1. Spirit Fanfics >
  2. Boku no Hero: Copiar, Armazenar e Evoluir - Nova Versão >
  3. Capítulo 2: Individualidades

História Boku no Hero: Copiar, Armazenar e Evoluir - Nova Versão - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Capítulo 2: Individualidades


- Antes de querer ser um herói, primeiro aprenda a ser um humano, minha querida Bombinha Ambulante, ou o que ? Vai deixar alguém morrer por ela ter uma Individualidade que "não é boa o bastante", ou por ela ser um Quirklees ? Então "Katsuki Bakugou", senta-se nessa merda de cadeira e me deixa em paz ! - Izuku termina de falar, se sentando em sua cadeira. Toda a sala estava em silêncio, refletindo sobre as palavras do esverdeado - Pode continuar a aula professor…


- Errrr… SEU MERDA ! - Katsuki grita tentando acertar Izuku, mas em um rápido movimento o esverdeado acerta um golpe no pescoço do loiro botando-o para dormir.


- Eu falei pra ele ficar quieto… Pode continuar a aula professor… 


- T-Tudo bem, mas… Você poderia levar o jovem Bakugou para a enfermaria ? - O professor fala, e tem como resposta apenas um revirar de olhos de Izuku, que sem muitas dificuldades coloca o loiro explosivo por cima dos ombros e sai da sala. Todos da sala ficam em silêncio, a maior parte por estarem surpresos, ou com medo do esverdeado, entre eles estava Izuniy, mas diferente deles, a garota estava fervendo de raiva.


- Tsk ! Como um vilão como ele pode querer entrar na U.A ! - Izuniy pensa enquanto olhava para a porta da sala, mas o que ela não sabia era que Izumi a observava.


- Isso vai ser irritante… - Izumi pensa olhando para a irmã gêmea. 


Ao mesmo tempo; 


Na enfermaria;


- Pode colocá-lo ali… - A enfermeira fala, apontando para uma das mesas, assim Izuku vai até ela, deitando o loiro - O que foi dessa vez ?


- Ah, você sabe, ele tentou me atacar, eu revidei, e ele desmaiou… - Izuku responde pegando uma cadeira e se sentando. A enfermeira vai até Katsuki, começando a examiná-lo - Como ele tá ?


- Ele vai ficar bem, você só acertou um ponto de pressão, daqui alguns minutos ele acorda - A enfermeira responde, sadinos e perto do loiro e se senta na frente de Izuku. O garoto encara a mulher por alguns segundos, e ela apenas bufa irritada, pegando um papel dentro de uma gaveta em sua mesa. Ela encara o esverdeado, e logo depois solta um suspiro - Vê se não assusta ele garoto, foi uma luta convencer tanto o Japão, quanto a I-Island a deixar o grande David Shield 


- Obrigado por isso… De verdade, acho que assim finalmente vou descobrir o que eu sou… - Izuku responde, enquanto lia o papel que estava em suas mãos.


 - Você sabe quem é garoto… - A mulher fala sorrindo, e colocando a sobre o ombro de Izuku - Você é Izuku Hatake, a pessoa com o coração mais bondoso que eu conheço.


- Obrigado Yuri-san, mas… 


- Sem "mas" garoto, você não quer ser um herói ? Então, prove que você é um herói ! - A mulher responde, se encostando na cadeira, enquanto cruzando os braços.


- Obrigado Yuri-san. Bem, já vou indo, os exames não serão esse final de semana né ? - Izuku pergunta, enquanto se levantava da cadeira em que estava.


- Sim, vai ser nesse final de semana - Yuri responde sorrindo para Izuku que acena para a mulher - Até depois garoto.

 

- Digo o mesmo, vejo você depois Yuri-san - Izuku responde saindo do local.


Algumas horas depois;


Izuku e Izumi estavam andando pelas ruas de Musutafu. Os dois irmãos estavam despreocupadamente, jogando conversa fora.


- Calma, calma, então quer dizer que deram em cima da Izuniy e ela quase tacou fogo no cara ? Cara, eu queria ter visto isso - Izuku fala rindo do comentário da irmã.


- Eu sei que você queira ter visto isso hihihi - Izumi responde dando uma risadinha, mas ela logo para - Nii-san…


- Sim ?! - Izuku fala arqueando uma sobrancelha. Ele olha para a irmã de canto.


- V-Você gosta de alguém ? - Izumi pergunta corando um pouco. Aquela pergunta pegou Izuku desprevenido.


- B-Bem… - Izuku começa a coçar o bochecha com o dedo indicador - Não é como se existisse muitas garotas interessadas em mim né… - O garoto respondeu, desviando o olhar para o lado - Mas, por que você quer saber ? - Izuku pergunta voltando a olhar para a garota.


- B-Bem… E-Eu, eu…


- Dois disfarces, um masculino e outro feminino de tamanho médio muito bom - Diz uma voz masculina atrás dos irmãos. Izumi se assusta, mas em um movimento instintivo Izuku empurra a garota, e acaba sendo atacado pelo vilão - Eu gostaria de pegar a garota, mas você também é um bom disfarce garoto hahahahahhahaha !


- NII-SAN ! - Izumi grita esticando a mão na direção do irmão.


- Hoje… NÃO ! 


BOOOOOM !!!!!!


Uma gigantesca explosão de ar acontece no local. Izumi usando a sua telecinese conseguiu se segurar para não sair voando. Quando a fumaça abaixa era possível ver Izuku com algumas partes da gosma que formava o vilão em suas roupas.


- NII-SAN ! - Izumi grita, correndo na direção se Izuku, pulando e abraçando o irmão - Você me assustou…


- Calma, eu tô bem maninha… - Izuku responde, enquanto fazia cafuné na mais nova sorrindo.


- NÃO TEMA CIDADÃO EU-O que ? Eu jurava que vi o vilão vindo para cá ? - All Might aparece saindo de dentro do bueiro do esgoto - Esses Shounens… Eles impediram o vilão ? - All Might se pergunta mentalmente - Shounens, o que aconteceu aqui ?


- A-All Might ! - Os gêmeos falam ao mesmo tempo, se assustando com a aparição do herói profissional.


- Desculpa por isso All Might, eu sei, eu usei a minha Individualidade sem licença, mas o vilão queria me atacar e a minha irmã então… 


- Tudo bem Shounen ! Você fez o certo, afinal, você e a sua irmã estão bem ! - All Might responde com o seu típico sorriso no rosto - Agora, vocês podem me dar uma mão para prender esse malfeitor ? - O herói fala pegando as duas garrafas de vidro que estavam em sua cintura.


- T-Tudo bem ! - Os gêmeos Hatake respondem ao mesmo tempo, e logo começam a guardar os pedaços do vilão nas garrafas.


Depois de alguns minutos;


- Muito bem Shounens, obrigado por me ajudar, com vocês o meu trabalho com esse malfeitor foi bem rápido ! - O loiro fala acenando com a mão, logo depois o homem pula, se distanciando do local - Aquele jovem… Ele era visivelmente forte, e tinha uma Individualidade poderosa… Eu gostaria de vê-lo novamente… 


- Bem, agora podemos voltar para casa - Izuku respondeu, enquanto colocava a mão no ombro da irmã.


- S-Sim… - Izumi responde sorrindo, enquanto corava um pouco, e assim os gêmeos Hatake voltam a caminhar para a sua casa.


Dias depois;


Em um hospital;


Izuku estava sentada em uma das sala. O rapaz de cabelos verdes olhava para a própria mão de forma pensativa. Um homem entra na sala, seu nome era David Shield, um dos maiores cientistas do mundo, e amigo próximo do All Might.


David era um homem alto, de constituição média, com rugas notáveis ​​na testa e dobras nasolabiais definidas e sulcos lacrimais. Ele tem pequenos olhos azul-celeste e cabelo castanho mel curto e rebelde com dois tufos proeminentes curvados para fora da testa, um cavanhaque curto no queixo e óculos quadrados de aro largo no rosto. Ele estava vestindo um típico jaleco branco, além de usar uma calça jeans marrom, uma camisa preta com uma gravata vermelha.


- Ah, olá senhor Izuku Hatake - David dá um sorrisinho de canto, mas tem como resposta um simples dar de ombros - Bem, como consegui trazer parte do meu equipamento, eu consegui fazer testes quase que completos para determinar as suas Individualidades. Conseguimos fazer algumas descobertas muito interessantes sobre você, Hatake-san, primeiro, o limite do seu armazenamento é demasiadamente… Alto, na verdade é surreal, você pode armazenar até 200 Individualidades !


- Ah, isso é-PERA O QUE  ? 200 INDIVIDUALIDADES ? ISSO É LOUCURA ! - Izuku grita, assustando David que coloca a pasta que segurava na frente do corpo - D-Desculpa, e… Eu não esperava por isso… Definitivamente não esperava por isso…


- Heheh… Eu sei… - David engole a seco enquanto arrumava a sua gravata vermelha - Bem, aparentemente você pode aumentar o seu poderio total, principalmente se você usar a sua quarta Individualidade….


- Ah sim a quarta… QUARTA ! - Izuku grita novamente assustando David novamente que já estava vendo o rapaz a sua frente cuspindo fogo, ou algo parecido - D-Desculpa… - Izuku responde em um sussurro, abaixando a cabeça envergonhado - Q-Qual seria essa minha quarta Individualidade ?


- B-Bem… Nós a chamamos de…  


[Fusão]


- Essa Individualidade concede ao usuário, no caso você, fusionar outras Individualidades, exemplo, você copiar uma Individualidade de produzir chamas, você pode fusionar essa mesma Individualidade com uma de amplificação, e dependendo dos Galhos Evolutivo que você usar, você vai poder aumentar a quantidade de chamas, temperatura, ou capacidade gerais dessas chamas, exemplo deixá-las com mais resistência a água e gelo, ou os três, isso se você tiver as três cópias correspondentes. Outro exemplo é você fusionar essa Individualidade de fogo com uma Individualidade ciente feita de escuridão, você poderá fazer com que essa nova Individualidade tenha mais resistência a temperatura, ou fazer com que ela seja feita de fogo.


- Q-Quais são as demais informações que você obteve Shield-san ? - Izuku pergunta, mas ele logo percebe em uma coisa que o homem falou - Galhos Evolutivos ? O que seria isso ? Bem, obviamente tem algo relacionado com a [Evolução] certo ?  


- Bem, sim, originalmente pensávamos que a [Evolução] acelerasse o desenvolvimento da Individualidade copiada, mas a verdade é bem diferente. Pense em… Uma "Árvore Tecnológica", tipo daqueles jogos de RPG, você desbloqueia uma tecnologia, e todo um novo "Galho Evolutivo" surge proveniente dessa nova tecnologia, entendeu ?! Isso é importante, e a primeira parte da [Evolução]. Bem, a partir daí eu preciso de "Pontos de Experiência", que no seu caso são carboidratos, quantos mais você tiver, mais rápido você poderá prosseguir evoluir as Individualidades que copia, e consequentemente mais evoluções são desbloqueadas, mas em compensação, mais carboidratos são necessários. Agora vamos pegar um exemplo, a Individualidade [Explosão] que você copiou, originalmente ela libera suor como se fosse nitroglicerina, e assim ela consegue criar as suas explosões, mais precisamente nas mãos, mas isso não quer dizer que o usuário original, e você consiga explodir em outras partes do corpo, como os pés, e a parte de trás das mãos, afinal, e o suor do usuário original, e o seu.


- Então… Eu posso causar explosões mais fortes, e com… Uma coloração azul ? - Izuku pergunta visivelmente confuso com a fala do homem. 


- Sim, exatamente, no caso, você escolheria o "Galho Evolutivo" correspondente, o que aumentaria a potência das explosões, e depois a que aumentaria a temperatura para ser uma explosão azul, mas ao fazer isso mais moléculas de oxigênio seriam utilizadas na hora da explosão. Se você evoluir, e fundir essa Individualidade com uma do tipo elétrica, ou radioativa você poderia fazer explosões eletromagnética, e nucleares respectivamente, mas para isso você precisaria de "Pontos de Experiência" suficientes para evoluir até esse ponto. Outros pormenores são os "defeitos" da [Evolução]. Bem, toda vez que ela libera novos "Galhos Evolutivos", toda vez que você escolhe um desses galhos, os anteriores se trancam permanentemente. Em resumo, quando você copia uma Individualidade, a [Evolução] abre mais "Galhos Evolutivos", e quando você escolhe um, os outros dois somem, e mais "Galhos" surgem.


- E-Existe mais alguma coisa que você descobriu ? - Izuku pergunta um pouco receoso.


- Bem… Como você pode perceber suas Individualidades se completam, e isso é um fator muito importante sobre você…. - David suspira pesadamente, voltando o seu olhar para a ficha médica - Você é uma falha genética, suas Individualidades deveriam ser apenas uma com as características das quatro, além disso… Você pode ser estéril…


- E-Estéril ? E-Eu não posso ter filhos ? - Izuku perguntou abaixando a cabeça e colocando as mãos no rosto - E-Eu tenho o poder de um deus nas minhas mãos, mas não posso ter filhos… Isso só pode ser brincadeira… 


- Escute Hata-Não… Izuku… - David coloca a mão no ombro do rapaz, o que faz Izuku olhar para o homem à sua frente - Eu até poderia dizer algumas daquelas desculpas esfarrapadas de "Eu entendo", ou "Vai ficar tudo bem", mas me escute… Você ainda é jovem, ainda tem uma vida inteira pela frente, além disso, eu sei que você é forte, e exatamente por isso que eu quero te ajudar…


- Me ajudar ? Como ? - Izuku pergunta voltando o seu olhar para o homem à sua frente.


- Primeiro, eu posso me livrar desses papéis, eu quero que você venha comigo para a I-Island, lá teremos equipamentos adequados, lá você poderá ficar mais forte ! Você quer ser um herói não é ? Eu posso te ajudar Izuku - David responde, enquanto dava um sorriso de canto para o esverdeado - Você pode ser um grande herói se vier comigo ! 


- E-Eu… Eu realmente gostaria, mas eu não posso sair do Japão, eu tenho uma família aqui, então não posso sair, espero que entenda - Izuku responde se levantando da cadeira, deixando David para trás com uma de poucos amigos - Eu não posso deixar a mãe, nem a Izumi aqui sozinhas… Eu não posso, nem vou deixar vocês que sozinhas, mas… - Izuku para de fala e olha para a própria mão - O Shield-san tem razão… Eu posso, e preciso ficar mais forte !



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...