História Blue Resistance... - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gorillaz
Personagens 2-D, Murdoc Niccals, Noodle, Personagens Originais, Russel Hobbs
Tags Começo Da Fase 4, Depressão, Drama, Golliraz, Romance, Tentativa De Suicídio
Visualizações 45
Palavras 1.198
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, FemmeSlash, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Chega de tristeza q hj eu acordei feliz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

IMAGENS FONTE:GOOGLE.

Capítulo 20 - Surpresas...


Fanfic / Fanfiction Blue Resistance... - Capítulo 20 - Surpresas...


´´ - A cada ano que passa eu me sinto cada vez mais estranho...´´


Spirit House - 23 de março de 2017  -  7:30 


Murdoc se acordou bruscamente por causas dos frenéticos berros da japonesa.
- MUDZ, ACORDA, ACORDA!!!! 
O verde abraçou intensamente o seu travesseiro, ´´Que merda´´, pensou. Eram sete horas da madrugada, aqueles idiotas não tinha o que fazer não?
- DESCE AQUI!
- ...Mas que diabos ela quer...? - Sussurrou para si com uma voz embargada.
- Hoje é o dia do Tootie! - A nipônica gritava empolgada.
- Oh, seu aniversário... - O baixista fala com desgosto enquanto se sentava na beirada da cama.
Já de pé o verde arruma a sua majestosa franja que estava totalmente desarrumada. Praguejando algumas coisas ele acaba vestindo somente uma calça que se localizava jogada no chão.
Rapidamente Murdoc vai para a cozinha onde escutou a cantoria do ´´Feliz aniversário´´ e viu 2D com uma coroa de rei sentado sorridente em uma cadeira perto da mesa de jantar vestindo algo estranhamente familiar. A sua capa preferida de Drácula! Ah não! Ele não iria deixar aquele idiota vesti-la, era a sua única capa des lembranças de Damon Days.
- Parabéns cara, você nem parece que tem 39! - Russel lhe oferecia um presente enquanto a sua enorme mão pousava no ombro do aniversariante.
- O-obrigado amigão... - Stu sonolento como sempre agradece com um sorriso cansado, seus olhos estavam brancos, o azul não tinha passado por nenhum estresse ou medo, mas de alguma maneira as orbes estavam leitosas.
- QUE CARALHOS!!! - O satanista se aproximou por detrás do vocalista com passos rápidos com o intuito de arrancar a capa de Drácula de suas costas. - Solta a minha capa! Você vai rasgar... 
Noodle se intromenter bem na frente do verde portando um vestido branco super lindo para aquela ocasião. Na sua cabeça estava empoleirado um alegre chapéu de cone em sua cabeça. Em seu rosto se estampava um sorriso ameaçador. É claro que a japinha não iria deixar aquele velho estragar a festa de seu Tootie.
- Qual é o problema Niccals-san? - Sua voz saia com um misto de ameaça com serenidade que fez o esverdeado se arrepiar.
- Porque merda este idiota está com a MINHA capa? - Gritou apontando para o Stuart que estava o ignorando comendo sem vontade uma fatia de seu bolo de morangos.
- É que isso o faz se sentir especial... - Ela responde olhando para o seu Tootie. E diante dessa afirmação Murdoc fica sem apalavras... Paralisado de vergonha. Isso o fez se lembrar que ele era uma péssima pessoa que fazia os seus amigos se sentirem péssimos.
============= 
                                                                                                                                                           Depois...
Russel e Noodle se aproximaram do baixista  que assitia televisão, ambos ficaram encarando ele por um bom tempo, e Murdoc fingiu que os dois não estavam ali.
- Murdoc. - Russel disse grosso.
- quê? - Retrucou grosseiramente. O verde estava fumando com um  braço apoiando a cabeça.
- Hoje é o aniversário do 2D...- A garota foi cortada pelo baixista. 
- E eu com isso?
- Quero que compre um presente para ele. Se não fazer esse favor por mim acho que daqui a pouco teremos uma conversinha amigável com a minha Katana.
- Ah! Tenho mesmo que fazer isso?
- Sim! - Ela pôs a mão no quadril furiosa;
- Merda...
..............
O vocalista depressivo ainda estava sentado na cozinha enquanto fumava cigarro - Ele já havia tirado a coroa e a capa que foram os responsáveis por quase gerarem uma discussão hoje cedo. Murdoc era sempre horrível por ele, se houvesse um modo de mudar o seu jeito de agir com ele.
´´ Peraí, eu ainda não fiz o meu pedido...´´
 Stuart decidiu que seria o momento perfeito para fazer o seu pedido para ´´ELA´´.
´´ Aghata...´´ - Falou por telepatia esperando ansiosamente a resposta da criatura. 
´´ Sim, meu querido...´´
´´ Eu já quero fazer o pedido...´´
´´ Então diga...´´
´´ Quero que o Murdoc seja legal comigo.´´
´´ Tem certeza que quer isso?´´
´´ Com toda a certeza.´´
´´ Sendo assim o seu desejo é uma ordem...´´ - voz desapareceu de sua mente, e 2D se pegou com Murdoc a sua frente com aquela cara de cachorro assassino. 
- Oi Faceache.
- Ello Murdoc. - Falou calmamente, ele já não sentia mais raiva daquele monstro. Seu terapêuta dissera que é melhor esquecer do que guardar rancor.
- O que você quer de presente?
- Nada.
Aquele carinha amargurado estava fazendo a paciência do verde desaparecer. Mas ele tinha que comprar o maldito presente senão a japonesa iria cortar as suas partes, e ele não queria isso. De novo não.
- Não tem nada em mente?
- Nah... - O cantor disse apoiando a sua cabeça em sua mão, mesmo o seu pedido ter se realizado, ele ainda não queria ficar na presença daquele ser verde, então inventou uma desculpa qualquer. - ... Só queria uma caixinha feliz.
Murdoc ficou confuso, ele queria como presente uma caixinha feliz? Que merda de pedido era quele? Sem comentar nada ele saiu de sua frente indo em direção á porta, comprar a tal caixa.
............
2D Passou o dia todo  sentado na cozinha calado fumando como uma chaminé enquanto comia alguns pedaço de seu bolo de aniversário. Noodle e Russel não deixou de ficarem preocupados com aquela atitude estranha do azul. Diferente de todos que completavam o ano ele ficou triste e estranho durante a sua data especial.
- Sabe aonde Murdoc se meteu? - Noodle sussurrou no ouvido do afro-descendente. 
- Não, ele saiu e ainda não voltou...
- Talvez seja melhor assim, estou preocupada com 2D...
A tempestade rugia no lado de fora que já era noite, tornando o ambiente ainda mais pesado e melancólico. E com um chute Murdoc surgiu com uma expressão seria adentrando a cozinha segurando uma pequena caixa vermelha em mãos.
Parou na frente do azulado que mexia sem interesse no celular, mas pára quando ele vê uma caixa estranha parada na sua frente em cima da mesa.
Pot ficou analisando confuso com bastante curiosidade aquele objeto.
- ... Murdoc eu não entendi. - Ele fitou aqueles olhos opressores com as suas orbes pálidas.
- Não se lembra?! Eu te perguntei mais cedo o que queria e você me disse: Uma caixinha feliz.´´
O rapaz sorriu achando aquilo engraçado, Murdoc achou mesmo que ele havia falado a verdade naquela hora?!
- Murdoc, eu só tava brincando. Eu nunca pensei que me daria algo em meu aniversário! - A empolgação inundou o seu ser.
- Vaí lá, abre logo esse troço. - Um sorrisinho triste brotou de seu rosto esverdeado.
Rapidamente ele abriu a caixinha e percebeu que ela estava cheia de palpeiszinhos com mensagens motivadoras. Um em espécial lhe chamou a atenção. Era uma caixa de remédios que tinha diversas coisas escritas nele como:
´´ RISOTRIL´´
´´Paracetomar consamigos´´
                                                       500mg
´´ Rir é sempre o melhor remédio´´
´´ Venda sem prescrição médica´´
´´ Tarja preta: Contém - ALEGRIA! 
( DISTRIBUIÇÃO GRATUITA )
As lágrimas de felicidade escaparam de seus olhos tristes. Ele se emocionou com aquilo, Tanto que falou entre risos.
- Obrigado Murdoc!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...