1. Spirit Fanfics >
  2. BNHA imagines >
  3. Midoriya Izuko - Apaixonada

História BNHA imagines - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Midoriya Izuko - Apaixonada


Fanfic / Fanfiction BNHA imagines - Capítulo 2 - Midoriya Izuko - Apaixonada


Malditas sejam as provas de Matemática da U.A!!!

Midoriya estava já a 1 hora e meia tentando me fazer entender um assunto que iria cair na prova, e simplesmente não entrava na minha cabeça, principalmente por Izuko ter se voluntariado para ser meu professor particular, sim, foi uma péssima idéia em dizer para Ochaco que não havia entendido nada da última aula de matemática, ela simplesmente foi até Izuko e perguntou se ele poderia me explicar a matéria porque de acordo com a cobra, ela estaria ocupada no final de semana na casa dos avós, eu tenho certeza que aquela jararaca estava se divertindo com Asui na praia.

O problema era que eu sou apaixonada pelo esverdeado desde o início das aulas na U.A, e agora não conseguia prestar atenção na explicação, hora ou outra me perdia em pensamentos o observando boba, estava tão concentrado nos livros e cadernos espalhados que nem parecia nem notar o meu olhar sob si, não queria deixar o momento passar batido, e peguei meu celular sem fazer movimentos bruscos, e antes de bater a foto chequei se o flash estava ligado, não queria ser pega no flagra tirando foto do mesmo, vai que Izuko não gosta e me processa

- Então gravou o que é PA e PG? - Izuko me pergunta de repente e pelo susto eu jogo meu celular na cama atrás de nós

- Ah e-eu? Não estava fazendo n-nada - O garoto me olha confuso e suspira

- Você entende agora o que é PA e PG?

- Hã? Sim? - A frase saiu mais como uma pergunta retórica do que afirmação e me incriminei, se eu tirar 0 nessa prova vou colocar a culpa nele

- Entendeu nada, acha que eu não vi você com o celular na mão? - O mesmo se levanta e começa a se alongar por ter ficado muito tempo na mesma posição

- Desculpe Izuko, mas matemática realmente não é pra mim - Falei pra baixo - Mas eu não quero tirar zero - Ele voltou a se sentar a minha frente

- Vamos sem pressa, sei que vai conseguir e tirar uma nota alta, estou aqui e vou te ajudar!

O admirei por mais alguns minutos, como Midoriya conseguia ser tão amoroso? Céus! Tudo nele conseguia ser apaixonante! A voz, o cabelo, as sardas, os olhos, a boca, o vermelho de seu rosto, a personalidade, tudo, sem exceções. Vi Midoriya corar e notei que estava o admirando por muito tempo

- Obrigada Izuko, você não existe..

Sorri tímida pela ideia que passou pela minha mente, evitei pensar para não voltar atrás, me agarrei no último resquício de coração e falta de vergonha na cara e engatinhei até ele, que ficou ainda mais vermelho e foi se afastando até deitar no chão, nossos rostos estavam tão próximos que podia sentir sua respiração bater em meu rosto

- S/n.. O-o que.. - O calei ao juntar nossos lábios, e senti meu coração vibrar, mas por não sentir Izuko me retribuir me afastei alarmada, eu havia feito uma grande besteira?

Me afastei consideravelmente de Midoriya, que permaneceu deitado em provável choque, senti as lágrimas virem e não consegui as segurar, eu estraguei tudo!

- M-me perdoe Midoriya, e-eu não d-deveria ter feito isso, eu.. D-desculpe - Me levantei apressada e nervosa, corri até a porta de seu dormitório e estava calçando meus chinelos até ser puxada para trás sem força

- S/n.. P-por que você me b-beijou? - Apesar de ser um pouco maior que Izuko, eu sentia estar encolhendo de vergonha

- Me desculpe Izuko! Mas eu gosto de você, sempre gostei.. - Comecei a soluçar e escondi meu rosto nas mãos

Só se podia ouvir meu choro, cogitei voltar a ação de voltar para meu dormitório, mas suas mãos seguraram as minhas incentivando o olhar, Midoriya estava vermelho e sorria sem graça

- Primeiro você tem que parar de chorar, ok? - Fui guiada pra sentar na sua cama e ele me entregou um pacote de lenços e uma garrafinha d'água - Está melhor? - Assenti devolvendo a garrafinha e o pacote - Que bom, agora.. Desculpe se te passei a impressão errada quando me beijou, eu fiquei assustado, nunca pensei que isso poderia acontecer de verdade, não sabe o quanto eu queria esse beijo..

Midoriya estava inquieto e sorridente, eu só consegui sorrir e tremer de nervosismo, isso realmente estava acontecendo? Midoriya Izuko está a se declarar para mim??

- Eu pensei que você gostasse de outra pessoa por todo esse tempo, então fui perdendo as esperanças, mas eu também gosto de você, gosto muito.. - Não resisti em puxa-lo para um outro beijo, esse mais intenso e emocionante, Izuko tinha lábios gostosos de beijar, tinha um cheiro inebriante, uma felicidade contagiante, eu me via perdida em si

Midoriya espalhou selinhos pelo meu rosto quando nos afastamos em busca de ar, ri alto pelas cócegas e sorri apaixonada

- Namora comigo? - Ouvi ele perguntar baixo na minha orelha em meio a um abraço

- Estaria insana se dissesse não - Ouvi sua risada gostosa e o abracei mais forte

- Não pense que esqueci da matemática S/n

- Vamos ficar assim só mais um pouquinho - Beijei seu pescoço e o vi se arrepiar

- Só mais 10 minutos.. - Izuko voltou a me beijar

No dia seguinte parecia que tudo estava lindo e radiante, acordei cedo e disposta, meu cabelo havia cooperado e havia feito uma maquiagem bonita, Bakugou até me deu bom dia sem querer me explodir pela animação, Uraraka me olhava confusa e desconfiada, resolvi não falar nada por enquanto, quando chegou a hora da prova achei que as coisas tinham desandado, olhei assustada para Midoriya a 4 fileiras do meu acento e ele moveu os lábios pedindo pra respirar e ler com calma, o mandei um beijo em agradecimento e o vi voltar a atenção a prova vermelho, tão fofo! Fui respondendo com plenitude, no final do dia de ontem Izuko me explicou tudo novamente e naquela vez eu prestei atenção, Midoriya só faltou comemorar, ri baixinho e respondi a última questão bem a tempo de ouvir o sinal do intervalo bater, entregamos a prova e eu sai saltitando atrás de Ochaco

[...] Já era a última aula e a prova estava sendo entregue, pulei no pescoço de Izuko ao ver minha nota e o enchi de beijos

- Um 8,5! 8,5! Eu não consigo acreditar! Obrigada, obrigada, obrigada!! - Falei e ouvi a risada dele se juntar com o do restante da sala

- Isso é mérito seu, você que se esforçou pra entender tudo, eu apenas te ajudei

- CALMA LÁ! - Uraraka entrou no nosso meio nos afastando - Será que podem me explicar o que está acontecendo?

- Estamos namorando - Midoriya disse alto o suficiente para toda sala ouvir, o que arrancou 50 tons de vermelho da minha face

- E você não me contou? - Ochaco me olhou raivosa, o que não adiantou muita coisa, ela ainda tinha um rostinho fofo

- Queria te surpreender cupido

- Meu shipp finalmente é real - Mina gritou e eu quis desaparecer

- Então é por isso que a S/n virou a própria definição de felicidade hoje - Denki cutucou

- Ainda não fomos dispensados da aula turma, peço que se controlem até a saída - Lida interveio e eu agradeci, estava prestes a cavar um buraco para me enterrar - Felicidades ao casal

- O-obrigada, eu acho - Falei tímida

- S/a - Me virei para Izuko que havia sussurrado - Eu amo você

- Eu amo você também - Sorri corada para ele




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...