História Blood Classroom - Capítulo 6


Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Apocalipse, Escolar, Ficção, Loucuras, Lutas, Sobrenatural, Zumbis
Visualizações 35
Palavras 814
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


{_Mirai_Chan_}

Capítulo 6 - Encontrando um Bobo


Rihoo: Tem alguém aqui! Eu tenho certeza!

May: E se for… Um zumbi gigantesco procurando a gente?!

Ela disse e logo depois se escondeu atrás de Bob

Bob: É verdade! Vai que... Teremos que lutar com um zumbi enorme?! Não estamos preparados para isso!!

Depois de ouvir isso May olha pra ele desesperada e eles se abraçam de medo!

Rihoo: Fala sério! Al, quer vir comigo ver o que é isso?
Al: Olha… Eu não sei não…

Disse ele dando alguns passos para perto de Bob e May ainda assustados

Rihoo: Você também? Ok, tanto faz… Volto em meia hora
May: Por que tudo isso?!
Rihoo: Vou dar uma olhada pela escola. A senha é John Cena, né?
May: Issu! ┐(˘ᵌ˘)┌

Rihoo: Quando é que vamos trocar por uma senha decente?
May: Nunquinha!ƪ₍•ᵌ•₎ʃ

Rihoo suspirou com insatisfação e saiu, logo começou a ouvir o grito mais forte. Ela saiu correndo em disparada, até ver o quartinho do zelador. Tinha milhares de zumbis lá, e um… Garoto? Foi fácil matar todos os zumbis, mas seu corpo se encheu de sangue. Ela tentou se aproximar do garoto, ele parecia assustado

Rihoo: Você é doido de gritar com esse tanto de zumbis aqui, chamou atenção de muitos por perto. Pelo menos, os zumbis que estão no corredor oeste não conseguiram escutar seu grito, devem ser tão burros quanto você, haha!

Ela dá um sorriso e estende a mão para ajudá-lo a se levantar

Kuro: S-Sua mão… tem sangue nela!
Rihoo: Hã…?

Rihoo olha para sua mão, logo para o garoto que estava caído, aterrorizado com o que aconteceu. Ela se agacha e chega bem perto de seu rosto meio que o analisando

Rihoo: Então é você, o garoto escroto que tem fobia de sangue, acertei?
Kuro: C-Como sabe disso?!

Rihoo se levanta rapidamente e já responde sua pergunta

Rihoo: Kuro… Eu sou, no caso… eu era, a presidente do conselho, ou seja, eu conheço todo mundo. Achou o que? Que sou uma vidente? Vem, levanta logo!

Diz ela o puxando pelo braço, e logo depois continua

Rihoo: Vamos ao clube de arquearia, ainda deve ter umas armas por lá
Kuro: Tudo bem…

Eles andam até lá, por sorte, sem zumbis no caminho! Então, eles entram na sala tem uma prateleira enorme, mas com apenas uma espada e uma bola de basquete velha e suja. Rihoo tenta pegá-la, mas ela é muito pequena pra isso. E Kuro, quando percebe, segura o riso e já pergunta

Kuro: Hã… Rihoo, né? Você precisa de ajuda?
Rihoo: Não! Eu… posso fazer isso sozinha!

Kuro começa a andar de um lado para o outro na sala, ouvindo os barulhos estranhos ao mesmo tempo fofos dela tentando pegar aquela espada. Até a bola de basquete cair em sua cabeça! E Kuro ainda segurando o riso que ficava cada vez mais forte

Rihoo: AII!! Hump, bola estúpida!

Ela murmura com um gemido de dor

Rihoo: Tá, eu desisto! Me ajuda?
Kura: Ufa, finalmente!

Ele alcança a Katana lá em cima e Rihoo fica um pouco enfurecida.

Rihoo: Tá tá! Pegamos a Katana, finalmente! Agora, vamos dar uma passada na sala dos professores
Kura: pra que exatamente?
Rihoo: Quero roubar doces de lá
Kura: Espera, o quê?!
Rihoo: Só vem comigo

Eles saem da sala o caminho não é longe, novamente sem sinal de zumbis. Estava tudo calado, até Kura começar a falar

Kuro: Então… Estamos em um apocalipse zumbi, né?

Rihoo: Nossa, parabéns! Você é tão inteligente por perceber isso só agora!
Kuro: Tá… E como você —Uma garota do ensino fundamental— conseguiu sobreviver até agora?
Rihoo: Eu tenho a mesma idade que você idiota!
Kuro: Jura? Ksks
Rihoo: Dá pra parar de ser ridículo? Bom, tanto faz, nós chegamos!

Eles entraram, a sala estava detonada, Rihoo abriu o armário e pegou os únicos dois doces que tinham no pote, ficou com um e deu o outro para Kuro. Ela vasculha a sala mais um pouco enquanto Kuro se escora em uma parede

Rihoo: Papéis… Comunicados… um cookie velho e mofado… só coisas de sala dos professores. Menos… isso aqui. O que é isso?

Kuro dá uma olhada, não tem certeza do que seja

Kuro: Deve ser um tipo de rádio ou sei lá!
Rihoo: Vamos levar isso, talvez eles saibam o que isso realmente é
Kuro: Eles quem..?
Rihoo: Os outros sobreviventes, vem! Vamos logo até eles!

Diz ela pegando aquele troço e logo depois puxando o braço dele até onde estavam todos escondidos. Rihoo grita John Cena e rapidamente May abre a porta excitada com sua volta.

Rihoo: Bom, encontrei a "garotinha" que estava gritando pela escola!
Kuro: EI! Olha quem está falando!
Rihoo: Pelo menos essa garotinha! Teria a opção de ter te deixado morrer!
Kuro: Você não faria isso!
Rihoo: Se é assim, posso fazer isso agora se quiser! E já avisando que pode ter sangue pra todo lado!
Kuro: O qu…
May: CHEGA! Calem a boca! Rihoo, você não vai matar ninguém aqui!
Rihoo: Mas bem que eu gostaria!

May olha para os dois com uma cara séria, logo tudo se cala até Rihoo ir até Al e Bob que estavam de olhos arregalados e joga aquele troço entre eles

Descubram o que é isso, tenho a impressão de ser um tipo de rádio…

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...