.

- Ótimo, agora além de mãe inesperada agora sou também a maior chifruda da América do Norte.

- Não é não. Eles não se beijaram.

- Tem certeza Cam?

- Absoluta. Shawn só a vê como amiga. Agora, se ela vê de outra forma... acho que se ferrou um pouquinho. Porque ele foi bem linha dura com ela na balada e se afastou assim que pôde.

- Por que tenho a impressão que a Camila vai fazer um escândalo nas mídias acompanhado do drama do ano?

- Porque ela VAI fazer - Dallas disse, enfático - não preciso nem lembrar do estardalhaço que ela aprontou na mídia há alguns meses aí.

- Não, não precisa. Sinceramente, nunca achei essa amizade dos dois algo saudável. Da parte do Shawn, as coisas são muito bem separadas. Da parte dela... não sei.

- Exatamente.

- Que inferno, quando as coisas iam começar a se resolver para nós dois acontece mais uma.

- Fique tranquila. Você confia nele, não confia?

- Sim.

- Então é isso. Fique calma, nada vai acontecer.

________________________________________

Shawn tentou ligar para a garota, mas sem sucesso. Caía na caixa postal todas as vezes.

- Que droga Andrew, que droga!

- Ok garoto. Sente-se aí e comece a falar. O que está acontecendo?

Mendes respirou fundo e segurou as lágrimas. Sentou-se à mesa.

- Ana está grávida. É, nós não queríamos isso agora... mas a camisinha que usei arrebentou e eu simplesmente escondi dela, com medo de causar ainda mais preocupações. Dias depois, ela começou a sentir um incômodo no útero, chegou a desmaiar... e então os exames deram positivo.

- Já entendi. Ela está em Toronto porque ficou chateada com o que aconteceu.

- Mais ou menos isso. Essa etapa de finalização do álbum, a pressão que todos sentimos... também refletiu nela. Só quero consertar tudo e ser um bom pai para essa criança.

- Garoto, me perdoe a expressão, mas você fez uma merda gigantesca.

- Por que? Pega mal ter filhos agora?

- Sim e não. Mas o fato de não dizer a ela que foi o problema em si.

- Eu sei disso. E agora, o que eu faço?

- Não dá para ir a Toronto agora... só depois. Temos muitas coisas marcadas e se ficarmos desmarcando vai parecer que estamos fazendo pouco caso.

- Sim. Então vai ter que ficar para o fim de dezembro. Estou perdendo uma fase tão bonita em nossas vidas... apesar de não ter acontecido do jeito que pensamos, ainda assim estou feliz com a ideia de ser pai.

- Ninguém tem dúvidas de que você será um ótimo pai para essa criança.

- E Andrew... por favor, não comente com ninguém. Prometemos que não contaríamos nada, mesmo para as pessoas mais próximas a nós.

- Ok. Mas uma hora alguém vai perceber que ela está fazendo acompanhamento, pré-natal, exames...

- Eu sei, mas se tiverem que descobrir, que seja por conta própria. Ela vai querer privacidade com relação a isso e eu também.

- Fique tranquilo. Forcei você a me dizer porque parecia que estava tenso com isso. Além do mais, eu sou o cara que cuida de muitas coisas da sua vida. Estarei aqui dando suporte o tempo inteiro, agora com mais esse integrante da nossa família - Andrew riu.

- Fazia tempo que não te via tão animado com alguma coisa.

- É... o poder de uma criança é inimaginável.

- Com certeza.

________________________________________

Ana estava esperando Cameron se arrumar para saírem. Como sabia que o garoto iria demorar - pois levou até sais de banho para a banheira - foi até a cobertura do prédio de Shawn e ficou admirando a vista. Abriu mais links que estavam circulando na internet - todos falavam a mesma coisa. Uma reportagem especial chamou sua atenção. "Shawn Mendes sai com amigos e acaba a noite em romance com Camila Cabello". As lágrimas pediram passagem e a garota as deixou cair. No fim da matéria, aspas da própria Camila. "Ele é incrível, estou muito feliz com tudo isso".

O celular da garota vibrou com uma mensagem de Shawn. "Acho que o Cameron deve ter comentado alguma coisa com você. Por favor, não acredite em nada que está na mídia. Me ligue se quiser, vou te dizer o que ela tentou fazer comigo na pista de dança. Eu não aceitei. Confie em mim".

Ana jogou seu celular na piscina. "Droga, ele é à prova d'água", pensou. Sentou-se em uma das cadeiras e começou a chorar. Sentiu dores fortes no útero e gritou. Não havia quase ninguém na cobertura. Caiu e ali ficou.

(...)


Notas Finais


EITA!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...