1. Spirit Fanfics >
  2. Blood Moon (Sterek) >
  3. Descontrole

História Blood Moon (Sterek) - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Descontrole


Fanfic / Fanfiction Blood Moon (Sterek) - Capítulo 1 - Descontrole

Stiles abrira os olhos com o coração acelerado, um som estranho o tinha acordado derrepente. Ainda estava escuro e o relógio indicava quatro da manhã, se levantou mesmo que com receio, pegou seu celular e aprontou a lanterna fraca para o chão, enquanto descia as escadas se perguntava se deveria chamar seu pai ou ligar por Scott, mas fazer isso por apenas um barulhinho lhe fazia sentir idiota. Estava com uma pulga atrás da orelha desde o nogitsune, estava calmo de mais.

- pai? - disse quase sussurrando pra porta da rua. Quando ouviu o barulho de novo, dessa vez um som similar a algo pesado caindo no chão, bem na porta de sua casa. Pegou seu taco encostado na parede da cozinha e se preparou para abrir a porta e bater em quem ou que tivesse ali. Contou até três mentalmente e abriu a porta rápido como o vento, sem nem pensar jogou seu taco contra oque quer que fosse que estava ali e mesmo com os olhos fechados notou que o taco realmente bateu em algo. Assim que abriu os olhos, viu Derek, estabanado no chão do jeitinho que veio ao mundo.

- Mas que porra é essa?- Stiles disse mais como um chingamento. 

Derek levantou sua cabeça que sangrava um pouco e olhou Stiles nós olhos, parecia meio confuso.

- Stiles? Onde eu tô? - Derek perguntou se levantando do chão, seu rosto demonstrava que ele realmente não estava entendendo nada, suas sombrancelhas se juntavam em uma expressão de confusão e ele olhava para os lados parecendo tentar juntar as peças

- Porque caralhos você tá me perguntando isso? São quatro da manhã e você apareceu aqui na minha porta pelado. - no momento que Stiles disse isso, seus olhos desceram pelo corpo de Derek, não intencionalmente. Sentiu suas bochechas esquentarem e virou seu olhar para o nada. 

"Derek é humano? Aquele tamanho não é humanamente possível, aquilo é quase uma terceira perna. Droga agora vou ficar com isso na cabeça." Stiles pensou enquanto convidava Derek pra entrar e pegar uma roupa emprestada.

- Não faz barulho, meu pai tá dormindo, mas ele ouve tudo dentro de casa.

- Ele não me ouviu- disse enquanto subia as escadas atrás de Stiles.

- por um milagre. Aliás você quase me matou do coração 

- Não foi intencional, a verdade é que não faço ideia de como vim parar aqui. - disse enquanto entrava no banheiro de Stiles com uma muda de roupas largas.

Stiles se sentou em sua cama e olhava apenas a luz acesa do banheiro q ia de encontro ao seu quarto, aquilo estava estranho de mais, Derek aparecer sem nenhum motivo assim.

- A propósito obrigada pelo corte na cabeça. - disse enquanto entrava no quarto com uma blusinha apertada do Batman, Stiles quase caiu se segurando pra não rir. - você não pode jogar um taco em alguém assim do nada seu idiota.

- Do nada? Eu tava me protegendo seu bosta, do nada aparece alguém pelado na minha porta oq você esperava que eu fizesse?

- você não viu que era eu?

- foi meio difícil enchergar no escuro quase tendo um ataque cardíaco.- disse se levantando e indo alguns centímetros de Derek

- tá fazendo o que? - Derek perguntou se afastando um passo pra trás.

- Sua cabeça não tá curando, Derek.

- oque? Não é possível.- disse pegando no ferimento e sentindo-o molhado com sangue assim como um ardor persistente.

- porque não tá se curando?- Stiles questionou curioso

- E-eu não sei

Stiles o olhava curioso quando no meio de toda aquela escuridão viu claramente seus olhos brilharem em um azul vibrante.

- Derek seus olhos.

- tem alguma coisa errada- disse ofegante, segurando uma de suas mãos no ombro de Stiles. - Não consigo controlar minha transformação.

- Oque?? Você não vai virar um lobo e rasgar minhas roupas que te emprestei né? - disse quando sentiu o olhar de Derek o julgando, assim como suas unhas que estavam começando a perfurar seu ombro. - Foi mal, péssima hora. Eu vou ligar pro Scott! - disse andando até a cômoda onde havia deixado o celular minutos atrás, quando sentiu seu corpo ser jogado contra o chão, seu rosto havia batida forte na madeira do chão e Derek segurava suas mãos prensadas entre o chão e suas garras enormes. - D-derek? É melhor se controlar.... Der...ah...Derek! - disse esperando que ele recobrace a consciência, mas apenas sentiu suas respiração quente por trás de seu pescoço, seus pelos se arrepiaram quando sentiu sua língua quente passar em sua pele, seu coração Batia tão forte e alto que o podia escutar.

- Stiles. - Derek disse contra o ouvido de Stiles que quase se sentiu excitado com toda aquela dominância, mas seu medo de ser estraçalhado era maior.

- D-Derek não faça isso.

Tudo que Stiles podia fazer era implorar por sua vida, não sabia porque Derek havia se descontrolado, mas lobisomens são imprevisíveis. O silêncio no quarto era assustador, tudo que se ouvia eram suas respirações ofegantes. Stiles sentiu o corpo de Derek se aproximar ainda mais do seu, sentiu quase como se ele estivesse se deitando sobre ele. Achou que ele poderia estar desmaiando, mas sentiu uma pontada forte em seu pescoço, quase chegando no ombro, demorou ao perceber que Derek o estava mordendo. Ouviu seu rosnado junto a sua respiração quente que batia em sua pele agora ferida. Derek derrepente se afastou, tudo que Stiles ouviu foi o barulho da janela sendo aberta, se virou rapidamente enquanto corria até a janela, e viu Derek correndo e sumindo na escuridão. 

- Stiles? Oque aconteceu? Eu ouvi um barulho, São quase cinco da manhã. - noah entrou derrepente no quarto acendendo a luz, Stiles escondeu suas mãos machucadas atrás de seu corpo.

- E...eu....eu caí da cama.

- Caiu da cama? - noah perguntou descrente. - bom, tanto faz, vai dormir, eu tô indo trabalhar.

- t-ta, cuidado no trabalho pai. - disse ainda com a voz trêmula, noah saiu meio desinteressado e fechou a porta, Stiles pôde finalmente respirar fundo, suas mãos tremiam e seu coração ainda estava acelerado. Foi até o seu banheiro e pode ver a marca das garras de Derek em seus pulsos que o fizeram sangrar, assim como uma mordida em seu pescoço, clara como o dia. 

- Mas que merda aconteceu aqui? - sussurrou quase que pra si mesmo.

"Oque estava acontecendo com Derek? E o pior! porque tudo isso pareceu tão sexual e excitante?!" Stiles queimava sua cabeça pensando em teorias e revivendo aquele momento umas cem vezes. O dia clareava do outro lado da janela, e tudo aquilo já chegava a parecer mais como um sonho.


Continua.....









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...