História Bogus Partner. - Shawn Mendes. - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Hello Hello!
Desculpem a demora para postar, estou escrevendo pelo computador e fica mais difícil de postar, já que não tenho acesso a ele toda dia.

Capítulo 12 - Beatrice.


25/12/19 – Natal.

Chiara Stacciarini’s pov:

Eu abro meus olhos devagar e aos poucos me acostumo com a claridade do quarto, as roupas que eu estava usando estão espalhadas pelo chão. Me lembro da madrugada e quando me viro, o lado direito da cama está vazio, mas, tem um pedaço de papel em cima do travesseiro.

“Foi ótimo passar a noite e a madrugada com você, queria passar a manhã também mas tenho um plantão no hospital agora de manhã. Então, nos vemos depois. – Shawn.”

No momento em que cheguei em casa, a única coisa que vinha em minha mente era que a partir daquele momento, Shawn e eu seríamos apenas amigos, da mesma forma que ele é amigo da Bea. Agora, a única coisa que me vem à cabeça é cada toque dele pelo meu corpo.

- Você só tá tornando tudo mais difícil, Chiara. – Falo comigo mesma e me levanto para fazer minhas higienes matinais. Depois de tomar um banho quente, coloco uma calça xadrez vermelha e uma blusa de manga comprida. Junto minhas roupas e arrumo o quarto.  Já na cozinha, resolvo tomar apenas um café e não comer nada. Enquanto tomo meu café e mexo no celular, uma notificação de mensagem chega.

Já estou em Toronto, podemos nos encontrar. Se você quiser, claro.

Jack.

Já tinha tantos dias que eu não falava com o Jack que, por um momento, quase me esqueci de sua existência. Respondo ele antes que eu me esqueça.

- Bom dia! – Bea entra em casa com um sorriso imenso.

- Bom dia! – Cameron entra logo atrás dela.

- Bom dia para os dois! – Respondo.

- Hoje o almoço será aqui. – Bea fala e coloca várias sacolas de compras em cima da mesa. – Como foi ficar sem mim?

- Doloroso. Saudade dói. – Respondo em um tom triste e ela ri.

- Com certeza, irmãzinha. – Bea ri. – Vocês dois serão meus ajudantes.

- EEE! O que eu mais queria – Cameron finge animação.

- Eu também! – Respondo.

[...]

Depois de comer, fomos assistir a um filme de Natal que estava passando na TV.

- Sério, tem filme pior e clichê do que esse? – Cameron pergunta quando o filme acaba e Bea o olha.

- Esses são os melhores! – Ela pega mais um lenço na caixinha para secar seu rosto mais uma vez.

- Vocês duas estão chorando? – Cameron pergunta antes de rir. – Eu preciso registrar isso! – Fala e pega seu celular, provavelmente ele tirou uma foto.

- Tem como não chorar? – Falo – Eu falo, eles construíram a história de amor deles e passaram o Natal juntos, planejaram a vida deles e no final ele morre em um acidente. Como você não chora com isso? – Pego um lenço.

- Ok, ok. Desculpa. – Cameron. – Agora, será que podemos assistir a um filme de comédia?

- Por mim sim – Respondo e Bea concorda também.

- Mas espera um pouco porque eu preciso digerir um pouco sobre o filme anterior. – Bea fala e respira fundo.

Começamos a assistir As Branquelas e no meio do filme Cameron recebeu uma ligação de casa.

- Eu tenho que ir. – Ele fala e guarda seu celular no bolso.

- Mas já? – Bea mostra um lado manhoso dela que eu nunca tinha visto.

- Pois é. Froy está indo embora daqui a pouco e minha mãe pediu para eu levar ele até o aeroporto. – Ele responde eu sinto um alívio quando falou isso.

- Poxa. Então tudo bem. – Bea sorri sem mostrar os dentes. – Nos vemos depois.

- Tchau Chia! – Cameron se despede de mim e eu apenas aceno.

- Tá bom, dona Chiara Stacciarini. – Bea fala assim que fecha a porta de casa. – Pode começar a me explicar essas marquinhas em você e na casa. – Ela fala séria.

- Quais marcas? – Pergunto.

- A gente começa com uma marca bem aqui na porta. – Ela se abaixa e aponta para a parte onde eu coloquei o pé para fechar a porta. Enquanto Bea aponta, eu me lembro perfeitamente de como foi tudo.  – O que foi isso?

- Eu fechei a porta com o pé ontem, cheguei em casa e estava com as mãos ocupadas. Uma eu estava com minha bolsa e a outra eu estava tirando o meu casaco.

- Sei. Continuando. – Começa a andar. – Aqui. – Para perto da porta. – Tem quatro pés, então a menos que você seja uma alienígena, tinha mais alguém aqui. – Para de falar e vem até mim. – E as outras marcas estão em você.

- Tudo bem! Não dá para esconder nada de você. – Falo e ela recebe isso como um elogio. – Os outros dois pés, eram do Shawn. – Completo minha fala e Bea abre a boca em um “O”.

- Vocês? Você sabe o que eu quero perguntar. – Beatrice.

- Sim Bea, nós transamos. – Falo.

- Eu tô chocada. – Ela diz ainda com uma expressão surpresa no rosto. – Mas, olha Chia, eu já te disse para tomar cuidado com Shawn.

-  Bea! Eu sei exatamente o que você me disse e ontem a cada hora que eu olhava para ele, eu lembrava de você falando isso para mim! Primeiro você estava toda preocupada de eu achar Shawn e Froy parecidos, o que foi totalmente equivocado da sua parte e agora se eu falo o nome do Shawn você vem me dar avisos sobre ele! – Falo ficando nervosa.

- Eu faço isso para te proteger! – Ela eleva a voz. – Você não sabe o que é ter que consolar alguém que se apaixona pelo seu melhor amigo e no final quebra a cara! – Termina de falar.

- Eu tenho uma ideia perfeita disso e você sabe muito bem! Você sabe que a Mia era a minha melhor amiga e que ela se apaixonou pelo Froy, eu consolei ela porque não era recíproco! – Falo e ela muda o tom de voz.

- Chia, eu só faço isso porque você é minha irmã e ele é o meu melhor amigo, imagina o climão que ficaria. – Fala.

- Então é isso? Você tá preocupada em como você vai ficar SE eu me apaixonasse e SE não fosse recíproco. Você não tá preocupada comigo e sim com você.

- Chia! Não é isso! – Se defende e eu a deixo falando sozinha.

Bea não deixa as coisas acontecerem, ela quer estar sempre um passo a frente de tudo. Ela diz que só quer proteger todo mundo, mas, ela acaba sendo evasiva demais, tira a minha privacidade quando se trata de Shawn.

Beatrice Stacciarini’s pov:

- Chia! Não é isso! – Falo, mas parece ser em vão. Chia nem está mais ali na sala. – Eu só não quero que você se apaixone pelo Shawn e saia triste de tudo isso, como eu fiz. – Falo baixo, para que ela não consiga ouvir. 

 


Notas Finais


Desculpe algum erro!
Até o próximo!
Beijinhos sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...