História Blood Moon - Capítulo 2


Escrita por: e Isadora_Sanoli

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Kim Taehyung, Romance, Sobrenatural
Visualizações 29
Palavras 1.204
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus girassóis ^^ bom irei deixar aqui uma pequena explicação sobre esse capítulo
Bom cá estava eu com a Co-autora da fanfic pensativa em como seria o decorrer historia e pensei no seguinte
Existem vários caçadores e não somente a família da Hana então quem seria o vampiro doidão de usar seu nome verdadeiro? Então peguei uns outros nomes que eles vão usar para se apresentar para os outros personagens no decorrer da historia.
Taehyung terá o nome de Park Yong
Jimin será o Kim Hwan
Hoseok será o Lee Myung
Yoongi será o Min Chung-Hee
JungKook será o Nam joo hyuk
Namjoon será o Kim woo-bin
Seokjin será o Lee Jong Suk

E o "~" será usado para destacar os pensamentos
Bom é isso... Boa leitura ^^

Capítulo 2 - Promessas


Fanfic / Fanfiction Blood Moon - Capítulo 2 - Promessas

havia sido uma tarde conflituosa para Taehyung, uma nova aluna tinha chegado na universidade, ela irradiava superioridade, seu jeito frio e serio chamou rapidamente a atenção do rapaz que a observou por um breve momento antes de entrar para a sala,pensava consigo o porque de ter sentido algo diferente na menina, porque uma simples humana chamaria tanta atenção, seus pensamentos foram cortados quando a voz do professor ecoou pela sala anunciando a entrada de uma nova aluna.

-Espero que sejam educados e a recebam bem - Falou o professor com um tom ríspido

Assim que o professor chamou a menina toda a classe olhou para a porta curiosos para saber quem seria a novata da vez, quando finalmente ele a chamou todos ficaram boquiabertos, Hana estava parada frente a porta de braços cruzados, Sua roupa marcava cada curva de seu corpo oque fez os meninos não tirarem os olhos da mesma, logo começou o cochicho no fundo da classe. Kim manteve seu olhar sobre a menina junto de Jimin que ria da expressão de seu amigo.

-Cuidado para não babar cara - O rapaz ria balançando a cabeça negativamente

-Aishi... Só estou curioso sobre essa menina... apenas isso - Ditou o rapaz pensativo

Um grito raivoso foi ouvido pela classe fazendo todos direcionar seus olhares assustados para o professor, sempre que algo saia de seu controle ele gritava e dava sermões em todos, sem exceções, quando o mesmo ia prosseguir com sua bronca uma outra voz foi ouvida assim cortando o professor.

- Se quer dar bronca em seus alunos ao menos de o exemplo, acha que gritar por nada é coisa que um professor faça? Pelo que me parece foi encontrado na esquina e contratado pois não sabe nem controlar sua turma - Ditou a menina que mantinha seu olhar fixado no professor

Essa era Hana, uma menina temperamental que não tinha medo de falar oque pensava seja para quem fosse e seja la qual fosse a consequência.

-Oque disse senhorita Park? -Perguntou o professor com uma certa raiva

-Alem de idiota e surdo? - Ditou rindo

Toda classe acabou por rir, havia aparecido alguem que não teria medo de enfrentar o tão temido professor, Hana logo se dirigiu a carteira vazia a frente de Kim que ria junto de Jimin, A tarde passou lenta e calma, Hana se mantinha quieta em sua carteira e prestava atenção em tudo a sua volta, pensava consigo mesma como as pessoas não enxergavam a falsidade alheia, ou não queriam enxergar, na hora do intervalo Taehyung e Jimin se sentaram ao lado da menina e encararam a mesma, logo Jimin começou a falar

- Prazer me chamo Kim Hwan - Falou dando seu melhor sorriso.

-Me chamo Park Yong - falou sério olhando nos olhos da menina

Hana logo levantou o olhar para os rapazes e suspirou pensativa. Ela se manteve seria encarando os dois a sua frente.

- Me chamo Park Hana.

Em meio a conversa a menina se manteve seria e calada a todo momento e atraia o olhar de varias pessoas, quando os rapazes sairam de perto, Hana se levantou e começou a caminhar em direção a sala, mais um grupo de meninas a parou.

-Olá... me chamo Kim Hye prazer em conhecê-la. -Uma voz um tanto enjoativa foi ouvida no corredor

-Me chamo Soo Min - outra voz foi ouvida

-E eu me chamo Mi-Cha

Hana observou as três meninas por um breve segundo e suspirou logo começando a andar sem dar importância alguma as meninas parada a sua frente, Algo no seu interior lhe dizia claramente que essas meninas lhe trariam muita dor de cabeça. Ao entrar na sala a menina ficou olhando pela janela observando todos adolescentes se divertindo e conversando, pensava que se dessa vez completasse a missão perfeitamente sua irmã de criação seja onde estivesse ficaria feliz.

-Irei cumprir essa missão perfeitamente eu lhe prometo Hae - Ditou a menina com a voz falha

Lagrimas rolaram pelo rosto da menina que começou a lembrar de todo incidente causado por sua imprudência e infantilidade

8 Anos atrás

-Por favor Appa deixa eu ir com a Hae prometo não atrapalhar - Pedia a menina fazendo charme

-Ja lhe disse Park Hana não é não, va para seu quarto agora - Ditou o Homem ja perdendo a paciência com a tamanha infantilidade da filha.

A menina saiu de perto do pai irritada e chatiada, só queria ajudar Hae e ele a impedia dessa maneira, a menina ao entrar no quarto se jogou na cama pensativa.

-E se eu for escondida.... - Pensou em voz alta - Eu vou poder ajudar ela e ele nem vai saber...

Hana nem imaginava que sua irmã corria perigo se ela fosse junto, achava que tudo era brincadeira e como toda criança queria se divertir mesmo ouvindo desde pequena que isso era um trabalho serio, a menina se arrumou correndo e saiu pela janela agarrada a uma árvore, sem que ninguém percebesse a menina seguiu o grupo que iria caçar aquela noite.

~Sabia que não iria acontecer nada hehe~

A menina sem ao menos perceber acabou se cortando em um galho no meio do caminho, estava indo tudo bem até Hae sentir algo estranho, a menina tinha visto um grupo de vampiros correr na direção oposta do grupo, mais a ideia de que Hana estaria lhe seguindo nem se quer passou pela sua cabeça. A caçada por algum motivo não havia sido produtiva, quando todos voltaram ao acampamento contaram ao chefe tudo que ocorreu no caminho, menos é claro Hae que sentia que algo não estava certo nessa história, a menina logo foi tirada de seus devaneios por um grito perto do local onde estavam. Hana estava caida sobre o chão com o braço e a perna cortado enquanto três vampiros se aproximavam, a menina se viu em pânico algo que não era certo de uma caçadora mais o medo falou mais alto nunca havia estado de frente com um ser da noite antes oque fez a mesma ficar mais em choque ainda, quando Hae viu a cena seu coração apertou, não conseguia imaginar sua irmã de criação morta, em um impulso tomado pela raiva de ver aqueles monstros perto de sua menininha Hae correu em direção dos mesmos descarregando sua bala toda nos mesmo, ao ver os três caidos correu em direção de Hana e a abraçou, so que uma coisa que a menina havia esquecido é que vampiros sempre andam em grupos maiores. E esse mesmo grupo estaria se aproximando lentamente do acampamento.

-Você está bem? - Ditou preocupada

-Sim... desculpa Hae prometo nunca mais seguir vocês foi tudo culpa min.....

Quando hana ia acabar de falar o grito do senhor Min foi ouvido de longe e a cabeça de sua irmã caiu ao chão, os tiros foi ouvido por todo acampamento junto de gritos de socorro, Hana se manteve parada sentada no chão inalando a fumaça ocasionada pelo incêndio enquanto o acampamento era invadido , lagrimas começaram a cair e o sentimento de culpa começou a aparecer em seu coração quando a mesma viu várias pessoas mortas inclusive a pessoa que ela mais amava no mundo. 

Breathe

Tudo bem se a sua respiração ficar um pouco curta

Ninguém vai te julgar

Você pode cometer erros de vez em quando

Todo mundo erra

Se eu te disser que está tudo bem

Eu sei que são apenas palavras



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...