História Bnha : Apocalipse - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Izuku Midoriya (Deku)
Visualizações 185
Palavras 1.031
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, LGBT, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Capítulo II ( Momo e Jirou )


Fanfic / Fanfiction Bnha : Apocalipse - Capítulo 2 - Capítulo II ( Momo e Jirou )

Jirou POV On

A manhã estava nublada e fria , acordo as 6:00 da manhã , visto um moleton preto com uma estampa de caveira e por baixo o uniforme da escola , tomo um café e vou para a escola .A caminho da mesma , passo por uma banca de jornais , olho para os jornais , em uma das manchetes dizia :

" um novo parasita é descoberto " - não sei dizer o porquê , mas acabei tendo um mal prescentimento sobre isso .

Dou de ombros e vou a caminho da escola , U.A uma das melhores escolas de Tokyo , dentre todas turmas , a minha se destaca , mas não apenas por sua genialidade , mas sim por sua bagunça . Há dois dias atrás , dois garotos da minha sala brigaram feio , O Izuku e o Bakugo , Izuku vive sofrendo bullying pro Bakugo , mas parece que Izuku se cansou e os dois acabaram se espancando.

Jirou POV Off

Momo POV Off

A manhã havia acabado de começar , acordo e vou até a janela , a abro fazendo com que um vento gelado entre e resfrie todo o quarto , vou ao banheiro e tomo um banho quente . Rapidamente saio , seco meu corpo e começo a me arrumar . Depois de pronta resolvo descer para tomar meu café da manhã e acabo dando de cara com meu pai :

- bom dia pai - digo baixo me sentando do outro lado da mesa

- bom dia - ele responde ríspido sem me olhar , desde que ele descobriu que sou bissexual começou a me tratar mal e me disse varias vezes que eu era defeituosa .

Apenas suspiro profundamente , bebo uma xícara de café e me levanto , vou até o carro é o motorista me leva para a escola .

Durante o caminho , coloco meus fones de ouvido e coloco uma rádio de notícias para ouvir :

- hoje falaremos aqui na Bnha FM sobre as últimas notícias - dizia o locutor - a primeira notícia de hoje é sobre a descoberta de um novo parasita ...

Nesse momento o carro para e logo persebo que havia chegado a escola U.A , eu sou a representante da classe 1-A.

Momo POV Off

O sinal para o intervalo havia acabado de Momo andava pelo pátio da escola até que finalmente achou um canto quieto que poderia ficar sozinha e pensativa , mas quando chega no lugar perfeito acaba encontrando Jirou fumando um cigarro :

- REPRESENTANTE MOMO - ela se assusta e rapidamente esconde os cigarros

- calma - Momo se senta do lado da garota - me dá um por favor - diz Momo a olhando sorridente

A garota apenas acente com a cabeça e entrega a caixinha de cigarros junto do esqueiro :

- obrigada - Momo dá uma tragada e assopra para cima

Jirou apenas sorri e também da uma tragada no seu cigarro :

- você parecia tão certinha - a menor apenas sorri de canto antes de soltar a fumaça

- As aparecias enganam - ela sorri e as duas ficam conversando por bastante até que se levanta - vamos o sinal já vai bater

Jirou apenas recentiu com a cabeça , quando as duas estavam chegando perto da 1-A Momo sente uma mão a puxando para um canto escuro :

- MAS QUE P... - ela é interrompida por um beijo de Jirou

No começo Momo ficou surpresa e em choque , mas logo ela começa a se entregar ao beijo , a língua de Jirou disputava espaço com a língua de Momo , as duas então se separaram sem fôlego e um filete prateado de saliva se forma entre a boca das duas :

- quer vir em casa hoje ? - pergunta Jirou olhando para a morena

- claro , posso dormir lá ? - responde Momo dando um selinho na menor que corresponde com a cabeça .

Horas depois ....

Eram por volta das 19 horas , o céu estrelado dava um realce ao brilho da lua , Jirou se levanta de sua cama , tranca a porta e começa a montar seu narguilé :

- você vai adorar isso aqui - Jirou dá uma piscadela para Momo que sorri

As duas ficam fumando naguile até tarde e depois vão dormir.

Na manhã seguinte , Momo acorda , vai para a janela do quarto e acaba se deparando com uma cena que certamente ela nunca esqueceria , um grupo de pessoas , com a pele aparentemente apodrecida , matavam as pessoas que estavam na rua . Rapidamente Momo Acorda Jirou e a mostra tudo o que estava acontecendo .

- lá embaixo tem um pé de cabra e uma pistola que meu pai comprou - disse a menor destrancando a porta do quarto

- ótimo - afirmou Momo enquanto desciam as escadas em direção do porão

Elas pegam o pé de cabra , junto da pistola e das munições e saem do porão , Mas logo na saída acabam dando de encontro com um grupo de zumbis que partem para cima delas , Momo acerta dois zumbis na cabeça usando a pistola , ja Jirou acaba derrubando três com o pé de cabra .

As duas estavam se protegendo bem , até que a muniça que estava na arma se esgota e as duas acabam sendo obrigadas a tentar recuar , mas logo são encurraladas no porão . Quando um zumbi de uma mulher ia morder Momo , um facão dessepa a cabeça da criatura , as duas direçionam seus olhares para o rosto de seu mistérioso salvador , elas acabam vendo que um de seus colegas de classe as havia salvado :

- Izuku , muito obrigada - Momo diz sorridente em ver o colega

- não é hora de agradecer - Izuku responde um pouco frio - arrumem suprimentos , precisamos partir 

As duas apenas recentem com a cabeça e começam a arrumar supremetos , Izuku olha para os corpos , para na frente de um deles , o de uma mulher de cabelos Louros , se agacha e fecha o rosto :

- me perdoe , Sra. Katsuki - ele olha para o facão sujo de sangue e suspira - encontrarei o Bakugo ....


Notas Finais


Próximo capítulo
Bakugo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...