História Boa Noite Estranho! - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook
Visualizações 59
Palavras 646
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Festa, Fluffy, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


-Boa leitura🌺

Capítulo 5 - Obrigado


Fanfic / Fanfiction Boa Noite Estranho! - Capítulo 5 - Obrigado

Jimin_On

Chego no local, peço para o moço me esperar, pois não iria demorar muito. Entro e vou até o número do apartamento que estava no papel. Meus pensamentos estão todos voltados para JungKook, será que ele está bem? Ou ele ainda tá largado no sofá? 

-Será que tem alguém em casa?- Bato na porta, logo uma senhora aparece

-Pois não?- 

-Oii, eu vim buscar as coisas do Jungkook-

-JungKook?- 

-Sim, ele morava aqui

-Ataa.. Aquele moço- reviro os olhos. -Por que ele não veio?- O encaro, cruzo os braços logo em seguida.

-Essa mulher tá me encarando demais, me olha como se eu estivesse ali para roubá-lá ou algo do tipo. Me olha dos pés à cabeça e julga minha roupa só pelo olhar -Bom, expulsou ele daqui e o fez procurar um lugar para morar à tarde toda e durante a noite o coitado ainda pegou chuva e agora está resfriado. Eu tive que deixá-lo sozinho, pois teria que vir as pressas aqui para pegar as coisas dele, porquê alguém ameaçou jogá-las no lixo- 

-O que?-

-Isso mesmo que você ouviu, estou lhe acusando de ter feito ele ficar doente..-

-Como ousa garoto? O que você é pra ele?-

-Não lhe interessa querida. Agora me dê todas as coisas dele, pois não tenho o tempo todo para ficar aqui e olhando essa sua cara toda enrugada- 

-Chegou tarde demais querido!!- 

-O que você quer dizer?- 

-Eu quero dizer que as coisas deles já devem está misturados com os outros trapos no lixão!!-

-Não estou para brincadeiras meu amor, estou com pressa então cuida-

-Entra e pega somente algumas roupas que não chegou a jogar -Fiz por consideração, acho que ele precisaria das roupas né?- 

-Você fez o que?- Suspirei 

-Eu dei um prazo para ele, e se ele não foi capaz de cumprir, problema não é meu- 

-Você é uma puta sem coração!!- 

-Como é que é? Como ousa?- 

-Tomara que as próximas coisas à irem pro lixo, sejam as suas. Dois beijos- Pego as roupas dele, dou as costas para ela, entro no táxi e volto para casa.

Sabe aquele momento em que você quer socar a cara de alguém que só sabe pensar em si mesma e está pouco se fudendo para o próximo? Então, foi o que eu quis fazer com aquela mulher. Sabe quando você se sente bem em ajudar o próximo, pois aprendeu que sempre deve fazer algo bom para ajudá-los, mesmo sendo uma pessoas desconhecida, mesmo sendo aquela pessoa estranha que bateu na sua porta durante uma tempestade precisando de um lugar para ficar, por algum motivo nobre do meu coração, não consigo deixar de ajudar , não posso deixar de ajudar ele...ele parece ser uma pessoa boa.

-Cheguei- Entro no quarto e o vejo secando o cabelo -Conseguiu se levantar- Risos.

-Conseguiu?- Olho para ele.

-Ela só salvou suas roupas- Entreguei as duas malas à ele.

-Sabia que aquela va... Aquela mulher ia fazer algo com minhas coisas. Pelo menos ela teve a consideração de deixar minhas roupas-Abro as duas malas para vê se faltava algo.

-O quarto está disponível, já tirei a placa de alugar, então...pode ficar lá- Me sento na beira da cama.

-Obrigado-

-Pelo o que?- 

-Por me ajudar nesse momento difícil-

-De nada, gosto de ajudar pessoas como você, que parecem ser ótimas pessoas-

-Você me acha uma boa pessoa?-Sento ao lado dele.

-Sim, percebi isso o momento em que apareceu na minha porta- Risos.

-Hmmmm... Só isso?- começamos com as troca de olhares.

-Você tem um corpo perfeito, uma face com uma boca maravilhosamente atraente...e- Aproximamos nossos rostos.

-Saiba que eu acho o mesmo de você!!- 

-A é? B-bom saber- Sinto sua respiração em meu rosto e nossos lábios quase próximos.

-Sorrio -Preciso ir para o quarto-

-O-o que?- Não acredito que ele quebrou esse clima perfeito.

-Vou para o outro quarto- Levanto e pego minhas malas.

-Tá, tudo bem, se precisar de algo me chame- Olho para o chão.

-Tchau- Me retiro da presença dele e vou para outro quarto.



Notas Finais


Espero que tenham gostado❤
Desculpe os erros ;-;
Bjs🌺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...