História Blood Classroom - Capítulo 1


Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Apocalipse, Escolar, Ficção, Loucuras, Lutas, Sobrenatural, Zumbis
Visualizações 65
Palavras 896
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Primeiro capítulo yeeh

Por {_Mimi_Chan_}

Capítulo 1 - O Fim Bem Mais Próximo Que Parece


Fanfic / Fanfiction Blood Classroom - Capítulo 1 - O Fim Bem Mais Próximo Que Parece

Era mais uma manhã normal em Akemi High, enquanto o sol aparecia em meio aos preciso desordenados pessoas entravam despreocupadas na escola, milhares de pessoas conversando, andando e fazendo deveres de casa atrasados esperando o sinal enssurdecedor. Aulas constumeiras e recorrentes se passam e já não era sem tempo! Hora do almoço! Como sempre Rihoo vai até o terraço, um local quieto e quase silencioso. Como o habitual, May sua melhor amiga a acompanha até lá. May se senta em um banco ao mesmo tempo em que pega seu sanduíche e Rihoo um pouco mais atrás lendo alguns relatórios de alunos começa a falar:

Rihoo: Isso é ridículo! Viu o novo garoto de Akemi High? 

May: Hum… Acho que não.

Rihoo: É um idiota que acha que uma hora pode acontecer um apocalipse zumbi do nada! Isso é muito bobo!

May: Ué, você não tem certeza, e se ele estiver certo, pequenos surtos noticiados ontem estão estranhando as pessoas. E aliás, você é a presidente do conselho estudantil, não deveria encorajar os alunos à acreditar no que acham certo?

Rihoo: 1° Eu não tô nem aí pro que você acha!

May: ( ͡° - ͡°)

Rihoo: 2° Eu dúvido que ele esteja certo, pelo menos, mais certo que eu!

May: Uhum… Sei disso… ( ͡°⌓ ͡°)

Rihoo: 3° Eu encorajo alunos a acreditarem em sí próprios e não em coisas tão burras como essas! E 4°… É que.. hã… NÃO PRECISA DE 4°!!! (–︿–°)

May: Sério isso? Tá né, se você diz… E… Já percebeu o quanto fica fofa quando está sem paciência? (•  ̫•)

Rihoo: O QUE DISSE?!

May: Nada não! (•﹏•)

Enquanto isso… Na biblioteca

???: Hum… Livro interessante...

Diz o garoto enquanto passa as páginas do livro muito rápido e sem prestar muita atenção.

???: Isso não é possível tudo se encaixa...

Ele se levanta da cadeira com um pouco de insatisfação quase sai da biblioteca, mas para por uns instantes, seus pensamentos ainda não foram embora

???: Será que é só um coincidência?

Ele deixa tudo isso de lado, por saber que obviamente não vai achar uma resposta, logo vai até a quadra encontrar seu novo melhor amigo. Enquanto o adolescente andava alguns corredores só ouve falar sobre o surto e os boatos sobre a movimentação estranha do exército e algumas Fanfics sobre a presidente do conselho, Rihoo(que ele pouco a conhecia), lutando contra os mesmos (mal sabiam esses alunos o quão pouco ela se importava ou acreditava nisso). Ele basicamente ignorava isso durante sua ida. Ele chega na quadra, que naquele momento estava pouco movimentada o portão estava misteriosamente entreaberto. Então provavelmente Bob já estava lá, então ele entra já de uma forma um pouco mais evasiva e Bob com animação já dá um grito:

Bob: Aulern, e aí?!

???: Cara… Não! (–_–)

Bob: Tá foi mal Al! (–~–)

AI: Você ainda tá nessa de zumbis?

Bob: Poisé! Nunca se sabe se eles são reais, né, agora que tem esses surtos... ƪ₍•ᵌ•₎ʃ

Al: Ok então... Tá planejando o que?

Bob: Um tipo de machado bem legal!

Al: Maneiro! Como você consegue fazer isso?

Bob: Tem uma coisa chamada sucata e outra chamada madeira. 

Al: Você me conhece...

Se passa meia hora, aulas de novo e de novo, e finalmente, hora de voltar pra casa… Al estava no metrô indo para a escola em um dia qualquer. Quando a bateria de seu celular acabou e o tédio tomou conta de sua cabeça e ele começou a prestar atenção no noticiário: O SURTO DE UM VÍRUS DE RAIVA DESCONHECIDO SAI FORA DA ZONA DE QUARENTENA E VÁRIOS OUTROS PAÍSES NOTICIARAM ESSES OCORRIDOS. O EXÉRCITO ESTÁ A POSTOS E AS FORÇAS ARMADAS DOS EUA E OUTROS PAÍSES ESTÃO TENTANDO CONTROLAR A SITUAÇÃO... 

Alguns dias se passam, e essa história de zumbis começou a amendrontar alguns, pessoas começaram a faltar e até fazerem coisas como se fosse o fim do mundo. Rihoo como todos os dias antes da aula vai para o Grêmio organizar algumas papeladas. Ela fica alguns minutos alí "ouvindo" o falatório animado de May, ainda pensando "porque eu a convidei para me acompanhar? Que ideia horrível!"

Até, ouvirem um grito completamente estridente. Uma das alunas grita o nome da diretora e de Rihoo, ela mal se importa até May começar um escândalo:

May: Você não vai até lá ver o que está acontecendo?! 

Rihoo: Tô ocupada, a diretora pode cuidar disso sozinha!

May: De jeito nenhum! Você vai ajudar sim!(ಠзಠ)ノ゙

Ela diz angústiada e empurrando-lhe para fora dali. Era fácil, Rihoo era bem mais leve que ela.

Depois de saírem daquela sala viram a professora de Português do 1° ano angustiada e apreensiva, parecia louca, até desviarem os olhos e perceberem alguém correndo em sua direção era o segurança da escola, ele era alto e forte, normalmente ele não tinha medo de nada, mas naquele momento parecia incrívelmente aflito!

A professora começa a explicar o que houve, pouco se dá pra entender, sua respiração ainda está incrivelmente ofegante.

Professora: Um monstro… Geografia… No terraço. Rápido!!

Segurança: Se acalme...

May: É o quê?! ¯\_ಠ⌓ಠ_/¯

Rihoo: Pro terraço. AGORA!

May: Sim, senhora fofa!

Rihoo:Odeio quando faz isso…–_–

Elas rapidamente se desesperam e correm ao terraço. Rapidamente já encontraram sua professora de Geografia morta. Havia sangue por todo lado May parecia com medo e Rihoo ainda mais, mas se controlava para não demonstrar isso. Andaram ao redor do local não muito longe do corpo, enquanto o segurança chamava a polícia sem sucesso. Até ouvirem um barulho muito alto. Então algo corre até elas algo como… UM ZUMBI!

Continua…



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...