1. Spirit Fanfics >
  2. Blood Drops >
  3. Capítulo 4

História Blood Drops - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Capítulo 4


Fanfic / Fanfiction Blood Drops - Capítulo 5 - Capítulo 4

Sentidos mais aguçados, uma aparência de dar inveja, a força descomunal. Uma completa estranha.

No pequeno tempo em que procurou permanecer sozinha, na pequena casa, onde seus colegas a abrigaram, analisou minuciosamente a situação em que se encontrava.
Já não estava em casa, seus pais não tinham notícias suas por um logo período - os quais provavelmente já haviam feito um boletim de ocorrência por desaparecimento - , e o mais importante, ela agora era uma vampira.

Não conhecia mais a si mesma.

Se tudo isso era possível, ela não sabia. Mas nada explicava os dois copos de sangue que ela avia ingerido com tanta determinação. Nem ao menos quis saber de que animal aquilo devia ter sido coletado. Era loucura demais para assimilar.

- Louca...- pensou ela – Eu só devo estar louca.

Mesmo Nanjoom, tendo mostrado grande empenho em lhe explicar toda a história, a qual não se lembrava nem da metade, disse que levaria tempo até que aceitasse sua nova “vida”. Ela não assimilava a história, e isso não seria fácil, nem um pouco. Seu maior desejo agora, era correr de volta para sua casa, abraçar seus pais até os ossos doerem, e nunca, nunca mais, cometer o erro de sair de casa.

- Já faz um tempo que você está viajando aí...- Jungkook estava apoiado na janela - Posso entrar, ou prefere continuar sozinha?

- Não...é claro que pode entrar.

Assim, ignorando totalmente a existência de uma porta, ele pulou pela janela, e se sentou ao seu lado.

- Sabe...ficar pensando tanto assim, tentar entender, não vai te ajudar em nada. -  dizia o moreno, em quanto procurava uma posição confortável – Entenda, isso só causará uma pane nas suas engrenagens...- ele dá um peteleco na testa da menor -...Foi o mesmo comigo.

- Talvez você tenha razão. – ela escorrega pelo estofado – Mas como foi?

- O que?

- Como foi para você passar por isso?

Jungkook suspira. Aquela não era uma história que ele tinha orgulho de contar. O deixava vulnerável, fazia com que se sentisse uma pessoa irresponsável. E mesmo seus amigos dizendo que ele era um pouco dramático, sabia, bem lá no fundo, que se não fosse imaturo como era antes, ainda seria humano.

- Foi tudo culpa minha. Me envolvi com coisas ruins, coisas que eu não devia nem saber que existiam, e acabei mordendo o próprio rabo. – ele da uma risada amarga – Os meninos foram piedosos, e me salvaram...

- Acho que omitiu os detalhes por um bom motivo, não é?

- Não quero que você me veja como uma pessoa gananciosa, talvez com o tempo, eu te conte os detalhes.

S/n sorriu, queria muito saber os fatos omitidos por ele, mais respeitou sua decisão. Jungkook, apesar de ser bem jovem, demonstrava ser uma pessoa totalmente diferente da que ele queria que vissem. E ela percebeu isso, era boa em observar o comportamento alheio, do mesmo jeito que era boa em não se intrometer quando descobria algo interessante.

- Faz quanto tempo que esta assim?

- Uns cinco anos, eu acho. Eu tinha vinte e um anos, quando tudo aconteceu. – aquele sorriso amargurado ainda insistia em permanecer nos lábios do moreno – Eu sempre tive medo de ficar velho, me cuidava muito, só não imaginei que isso aconteceria...

- É, você tem rosto de adolescente! – ela abusa do limite de distância, e aperta as  bochechas do rapaz.

- Não me trate como criança! – ele se solta do aperto, com uma cara nada boa.

- Ok, retiro o que disse...

Um barulho de cascalho chegou até seus ouvidos. Ainda não havia se acostumado com a ótima audição que possuía agora, mas sabia que em poucos segundos alguém bateria na porta.

- Jeon?! – como dito, um estranho bateu desesperadamente na madeira.

- O que aconteceu? – o moreno pergunta ao ver Gaho assustado a sua frente.

- Precisam de nós limites do vale...houve outro ataque! – S/n se levanta eufórica.

- Ataque? Como assim?

- Só fique aqui! Logo voltarei e te explico.

E foi assim que ele saiu correndo, tão rápido que ela mau conseguia ver. Porém, o pico da sua sanidade explodiu, no mesmo momento que viu aquele homem, Gaho, se transformar em um lobo marrom, bem na sua frente.

-  Isso aqui está pior que novela mexicana! – diz se apoiando na soleira da porta.

.............

- Jungkook?! Que bom que chegou. – Yoongi foi a seu encontro – Desta vez foi uma mulher...ela era uma das coletoras.

Mas a frente, estava ela. Uma mulher de porte pequeno, mas de uma força invejável. Estava amarrada, com nós muito bem fechados, e mais dois lobos de guarda, por precaução.
Não queriam que ela escapasse, e acabasse matando os humanos, pondo em risco suas identidades.

Á alguns meses, o povoado estava passando por apuros. Muitos de seus integrantes saiam para coleta, ou até mesmo para dar uma volta, e nunca mais voltavam. E os que voltavam, já não eram mais os mesmos. Estavam selvagens, o único resquício de humanidade que possuíam, simplesmente evaporava. Já não sabia o que podiam ou não fazer, quem não podiam matar.
Matar. Era só isso que sabiam fazer.  

Todavia, a causa desta mudança ninguém sabia, nem mesmo a curandeira conseguiu desvendar esse mistério. E eles temiam, que o número de infectados só aumentasse.

- Mas essa é a filha do Sr. Lee! – Jungkook se espanta. Aquele senhor era considerado pré-histórico, um dos mais velhos que moravam entre eles.

- Eu sei. Não sabemos como contar para ele...- Yoon cossa a cabeça.

- Espera aí. Se me chamaram aqui, com esperança de que eu fosse contar para ele, podem esquecer!

- Mas Jeon...

- Não!

- Ei vocês dois. – Jin chama – Venham aqui, Nam descobriu uma coisa.

Ao se aproximarem, viram o moreno ajoelhado em frente a mulher, que tentava de todas as maneiras se soltar, para agarram o homem que a tocava.

- Olhem! – ele aponta para um ferimento que se localizava um pouco a cima dos seios da mulher – O sangue, está preto...isso é muito estranho.

Não só o sangue era peculiar, como também os olhos, continuavam com a mesma coloração avermelhada, mas estavam opacos. Olhos de fantasma.

- Talvez sua ideia dê certo Jimin – Yoongi se intromete nos pensamentos do amigo.

- Seu imundo, sai da minha cabeça! – Jimin ameaça bater no branquelo, mas é impedido por Hoseok.

- Que ideia é essa?

- Nada, eu só pensei que como não sabemos onde os moradores vão parar, se soltarmos ela, talvez ela volte para o lugar onde aconteceu isso. – ele indica a selvagem que o olhava como se fosse uma grande filé.

- Ou, ela pode nos degolar em segundos. – Gaho diz, totalmente contra a possibilidade de soltar aquela mulher.

- Só fazendo para ver...- pronto para cortar as cordas, Nanjoom leva um tapa do irmão mais velho.

- Calma tapado! – Jin diz impaciente – A ideia não é ruim, mas devemos planejar com cautela.

- Jin, tem razão hyung. Não podemos decidir isso, somente entre nós. O povo merece saber, principalmente o Sr. Lee! – Jungkook diz.

- Vamos, Gaho vá na frente, e peça para prepararem a cela! - Taehyung ordena.

O grande lobo marrom, volta a aparecer, e se perde em meio a floresta. Enquanto, os outros se encarregaram de levar a "fera" em segurança. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...