1. Spirit Fanfics >
  2. .blue hair >
  3. .cheveux bleus

História .blue hair - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - .cheveux bleus


ravn gostava do cabelo azul de keonhee.

principalmente quando ele estava grudado em sua testa.

o corpo do azulado estava quente. quente demais. seu corpo não dava conta das sensações que sentia quando youngjo metia fundo em si.

seus olhinhos choramingavam um pouco por conta de seu prazer. sua boca estava inchada, e da mesma saíam vários gemidos nem um pouco discretos.

seu corpo estava todo marcado com chupões, o mais velho não era muito fã disso no seu corpo, mas adorava ver o de keonhee todo vermelho e roxo.

sua bunda não estava em uma situação diferente, marcada pelos cinco dedos de youngjo.

- h-hyung... - gemeu sentindo os dedos do kim estocar fundo, queria que ele fosse mais rápido, mas infelizmente ravn estava muito bravo consigo.

- ou você geme mais baixo, ou o leedo vê você de quatro pra mim. - deu um tapa naquela bunda já marcada, keonhee tombou a cabeça para o lado.

- por favor... n-não seja tão cruel comigo - pediu sôfrego rebolando e tentando sentir o membro do kim.

- você mereceu, bebê - puxou os fios azuis de leve para trás, se aproximando do ouvido do mesmo - me diga, o que você quer?

- e-eu... eu quero... droga - tentava falar, mas com youngjo o masturbando complicava.

- sem gaguejar.

- eu quero sentar em você! caralho, eu quero sentar tão gostoso que eu não quero mais sentir minhas pernas!

ravn ficou desacreditado, riu fraco e se sentando na cama.

- você sabe o que você fez, não é? - perguntou, vendo o mais novo engatinhar até si.

- eu não fiz nada de errado, oras - tentou se sentar no colo do mais velho, não conseguindo.

- você tem que reconhecer seu erro, bebê. se não, você não vai sentar gostosinho em mim.

keonhee era orgulhoso demais para admitir que errou.

- hyung, só porque eu te deixei duro no meio do jantar não quer dizer que eu esteja errado! - cruzou os braços, queria logo sentir youngjo dentro de si, mas ele estava muito bravo. - ok, talvez eu esteja, mas-

- venha cá - deu duas batidinhas na sua coxa, vendo o de cabelos azuis ir de imediato, subindo ali - você só vai ter o que quer quando falar aquela palavra.

- ah não... - tentou rebolar em cima do colo alheio, mas o outro não deixou. só tinha uma coisa a fazer, mesmo que aquilo ferisse seu ego - m-me desculpa, ravn-hyung.

- bom garoto - fez um carinho no cabelo alheio, descendo a mão por todo seu corpo, dando um tapa na coxa direita do lee.

youngjo deixou o menino fazer o que quisesse consigo. se ajeitou na cama, o azulado começou a rebolar, vendo o outro morder os lábios. achava seu namorado um gostoso da porra. não conseguia se segurar ao ver o mesmo suado, mal arranjava uma situação e já queria ser fodido pelo mesmo.

como o de cabelos pretos diria, uma cadela.

se ajeitou no colo do mesmo, rebolando sobre o membro duro alheio. sentiu duas mãos sobre sua cintura, e logo fora jogado brutalmente na cama.

- achou mesmo que eu ia deixar? - riu fraco, keonhee gaguejou tentando formular alguma resposta, porém de sua boca começaram a sair gemidos assim que sentiu o pau do mais velho roçar contra a sua entradinha necessitada.

penetrou o azulado com tudo, sem se importar se o mesmo ia sentir alguma dor. ele estava o provocando a tempos, lhe deixou duro no meio de um jantar na frente de todos os seus amigos e ainda lhe mandava nudes no trabalho.

keonhee gemeu alto, recebendo um tapa na coxa por conta disso. provavelmente os outros quatro já sabiam do que estava acontecendo naquele quarto, mas não ligavam.

o quarto estava ficando quente para os dois garotos, da boca do mais novo saíam vários gemidos, ravn metia sem dó, mas ambos gostavam daquele jeito. as mãos de keonhee apertavam o lençol, suas pernas estavam ao redor da cintura do kim, aproximando mais ainda os corpos dos dois.

ravn amava ver o mais novo enquanto fodia ele : o cabelo grudado na testa, os lábios tão mordidos após conter gemidos, os olhos revirados. amava quando ele rebolava e sentia seu pontinho sensível ser acertado brutalmente. não sabia como, mas o lee lhe causava uma tesão inexplicável.

- ra-ravn, hm - o azulado gemeu alto quando youngjo começou a lhe masturbar lentamente, enquanto as estocadas fortes e rápidas continuavam.

gozou nas mãos do mais velho, sentindo todo o calor de seu corpo começar a sumir por conta do orgasmo que teve. apenas de ter a visão de seu namorado após o sexo bruto a qual tiveram, youngjo veio logo depois, gozando e sujando as coxas do mais novo.

- hee? - perguntou. o mais novo estava com a respiração descompassada, seus olhos não conseguiam ficar abertos, e seu corpo estava molinho. - peguei pesado, não é?

- uhum - disse, sua voz estava fraca por conta de ter gemido tanto - mas você sabe que eu gosto assim - sorriu, cansado.

- boa noite bebê - fez um carinho nos fios azuis do mesmo, dando um beijinho em sua testa.

- boa noite - se aconchegou nos braços do mais velho, dormindo.

quem garante que essa seria a única transa do casal aquela noite?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...