1. Spirit Fanfics >
  2. Boku no hero: à história de aiko izuku >
  3. Representante e conselho estudantil.

História Boku no hero: à história de aiko izuku - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Fala pessoal ta ai mais um cap, espero que gostem do conselho estudantil, eu percebi que isso não tem no anime e eu precisava de alguém pra da uma desafiada no izuku então eu acabei criando eles, espero que curtem o cap o próximo já é o arco da usj. BOA LEITURA

Capítulo 12 - Representante e conselho estudantil.


Pov izuku:

Acordo com o meu despertador, me levanto e vou até o meu banheiro. O médico que estava cuidando da fuwiki me disse que ela receberia alta hoje cedo então acho que não tem problema falta a escola hoje.

*diiin dooon*

Quem será essas horas, coloco uma camisa e desço até a porta pra me depara com a nejire.

Nejire: por que não está com o uniforme ?

Izuku: porque ainda são 6:30 e também porque eu não vou pra aula hoje.

Nejire: se esta achando que vai falta aula só porque a fuwiki vai recebe alta, pode tirar o cavalinho da chuva, eu que vou faltar e ir busca ela, só vim te avisar isso.(começo a caminhar em direção ao portão)

Izuku: ei, ei, ei, quem decidiu isso !?(corro e para entre ela e o portão)

Nejire: eu e a fuwiki, você ta no começo do ano então não pode ficar faltando (ponho a mão em seu ombro) é pro seu bem.(rio e corro pra fora)

Palhaçada, agora eu tenho que ir pra aula, só o que me faltava.

Quebra de tempo.

Tatsuo: que cara de acabado em, isso porque quem levo uma surra fui eu.(falo enquanto caminhamos para sala)

Izuku: eu gosto de dormi bastante e como você sabe bem, eu não dormi quase nada depois que cheguei do hospital.

Tatsuo: eu ainda tive sorte deles deixarem eu vir pra aula.

Izuku: se fosse eu tinha pedido um atestado de 1 semana, mas também nem é pra tanto, você tá inteiro.(rio)

Tatsuo: tente lutar contra uma fera daquelas e quero ver você sair sem ficar do mesmo jeito que eu fiquei.

Izuku: se fosse eu no seu lugar, eu só tinha erguido minha espada e cortado aquele bicho ao meio.

Tatsuo: você faz parecer tão fácil.(chegamos na sala e eu abro a porta)

Como sempre essa sala ta uma barulheira, acho que vou mentir que vou estudar na biblioteca enquanto na verdade vou ta dormindo, genial.

Tatsuo: tá pensando em uma estratégia pra pode dormi não é.(digo me sentando em minha carteira)

Izuku:(vou até a minha carteira que fica atrás da dele) você me conhece tão bem.(rimos)

???: aiko-san ?(autor: sobrenome do izuku pra quem não lembra)

Me viro pra ver quem me chamou e vejo que era a momo, é estranho ver a enorme diferença dela de agora e dela na época que ela me ajudou no parque, mas o sorriso continua o mesmo, na verdade ta até mais bonito, sem fala que ela continua com o cheirinho doce de pêssego, droga to demorando pra responder.

Izuku: sim, yaoyorozu-san ?

Yaoyorozu: eu queria conversa um pouco com você antes da aula começa, poderia me acompanhar ?

Izuku: cla(interrompido)

A porta é aberta com certa agressividade e vejo que é o aizawa-sensei e ele também está me encarando, oque será dessa vez em.

Aizawa: izuku, o diretor quer fala com você, me acompanha.

Izuku: tá legal, desculpa yaoyorozu-san, no intervalo a gente se fala.(vou em direção ao professor)

Saímos da sala e vamos em direção a sala do diretor, seguimos em silêncio pelo corredor, acho que ele ainda ta bravo pela bagunça que eu e o tatsuo fizemos. Chegamos numa sala com uma porta normal mas que tinha uma porta menor pra entra... isso é uma portinha de cachorro ? Não, é um pouco maior.

Aizawa: ande logo, estamos perdendo tempo.

Carinhoso como um coice em aizawa-sensei, bato na porta e escuto um “entre” e assim que eu entro, minhas duvidas sobre a portinha de cachorro são saciadas.

Nezu: bom dia, meu nome é nezu e eu sou diretor da U.A, sentasse por favor.

Vou em direção a cadeira e me sento em frente ao diretor nezu, oque ele é em, parece um rato com uma mistura de sei lá o que, meus pensamentos são interrompidos por ele.

Nezu: não tente entender o que eu sou, sendo que nem mesmo eu sei direito.(rio)

Izuku: claro, desculpa por encara demais, o que o senhor queria falar comigo ?

Nezu: fiquei sabendo de sua bagunça da noite passada, queria lhe fazer algumas perguntas se não for incômodo.

Izuku: o que eu puder responder, eu respondo.

Nezu: perfeito, primeiro eu queria saber, como você conseguiu a localização do sequestradores tão rápido ?

Izuku: eu tenho um amigo que trabalha com diversas coisas, certas e erradas, normalmente ele sempre tem várias informações e pra minha sorte, ele me falou da movimentação estranha no galpão e eu fui confirma e achei os sequestradores.

Nezu: conhecia algum dos sequestradores ?

Izuku: não.

Nezu: segundo aizawa, você lutou numa sala um pouco longe de onde os heróis lutaram contra uma fera, assim que chegaram na sala viram 5 homens mortos, foi você não foi ?

Izuku: sim.

Nezu: dois tinham buracos por todo o corpo, dois tiveram suas cabeças arrancadas com um corte perfeito e o outro teve a cabeça esmagada no chão, você tem certa experiência matando pessoas ?

Izuku: ......

Nezu: vou reformula a minha pergunta, você já foi obrigado a matar pessoas e adquiriu experiência nisso ?(noto uma tremida em sua mão)

Izuku: .......

Nezu: ... está bem, não vou pressiona-lo (vejo ele relaxar os ombros) mas saiba que fui eu quem pediu para aizawa corta a ligação de você e seu amigo com as mortes, seria uma pena perde dois talentos tão formidáveis (desço de minha cadeira e vou em sua direção) você principalmente tem uma talento que se for bem treinado pode fazer coisas incríveis, por isso quero do nosso lado, do lado do bem (ergo minha pato pra ele) saiba que se precisar de ajuda é so vim falar comigo, estarei sempre disposto à ajudá-lo.

Até que esse ratinho parece gente boa, mas ele emana uma aura forte então não devo abaixar a guarda, aceito seu aperto de mão e me despeço, quando saio de sua sala vejo aizawa já me esperando pra voltarmos a sala de aula, quando chegamos a maioria ficam em silêncio enquanto alguns cochicham sobre o motivo do diretor querer me ver.

Aizawa: silêncio!(todos ficam quietos) bom agora temos que debater um assunto muito importante (todos ficam tensos)... temos que escolher o representante da classe.

Todos: finalmente algo normal.

Bakugou: eu tenho que ser escolhido!!!

Mineta: se eu for escolhido eu vou mudar algumas regras (limpo o canto da minha boca) a primeira vai ser que as meni(interrompido por um tapa da mina)

Lida: pessoal, nos temos que fazer uma votação para escolhermos o nosso representante então, peguem um pedaço de folha e coloquem o nome da pessoa que vocês acham que vai dar certo como nosso representante.

Izuku: lida.(levanto minha mão)

Lida: sim aiko-kun ?

Izuku: pra evitar enrolação e de elegermos um representante só com dois ou três votos, que tal colocar a regra de que não pode votar em si mesmo, assim elegemos um ou uma representante que mais do que duas ou três pessoas acham que vai dar certo.

Lida:(me surpreendo) sim é uma ótima ideia aiko-kun, então todos ouviram, não pode votar em si mesmo, vamos começar essa eleição.

35 minutos depois.

Aizawa: bom já conseguimos o resultado, vou colocar no quadro.

Izuku: ei tatsuo, me empresta a tua garrafinha d’água, o sensei não vai me deixar ir bebe água agora.(sussurro pra não atrapalha o sensei)

Tatsuo: claro, toma.(entrego pra ele)

Aizawa: e esse é o resultado.

Estou bebendo água quando olho pro quadro, eu me engasgo.

Izuku:(tosse, tosse, e soco no peito pra desengasgar) eu ganhei 9 votos !?

Bakugou: quem votou no trouxa do deku ?!!!(autor: o bakugou no 8° ano quis apelidar o izuku de inútil assim fazendo o apelido deku, mas o izuku nem liga)

Sero: é melhor do que vota em você.

Olho na parede e vejo lida encostado com uma aura triste.

Lida: um voto, eu so ganhei um voto.

Aizawa: bom então os dois mais votados venham aqui pra frente fazer o discurso de representante.

Relutante me levanto e vou em direção a frente de todo mundo, vejo que momo ficou com 4 votos, sendo assim a minha vice, até que não vai ser tão ruim assim ser representante, me posiciono e olho pra todo mundo.

Izuku: éééé obrigado pelos votos, agora passo a palavra pra minha vice.

Todos: ele nem fez o discurso.

Aizawa: faça um discurso se não vou passar dever de casa extra pra todos.

Izuku:(suspiro) ta legal, não sei aonde eu ouvi esse ditado mas ele fala bem assim, “o pior inimigo é um aliado que não sabe faze as coisas certas”, então vamos no esforça para ficarmos mais forte juntos e sermos lembrados como a melhor turma que a U.A já teve, nos tornando os melhores heróis da história.(levanto o punho sem animação mas todos responde com um belo grito)

Todos: ISSO!!!

Momo pensamentos: ele nem se esforçou e fez um ótimo discurso.

Yaoyorozu: prometo ajudar à todos para conseguirmos alcançar essa meta.

Todos: sim!!

Aizawa: tá bom, já chega de bagunça, vocês dois (olho para os dois) depois da aula vocês tem que ir para a sala do conselho estudantil.

Izuku: eu nem sabia que a U.A tinha isso.

Aizawa: sim, nos temos, e eu se fosse você ficava esperto com eles, bom vamos começar a aula.

O que ele quis dizer com ficar esperto com eles.

Quebra de tempo.

Na hora do almoço teve um alarme falso sobre invasão e para acalmar os alunos que achavam que era verdade, pedi para momo fazer uma megafone e eu falei que era alarme falsa, assim fazendo todos se acalmarem, as aulas já tinham acabado, eu e a momo estávamos indo até a sala do conselho estudantil.

Izuku: yaoyorozu-san, você quer conversa agora ?

Yaoyorozu: acho melhor depois que vermos oque temos que fazer no conselho ai sim, podemos conversa tranquilo.(sorrio)

Acho que eu não me cansaria de ver esse sorriso todo dia, droga, eu tenho que parar de agir assim.

Yaoyorozu: aiko-kun, chegamos.

Olho e vejo que é a primeira porta normal que vejo nessa escola, bato e escuto um “entre”, abro e vejo uma grande mesa de reuniões com grandes janelas atrás dela, na parede a direita, três computadores bem avançado e na parede esquerda, uma armário com algumas bolachas, café e uma maquina de café, no final da parede esquerda tem uma porta e dela saem um menino e uma menina.

???: hum, há, vocês devem ser os representantes do 1-A, não é ?

Yaoyorozu: sim, nós mesmo, eu sou yaoyorozu momo.(me curvo)

Izuku: aiko izuku.

Só fala não me curvo, não sou de me curvo para os outros, sem fala que agora eu entendo o sensei, esse cara e esse menina emanam auras sinistras.

Kenichi: bom meu nome é Kenichi Ishikawa, sou o presidente do conselho estudantil, e esta ao meu lado é a Naomi fujimoto, ela é minha secretária, sente-se para podermos conversa um pouco( aponto para as cadeiras da mesa) peço desculpa pelo vice-presidente não estar, ocorreu um problema em sua casa e ele teve que sair mais cedo.(me sento na ponta da mesa e naomi a minha esquerda com um tablete na mão)

Eu e a momo nos direcionamos até as cadeiras a direita dele, eu sentei na primeira e a momo na segunda, kenichi era um garoto de cabelos cinza claro e pele branca, seus olhos tinham um azul roxeado, tinha cerca de 1,80 e usava só a camisa social do uniforme, nem gravata e nem blazer junto

Kenichi: bom, vocês era os últimos representantes que esperávamos, eu vou me apresentar de novo, eu sou kenichi ishikawa, sou presidente do conselho estudantil, estou no segundo ano do curso de heróis e espero que tenhamos uma boa relação.(sorrio)

Naomi: sou naomi fujimoto, também sou do segundo ano do curso de heróis e espero que tenhamos uma boa relação.

Sinto que ela foi obrigada a falar isso, naomi tinha longos cabelos morenos e olhos de cor roxo, sua pele também era branca e parecia ter cerca de 1,55.

Kenichi:(rio) peço desculpas pela seriedade em excesso da naomi, no fundo ela é uma boa pessoa mas ela é um pouco anti-social.

Naomi: não sou anti-social, só não vejo necessidade de ter que fazer amizade com todo e também ter que ser simpática.

Kenichi: bom,(olho para izuku) parece que o melhor do teste de admissão virou o representante e (olho para a yaoyorozu) a segunda aceita por recomendação é a vice.

Izuku: vejo que está bem informado senpai.

Kenichi: tudo que acontece nessa escola eu sempre sou o primeiro a saber ou eu já sabia muito antes de acontecer.(sorrio inocente)

Izuku: então não é à toa que esta no cargo de presidente do conselho estudantil.

Kenichi: não, não é, saiba que pra chegar nesse cargo é muito difícil.

Naomi: desde o início da U.A, kenichi-kun é o primeiro aluno do segundo ano a se torna presidente do conselho estudantil.

Izuku:(assobio) deve ter sido uma grande batalha pra chega nesse cargo em.

Kenichi: é, foi sim mas não estamos aqui pra falar sobre como eu vim parar aqui e sim como será o trabalho de vocês como representantes, primeiro, é um pouco mais difícil do que parece, terão vezes que vocês terão que chegar mais cedo ou abdicar dos intervalos para as reuniões que podem acontecer, e a presença de todos os representantes são de extrema importância, segundo, o que acontece na sua sala é dever de vocês arrumar, saiu da sua sala ai o conselho estudantil entre em cena e quando o assunto se torna jurisdição do conselho, não podem reclamar de nossas decisões sobre o caso e terceiro e último, respeito acima de tudo, pois respeito evita problemas e sem problemas significa sem trabalho para nós, estão dispensados era só isso.(sorrio)

Me levanto e yaoyorozu vem logo atrás, abro a porta para ela sair primeiro e assim que estou saindo, eu escuto o senpai falando.

Kenichi: foi prazer conhecê-lo izuku-kun, saiba que estou sempre de olho.(sorrio inocente)

Fecho a porta e saio andando em direção a saida, não gostei dele, a sensação que ele passa, aquela aura sinistra, e o que ele queria dizer com sempre estou de olho, eu não fiz nada de errado pra merecer ser vigiado.

Yaoyorozu: aiko-kun!!!

Izuku: hum, à, você estava falando comigo yaoyorozu-san, peço desculpas, me perdi em meus pensamentos.

Yaoyorozu: estava perguntando sobre o que você achou deles ?

Izuku: são pessoas que não se deve subestimar, eles são fortes, senti isso sem nem enfrenta-los, e só pelo fato dele ser presidente estando no segundo ano já mostra seu poder não só físico como também mental, com certeza seria um adversário formidável.

Yaoyorozu: você já os vê como adversários, porque não tenta vê-los comigo amigos ?

Izuku: à última coisa que eles querem é ser nossos amigos, e yaoyorozu, poderia para de me chamar pelo meu sobrenome, estou acostuma a todos a minha volta me chamarem de izuku, então é meio estranho pra mim sabe ?(rio)

Yaoyorozu: te chamar pelo seu primeiro nome ?

Izuku: é mas não precisa se preocupar, ninguém vai intender errado.

Yaoyorozu: está bem... izuku-kun.

Izuku:(vejo que ela ficou um pouco vermelha, ela fica mais linda ainda) viu, bem mais fácil.(trocamos os sapatos e vamos em direção aos portões)

Izuku: à é, você queria fala comigo hoje cedo mas não deu certo, oque você queria fala comigo.(me viro pra ela mas recebo um abraço de surpresa)

Yaoyorozu: eu queria te agradecer por ter resgatado a minha irmã, muito obrigado izuku, eu fiquei com muito medo de perde-la.

Izuku: ei ta tudo bem, ela tá bem agora, não precisa preocupar.(a sensação de abraça-la é tão boa mas pena que ela se afasta)

Yaoyorozu: me desculpa por isso.

Izuku:(percebo que ela está bem vermelha) não tem problema, você estava preocupada com ela e só queria agradecer.(dou um sorriso sincero pra ela)

Um grande carro preto para na rua e buzina.

Yaoyorozu: é o meu motorista, tenho que ir, até amanhã izuku-kun.(vou em direção ao carro)

Izuku: até.(aceno com à mão)

Yaoyorozu: espera!(ele se vira confuso) pode me chamar pelo primeiro nome também.(sorrio e entro no carro)

Essa garota ainda vai acaba me matando com esses sorrisos.

Pov autor:

Enquanto izuku estava indo em direção a estação de trem, o presidente do conselho estava o observando da janela da escola.

Naomi: oque achou dele ?

Kenichi: acho que ele pode me ajudar a consegui alcançar o meu objetivo.

Naomi: está brincando, aquele garoto !?

Kenichi:(rio) eu não tenho certeza, mas se ele poder me ajudar, eu não hesitarei em usá-lo.


Notas Finais


E po-po-por ho-ho-je é só-só pe-pessoal.

Naomi: https://pin.it/f52ucbke7vslzy

Kenichi: https://pin.it/msxkkqjgziprtk

Aceito opiniões, respondo dúvidas e até a próxima pessoal

Comentários incentivam o vagabundo a escrever.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...