História Blood in the woods. - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias A Cabana
Personagens Personagens Originais
Tags Hentai, Loucura, Mortes, Sangue, Yaoi
Visualizações 14
Palavras 646
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Hentai, LGBT, Policial, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


A Fic é +18
Contém: Gore, Conteúdo Sexual, Palavras fortes, etc etc
Leiam por própria conta e risco.
Tenham uma ótima leitura.

Capítulo 5 - ᴀᴛɪᴠɪᴅᴀᴅᴇs ᴅᴇ ᴍᴇʀᴅᴀ.


Fanfic / Fanfiction Blood in the woods. - Capítulo 5 - ᴀᴛɪᴠɪᴅᴀᴅᴇs ᴅᴇ ᴍᴇʀᴅᴀ.

14:00

O Homem apontava a arma para Mark com um sorriso sádico no rosto enquanto o mesmo exitava para trás. 

???: Sinto já ter visto seu rosto garoto. 

Mark: E-Ehm... Sim! Você me acordou no ônibus! 

???: Oh! 

O homem abaixa a arma e diz:

???: Você é o Mark certo? 

Mark: Eh? 

???: Sou o Oliver Screwsheed. 

Iruka: Que... Nome complexo, você é o que? Russo? 

Oliver: Ahahaha! Não! Suíço. 

Off com um cigarro entre seus dedos diz:

Off: Certo... Teremos de fazer atividades de campistas certo? Que porcaria vamos fazer? 

Oliver: Obrigado por perguntar senhor campista bem animado! Temos pescaria, violão, lenhador, tricô, tiro ao alvo, etc etc. 

Off: Tiro ao alvo. 

Mark: Lenhador! 

Unk: Tricô.. 

Skilla: Tiro ao alvo. 

Iruka: Sei tocar um pouco. 

Eles se separam e vão para as áreas das atividades, Mark na área de lenhador levanta as mangas e deixa elas até seus cotovelos e tira a camisa de dentro da calça a deixando para fora. 

Mark: Mão na massa... Certo Harry?! 

Harry: Macho, te prepara que eu vou fazer uma pilhagem de toco aqui.

Mark e Harry começaram a cortar as árvores igual a uns desesperados, enquanto Croll que estava lá, cortava de boas.

Mas enquanto isso, na igreja do acampamento estava o Padre e um homem estranho naquela salinha de confeção de pecados, o Padre era um homem de cabelos longos e brancos com uma barba branca e o Homem estava com seu rosto coberto por sombras. 

???: P-Padre... Sinto muito.. Eu pequei.. 

Padre: Me diga seu pecado meu filho, Vosso senhor com certeza te perdoará. 

???: Eu fiz de novo padre.. 

Padre: Mas de novo?... 

???: Aquilo me incomodava! Então apenas fiz... Sinto muito padre... 

Padre: Mas o que fez com o resto?... 

???: Você sabe o que eu fiz padre... Fiz aquilo que eu sempre deveria ter feito... 

Padre: Meu Deus.... 

???: Meu Deus... De novo não... Se ele tomar conta.. Estamos perdidos...

Padre: Não te preocupas, daremos um jeito nisso... Logo... 

A cena novamente muda para o acampamento, todos já tem terminado suas atividades. 

Mark e Harry carregavam bolsas cheias de tocos. 

Unk segurava um casaquinho bonitinho. 

Off segurava um rifle descarregado, etc. 

Call estava pescando no Rio, enquanto isso, sentou Mark ao seu lado. 

Mark: Conseguiu alguma coisa? 

Call: Somente alguns peixes. 

Mark: Pelo menos conseguiu. 

Mark sentiu alguém tocar seu ombro com a mão e virou para ver quem era. 

Mark: Si-

Era uma garota loira de lábios grossos, meio pequena e usava uma camisa branca aberta com uma blusa preta por baixo e um jeans. 

Mark: Opa! Sup Igls. 

Igls: Oba porra, eae. 

Mark: Se ta procurando o Iruka ele ta no tiro ao alvo! Ele tava tocando violão mas meh. 

Igls: Opa, vou jaja lá~

Mark: Ooooooookkkkaaaaaayyyyyy.. Está em alguma cabana? 

Igls: Nop, cheguei hoje, peguei por sorte o último ônibus. 

Mark: Puta sorte, temos uma cabana! Quer vir conosco?! 

Igls: Obvio caralho, tu acha que eu tenho para onde ir? 

Mark: Great! Ela fica ao norte da placa central do acampamento, tente ir lá depois. 

Igls: Claro, mas agora eu vou dar uma olhada do garoto Iruka~

Igls saiu andando e Mark sentou de volta ao lado de Call. 

Mark: Você já matou um minion? 

Call: Eu já matei meu avô. 

Mark: Beleeza-

A cena troca para Iruka baleando um alvo vermelho com o rifle, ele só acertava o meio ou o redor dele, então sentiu ser abraçado por trás. 

Igls: Hey hey demoninho~

Iruka: Eae anjinha. 

Ele se virou ficando de frente pra ela e abraçou-a de volta. 

Igls: Mark disse que todo mundo ta na mesma cabana. 

Iruka: Yup, vai vir com a gente né? 

Igls: Cê acha que eu tenho pra onde ir? 

Iruka: Talvez. 

Igls: Engraçaralho. 

Iruka largou a arma e disse:

Iruka: O que cê vai fazer agora? 

Igls: Te matar~

Igls puxou uma faquinha e avançou em Iruka. 

Iruka: Mas o que?! 

End of Chapter 5.




Notas Finais


Obrigado por lerem!
O capítulo 6 vem em breve.
Esperem até lá!
Bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...