1. Spirit Fanfics >
  2. BLOOD SHOT (Imagine Namjoon) >
  3. TRÊS

História BLOOD SHOT (Imagine Namjoon) - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - TRÊS


Fanfic / Fanfiction BLOOD SHOT (Imagine Namjoon) - Capítulo 4 - TRÊS

-Só mais uma chance, Johnny, se não - Seokjin apontou a arma para a genitália do homem- Não vamos ser tão piedosos na próxima. 

 

-Senhor, seus irmãos chegaram…

 

-Ótimo!- Disse se retirando do compartimento nos fundos do restaurante. - Se ele fizer de novo, mate-o. Os Kim nunca perdem. . 

 

Seokjin estava farto de capangas imprestáveis, suas preciosas drogas mereciam mais. Eram como as joias do Taehyung mas controlavam a mente humana. Isso era bem mais precioso em sua visão. 


 

-Dongsaengs! - Abrindo os braços empolgado -me tragam boas notícias por favor. Estou farto. -Disse se jogando em uma cadeira. 

 

-Namjoon matou um homem…- Taehyung disse feliz - Você tinha que ver, hyung, ele foi incrível. 

 

-Se você o matou é porque não tinha mais solução. Parabéns. - Seokjin abraçou o do meio - Mas o que descobriu? 

 

-A mx está por trás disso. Eles estavam infiltrados na festa. 

 

-Então por que você e não o appa? - Taehyung perguntou confuso. 

 

-Também não tenho ideia. - Namjoon pensa constrangido. 

 

-Temos que garantir sua segurança daqui pra frente. Se tentaram uma vez, certamente vão tentar novamente. -Seokjin diz preocupado. 

 

-E a garota?! - Taehyung questiona. 

 

-Está com o Park, segura! Por hora… - Namjoon pressionar as têmporas. 

 

-Isso é bom. Park vai saber dizer se ela é confiável ou não, ele é bom nisso. - Seokjin disse mexendo no celular. Parou, guardando-o no bolso. - A garota é boa com carros, você pode aproveitar isso, saeng, já que ela ajudou a projetar o próprio carro. - Os três assentiram.  - É até um pouquinho sexy. 

 

-Se você não a quiser, eu quero… -Taehyung disse sorrindo. 

 

-Nem brinque, ele já matou um homem hoje … - Seokjin riu dizendo. 

 

Namjoon sorriu por fim. 

 

-Vocês são loucos. 


 

__ 



 

-Já chega! Onde você quer chegar com tudo isso ?! - Alison diz batendo na mesa.

 

-Por favor, não se exalte. Estamos apenas conversando entre amigos. É só que você me intriga muito, como pode você apenas ter aparecido só agora nas nossas vidas? - Jimin  respondeu risonho e provocativo.

 

-Nossas?  - Yoongi perguntou confuso.

 

-Sim, a  Casa Kim. - Jim respondeu seco

 

-Por que não deixam ela em paz? Estava melhor assim…

 

-Yoongi! - Alison o repreendeu - Eu sei falar por mim mesma.

 

-E o que você quer dizer, então, Senhorita Hil? - Jimin indagou.

 

-Quero conhecer o homem que eu salvei…  - Disse firme.- Sei que tenho esse direito. 

 

Alison não sabia onde estava se metendo. Aquele momento marcava para sempre o resto de sua vida, que deixaria de ser morna e pacata. Jimin sorriu genuinamente porque sabia disso, passou pelo mesmo com o melhor amigo, Taehyung. Conhecia aquele olhar de se estar entregue a um Kim. 

 

-Claro, vou providenciar mas preciso checar a agenda dele, me de um minuto. -  Jimin falou por fim. - O que acontece com seu amigo agora? Ele sabe demais para ser alguém comum, mas não foi solicitado pelos Kim…

 

-O que quer dizer?- Yoongi lhe encarou amedrontado.

 

-Você  tem duas  opções, me servir ou sumir…- lhe encarou mortiferamente - escolha sabiamente. E escolha agora,  pois estou ficando sem muito tempo. 

 

-Isso, issso é sério? te servir como? - Yoongi disse indignado.

 

-Pareço estar brincando? - Jimin soa frio, como se fosse outra pessoa - Fique calmo, você vai entender conforme eu necessitar da sua ajuda. Vou entender isso como um “positivo para me servir”.

 

-Eu não vou sumir! 

 

-Ótimo! É exatamente o que queremos, não? - Jimin ergue a sobrancelha esquerda. - Vão conhecê-lo no fim do expediente. Vou levá-los de volta.

 

Quando estavam chegando no carro, Jimin esperou Alison entrar e então puxou Yoongi para uma conversa.

 

-Sua primeira missão é ficar de olho na Alison, me reporte tudo o que acontecer com ela. 

 

- Eu tenho que proteger ou espionar a Alison? -Yoongi pergunta confuso.

 

-Os dois… Não se esqueça que você trabalha pra mim agora, Min, não brinque em serviço.

 

-Ela é minha amiga…

 

-E eu sou seu chefe, preciso proteger essa garota, e só posso fazer isso com as informações corretas. Está me entendendo?- Jimin pegou Yoongi pelo colarinho. -Me obedeça ou você vai sumir muito mais rápido do que imagina. Não me teste nunca mais, estamos entendidos?

 

-Sim, Park! 

 

- Não se esqueça do que está em jogo… - Soltou o corpo magro que quase caiu. - Isso inclui a vida da sua amiguinha. Eu não ligo mas acho que você deveria ligar.


 

____


 

-O que tanto vocês conversavam ? - Alison questionou.

 

-Não foi nada, esquece isso…- Yoongi disse nervoso quando passaram a catraca do prédio na saída do expediente. 

 

-Estou nervosa, não sei o que esperar.

 

-Vou ficar com o Park, já que sou o servo dele. Mas se precisar de algo, grite e eu sairei  correndo. - Yoongi disse sério.

 

-Pode deixar… Mas não acho que ele vai me machucar, eu sinto que não. - Alisson diz saindo do prédio.


 

Quando saíram assim como no almoço, Jimin esperava com um Range Rover preto. O trajeto foi feito em silêncio e com muita tensão, principalmente entre Yoongi e Jimin. Quando chegaram no centro de Gangnam-gu, não demorou para avistarem o restaurante The Kim’s. 

 

A estrutura do lugar era magnífica. Uma construção romana de três andares na cor branca, detalhes em dourado, mesas de mármore.  Todo cardápio assinado por Kim Seokjin. Esse era o lugar onde a família se encontrava fora de casa.


 

Primeiramente foram recebidos por Taehyung que lhes apresentou a casa e lhes levou até a mesa. Ficaram deveras encantados, ele era diferente de tudo que conheciam. Sua beleza e carisma eram encantadores. Depois foi a vez de Seokjin, o qual cativou Yoongi de primeira. Ambos se deram muito bem, mesmo tendo plena consciência de que ele seria apenas um servo do Park. 


 

Então depois de muito tempo, Namjoon chegou. Alison achou que morreria ali mesmo. Era tão estranho finalmente vê-lo sem estar sangrando, sem estar em um hospital, queria abraçá-lo e não sabia muito bem o porque.  Era estranho. Nunca nem tinham se visto. Estava ficando louca.


 

Namjoon por outro lado estava grato. Poder vê-la significou o êxito de pequenas missões que estavam sob seu comando. Não sabia exatamente o que sentir mas estava satisfeito, queria saber mais sobre ela. Disso tinha certeza. 


 

-É bom finalmente encontrá-la. - Namjoon apareceu diante deles com toda elegância de um herdeiro Kim, em um terno Armani.

 

-Faço das suas as minhas palavras.- Alison diz lhe encarando involuntariamente. 

 

-Quero te levar a um lugar mais reservado, se você aceitar deixar seu amigo aqui nesse andar…

 

Alison olhou para Yoongi que acenou para si.  

 

- Claro.

 

Ao subir para o terraço , Alison se maravilhou com as várias flores que cobriam o teto.

 

-É bom ver você… 

 

-Eu esperei muito para saber se você estava bem… - Alison diz lhe fitando.


 

-Sinto muito....- Namjoon lhe olhou com pesar.- Quero te fazer uma proposta.

 

-Qual? - Alison  disse sorrindo.

 

-Eu te quero na minha vida, espero que entenda.  - Namjoon disse antes de tomar um gole de sua bebida.

 

-Como exatamente? - Alison replicou.

 

-Preciso de seus conhecimentos e de sua amizade… O resto, pode ser definido depois….

 

-E-eu…- foi interrompida por Seokjin.

 

-Está pedindo ela em namoro? Porque se não eu peço. - provocou rindo.


 

-O que? Não.... - Namjoon disse confuso. Alison ficou envergonhada com a atitude do mais velho.

 

-Então eu vou, dongsaeng. - passou a mão no rosto de Alison.

 

-Seokjin, saia! - Namjoon disse se levantando e se aproximando do irmão.

 

-Calma, saeng… Não toco mais nela… Mas tome uma atitude… - Disse saindo.

 

Namjoon ficou observando o irmão saindo. A verdade é que Seokjin fez  aquilo pelo simples prazer de provocar. E pra ganhar uma aposta com Taehyung, se Namjoon tinha ou não sentimentos por Alison,bom, Seokjin ganhou. 


 

-Por favor, perdoe meu hyung…-Namjoon pediu se curvando.

 

-Está tudo bem… Mas… Me responda algo, aceitarei sua proposta.

 

-Claro!

 

-Você realmente tem interesse em mim? - O ar ficou mais pesado de se respirar para ambos.

 

-Não posso te responder isso agora.

 

-Tudo bem, eu aceito sua proposta mesmo assim .... Do que você precisa? 

 

-Seus conhecimentos sobre carros.- Ele disse e ela franziu o cenho.

 

-Como posso te ajudar? Exatamente…

 

-Quero usar seus conhecimentos em corridas de carro. - Namjoon diz direto. - Você já viu alguma.

 

-Meu Deus!- ela disse empolgada - Eu nunca vi uma, eu só ouvi falar. 

 

- Vou te levar a uma… Preciso que melhore nossa estratégia. Os Kim nunca perdem. 

 

-Quando isso vai acontecer? - ela perguntou empolgada.

 

-Não se preocupe, irei te buscar.

 


Notas Finais


SE CUIDEM E FIQUEM EM CASA <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...