História Blood Drops - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Imagine Bts
Visualizações 144
Palavras 1.092
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Ficção Científica, Mistério, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Capítulo IX


Fanfic / Fanfiction Blood Drops - Capítulo 9 - Capítulo IX

POV Tae

Raiva, era pouco. A vontade que eu tinha, era de arrancar todas as partes do corpo de Jungkook. A única coisa boa que restava em Soon, era suas emoções, e o filho da puta tirou isso dela. 


Já era a quinta vez que estava passando por essa rua. Devo estar dando voltas nessa merda. Ouço um grito vindo de um lugar não muito longe dali. Sigo o grito. Ao me aproximar pude ver Soon se alimentando de uma garota que aparenta ter uns 16 anos. 


-Soon! Pare! -Puxo-a para trás. -Vai mata-la! 


-Foda-se Taehyung! Cuide da merda da sua vida! -Ela diz se levantando. 


-Não, você não é assim! 


-Jungkook! -A garota diz olhando para cima. 


-Flor, não faça isso! -O mesmo pula da casa se aproximando de Soon. -Não faça essa bagunça aqui fora! Vamos ir para casa, hum? -A mesma sorri. 


-Sim, sim! -Jungkook sorri e olha para mim. 


-Pode voltar para casa, Tae!


Simples assim? Ela me ignora totalmente e da ouvidos ao Jungkook? A alguns dias atrás lembro de Soon suspirando fundo para não arrebentar a cara do mesmo. Agora obedece ele igual uma cachorrinha. 


[...]


POV Jin

-Que merda! -Grito socando a parede. 


-Relaxa Jin, daremos um jeito! -Yoongi diz calmamente.


-Um jeito? UM JEITO? -Sinto meu corpo ferver e logo vejo meu reflexo na janela. Meus olhos estavam vermelhos. 


-Jin, ficar assim não vai adiantar nada! -Hoseok se aproxima. -Soon não é Jungkook! Não deve ser tão difícil traze-la de volta! Temos que achar o ponto fraco dela... 


-Seria o melhor amigo, que por acaso se suicidou! -Cruzo os braços fechando meus olhos e suspirando fundo. 


-Não... -Jimin aparece em minha frente. -Não é só o melhor amigo que é o ponto fraco de Soon! -Ergo minha sobrancelha. 


-Quem mais seria? -Pergunto sério.


-A mãe dela! -Jimin cruza os braços. -Quando fui em seu quarto, para transforma-la. -Ele desvia o olhar. -Ela estava falando que a amava. 


-Então... A mãe dela, é... Importante? -Compreendo. -Parece que vamos fazer uma visitinha para senhora Kyung! -Sorrrio. 


POV Jungkook

-O que quer levar para a nossa festinha? -Olho para Soon que não parava de sorrir.


-Tem que ter sangue! 


-Prostitutas? -Olho para ela com um sorriso malicioso.


-Nunca fudi com uma garota! -Ela da de ombros. -Algumas semanas atrás eu era até virgem.


-Você não irá fuder só com ela... -Ela abre um sorriso nada inocente para mim. Oh, como estou adorando essa nova versão da Soon.


Ao entrarmos na mansão, nos deparamos com ela totalmente em silêncio. Silencioso até demais pra mim. Seguro na mão de Soon levando-a para cima. Mas logo escuto alguns passos.


-Soon? -A garota olha para trás.


-Omma?


POV Soon

-Omma? -Sinto uma lágrima escorrer pelo meu rosto. Sem pensar duas vezes, corro e abraço a maior. -Omma, Omma


-Minha SoSo! -Ela me abraça com força. -Que saudade que senti!


-Eu também Omma! -Me solto do abraço e logo ela ri. 


-Está usando lentes...? Amarelas? -Rio sem graça. 


-É... É... -Ela beija minha testa.


-Seus amigos foram muito generosos em me dizer que você está aqui! -Olho para o lado vendo Yoongi, Hoseok, Namjoon, Jin e Jimin. -Tenho que voltar... Não posso deixar seu irmão muito tempo sozinho! -Ela diz passando as mãos em meus cabelos. 


-Tudo bem... Como ele está? 


-Bem! Quem sabe... Combinamos uma janta, lá em casa...? -Olho para os garotos que logam sussurram "Nós iremos apagar a memória dela, ela não se lembrará dessa noite" -Soon...?


-É... Sim, claro! Até, Omma! -Beijo sua bochecha e logo vejo Jin leva-la para fora da mansão. 


-Soon! Você voltou! -Yoongi me pega no colo abraçando-me. 


-Obrigada, pessoal... -Desço do colo de Yoongi. -Eu poderia... -Olho para trás vendo Jungkook bufar e logo sumir. -Poderia ter fudido tudo... 


-O importante é que você está de volta! -Hoseok diz bagunçando meus cabelos. 


-Como sabiam que minha mãe era um dos meus pontos fracos? -Todos olham para Jimin.


-Jimin sabia! -Diz Jin se aproximando. Sorrio ao olhar para o garoto. Vou correndo até ele e abraça-o. 


-Obrigada Jimin, obrigada! -Sussurro em seu ouvido. 


-De nada princesa! -Ele se desfaz do abraço e beija minha testa. 


 

[...]

 

 

Após agradecer todos os garotos, subo em meu quarto para trocar minhas roupas. Me lembro perfeitamente de como foi minhas horas de "sem emoção". Parecia uma descontrolada. 


Passeio pelo corredor e logo paro na porta de Jungkook. Eu entendo-o. Ele desligou minhas emoções porque não queria me ver sofrer. Mas também porque queria me levar para cama. O seu lado negro luta com o seu lado carinhoso. É muito louco. 


Bato na porta duas vezes esperando ouvir um "entre". Mas é Jungkook, ele não dirá nada. Entro no quarto me deparando com o mesmo sentando na cama. 


-Jungkook... -Ele continua sentando, sem mexer um músculo.


-Não quero essa Soon, quero a outra! -Ele diz frio.


-Não me interessa! Sendo ou não sendo quem você quer, vou continuar aqui! -Vou até o mesmo e retiro sua roupa. 


-O que está fazendo? -Ele olha para minhas mãos que desbotava sua camisa. -Quer fuder? -Rio. 


-Quer fazer birra que nem uma criança, vai ser tratado igual a uma! -Digo atirando o pijama para o mesmo. 


-Não vou dormir! -Ele diz jogando o pijama para longe. 


-Aish Jungkook! -Cruzo os braços. -Ficará sem as suas bolças de sangue! -O mesmo revira os olhos e veste o pijama. 


-Pronto! -Ele se atira na cama. Levo a coberta até seu peito. -Eu sou um vampiro, não sinto frio! 


-Shh! -Sorrio. -Deixa eu te mimar um pouquinho! Isso me lembra de quando eu cuidava do meu irmãozinho! 


-Own que bonitinho! -Jungkook diz num tom debochado. -Caguei! Agora saia! 


-Apenas uma bolsa de sangue! -Digo indo até a porta. 


-Que!? Pera! -Ele diz ficando sentando na cama me olhando. -Me desculpa, desculpa! -Ele faz beicinho.


-Hum, pense melhor na próxima vez antes de responder grosseiro! -Rio saindo do quarto. 


Ao fechar a porta do quarto de Jungkook, me deparo com Taehyung escorado na parede. Ele estava me esperando? 


-TaeTae! -Ele olha surpreso para mim. 


-Soon...? -Assinto sorrindo. -Você... Voltou? 


-Sim! -Ele me abraça. -E Tae! -Me desfaço do abraço. -Desculpa pelas palavras que disse a você hoje mais cedo... Você não é idiota!


-Tudo bem, não era a minha Soon mesmo! -Ele da de ombros e logo sorri. -Que bom que você está de volta!


-É, que bom! -Sorrio. -Agora vamos! Vai pra cama, vai vai! -O empurro até seu quarto. 

-Ta querendo cuidar de mim também? -Ele ri fazendo com que eu risse também.

 

 

[...]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...