1. Spirit Fanfics >
  2. Blood >
  3. Dois

História Blood - Capítulo 2


Escrita por: e _Maria-


Notas do Autor


Sim, mais um especial do Hoseok kkkk
Esse capítulo não me agradou nada, porém tudo que aconteceu nele será totalmente necessário para o desenvolvimento da fanfic.
Estou nervosa com o futuro dessa fic, aliás gosto demais do tema.
Dei uma leve alterara na sinopse, se vocês quiserem dar um olhada eu ficaria agradecida.
Beijinhos.

Capítulo 2 - Dois


— Vou deixar vocês a sós - Jimin deu um tapinha leve nas costas do melhor amigo e saiu da sala, logo fechando a porta.

— Uau, não pensou em me contar que você é o Hoseok? - perguntou Jungkook em quanto servia um pouco de whisky em seu copo.

— Não, achei mais divertido deixar você descobrir sozinho. - respondeu o moreno alto de olhos verdes.

— Você sabe que posso resolver isso sozinho, não é? - tomou um gole de sua bebida.

— Não duvido da sua capacidade, mais foi seu chefe que me chamou, fazer o que. Agora uma coisa que eu não entendo, por que todo esse ódio por mim? - Hoseok se sentou no sofá de couro que havia no canto da sala.

— Como eu disse antes, você existe! - puxou uma cadeira e sentou em frente ao detetive.

— Não teria outro motivo? Um mais plausível talvez. - O Jung cruzou os braços e passou a olhar fixamente para Jungkook, que não conseguia manter contato visual.

— Infelizmente não, sinto muito. - respondeu bebendo o último gole que havia no copo.

— Não sinta, agora por favor me apresente o caso. - pediu Hoseok.

— Você já sabe o caso!

— Jeon, você se auto intitula o melhor, então haja como tal e seja profissional. Agora ande, apresente o caso.

— Até agora tivemos 4 mortes - Jeon pegou os arquivos e começou a mostrar para Hoseok - descartamos um assassino em série, isso parece vingança.

— Quem eram as vítimas? - perguntou Hoseok em quanto lia o relatório policial.

— Jackson Wang, Jennie Kim, Park Rose e Lee Taemin. - citou Jungkook.

— Posso estar enganado, mais eles não fazem parte da grande elite da cidade? - perguntou Hoseok.

— Está correto, a grande Elite é a protegida da cidade, e vamos dizer que eles tem muitos inimigos em comum.

— Certo, já colocaram todos com proteção federal?

— Não, eles estão com escoltas polícias básicas, nenhum deles quis ter algo a mais por conta do imprensa.

— O que a imprensa tem haver com isso?

— O povo não pode saber que tem alguém por aí matando os preferidos - Jeon começou a andar e Hoseok foi o seguindo até o necrotério - Ambos foram mortos por um tiro na cabeça - O moreno mostrou os corpos para o Jung.

— A gente tem um problema nas mãos.

— Um grande problema!

[...]

Jungkook e Hoseok estavam analisando todas as provas.

— Detetive Jeon e Jung, temos mais uma vítima. - a moça de cabelos pretos adentrou a sala - Venham comigo.

— Droga - Jungkook largou todas as provas e seguiu a moça até o local do crime juntamente com Hoseok.

[...]

— Eles são imbecis, deveriam ter deixado a escolta federal - Jeon andava até a cena do crime juntamente a Hoseok.

— Eles foram completamente burros, mais já era de se esperar, conheço muito bem esse pessoal.

— Conhece? - perguntou Jeon, como Hoseok poderia conhecer bem a Elite de um lugar que se quer morava.

— Meu pai fazia parte da Elite de Las Vegas antes de morrer - respondeu o moreno.

— Isso quer dizer que...

— Na teoria sim, mais nunca quis fazer parte disso, não era pra mim.

— Você sabe que pode estar na linha de tiro, não sabe?

— Duvido, ninguém sabe sobre isso, bom, agora você sabe.

— Minha boca é um túmulo

— Acho bom.

[...]

— Certo, alguma pista? - perguntou Jeon.

— Apenas uma. A última pessoa a ver a vítima viva foi Kim Taehyung, ele já está aqui para o interrogatório.

— Então qual vai ser? Você é o policial mal e eu o bonzinho? - perguntou Hoseok.

— Exatamente, Honey.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...