História Blood Type (Yoonseok) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Min Yoongi (Suga)
Tags Hobi, Hoseok, J-hope, Min Yoongi, Sope, Suga, Yoongi, Yoonseok
Visualizações 24
Palavras 279
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Fantasia, Ficção, Lemon, LGBT, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Canibalismo, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Siiiim, eu voltei!
E com novidades: Acabei de ler IT! MUAHAHAH.
A real é que continuo sem word (e office num geral) e isso está acabando comigo. Esse tantinho que escrevi aí embaixo, foi literalmente escrito no campo "Conteúdo da História" daqui do site.
Queria aprofundar as coisas e fazer um texto bacana, vampiresco mesmo. Mas é a segunda vez que começo e acabo em romantismo piegas.
Tá foda...
Vou tentar escrever algo decente nesse projeto sem sentido, espero que gostem.

Capítulo 2 - Unhas? Não, garras


O medo do escuro não o incomodava tanto quanto antes. Hoseok lembrava-se claramente de seus monstros de infância, de ter medo de olhar debaixo da cama, abrir os olhos enquanto lavava os cabelos sozinho no banheiro e acordar no meio da noite com a bexiga apertando o pé da barriga, pedindo que fosse até o banheiro escuro ou a garganta seca reclamasse insistente por um pouco de água fresca. Não, o escuro não era mais algo tão problemático em sua vida, na verdade, uma grande parte de si se acostumara com ele de tal forma, que poderia até mesmo dizer que sentiria falta se um dia não o tivesse mais em sua vida.

O motivo era claro e era mais do que óbvio, na escuridão que antes assombrava seu corpo e alma, agora havia carinho, havia companhia e acima disso, havia amor. No negrume sepulcral e na penumbra mortal de seu quarto, a solidão não era mais uma moeda de troca. O cheiro doce do perfume amadeirado e floral de Min Yoongi lhe invadia os poros de forma nada sútil e inundava o ambiente com toda avidez possível. 

A escuridão era agora, a moradia eterna daquele que o instigava a viver, que o fazia crer no amanhã, que não só afogava seu peito em um amor retumbante e infindável, como também preenchia seu corpo com um desejo insaciável, daqueles que o Jung pensou só existirem em filmes, mas que graças ao Min, tornara-se tão real em sua existência que chegava a ser palpável.

Não conseguia nem em sua mais vã loucura, temer e odiar as trevas... Se era delas, e unicamente delas, que o amor de sua vida brotava.

 


Notas Finais


Continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...