História BLOOD DROPS (VAMPIRE Kim SeokJin) - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, Red Velvet, Seventeen
Personagens Baekhyun, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kai, Lay, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, V, Xiumin
Tags Vampiro Jin
Visualizações 158
Palavras 616
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem
Boa leitura

Capítulo 20 - Ciúmes


Fanfic / Fanfiction BLOOD DROPS (VAMPIRE Kim SeokJin) - Capítulo 20 - Ciúmes

Eu paraliso não sei se eu corria ou ficava parada

Jin e JungKook fuzilavam um ao outro com os olhos.

- calma não é nada disso que você ta pensando - digo

- ah não, só esse babaca te agarrando o tempo todo - diz Jin

- você não é dono dela - diz JungKook

- gente por favor sem discussão, JungKook depois a gente conversa sobre isso

- não, você não vai mais falar com ele - Jin olhava bravo

- a Jin por favor né, não ta escrito seu nome nela e ela fala com quem ela quiser.

- olha aqui JungKook é minha obrigação proteger ela, principalmente de você.

- só por que a gente transo? - pergunta JungKook - vai dizer que ela também não transou com você? Ou você acha que não deu pra ouvir?

Nesse momento eu estava mais vermelha que um tomate.

Vejo Yoongi parado na escada assistindo.

- ela só transou com você porque você usou seus poderes.

- por que você acha que ela não transaria comigo sem usar os poderes?

- não , você é um babaca.

- CHEGAAAA VOCÊS DOIS SÃO DOIS BABACAS TO CANSADA - digo saindo pra fora.

Sinto Jin pegar minha mãe e sair me arrastando para a rua.

- por que tava com ele?

- ta com ciúmes?

- eu com ciúmes até parece

- então por que ta agindo assim?

- não gosto dele perto de você.

- ciúmes

- sobe - ele diz ficando de costas pra minha,na minha frente

- não vou

- sobe logo

- aish - subo nas costas do mesmo que começa a correr,ele corria tão rápido que parecia que ele ia bater a qualquer hora em alguma coisa,tudo em volta se tornava apenas vultos.

Logo paramos e eu desço meio tonta quando volto ao meu normal percebo que em volta só tinha árvores e estavamos de frente para um lago.

- por que me trouxe aqui?

- é pra cá que eu venho quando to mal,me lembra minha mãe...a gente sempre brincava aqui quando éramos pequenos.

- ah - olho pro mesmo que observava o lago sério - Jin?

- hum? - ele diz sem me olhar

- aquela história de você ter matado 4 meninas naquela noite... é verdade?

- sim - ele abaixa a cabeça​ - eu não queria...mais eu não sei quando fico com raiva perco a cabeça e quando percebo já to fazendo.

- hum

- s/n eu não sou bom pra você...nem pra ninguém, você me acalma mais e se um dia eu não me acalmar e acabar...- ele para de fala e fecha os olhos balançando a cabeça

- me matando? Jin eu...eu realmente não me importo aliás se eu morrer não vou deixar nada para trás,sinto falta da escola e de tudo mais se um dia eu voltar nada nunca mais vai ser igual,eu realmente te odiava por ter matado minha mãe ou pelo menos a mulher que eu achava ser minha mãe.

- s/n eu não a matei eu não encostei nela meu pai que fez todo o serviço

- eu realmente odeio seu pai mais não tenho nada contra os meninos aliás não conheço quase eles além de você e o JungKook mais...isso está me deixando louca,eu pareço bem mais eu realmente estou muito mal.

- eu sei que deve ser difícil

- pior de tudo Jin é que não você não sabe...

- sinto muito

- tudo bem não sinta aliás a culpa é minha,se essa maldita marca desaparecesse,mais isso não vai acontecer.

- s/n posso te pedir uma coisa?

- pode

- agora que meu pai deixa você ficar na casa inteira,por favor não fique muito perto dos meninos.

- por que?

- por que além de tudo você é humana e...- antes dele terminar seu celular toca e ele atende,logo sua expressão muda,ele desliga o telefone e sai me puxando pela mão.

- o que houve?

- eles estão vindo.


Notas Finais


Obrigada por ler
Desculpem os erros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...