História Boca de sal II: Namjin - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin)
Tags Amor, Idols, Namjin, Sobi, Sope, Yaoi, Yoonseok
Visualizações 100
Palavras 1.010
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem o atraso estou doente

Capítulo 6 - As coisas estão diferentes


-Porra Namjoon...! - YoonGi reclamou.

 

-O quê? - Aproximei-me de Jin que estava sentado com YoonGi e Hoseok escondidos atrás do muro da escola para fumarem.

 

-Ele está irritado porque você o assustou. - Jin entrelaçou as nossas mãos rindo do amigo - O que você está fazendo aqui? Não costuma vir cá. Tinha assim tantas saudades?

 

-Vim falar consigo. Sobre hoje à tarde...

 

A expressão de Jin mudou demasiado rápido.

 

-O que foi agora? - Jin largou-me cruzando os braços chateado - Que desculpa é que tem para me dar?

 

-O Jimin pediu para eu ir falar com ele hoje à tarde.

 

-Você vai trocar uma tarde comigo para ir brigar com o Jimin?! - Jin falou manhoso tocando no meu peito - Joon...

 

-Pensa assim, se eles se chatearem a sério pode ser que o Namjoon ligue para você descarregar as más energias. - Hoseok empurrou Jin.

 

-Mano... Você está tão mal. - Jin riu sabendo que Hoseok estava sob efeito de maconha.

 

-Eu prometo que compenso você depois. - Olhei nos olhos dele notando o quão perto o rosto dele estava.

 

-Como? - Jin sorriu provocante.

 

-Como... Como você quiser, Himeros. - Eu segurei o rosto dele antes de ele me segurar as mãos.

 

-Eu tenho uma ideia! - Ele puxou-me pela cintura com as pernas.

 

-Jin. - Chamei com medo que ele fizesse algo em frente aos outros dois.

 

-Não é nada do que você está pensando. Ou talvez seja... Olha, ouve a minha ideia. - Jin sorriu tocando no meu peito e puxando a minha camiseta - Para me compensar eu quero que você vá falar com o seu amigo, o Jiho.

 

-Com o Jiho? - Olhei para ele confuso - Porquê o Jiho? Sobre o quê?

 

-É ele que está organizando a viagem de finalistas. Então...- Jin olhou para o meu peito deslizando as mãos para os meus ombros - Eu quero que você vá falar com ele porque vocês são amigos e ele vai ouvir o seu pedido. Quero que peça que fiquemos o mesmo quarto e que sejamos apenas nós os dois.

 

-Na viagem? - Vi o olhar dele enquanto ele acenava - Ah... Tudo bem, eu vou tentar. Eu falo com ele sobre isso.

 

-Tente sim, Antero. - Roçou o nariz no meu - Tente... Que eu vou fazer valer a pena muito bem essa viagem se ficarmos no mesmo quarto. - Jin tocou-me no peito e eu só quis pegar ele bem encima do muro.

 

Senti uma grande tentação ao pousar as mãos nas coxas dele e por mais que me tentasse controlar acabei beijando o pescoço dele.

 

-Vocês não se controlam nunca?

 

-Fala a pessoa mais descontrolada que eu conheço! - Jin riu de Hoseok - Você tenta pegar o YoonGi em qualquer lado, cale a boca peste.

 

-Olhem para o YoonGi. É impossível estar com ele sem querer dar-lhe amor! E... Amor com ele transforma-se em sexo muito rápido. A culpa não é minha, vocês deviam-no ver quando estamos...!

 

-Não termine a frase. - Jin pediu querendo rir.

 

YoonGi estava noutro mundo como sempre. Completamente sem ouvir-nos ou prestar atenção aos amigos e a mim.

 

-Amor? - Hoseok chamou tocando no ombro de YoonGi que olhou para ele.

 

-Diga?

 

-...Não vamos à aula.

 

-Como assim?

 

-Não me apetece, vamos para minha casa!

 

YoonGi suspirou e continuou fumando.

 

-Você não está com humor? - Hoseok perguntou e eu senti-me estranho a ouvir a conversa dos dois mas meio que já estava habituando-me à naturalidade deles falarem sobre aquilo à frente de Jin e por consequente à minha frente.

 

-...Não, não estou. - YoonGi falou com a voz rouca e triste.

 

-Vem, eu chupo a tristeza do seu corpo. - Hoseok tentou fazer ele quebrar o sentimento pesado.

 

YoonGi abanou a cabeça achando o namorado ridículo e abraçou-o. Ele estava muito frágil. Estava de rastos e eu não entendia completamente porquê. Depois de a mãe lhe bater, YoonGi adotou uma postura fria. Ele não estava triste antes. Pela primeira vez na vida interessei-me pelo mal estar dele. Quis que estivéssemos sozinhos para lhe perguntar o que estava acontecendo com ele.

 

//

 

-...Eu estou tentando pedir desculpa. Pela segunda vez. - Jimin declarou.

 

-Está bem. Apenas diga o que sente.

 

-...Eu sinto alguma raiva do Jin e eu admito isso. Mas eu gostava que ele também admitisse que tem algo contra mim.

 

-...Ele não tem.

 

-Namjoon, se é para defender ele cegamente não vale a pena...!

 

-A culpa é minha, Jimin. - Segurei o pulso dele - Eu explico.

 

Jimin sentou-se comigo e eu respirei fundo.

 

-Ele gosta muito de si, mas ele tem alguns ciúmes porque eu já... Já admiti que tive uma paixão por si.

 

Jimin franziu o rosto:

 

-Quê? Você? Sério...? Eu... Eu nunca pensei que fazia o seu tipo... - Ele ficou sem jeito.

 

-Não exagere, foi quando eu conheci você. E tendo em conta que quando você conheceu o YoonGi ficou logo apaixonado por ele. E eu conheci o Jin na mesma altura então...

 

Jimin ficou calado até que falou em voz alta:

 

-O Jin odeia-me por isso?

 

-Ele não odeia você por isso. Mas tivemos uma briga feia por isso. Ele estava muito inseguro e ciumento e... Ele ficou distante por isso. Mas isso já foi há que tempos. Foi à meses, foi quando eu e ele demos um tempo. Ele gosta de si, Jimin. 

 

-...Agora eu entendo os ciúmes. E os olhares. E o porquê de ele sempre pedir para você ficar com ele... Eu não sabia, Namjoon.

 

-Não mencione, a única pessoa que acha que o que eu senti por si foi revelante é o Jin. E ele já não pensa nisso então, por favor.

 

-Mesmo assim... Desculpe...

 

-Ele também não facilita.

 

-Então... Estamos bem?

 

Eu acenei. 

 

-Mas você e ele deviam falar.

 

-Você tem razão.

 

-...Tenho de contar algo a você.

 

-O que foi? - Jimin olhou para mim.

 

Olhei para Jimin de volta e tentei pensar em como contextualizar aquilo. Não sabia.

 

-Depois da escola terminar eu vou embora para Ilsan.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...