1. Spirit Fanfics >
  2. Blood River (imagine Vkook) >
  3. Nari Mavy Su-bin

História Blood River (imagine Vkook) - Capítulo 42


Escrita por:


Notas do Autor


Nari a de cabelo longo, Su-bin cabelo curto.

De verdade, cenas fortes. Não leiam enquanto comem, cuidado com a imaginação.

Capítulo 42 - Nari Mavy Su-bin


Fanfic / Fanfiction Blood River (imagine Vkook) - Capítulo 42 - Nari Mavy Su-bin


Linguagem pesada, se tiver algum problema psicológico ou não gostar desse tipo de conteúdo sugiro esperar o próximo capítulo⚠ 


Boa leitura🍁 ⚠Não Revisada⚠


A noite é o melhor momento para matar...

A noite se instalou na cidade de Seul. As 03:00(AM) as três garodas saiam bêbadas e drogadas da balada. Nari levava nas mãos uma garrafa de vodka enquanto Su-bin e Mavy seus saltos e o cigarro. Riam alto como se mais nada importasse, passaram por uma esquina,outra e depois outra até chegar perto da estação de trem, mas logo o escuro se faz presente.

Se você quer fugir, não vai conseguir.

Eu vou te matar, você vai gritar.

Correndo pela rua com apavoração

Eu atrás de você, com uma faca na mão.

Você e suas amigas, uma facada vão levar.

E eu como sempre vou ganhar...


O barulho de algo sendo afiado e a melodia da música eram a única coisa que as três ouviam, Mavy tenta se levantar mas é em pedida por cordas que a prendia, as gêmeas ao perceberem estar na mesma situação se desesperam.

- o que!?_ olha para os dois lados. Mavy estava no meio só um pouco a distância das duas.

- onde estamos?_ 

- a caminho da morte._ Uma voz sombria é ouvida saindo das sombras 

- J..J..ung Kook?!_ Nari pergunta surpresa e espantada 

- Vocês são espertas, e aí, quem quer morrer primeiro?_ da um sorriso. Jeon era o único que se abtava ali, ninguém sabia sobre o que está acontecendo...

- Porque?_ Su-bin pergunta tremendo 

- Não tenho motivos minha cara, só vontades e desejos._ Se aproxima com a faca 

- e então, Su- bin ou Nari?_ olha para as duas 

- O que?!

- qual das duas!?

- SOCORRO,SOCORRO_ Mavy gritava. 

- Haaaaaa!_ Jeon grita as assustando.

- NARI OU SU-BIN?!_ Grita olhando para Mavy que apenas chorava.

- N...não, p..p..or favor..._ chorava.

Jeon se aproxima por trás e pega nos cabelos de Nari e passa a faca. A mesma começa a balançar tentando impedir o ato.

- Fica queta_ puxa a cabeça para traz. A faca passa pelo coro cabeludo fazendo sair sangue, os gritos eram de pavor fazendo as outras duas se espantar e se desesperar. Terminando o ato pega o celular e tira uma foto da garota.

- Su-bin, sua irmã é gostosa hahahaha_ Ria sombrio. A saia é rasgada e a mesma e solta; a menina tenta fugir, mas Jeon coloca a faca em seu pé a   impedindo de correr 

- não por favor, faz qualquer coisa comigo, mas com ela não!_ Su-bin grita, mas a única reação de Jeon foi penetrar Nari.

- Haaa, para, por...f..favor_ a menina chorava. O pênis de Jeon entrava e saia sem nenhuma piedade, ouvir os gritos de Nari pedindo calma e implorando era como se ela pedisse mais. Mavy apenas via toda aquela cena com lágrimas nos olhos, Su-bin tentava se soltar das cordas mas as tentativas eram falhas.

- Quase. _ Dava tapas no rosto da garota. Ao chegar em seu limite se retira de dentro da menor a deixando totalmente suja e ensanguentada. 

- Porque?, PORQUE!?_ Su- bin gritava. E Jeon apenas ria.

- vocês me divertem._ pega Nari pela perna a arrastando e a fazendo bater a cabeça no ferro.

- Vocês me dão nojo._ a amarra novamente. Ao chegar em Su-bin a analisa de cima a baixo e sorri.

Indo novamente para as sombras deixando Nari desacordada e as outras duas chorando tentando se soltarem. Um barulho de cerra é ouvido, Jung se aproxima e sorri, Su-bin se apavora e chorava em quanto Mavy rezava. 

- pronta vaidia?_ se aproxima da perna. O calor da cerra era sentido por sua perna, se tentasse se afastar a cerra bateria no corpo.

- por favor. Eu faço tudo que quiser...

- tudo?_ pergunta 

- Sim!_ se desespera 

- hum, então grita para mim_ mete a cerra nas pernas perto da cintura

- aaaaah, PARA, PARAAA_ chorava, o sangue é espalhado por todo lugar inclusive nos rostos presentes.  As pernas de Su-bin estavam separadas do corpo deixando o forte cheiro no ar. Mavy vê a cena e vomita. Com as pernas em mãos Jeon a coloca no triturador as deixando em líquido. Com um copo em mãos e o líquido dentro se aproxima 

- beba_ Diz para a garota que já estava quase desmaiando 

- Não!_ diz firme mas com lágrimas.

- beba, sinta seu gosto podre._ aperta o rosto da garota fazendo sua boca se abrir. Com um sorriso no rosto o líquido desce pela boca da menina. Mavy apenas vomitava vendo a cena 

- engole._ Su-bin engole sentindo o gosto nojento.

- boa menina.

Desamarra Mavy a pegando pelo braço a fazendo encara as duas irmãs.

- São 04:00 da manhã, no trem já vai passar._ Diz no ouvido de Mavy. Jungkook havia dado um jeito de fazer os dois trem que passava ir um de frente para o outro. Nari havia vomitado em sigo mesmo após Jeon também fazela beber o líquido. As duas estavam com a cabeça presa no chão, o barulho dos trem é ouvido enquanto Mavy tentava se soltar 

- Um.    

-Dois. 

- Três 

-SOCORR_ Nari é em pedida fazendo com sua cabeça sendo esmagada. A explosão é feita pelos dois veículos enquanto Mavy apenas chorava com a cena.


Quatro anos depois 

Hospício de NY.

Após o acontecimento, Mavy não conseguiu dizer mais nenhuma palavra, toda noite a música que Jeon cantou ficava em sua cabeça. 

Se essa rua, 

 Fosse minha 

Eu mandava 

Eu mandava 

Ela drilhar 

Com pedrinhas 

Com pedrinhas 

De briantes 

Para o meu

Para o meu 

Amor passar.





Jeon cantou a música depois do acidente a deixando sozinha no local.








Notas Finais


Foi isso.

O que acharam?

Continua💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...