História Blood, Honor, Letters and Money - Capítulo 3


Escrita por: , INORISCARLETT e LaneFr

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Chara, Flowey, Frisk, Grillby, Personagens Originais, Sans, Undyne, W. D. Gaster
Tags Afterdeath, Alphyne, Charisk, Cherryberry, Crackshipp, Creamare, Crossmare, Drink, Dustberry, Dusthorror, Errink, Frans, Freshpaper, Kustard, Lemon, Nighterror, Nink, Outerscience, Sugarmelon, Surubaum
Visualizações 288
Palavras 1.397
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Extras:

Dream e Nightmare foram os primeiros membros da máfia,conhecidos como Irmãos Binário.*

Binário:

Composto de duas unidades ou dois elementos; que tem duas faces ou dois modos de ser.

Dois valores possíveis denominados "verdadeiro" e "falso".


Música do dia: Looking Like This

Blueberry de capa!
Desenho maravilindo da InkSans ♡ me mandem desenhos pessoal!

Boa leitura.

Capítulo 3 - 02.-Abandonment, Unfortunate Children and Just Stay.


Fanfic / Fanfiction Blood, Honor, Letters and Money - Capítulo 3 - 02.-Abandonment, Unfortunate Children and Just Stay.

 

 

                                 [ 22:49 - Boate - INK ]

 

Me abandonaram!

 

Blue e Dream,aqueles filhos de uma puta,me abandonaram,sem aviso,apenas sumiram.

Melhores amigos.

Claro que sim.

 

Deixo que um suspiro amargo escape por meus lábios enquanto tomo uma dose de conhaque,pra acalmar,não que eu seja um alcoólatra.

Porém,quando você se envolve com prostituição,bebidas e drogas fazem parte do pacote. E isso é ruim. Perdi a conta de quantas vezes acordei em algum hospital meia boca...Clientes nojentos.

 

Me arrepio ao sentir dois braços envolverem minha nuca.

 

Hey Ink,Querido...

 

Me viro sorrindo.

 

—Lust...Você viu Dream e Blue por aí ?—Me liberto do abraço. —Sumiram desde ontem...

 

—Ah...Aquelas crianças ? Deixe que eles se percam Ink... —Lust sorriu de canto e lambeu os lábios. —É mais seguro assim. Não se envolva com as Crianças Lamentáveis...

 

Pisco algumas vezes,Lust não faz o tipo maluco.

 

—...Crianças o que ? Lust...—Cruzei os braços,ele com certeza sabe de algo que eu não sei.—Me conta.

 

Lust soltou sua –Tipica– risada carregada de malícia.

 

—Ah meu doce Ink... —Negou sorrindo. —Você logo vai entender...Me chamou apenas pra saber dos dois ? Pff...Achei que finalmente me daria a chance de te dar a melhor noite da sua vida Querido...

 

Comecei a rir negando.

 

—Hoje não Lust...

 

—Nem amanhã, não é ? Tudo bem,já me acostumei. —Acenou do lado de fora da sala. —Cu doce.

 

 

—Repete! Arrombado! —Continuo a rir,fechando a porta, nego sorridente ao ouvir um "Sou mesmo!" vindo de Lust.

 

 Deslizo até chegar ao chão,abraço meus joelhos e respiro fundo.

 

—...Sozinho novamente.

 

 

(...)

 

 

—Bluy ? Lust ligou,e Dream disse que vocês estão....—Estreitou os olhos buscando pelo pequeno em meio a escuridão do quarto dele.—....Atrasados....

 

Parou os olhos em uma poça de sangue.

 

—Uhn ? Oh...Olá Dus! ...Ah... apenas um segundo...—Jogou uma barra de metal no chão e tirou o pedaço de pano da boca do rapaz,agora novo brinquedo,estava aterrorizado.—Você já pode gritar agora....

 

 

—ME TIRA DAQUI! POR FAVOR! QUEM SÃO VOCÊS?! P-POR FAVOR CARA CHEGA! E-EU NÃO AGUENTO MAIS!

 

Dust sorriu e abraçou a cintura de Blue,encarou o  rapaz,a expressão desesperada e assustada.

 

—Oras...—Blue empurrou Dust e pegou um pedaço de espelho,soltou uma risadinha doce.—Eu sou Blueberry! E esse é Dust!—O fez se olhar no espelho,o rapaz arregalou os olhos de imediato,lágrimas rolaram por seu rosto.—E esse é você...!

 

—Você pegou o filho dos Cabllons ? —Dust sorriu para o rapaz,seus cabelos loiros tingidos de vermelho,Blue era com certeza um profissional.

 

—Sim...Estou adiantando o trabalho...Dus! Dus! Veja como ele grita quando eu machuco ele! —Exclamou com um sorriso animado,pegou um alicate se aproximando do garoto.

 

—N-NÃO! CHEGA! ME MATA DE UMA VEZ!—Rastejou inutilmente para trás,começou a chorar ao sentir a parede o impedir,olhou para Dust. —ME MATA! VOCÊ! POR FAVOR ME MATA!

 

Dust sorriu e inclinou a cabeça

 

—O Mirtilo é quem dita as regras por aqui.—Debochou cruzando os braços. —Você é patético...

Começou a rir.

 

—P-POR FAVOR!

 

—Não posso te matar...—O azulado sorriu intensamente,segurou firme o alicate,parecia pensativo,ou em dúvida sobre qual dedo escolher,suspirou e jogou a ferramenta fora,pegou um machado que estava jogado em uma pilha de armas.—Não consigo decidir....Quer escolher? Seja bonzinho...Dust está assistindo.

 

Dust respira fundo,morde os lábios sorrindo,mesmo nessa situação conseguia desejar Blue.

 

—E-ESCOLHER ? E-EU QUERO MORRER!! —Olhou ao redor desesperado,conseguiu pegar um pedaço de vidro,consequência do espelho quebrado por Blue.

 

Blue negou.

 

—Você não entendeu...Não te dei essa opção... —Suspirou.—Você é muito desobediente! Vou cortar sua perna!

 

—N-NÃO...O....D-Dedão...—Mordeu os lábios,tremia,não conseguiria atingir Blue mesmo que quisesse,estava bem amarrado,a opção que lhe restara era a mais extrema,cortar seu pulso com o pedaço de vidro.

 

Dust olhou a cena desconfiado. Abriu um sorriso.

 

—Que idiota.

 

—Dust! Não diga isso do MEU bichinho... —Colocou as mãos na cintura. —Ele vai aprender...

 

—Pois seu "bichinho" está prestes à se matar. —Sorriu provocante.

 

O rapaz arregalou os olhos,encarou Dust suando frio,rapidamente tentou cortar seu pulso,mas o machado de Blue foi mais rápido,cortou fora o braço do garoto.

 

—Que droga Dus...Você deixou ele nervoso...—Afagou os cabelos encharcados de sangue.

 

Mal podia reagir, não gritava,apenas chorava,sem fôlego.

 

—Você é muito impaciente...Mas tudo bem... —Blue abraçou a cabeça do rapaz,sorriu esfregando a bochecha na bochecha do mesmo. —Agora vai poder dormir ...Você me cansou...

 

Dust arqueou a sobrancelha,sorriu,a cena era de dar arrepios.

 

O rapaz encarou Blue enquanto chorava.

 

—V-Vo--

 

Fora interrompido,perdera literalmente a cabeça.

 

Blue simplesmente havia arrancado ela,a abraçou com força.

 

—Não te deixei falar...Bichinho Mau...

 

 

Sorriu jogando a cabeça no chão,olhou para Dust,estava prestes à abraça-lo,mas o de capuz desviou.

 

—Opa Opa Sweety...A Arma primeiro... —Olhou para o machado nas mãos de Blue.

 

Ah...Isso ? —Largou a arma e sorriu se fazendo de inocente,pulou em Dust o abraçando. —O que queria me dizer ?

 

Dust sorriu,agarrou a cintura do menor.

 

—Dream falou que vocês tem que ir pra boate...

 

—Ah é ...? Eu vou então...Venha me ver mais vezes —Sorriu,acariciou o rosto de Dust o manchando com sangue,roubou-lhe um selinho. —...Se o chefinho perguntar...Lembre-se,é nosso segredinho.

 

Dust sorriu,adorava cada atitude de seu pequeno psicopata.

 

—Claro,Claro,Tanto faz... —Empurrou Blue dando meia volta. —Troque de roupa antes de ir...Da última vez tivemos problemas por causa desse seu esquecimento.

 

—Ah! É mesmo! —Soltou uma risadinha,começou a saltitar pra fora do quarto,parou bruscamente e encarou Dust com um sorriso macabro. —. . .Obrigado.

 

 

 

(...)

 

 

Olho ao redor.

 

Os clientes vibram,excitados,urram como animais famintos,enquanto continuo uma simples coreografia de Pole Dance.

 

Procuro com os olhos algo que me interesse...

 

Hmph...

 

Quem estou querendo enganar ?

 

Estou procurando aquele babaca.

 

Aquele babaca que não veio me ver...

Deve ter sido atropelado mesmo.

 

Bem feito.

...

Eu tenho que parar de mentir.

 

A verdade é que,mesmo tentando me agarrar à uma desculpa,eu só tenho pensado nele.

 

Quis encontrá-lo outra vez.

Mesmo que fosse por uma coincidência.

 

Mas eu não vou mais encontra-lo.

 

Porque ele também me abandonou.

 

Ah,

Droga.

Vão notar que estou chorando.

Sou um imbecil mesmo.

 

(...)

 

—Blueberry! Juro que se não sair daí agora eu vou sozinho!—Dream exclamou chutando a porta.— Porra! Blue!

 

—Calma! —Saiu do banheiro sorrindo. —Pronto! Roupas limpas!

 

—Perfeito! —Dream suspirou. —Agora vamos...

 

—Quando voltamos ? —Blue perguntou enquanto abraçava a cintura do amigo. —Eu disse pro Fell que assistiria um filme com ele...

 

—Dream,Blue,Dust disse que estão voltando pra boate...—Error se aproximou dos dois com um sorriso gentil. —Não estão cansados ?

 

Ambos se olharam,começaram a rir.

 

—Nunca!

 

—Perfeito. —Afagou a cabeça dos dois,como se quisesse algo. E é claro que queria.—Vou com vocês.

 

 

—Pra ver o Ink não é ? —Dream sorriu com malicia.

 

—Que safado Chefinho... —Blue o olha sugestivo. —Tem que nos agradecer!

 

—Nós apresentamos! —Dream sorri,pegando a mão de Blue. —Porque somos demais.

 

 

—Vou agradecer...quando estivermos casados. —Sorriu otimista.

 

Os pequenos se olham com sorrisos maliciosos.

 

 

(...)

 

 

—Parece que você voltou...Babaca! —Cruzei os braços me virando de costas pra ele. —Que pena que não foi atropelado...Já vi que eu vou ter que fazer isso. Depois de matar Dream e Blueberry.

 

 

—Gentil,também senti saudades. —Abraçou o menor,beijou o pescoço dele.

 

 

Dream puxou Blue pra um canto.

 

Sem tocha olímpica para nós hoje Blue.

 

Blue riu enquanto seguia o amigo.

 

 

 

—Não encosta em mim... —Me afastei corado,coloco a mão no pescoço. —Você tem que pagar...Ser um "mafioso" não te torna especial,isso se você for mesmo...

 

 

—Calma...Você é sempre afiadinho assim,ou é só comigo ?—Ironizou a frase. —Posso pagar então...

 

—Não quero seu dinheiro! Você não pode encostar em mim! —Mordi meus lábios,bufei.

 

Pare! Diga a verdade! Merda Ink!

 

—Oras! Mas que indeciso! —Insistiu,prendeu o pequeno contra a parede,aproximou-se dos lábios de Ink.—Me diga... o que eu devo fazer pra conseguir...hum ?

 

—N-Nascer de novo! —Empurro ele,me afastando mais,ele não pode me ver corado,não pode me ver suando frio,não pode me ver tremendo,não pode ver quão interessado eu estou. —B-Babaca! Idiota!

 

Esperei uma resposta,mas não a tive,olhei para ele.

Não parecia muito feliz.

 

Claro Ink.

Você acabou de ofender o cara.

 

 

—...Certo... —Suspirou decepcionado.—Não devia ter vindo,de qualquer maneira,sinto muito.

 

O olhei intrigado.

Espera ele ta mesmo saindo?

Ele não tava brincando? 

 

Não quero que ele vá...Mal chegou...

 

Droga!

 

—Error...! —Segurei seu ombro e abaixei a cabeça um pouco inquieto,o olhei corando. —Espera...!

 

—. . .

 

B-Bom...Você pode começar ficando um pouco mais.

 

Ele abriu um sorriso convencido.

O Babaca fez de propósito...

Por que ele não foi atropelado ? Merda.


Notas Finais


Leram notas iniciais ?

Qual é a face verdadeira ? E qual é a face falsa ? Quem acertar ganha um prêmio! :3


Leiam! Merece ser reconhecido gente!

O rei e o camponês [email protected] [email protected] [email protected] @Chocolate_Misto , escreve demais! Ces precisa ler!

https://spiritfanfics.com/historia/o-rei-e-o-campones-10723405


Fanfic quentinha de nighterror da nossa querida @InkSans! Passem lá!

https://spiritfanfics.com/historia/my-true-love-10845420




Musica: https://youtu.be/VC9b2E-imzw


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...