1. Spirit Fanfics >
  2. Boku no Hero - Nosferatu Izuku >
  3. Projeto Eri e Revelação

História Boku no Hero - Nosferatu Izuku - Capítulo 5


Escrita por: Childremaster

Notas do Autor


Olá, eu não morri!

Espero que gostem do capítulo

Capítulo 5 - Projeto Eri e Revelação


Neste momento, dois homens conversavam em um escritório 

(???)- pai, eu acabei de fazer a pior merda da minha vida! – dizia preocupado 

(???)- o que você fez Saiki? 

(Saiki)- eu denunciei um roubo de carro, o problema é que quem estava no carro, era Nosferatu Izuku 

(???)- quando você fez isso? – perguntava assustado 

(Izuku)- ele fez isso agora senhor Matsui, então eu vim aqui o disciplinar – dizia irritado 

Com a fala de Izuku, ambos olharam para a porta de entrada, vendo que Izuku estava ao lado de Fuyumi enquanto segurava uma criança 

(Izuku)- sabe senhor Matsui, eu odeio quando tentam fazer algo contra minha doce rainha,  mas o responsável é o seu filho, então somente quebrarei seu osso – dizia rindo 

É então que o garoto loiro é literalmente amassado, era como se uma enorme mão, houvesse o apertado com extrema força 

(Izuku)- agora que resolvemos isso, quero que me diga tudo o que sabe sobre essa menina – dizia apontando para a garotinha 

(Fuyumi)- {ele nem se moveu, mas foi capaz de destruir o corpo daquele vampiro, por que seu poder é tão desbalanceado em relação aos outros vampiros?} - pensava irritada 

(Matsui)- hahahaha, você foi quem a encontrou! Se você é considerado o arquivo zero da Millennium, ela é considerada o arquivo um da Millennium, projeto “Eri” – dizia após uma longa risada 

(Izuku)- arquivo um, certo? É por isso que sinto dois tipos de energia nela, aliás, o que fizeram nela? - perguntava com um olhar sério 

(Matsui)- eles modificaram seu corpo totalmente, colocando órgãos de algumas raças demoníacas 

(Fuyumi)- ela pelo menos já foi humana? - perguntava assustada 

(Matsui)- sim, ela é filha de uma ex-freira, eu não sei ao certo, mas ela acabou se tornando uma prostituta, ela acabou tendo um filho com um de seus clientes, que acabou a abandonando 

(Fuyumi)- que horror! - dizia surpresa 

(Izuku)- você sabe quem era o pai, certo? - perguntava curioso 

 (Matsui)- o pai dela é um demônio, um demônio do tipo anjo caído – dizia com um tom sério 

(Fuyumi)- por que eles fizeram isso com ela? - perguntava irritada 

(Matsui)- por causa do mestre do seu namorado, Alucard era muito poderoso, então decidiram tentar usar Izuku, você se lembra do que aconteceu, certo? - dizia com um grande sorriso 

(Fuyumi)- o que aconteceu? - perguntava curiosa 

(Izuku)- eu acabei em um acidente, onde alguns órgãos meu foram destruídos, a organização Millennium retirou os órgãos de uma vampira, e colocaram os órgãos dela dentro de mim, o médico era Walter Dornez, um membro falso de uma antiga associação, ele tentou me levar para a Millennium, porém meu mestre Alucard, estava no local da cirurgia, e impediu que eles me levassem – dizia com um tom sério 

(Fuyumi)- eles tentaram utilizar Izuku, mas como deu errado, utilizaram ela, mas por que queriam derrotar este homem? - perguntava confusa 

(Izuku)- você já estudou alguma coisa sobre “a era dos mais fracos”? 

(Fuyumi)- era dos mais fracos? A época em que as pessoas não possuíam quirks? - perguntava confusa 

(Izuku)- exatamente, em algum momento daquele tempo, existiu um comandante genocida na Alemanha, ele buscava matar todos ao quais ele considerava impuros ou diferentes, negros, deficientes, judeus e muitos outros, foram caçados por esse governo tirano 

(Matsui)- correto, a organização chamada de Millennium, foi fundada pouco antes desse governo acabar, mas eles também acabaram sendo destruídos - dizia com um sentimento de pena – mas cerca de cem anos atrás, alguns pesquisadores descobriram as ruínas do local onde o líder da organização foi morto, a partir dali eles novamente tentaram reerguer o ideal 

(Izuku)- cinquenta anos atrás meu mestre, destruiu completamente a organização, ou pelo menos era o que ele pensava, cinco anos atrás ela novamente apareceu, com a ideia de criar vampiros artificiais, o que em partes deu certo, mas seus planos foram destruídos - dizia tentando conter sua irritação - mas é como dizem, nos fins dos tempos, apenas baratas sobreviveram, eles novamente sobreviveram, e tentaram usar um dos filhos de Lúcifer para impedir Alucard 

(Fuyumi)- você é um dos filhos de Satan? - perguntava assustada 

(Izuku)- não! Satan é um dos meus irmãos, vocês têm um problema sério, vocês humanos acreditam que Satan e Lúcifer são a mesma pessoa – dizia com um olhar de nojo 

(Fuyumi)- me desculpe! Eu nunca fui muito ligada a religião - dizia surpresa com a reação do menino 

(Izuku)- Lúcifer teve 13 filhos, Asmodeus, Belzebu, Mamom, Mephisto, Azazel, Astaroth, Satan, Lilith, Sabnock, eu, Rin, Yukio e um outro que não me lembro. Os oito primeiros filhos dele, receberam um reino no inferno, conhecido como círculos do inferno 

(Fuyumi)- pera ai! Você é irmão do Rin e do Yukio? - perguntava surpresa 

(Izuku)- sim, mas por favor, não conte para eles – implorava se curvando 

(Fuyumi)- tudo bem, não irei falar, mesmo que eu ache isso uma besteira! Mas isto é tão legal, agora faz sentido sua volta para o mundo humano, você estava com saudades deles – dizia rindo 

(Izuku)- sim, foi realmente por isso que voltei – dizia desviando o olhar – senhor Matsui, posso ir em um de seus banheiros? Quero dar um banho nesta menina – dizia com um largo sorriso 

(Matsui)- meu filho, acompanhe o senhor Izuku – dizia com um sorriso. 

Izuku junto de Saiki saem da sala, no caminho para o banheiro, Izuku solta uma longa risada 

(Izuku)- você realmente tentou me roubar?  - dizia rindo 

(Saiki)- como descobriu? - ria muito alto 

(Izuku)- você não possui tanta habilidade quanto seu pai, mesmo que sua habilidade troque coisas de lugares, você deveria sempre deixar algo de mesma massa e tamanho no local, assim eu não perceberia que minha carteira sumiu – dizia rindo 

(Saiki)- você é realmente muito esperto – dizia também rindo 

(Izuku)- eu quero que faça algo por mim, preciso que roube algumas coisas – dizia alegre. 

Enquanto isso, Fuyumi discutia com Matsui, sobre mexer ou não no celular de Izuku 

(Fuyumi)- não posso fazer isso, isto é invasão de privacidade – dizia com seriedade 

(Matsui)- você é a rainha dele, certo? Ele nunca ficaria bravo com isso – dizia com um grande sorriso 

Fuyumi anda em direção ao homem, a menina tinha um grande sorriso 

(Matsui)- senhorita Ana! - gritava feliz 

Uma mulher com roupa de empregada surge, ela tinha um olhar sério 

(Ana)- me chamou senhor? - dizia se ajoelhando 

(Matsui)- use suas habilidades – dizia soltando gargalhadas 

Ana era capaz de recriar interações antigas com o objeto, tocando-o ela pode reproduzir uma ilusão de coisas que aconteceram em até um dia. Após verem qual era a senha de Izuku, eles começaram a mexer no celular de Izuku. O moreno recebe uma mensagem, nela dizia “Izu, olha como eu estou”, ao tocarem na mensagem, eles são redirecionados para um chat de conversa, nele havia uma foto de uma garota de cabelos rosas, ela estava totalmente nua, deixando explícito seus órgãos genitais 

(Matsui)- oh! Achei que vocês namoravam, mas ele parece estar relacionado com outra – dizia tentando disfarçar seu sorriso 

(Fuyumi)- nós não estamos namorando! Ele é livre para sair com quem ele quiser – dizia irritada 

(Matsui)- vocês pareciam tão lindos juntos! O único momento em que ele abaixou a guarda, foi quando você se mostrou estar irriada 

É nesse momento que Izuku volta para a sala, ele não sabia o que havia acontecido, mas ele podia sentir que a garota estava brava 

(Izuku)- podemos ir embora minha rainha – dizia sorrindo 

Fuyumi sai do local, Izuku estava prestes a sair, porém ele olha para o mais velho 

(Izuku)- só uma última coisinha. Meu irmão! Como ele se livrou do selamento que mephisto havia o colocado? - perguntava com um olhar sério 

(Matsui)- Satan está livre? - perguntava surpreso 

(Izuku)- eu gosto muito de você, você mente para todos – dizia rindo - não farei nada, mas é melhor saber, meu irmão busca iniciar o ragnarok, e você sabe o que acontece após o ragnarok, né? - perguntava com um sorriso 

Alguns minutos depois que Izuku foi embora, uma chama azul surge no centro da sala, após se dissipar, um homem extremamente bonito aparece. Possuindo um corpo magro e musculoso, cabelo loiro platinado e um par de olhos azuis penetrantes. 

Saiki se assusta com a aparição 

(Saiki)- senhor Satan!? O que faz aqui? - perguntava com medo 

(Satan)- olá velho, quero sua ajuda – dizia com um olhar ameaçador 

(Matsui)- claro, faria tudo pelo senhor – dizia se curvando 

(Satan)- primeiro, quero que me ajude derrotar meu irmão - dizia com um olhar sério 

(Saiki)- o que? Ajuda para derrotar Izuku? - perguntava surpreso 

(Satan)- sim, eu ainda não recuperei meus poderes por completo, é óbvio que em uma luta, eu ganharia dele, mas quero preservar minhas forças, para enfrentar meu pai - dizia animado 

(Matsui)- como pretende enfrenta-lo? - perguntava mantendo seu tom humilde 

(Matsui)- primeiro, me aliarei ao Joker, ele pode nos ajudar, e também vou colocar um dos “Cavaleiros do Apocalipse” para o caçar 

(Saiki)- é realmente necessário tudo isso? - dizia surpreso 

(Satan)- se estivermos falando apenas de meu irmão, óbvio que não, mas ainda temos o mestre dele, e meu outro irmão, Rin. Logo haverá vários monstros contra nós 

(Matsui)- meu senhor, sei que é muita curiosidade, mas qual cavaleiro irá mandar para o derrotar? - perguntava feliz 

(Satan)- “Cavaleiros do Apocalipse” é apenas o título dado a divisão de poder do meu pai, eles não são pessoas, é por isso que precisarei retirar alguém do inferno para ser o receptáculo do poder – dizia mantendo seu tom calmo – mas respondendo sua pergunta, eu pretendo mandar o cavaleiro da guerra 

Um brilho muito forte se espalha pelo local, após a dissipação, havia um homem loiro de pé. 

 Voltando para o carro, o menino percebe que Fuyumi nem mesmo conversava com ele, Izuku não entendia a situação 

(Izuku)- eu vou levar a garotinha para a casa do All Might, ele tem condições para cuidar dela 

(Fuyumi)- faça o que quiser – dizia sem dar importância 

(Izuku)- por que está irritada? - perguntava confuso 

(Fuyumi)- não sei, por que não me disse que namorava? - pergunta irritada 

(Izuku)- namorar? Eu só namorei com a Kaori, mas isto foi a três anos atrás - dizia surpreso 

(Fuyumi)- então por que você tem as fotos, de uma menina nua no seu celular? - perguntava irritada 

Izuku com muita velocidade pega o celular 

(Fuyumi)- não tire a mão do volante! - gritava assustada 

(Izuku)- se acalme minha rainha! Eu uso telecinese para dirigir – dizia rindo – minha rainha, eu nunca te trairia, meu coração e alma pertencem a você 

(Fuyumi)- quem é ela? - perguntava séria 

(Izuku)- minha irmã, Lilith, aquela idiota manda fotos todos os dias – dizia irritado – toma, eu estou ligando para ela 

LIGAÇÃO ON 

(Lilith)- Izu! Finalmente aceitou meu amor, sua irmãzinha logo estará ai – dizia animada 

(Fuyumi)- oi, eu me chamo Fuyumi, e gostaria de saber por que – a garota é interrompida 

LIGAÇÃO OFF 

(Fuyumi)- sua irmã desligou – dizia irritada 

(Izuku)- que droga! Ela vai ir até minha casa – dizia furioso – na real, eu sou um vampiro, eu não preciso dormir, vou caçar demônios - dizia alegre 

Izuku leva sua mão para próximo da menina, após estender sua mão, um pequeno tornado é criado em sua mão, após alguns segundos, o furacão desaparece, deixando um pequeno colar no local, ele tinha uma corrente fina de cor preta, ao final, havia um pequeno pingente no formato de uma lua crescente, também de cor negra, e um pequeno coração de cor azul escuro florescente, pendurando a uma das extremidades da lua. 

(Izuku)- eu queria te entregar isso – dizia com um grande sorriso 

(Fuyumi)- não posso aceitar – dizia surpresa   

 (Izuku)- claro que não pode, já é seu – dizia sorrindo 

Izuku utiliza novamente seus poderes, colocando o colar na garota.  

(Fuyumi)- por que? - dizia envergonhada 

(Izuku)- por muitos anos, eu fiquei sozinho, e agora eu posso ficar ao seu lado, eu quero pelo menos te agradar, para que nunca se canse de mim 

(Fuyumi)- uma pergunta, quantos anos você tem? - perguntava envergonhada 

(Izuku)- humanamente falando, eu tenho 15 anos, mas eu passei três anos no inferno, o que daria cerca de 1000 anos 

(Izuku)- minha rainha, poderia me beijar? - perguntava com um olhar sério 

(Fuyumi)- o que? - perguntava confusa 

(Izuku)- você ficou irritada comigo sem motivos, isto me deixou muito triste – dizia com um olhar triste - então quero um beijo para compensar – dizia com um grande sorriso 

(Fuyumi)- me leve para casa – dizia envergonhada 

Ao chegarem na casa de Fuyumi, a menina sai do carro, e corre até o lado em que Izuku estava, a menina puxa o colete de Izuku, fazendo com que ele ficasse mais próximo dela, a menina lhe dá um beijo, que durou por alguns longos segundos 

(Fuyumi)- tchau! - dizia com um sorriso 

Fuyumi vai embora, deixando Izuku surpreso. Um dia já havia se passado, os jovens se encontravam na escola, eles estavam divididos em várias duplas, Izuku estava ao lado de Izumi 

(Izuku)- me responda uma coisa, All Might não é o seu pai real, certo? - perguntava desanimado 

(Izumi)- sim, por que? - perguntava com desanimo 

(Izuku)- quem é seu verdadeiro pai? - perguntava curioso 

(Izumi)- ele nos abandonou muito cedo, as únicas coisas que ele deixou de lembranças, foram um livro velho, e uma carta velha – dizia com um pouco de irritação 

(Izuku)- por muito tempo eu também achei que meu pai havia me abandonado, mas no fim, ele foi embora somente para me proteger, pelo menos a parte boa dele foi – dizia soltando uma risada – eu já falei para vocês onde eu trabalho? - perguntava com um olhar confuso 

(Izumi)- você não, mas Yukio disse que você é um vampiro da hellsing, ele também disse que você é o assassino chamado de “Phantom”, e na real, eu só não gosto de você, porque você é um vampiro, mas eu te respeito 

(Izuku)- uau! Obrigado por essas palavras, dizer que não gosta de mim me tocou – dizia com falsas lágrimas - tenho que agradecer seu pai, por cuidar da Eri hoje – dizia com um sorriso 

(Izumi)- você vai deixa-la apenas hoje? Duvido, minha mãe nunca permitiria que a tirasse de lá - dizia rindo 

(Izuku)- então você terá que me ver muito, afinal, eu e Eri possuímos uma ligação, e eu quero ao menos conseguir ensina-la, como viver com seus poderes demoníacos – dizia mantendo seu sorriso 

(Izumi)- um vampiro que tem compaixão, isto é novo – dizia rindo 

(Izuku)- é talvez eu tenha alguns sentimentos por humanos – dizia com um leve sorriso. 

Após finalizar a aula, Izuku vai para o terraço, lá ele observava atentamente sua nova arma, ele estava muito feliz com ela 

(Izuku)- {que droga, eu nem consegui aproveitar a noite com a Fuyumi} - pensava irritado 

O menino estava imerso em seus pensamentos, até que Katsuki aparece, o loiro diz: 

(Katsuki)- quero conversar com você - dizia com um tom sério 

(Izuku)- não tenho nada para fazer mesmo, o que você quer 

(Katsuki)- você é Midoriya Izuku, certo? - perguntava com irritação em sua voz 

Izuku dá um longo suspiro, o menino se levanta, ele tinha um olhar sério 

(Izuku)- como descobriu? - perguntava irritado 

(Katsuki)- então você realmente é ele – dizia surpreso – por anos, eu fiquei me culpando por sua morte, mas você estava vivo – dizia rindo 

(Izuku)- eu perguntei como descobriu? - dizia com uma aura medonha 

(Katsuki)- tudo começa no dia em que você entrou na casa abandonada, depois que você voltou de lá, você estava estranho, nem mesmo queria ir na escola, eu então decidi te seguir, foi quando eu te vi com um homem de sobretudo vermelho, eu estranhei aquilo, uma semana depois, aquele homem aparece em sua casa e te mata, tudo isso foi estranho 

(Katsuki)- 6 anos depois, dois novos alunos aparecem, entretanto, ao perguntar o que Izumi sabia sobre vocês, ela disse que somente sabia que eram irmãos, mas isso provavelmente foi coisa do Toshinori, já que foi ele que os colocou na escola 

(Katsuki)- quando você chegou, você disse que não conhecia Izuku, mas alguns minutos depois, você disse o que havia acontecido no dia da casa assombrada, e o acontecimento que acabou com minhas dúvidas, ontem você me chamou de Kacchan 

(Izuku)- tudo bem, você está correto, eu sou Midoriya Izuku – dizia após um longo suspiro - só espero que entenda uma coisa, se contar para Izumi, eu juro que te matarei – dizia com um olhar sério 

(Katsuki)- por que? Vocês poderiam voltar a ser uma família feliz – dizia assustado – Izumi por muito tempo, cortou seus próprios pulsos, acreditando ser a responsável por sua morte, enquanto você estava vivo – dizia irritado - você é a pior pessoa do mundo, você é um monstro, seu lixo! - xingava irritado 

(Izuku)- você sabe qual é a sensação, de olhar para sua mãe ou irmã, e não as ver como pessoas, e sim, somente as ver como comida – dizia irritado – esse era o meu mundo depois do acidente, eu não voltei, porque eu não queria morde-las, eu não queria machuca-las, e é por isso que você não irá contar para elas – dizia com um olhar medonho 

A porta do terraço se abre, Rin havia escutado toda conversa, o menino parecia estar irritado. Rin acerta um soco em Izuku, fazendo o menino ser arremessado no chão 

(Izuku)- por que fez isso? - perguntava confuso 

(Rin)- não é óbvio? Você abandonou todos ao seu redor, você machucou todo mundo, você faz ideia da dor que elas sentiram, você sabe o que Inko passou? No primeiro ano, eu e meu pai, moramos na casa dela, tudo porque ela estava bebendo muito, ela quase nunca estava sóbria – dizia irritado 

(Izuku)- isto já se tornou passado, e o que ficou no passado já passou – dizia com um olhar sério 

Izuku se levanta, o menino começa andar em direção a porta, até que Rin grita 

(Rin)- por que está fugindo do seu passado? Elas são sua família - dizia irritado 

(Izuku)- Rin, por favor, não conte para ninguém, principalmente para Izumi, afinal, como vocês já sabem, eu trabalho para a Hellsing, se elas descobrirem minha real identidade, terei que ir embora – dizia tentando manter seu olhar - então escolham, deixem que ela descubra, porém eu irei embora, ou ela nunca saberá, e eu me aproximarei cada vez mais dela

 

Continua.


Notas Finais


espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...