História Bloco de Notas - Capítulo 97


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Desabafo, Drama, Notas, Vida
Visualizações 24
Palavras 235
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Depois de algum tempo eu voltei. Típico. Eu estou me tratando, isso e a depressão tem ocupado o meu tempo, mas eu ainda estou aqui.

Capítulo 97 - De repente eu me tornei a criança.


Fanfic / Fanfiction Bloco de Notas - Capítulo 97 - De repente eu me tornei a criança.

Ele pediu que eu olhasse para dentro de mim, como uma espectadora, então eu fechei os olhos e vi uma criança. Uma criança perdida em uma cidade abandonada, uma cidade com muitos prédios antigos, o céu era cinza e chovia. A criança segurava uma fotografia que retratava uma paisagem, cores vibrantes em um dia ensolarado. As lágrimas escorriam pelo seu rosto e ela se sentia casada, um raio cortou o céu e a criança se sentou na calçada, chorando. Um enorme vazio estava presente no seu coração. Estava farta daquela chuva, caminhou por muito tempo, mas a chuva não parou. Alguém disse para continuar caminhando, não sabia o motivo, mas precisava seguir isso. Olhar para aquela fotografia ascendia algo dentro dela, porque era a prova de que existem dias sem tempestades. Embora um lado diga que é algo falso e que a chuva sempre irá perturbá-la, ela se segura nesse fio de esperança. A criança se sentia solitária, recordou os dias em que precisou se arrastar, os dias que nada fazia sentido. Por que continuar procurando pelo sol quando não se têm a certeza de que ele existe?  De repente eu me tornei a criança. Eu olhava para mim, para as profundezas do meu ser. Eu estou como a criança que se apega a uma pequena esperança e continuar a tentar mesmo com a destruição que a cerca, mesmo com a torturante e insistente chuva. 


Notas Finais


Até as próximas notas <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...