1. Spirit Fanfics >
  2. Body ((G-dragon - Kwon Jiyong)) >
  3. Cap O1

História Body ((G-dragon - Kwon Jiyong)) - Capítulo 1


Escrita por: e Toxyyc


Notas do Autor


°•BOA LEITURA•°

Capítulo 1 - Cap O1


Fanfic / Fanfiction Body ((G-dragon - Kwon Jiyong)) - Capítulo 1 - Cap O1

Novamente  sentado nesse sofá acompanhado de um copo de whisky, me encontrava vidrado nas cenas da noite passada, ainda sentindo os toques da bela mulher que o acompanhou na noite anterior.

- Dara.  - Falou em voz alta logo fechando seus olhos. -

Fiquei um tempo pensando na Dara e do jeito que ela me faz ficar quando eu penso nela. Até que vejo minha filha me olhando com uma cara de brava para mim.

O que foi princesa? - perguntei a ela que logo veio até mim, e tirou o cigarro de minhas mãos. Eu apenas a olhei desentendido. -

Você não pode fumar papai.- disse a pequena, reprovando a ação de seu pai.-

Eu sei, sinto muito. - digo a pegando no colo e enchendo ela de beijos, nem percebi que estava  com o cigarro em mãos.-

Eun-bi é minha filha, possui quatro anos. O que me impressiona é a inteligência dela, com tão  pouca idade.

E a nova babá? - pergunto a ela e sua cara foi de reprovação. -

Ela só fica no celular papai,além de ser chata. - disse fofa o que fez Jiyong babar pela filha. -

Hm, já sei quem você quer de babá. - disse para a Eun-bi que o olhou assustada. -

Por favor papai, pede para tia Jiwoo cuidar de mim. - disse implorando com um olhar fofo na tentativa de convencer seu pai. -

Tá bom, eu vou ver com ela.  - Após eu terminar de falar para Eun-bi a mesma saiu correndo de felicidade e pulando de alegria, e eu só ria da situação. -

Quebra Tempo

Deixei Eun-bi com a babá, e fui atrás de Jiwoo na loja em que ela trabalha. Fico com pena de ter que fazer isso, mas é pelo meu bem e o da Eun-bi.  Assim que cheguei na loja fui direto conversar com a gerente,a conversa foi boa e ela iria fazer o que eu havia pedido. Sai da loja e pude perceber o olhar de raiva de Jiwoo queimar sobre mim.

× Jiwoo ×

Estava atendendo a senhora Hwang, quando vejo Jiyong indo conversar com a gerente da loja. Fiquei curiosa do porquê da presença dele a essa hora, descartei minhas possibilidades e voltei minha atenção a Senhora Hwang. Mas,não demorou muito para ver a gerente se aproximar de nós duas.

Preciso conversar com você. - disse simplista se direcionando a mim. -

Sim, já volto Senhora Hwang. - assim que terminei de falar, segui a gerente e pode ver Jiyong indo embora, e fitei ele com um olhar de raiva, sabia que ele aprontou alguma coisa. -

Já estávamos em sua sala, a gerente não perdeu tempo e foi logo direta ao assunto.

-Um grande empresário esteve aqui e reclamou de você, não posso ficar com você mais na loja. Ele é de grande influência em toda a coreia e no continente asiático. Desculpa Jiwoo, você está demitida e não precisa mais trabalhar hoje. - disse fria e não tinha expressão alguma em sua face. -

Mas - nem tive tempo de me explicar direito e ela já se adiantou. -

Mas nada, por favor  se retire.- disse sua última frase e eu obedeci.-

Sai da loja como  se nada tivesse acontecido, queria ir para a casa e relaxar um pouco. Estava com raiva do Jiyong ter feito isso comigo. Então por que não tirar satisfações com o meu querido amigo? Adentrei dentro do meu carro e segui na direção de sua casa.

-Ainda te mato Kwon. - comecei com meus discursos de ódio para o rapaz, só parei quando eu cheguei em frente a sua casa. - 

Sai do carro e me direcionei  a porta de sua casa, logo apertando a campainha. Imediatamente a porta abriu dando a visão do mais velho a minha frente.

Olha quem está aqui! - disse com um tom sarcástico ao me ver.- 

Pelo visto esperava a minha presença,Oppa. - finalizei com um tom sarcástico e provocativo ao homem que se encontrava em minha frente. -

Entra, precisamos conversar.  - falou logo dando de costas e indo ao meio de sua sala.-

Nossa, Kwon Jiyong sendo sério. - disse em tom de deboche. - 

Pelo menos não fui eu que fui demitido. - disse com um sorriso nos lábios. - 

Espera Kwon. - falei indignada e fui atrás dele. - 

Sinto muito, mas minha filha quer você  como babá. Eu tive que mexer a dama para ter você.- disse com um sorriso nos lábios se achando o vitorioso.- 

Fui em direção a ele ficando cara a cara.

Você não presta.- disse olhando em seus olhos. -

 

Eu sei.- disse concordando e logo indo ao seu escritório. -

Tiaa! - disse Eun-bi logo que me viu, e saiu correndo vindo me abraçar. - Você vai cuidar de mim,né?

Vou sim, minha flor. - disse com uma voz dócil, logo a pegando no colo. - Vamos brincar?

Siim. - falou sorridente. -

× Quebra Tempo ×

Já estava em casa assistindo meu dorama preferido junto com Lisa e Rose, Lisa não  parava de contar piadinhas, já Rose não parava de ser azeda. Eu apenas ria daquelas duas, até ser questionada por Rose.

Por que saiu da loja hoje mais cedo? - disse curiosa, ficou me olhando esperando uma resposta. - 

A Sunmi me demitiu a pedido do Jiyong.- disse logo voltando minha atenção a novela. -

Cafajeste! - indignou lisa. -

Tinha que ser ele. - Rose falou grossa. - 

Mas por que ele fez isso? - Lisa novamente me questionando. -

Pois é. - complementou Rose - 

Ele quer que eu cuide da Eun-bi, só isso, agora deixa eu ver a novela, por favor. - disse com um tom calmo - 

A novela já acabou.- disse lisa - 

Ah,sério? Então eu vou dormir. Tchau, boa noite. - menti para as duas, sabia que elas iriam fazer um interrogatório se eu continuasse ali.-

Fui para o meu quarto e me joguei na cama e simplesmente fitava o teto com pensamentos rondando a minha cabeça, até que a imagem de Kwon vem a minha mente.

Seus olhos negros me atrai,seu jeito único me deixa tensa. Quero seus beijos, seu toque,quero ser sua só sua, a cada sorriso seu me deixa sem ar. Oh,querido não me provoque pois posso sair do meu controle.

E fazer você ansiar por mais...


Notas Finais


★☆Créditos★☆

✯Escritora: @Toxyyc
✯Beta: @MaiaAikyo
✯Capista: @HayJay


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...