História Boku no Hero Academia Mirror World - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens All For One, Katsuki Bakugou, Midoriya Izuku (Deku), Yagi Toshinori (All Might)
Tags All For One, Boku No Hero Academia, Deku Vilão, Drama, Loucura, Midoriya Izuku, Universo Paralelo
Visualizações 98
Palavras 959
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


aqui esta o primeiro capitulo que mostrara o um inicio de uma nova historia, espero que aproveitem .

Capítulo 2 - Capítulo 1 - O Começo -


Fanfic / Fanfiction Boku no Hero Academia Mirror World - Capítulo 2 - Capítulo 1 - O Começo -

A Nossa história começa com um homem sobrevoando uma cidade, porem aquele homem, era aquele considerado o herói número 1, seu nome era All Might, considerado também como O Simbolo da Paz, esse mesmo homem estava com sua mente, se lembrando da conversa que teve com um garoto que ele havia salvo a pouco tempo atrás.

- All Might, uma pessoa mesmo sem individualidade, pode se tornar um herói como você? - tinha dito o garoto que tinha um cabelo crespo-escuro com mechas verdes, ao herói que estava preste a partir, All Might parou e após pensar por alguns segundos, logo fala:

- Os heróis profissionais estão sempre arriscando suas vidas, não posso simplesmente dizer ´´Você pode se tornar um herói, mesmo sem poderes``. - diz All Might, fazendo o garoto ficar aparentemente ficar em choque, então:

- Isso que dizer que é impossível. -fala o garoto meio que deprimido pela a resposta que havia recebido do herói.

- Pode-se dizer é isso, então se cuide garoto - diz All Might saindo do local com um salto, deixando sozinho o garoto que estava completamente  deprimido, após receber a outra reposta.

Após se lembrar daquela conversa, All Might se encontrava num beco perto de uma delegacia, olhando pros dois lados do beco, vendo que ninguém o havia notado, All Might então começa a solta um gás branco que cobre todo o seu corpo, após o dissipar o gás, o corpo de All Might se encontrava completamente todo esquelético, aquela era a real forma de All Might.

- Parece que eu já alcancei o meu limite hoje. - diz All Might, se preparando para sair do beco para chegar na delegacia, se surpreende ao perceber que o bolso que colocou a mão estava vazio, naquele bolso que estava uma garrafa ao qual estava preso o vilão que havia atacado o garoto que salvou, então:

- Foi naquela hora. - pensou All Might se lembrando de quando percebeu que o garoto antes daquela conversa em cima do prédio  havia se agarrado nele antes dele saltar haviam brigado no ar, então percebeu que foi naquela hora que a garrafa havia caído, percebendo o que havia acontecido All Might começou a correr para procurar naquela parte da cidade que  havia caído.

Enquanto isso naquela parte da cidade, num beco havia um homem de traje elegante que havia acabado de encontrar a garrafa que estava o vilão, percebendo o que havia dentro o homem abriu a tampa assim soltando o vilão, seu corpo era completamente gosmento, não dava para pegar naquela gosma, o vilão então fala:

- Agradeço por mim libertar, agora com agradecimento irei pegar o corpo. - falou o vilão gosmento, porem ao tentar chegar perto do homem, sentiu todo o seu corpo, aquilo que ele sentia era medo, um total medo, o homem então sorrir e fala:

- O que foi? Você não disse que ia pegar o corpo. - diz o homem que estava sorrindo, o vilão estava totalmente parado, como se, o seu corpo que era gosmento tivesse se tornado pedra, o homem vendo que o vilão não estava se mexendo, acaba dizendo:

- Bem, parece que você não vai vim, mesmo tendo essa individualidade. - diz homem se aproximando do vilão, e ao encostar na gosma do vilão ele diz:

-Já que não vai usa-la, vou pegar para mim. - diz o homem, que após tocar na gosma, o vilão volta a sua forma humana, a sua individualidade foi roubada por aquele homem, o vilão assustado devido a sua individualidade ter sido roubada, ainda não podia mexer seu corpo, só sua boca podia, então ele pergunta ao homem:

- Quem é você? - pergunta o vilão ao homem, então chegando mais perto do vilão ele fala:

- Todos mim chamam de All for One, agora durma um pouco. - diz diz o homem que encosta sua mão na cabeça do vilão, então o vilão cai o chão inconsciente, após o vilão cair no chão, All for One, percebe  que 3 garotos, haviam entrado no beco que ele estava, então ele teve uma ideia, enquanto isso, os garotos que se aproximavam, um deles pergunta ao que estava na frente: 

- Ei, Katsuki. Você e Midoriya não eram amigos de infância? - pergunta o garoto, para o garoto que estava andando na frente, seu nome era Katsuki Bakugou, um garoto de cabelos loiros e bagunçados, enquanto o garoto estava esperando a resposta de Katsuki, o outro garoto que estava ao lado fala:

- Hoje você pegou pesado com ele. - falou o outro garoto, Bakugou que estão que estava com uma cara de irritado, acaba parando e se virando pros 2 que estavam atrás e começa olha para a propria mão e se lembrar de Midoriya Izuku ou Deku, um garoto que não tem individualidade nenhuma, mas sonha em se um herói, Bakugou se lembrando dele fala:

- Ele é um idiota que sonha que nem criança. - diz Bakugou que acaba se irritando mais e acaba soltando explosões da sua mão, que são derivadas de sua individualidade, após isso Bakugou ao se virá frente acaba trombando com alguém e acaba caindo no chão, irritado grita:

- EI MALDITO, NÃO SABE POR ONDE ANDA NÃO. - gritou Bakugou muito irritado, com homem com quem trombou, o homem então fala:

- Sinto muito, não foi minha intenção. -diz o homem se desculpando, então o homem sorrir, e continua:

- Então como compensação, eu irei experimentar minha nova individualidade em você, que tal. diz homem sorrindo.

- O que? - falou Bakugou, que se que assustou com o que o homem havia dito, ele mal sabia que aquelas palavras levariam a sua cidade, o seu país e o mundo a um chaos completo.

 

 

 


Notas Finais


O que acharam, é uma pena que aquele que talvez desejavam mal apareceu, mas no proximo vou trazer e muito mais coisas se acharem algum grande erro mim avisem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...