História Blood Love and Tears - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, CL (Chaelin Lee), G-Friend, Got7, T.O.P
Personagens Cl, JB, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lee Chaelin "CL", Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, T.O.P, Yerin, Youngjae, Yuju
Tags 2ne1, Ação, Aventura, Bigbang, Bts, Comedia, Drama, Gfriend, Got7, Sobrenatural, Terror, Top, Tragedia, Youngjae
Visualizações 5
Palavras 398
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, LGBT, Magia, Mistério, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Tenham uma boa leitura

Capítulo 5 - Não julgue o quê não pode provar


Fanfic / Fanfiction Blood Love and Tears - Capítulo 5 - Não julgue o quê não pode provar

CL: Afinal, vai ou não na delegacia?

JB: vou ne, estou sendo obrigado

Fomos até o tal local e ela insistiu para ir também, vi uma moça e perguntei se já tinha pegado a assassina do caso apenas para zoar, e a mesma rebate me respondendo um sim, estranho pois a CL estava lá fora, pedi para que a visse, que lugar sujo e feio, mas o que são esses babacas matadores de sua própria espécie para nós que matamos apenas com um olhar

Enfim, a moça estava de costas e parecia está chorando.

JB: Ei, você ai.

A garota se vira tão esperançosa, mas o que me deixou mais indignado pois quem eles pegaram foi a chicken

S/n: Você? O que faz aqui?

JB: É..é.. A dona de onde você trabalha me contou

S/n: Ela não sabe

JB: Sem explicações, vou te ajudar, me dá 5 segundos

S/n: O quê? Como? 5 segundos? Volta aqui

Vou ate a tal delegada e olho em seus olhos logo falando:

JB: Não grite, você vai soltar a moça da cela 7 agora.

Ele rapidamente pegas as chances com uma das policiais e abri a cela da chicken

~S/n on~

Eu estava sentada tentando raciocinar no que ele havia dito até que a delegada se aproximou e simplesmente me soltou, tão fácil assim, estava tão confusa mas sinceramente só precisa sair daquele lugar, logo vem a felicidade de sair dali e vou dar um abraço no garoto até que percebo o desconforto e me retiro, então ele me puxa novamente e me abraça

JB: De nada, agora precisamos ir -Fala ele cortando o clima

S/n: C-claro

Seguimos ate a saída até que ele quis saber como aquilo aconteceu, expliquei para o mesmo que havia tropeçado em um corpo que acabou me deixando coberta de sangue então eles acharam que fui eu e sem esquecer que eles falaram que ninguém ia ali a anos, era como uma floresta proibida, a cidade era muito conservadora, nunca havia acontecido isso antes, várias conversas paralelas se espalharam até que chegamos na porta e ele arregala os olhos assustado logo me puxando para dentro novamente

JB: vá pelos fundos e não me pergunte o porque, falo com você depois, apenas vá

S/n: O quê?

JB: Vá

Fui como o pedido sem entender nada, ele foi um cara muito gentil hoje, mas ao menos sabia seu nome

Ele olha rapidamente para mim é responde:

JB: EU ME CHAMO BLOOD...


Notas Finais


Pessoal, qual o horário que vocês preferem para serem liberados os capítulos, manhã ou noite?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...