História Blood, love and tears - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 22
Palavras 1.786
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 39 - 38 Capitulo


Fanfic / Fanfiction Blood, love and tears - Capítulo 39 - 38 Capitulo

Kookie

Depois da pequena briga que tive com o Jimin saí disparado de casa e fui ter à praia, à mesma onde eu pedi em namoro a Marta...Começei a pensar em cada momento vivido ao lado dela, recordar aquele sorriso rasgado e aquele olhar brilhante que me fazia ficar um bobo cada vez que ela se aproximava, eu não sabia o que fazer para ela acreditar em mim mas eu necessitava que ela estivesse a meu lado e uma coisa eu tinha certeza é que a queria para o resto da minha vida,nem que isso me custasse a mesma. No meio de tantos pensamentos esbarro numa pessoa e quando vejo quem era...

KO-Marta?

Mar-Sou eu!

KO-Eu sei, mas como é possivel nos encontrar assim?

Mar-Não sei....

KO-Será que é o nosso destino? (Aproximo-me com a intenção de a beijar).

Mar-O melhor é te afastares...

KO-Mas...Porquê?

Mar-Porque é o melhor para nós dois..

KO-O melhor para nós dois,como assim? Tu ja não gostas de mim?

Mar-Claro que gosto, mas é melhor isto não acontecer mais, assim é mais facil nos esquecer...

KO-Mas se tu gostas de mim, porque me queres esquecer?

Mar-Por vários motivos, foi uma pessima ideia, achar-mos que pudiamos ficar juntos...

KO-Não digas isso... A nossa historia não pode ficar assim...

Mar-Mentaliza-te que a nossa historia nunca vai puder avançar mais, tem vários obstaculos, não dá é impossivel.

KO-Que obstaculos?

Mar-Tu não vês à tua volta? Eu sou vampira e tu uma hora vais envelhecendo para além de correres perigo estar junto de mim e do meu meio. E a outra razão é que eu vou voltar para Portugal daqui a duas semanas e a gente nunca mais se vai ver.

KO-E então? Eu estou disposto a correr o risco...

Mar-Tu até podes estar, mas eu não... Uma hora isto iria acabar por acontecer.

KO-Mas Marta...

Mar-É o melhor Kookie, vais ver que daqui a um tempo vais encontrar alguém que te ame que esteja do teu lado de todas as formas e sem rodeios... Daqui a um tempo nem te lembras de mim.

KO-Eu vou sempre lembrar...

Mar-Bem tu é que sabes, só não quero que te magoes...

KO-Tu não entendes que o que mais me magoa é saber que estás a desistir de "nós"?

Mar-Eu entendo, mas é o melhor para nós dois,desculpa... (aproxima-se, beija-me e vai embora)

Vou admitir foi o dia mais dificil da minha vida, enquanto ela se ia afastando eu ia chorando cada vez mais porque sabia que aquele seria o ultimo beijo, a ultima conversa, o ultimo toque, a ultima troca de olhares... Eu não queria mais ninguém, só a ela....

No dia seguinte em Sintra:

Leonor Costa

De manhã bem cedo,vim para o aeoroporto receber os vampiros que se iriam juntar à comunidade por algum tempo...

Dm-Leonor?

L-Mendes? À quanto tempo... (corro para abraça-lo)

Dm-Realmente, ja não nos vemos desde que foste à Russia em missão.

L-Tive muitas saudades,nunca mais disseste nada...

Dm-Tive ocupado.

L-É eu entendo... (olho para o o outro lado) Não acredito, Catarina?

Ca-É parça sou mesmo eu (rimos).

L-(olhando para trás) Prontos já estragaram o meu dia...

Ro-Uii que boas vindas!! (Ironico) Vejo que continuas a mesma grossa e chata...

L-E eu vejo que continuas a mesma besta quadrada... E o que estás a fazer aqui? Foste expulso desta mesma comunidade junto com a Joana à uns seculos, lembras-te?

Ro-Lembro-me muito bem, mas o Kevin chamou-me e agora?

L-Nem sei porque ele te chamou...

Ro-Porque apesar de tudo continuo a ser um vampiro poderoso para enfrentar aquele Jaguar....

L-Pois claro, tu devias era ser morto por esse Jaguar assim já não davas trabalho a ninguém...

Ro-Ora ora Leonor, não estás a ser um boa lider de zona...

L-E tu és? Poupa-me...Tu no minimo só fazias porcaria e não duvido que farás novamente.

Ro-És vidente?

L-Não preciso de ser vidente para saber aquilo que tu és.

Ro-Ai Leonor abaixa as armas, não sou eu o inimigo...

Dm-É ele tem uma certa razão...

L-Ok, vamos fazer treguas mas uma unica falha, tu és corrido daqui a pontapé...

Ro-Ok Leonor....

Ca-Vamos? Estou ansiosa por ver o Joel....

Ro-À sempre um gajo metido...

L-Ahh com ciumes (ri).

Ro-Também devias de ter, visto que ele é tua cria e vocês têm algo...

L-É isso que te enganas, já não tenho nada com o Joel...

Dm-Aserio Leonor? Toda a gente achava que tinhas algo com ele ainda.

L-É e a gente teve mas passou, agora tenho que aturar outra besta....

Dm-Quem?

L-O nome Yuri faz-te lembrar alguma coisa?

Dm-Tchey,ja estou a ver tudo...

Ro-Esse também está na comunidade?

L-Porquê? Queres te juntar a ele? Olha faziam um belo casal...

Ro-Nem pensar...

L-Logo vi... Bem vamos embora. (Saimos)

Na coreia:

Marijim

Estava no hotel bebendo alguma coisa quando volto a receber uma mensagem privada mas desta vez era algo diferente.

Mensagem

"Bom dia minha linda, sei que hoje é uma mensagem diferente do que as que ja estavas habituada, mas creio que esta é mais especial de todas. Hoje ganhei coragem para te pedir para nos encontrarmos e tu veres quem realmente sou com os teus proprios olhos. Vai ter ao restaurante Mingles às 20:30h, la me encontrarás. Bem até logo princesa."

O meu coração explodiu de alegria mal li aquilo, eu realmente estava apaixonada pelo meu admirador secreto apesar de não o conhecer... Entretanto entra a Marta.

Mar-Ola,estás muito feliz hoje...

Mari-Adivinha?

Mar-Sei la...Começas-te a namorar?

Mari-Não, se bem que era bom mas não é isso...

Mar-Então o que é?

Mari-Lembras-te daquele rapaz que me mandava mensagens romanticas em anonimo?

Mar-Claro que me lembro, tu não te calas com isso. Mas que tem?

Mari-Ele combinou um encontro para hoje à noite, estou tão ansiosa...

Mar-Tem calma,tudo vai correr bem.

Mari-Espero bem que sim....

Rap Monster

Estavamos na casa do Kookie a ensaiar, ou melhor a tentar...

KO-Don’t far away naegedo kkumi idamyeon Naraganeun kkumi idamyeon

(Não muito distante, se você tivesse um sonho Se somente tivesse um sonho voando)

Jim-PARA PARA PARA... Kookie estás a desafinar!

KO-Que desafinar, eu n desafino... Estás a ouvir mal.

Jim-Kookie estou a dizer que desafinaste....

KO-E EU ESTOU A DIZER QUE NÃO DESAFINEI PORRA...

Sug-Hey calma gente...

KO-Que calma, ele diz que estou a desafinar e depois sou eu que tenho de me acalmar...

Jim-Não, sabem o que é isto? Ele basicamente mete-se em relações amorosas que dão para o torto e depois a banda é que paga com as frustrações dele...

KO-TU CALA-TE NÃO TENS O DIREITO DE FALAR ASSIM DE MIM E DAS MINHAS RELAÇÕES.

Jim-AI É? EU SO TE QUERO ABRIR OS OLHOS, MAS QUERES SER BURRO A ESSE PONTO O PROBLEMA É TEU!!

KO-SE EU SOU BURRO OU NÃO, O PROBLEMA É MEU POR ISSO NÃO TE METAS...

RPM-ACABOU A PORRA DA DISCUSSÃO!

V-Eita, o Rap monster passou-se.

RPM-Isto é uma banda e não um ringue de boxe... Se isto continua os Bts acabam de vez, é isso que querem?

KO-Não mano...

RPM-Então parem de discutir e agir como crianças,os problemas não são trazidos para aqui.

KO-Ok, tens razão desculpa.

Jim-É desculpa...

RPM-Bom vamos continuar o ensaio, mas desta vez sem discussões e mais concentrados...

Todos-Ok...

Em Sintra:

Leonor Costa

Já estavam todos apresentados e hospedados, então fui com o Mendes para o bar... Entretanto chega o Yuri.

Y-Bom dia gata!

L-Bom dia so se for para ti, porque o meu dia hoje não está a correr la muito bem, visto que parece que os demonios todos vieram se meter comigo...

Y-Ai Leonor nem quando sou simpatico tu paras com esses ataques...

L-Porque será?

Dm-Perdeu playboy...

Y-E alguém falou contigo?

Dm-Não, mas sabes o que é, é que eu odeio gajos como tu só isso...

Y-E alguém te perguntou alguma coisa? Vê se não te esticas se não desfaço-te...

Dm-(Levanta-se) Não, mas quem se mete com a Leonor mete-se comigo... E o que te esqueçes é que não tenho medo de ti.

Y-Mas devias...

Dm-Porquê? Por teres essa cara de mau? Poupa-me... Entende uma coisa puto, a Leonor não gosta de ti por isso baza da vida dela, já não chega o que lhe fizeste?

Y-Conheçeste-o agora e já lhe contaste a ele também?

L-Enganas-te... Eu ja o conheço à uns anos.

Y-Sabes o que é que tu és?

L-Sou o quê?

Y-És uma hipocrita... Na altura que andavas enrolada comigo não te queixavas...

L-Pois, realmente devia de andar cega...

(Entra o Rodrigo)

Ro-Ora ora, confusão aqui ameii...

L-Então discute tu com ele, que nós os dois vamos embora. (Saiu com o Mendes)

À noite na Coreia:

Marijim

Depois de me preparar para o encontro, fui ter ao restaurante. Quando la cheguei estava tudo escuro, mas a porta estava aberta então abria-a com cuidado...

Mari-Alguém está aí....

(De repente ligam-se a luzes e ouço uma pessoa a cantar, eu conhecia mas quando olhei, nem acreditei que era ele...)

Jim-Kkwak jaba nal deopchigi jeone

Nae mami neol nochigi jeone

Say what you want

Say what you want

Niga jinjjaro wonhaneun ge mwoya

(Me abrace antes que eu deixe de te querer

Antes que meu coração resolva te abandonar

Diga o que quiser

Diga o que quiser

O que é que realmente você quer?)

À medida que ele ia cantando me olhando nos olhos,eu ia me apaixonando cada vez mais por cada detalhe do seu rosto, por cada tom da sua voz... Ia me passando também na mente cada poema que ele tinha me escrito até que a musica parou e ele aproximou-se e me agarrou a mão...

Mari-Nem acredito que és tu, o meu sonho realizou...

Jim-Sou mesmo eu Mariana.

Mari-Mas porque não me disseste logo?

Jim-Porque achava que nunca irias gostar de mim, achava que não pudiamos ultrapassar a barreira de fã e idolo.

Mari-E o que te fez mudar de ideia?

Jim-O meu amor por ti...

Mari-Oiwww que fofinho.

Jim-Bem vamos jantar?

Mari-Vamos.

Jimin

Estava tudo correndo como o esperado e eu estava fincando nervoso pois não sabia qual seria a resposta à pergunta que eu iria fazer...Entretanto acabamos de jantar.

Jim-Bem eu ja venho, fica aqui...

Mari-Ok, ate ja.

Fui buscar um ramo de flores e pus ele atrás das minhas costas e quando cheguei ao pé dela me ajolhei e lhe entreguei o ramo.

Jim-Sei que pode ser cedo de mais e a gente nem se conhecer direito mas eu acho que é a hora certa para esta pergunta porque te amo... Queres namorar comigo Mariana?

Mari-Quero,quero muito... Me apaixonei por ti mesmo não sabendo quem eras, mas agora te vendo ainda fiquei com mais certeza que te amo.

Me aproximei e a beijei apaixonadamente e de uma coisa eu tinha certeza era que daqui para a frente estaria feliz junto da garota que tanto amo. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...