História Boku no hero de um jeito sad - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Personagens Originais
Visualizações 25
Palavras 621
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Com essas flores.....


sabe, eu sempre achei que era um pedido de desculpas, que era uma forma de se redimir quando brigavamos, mas eu estava errado, meu pensamento era errôneo, você apenas me entregava aquelas flores para mostrar a seus amigos como eu era trouxa, como com um simples gesto seu, eu voltaria correndo para seus braços, e eu te odeio, te odeio por estar certo, te odeio por me ter nas mãos, e me odeio mais ainda por te amar.

você não ligava se estávamos em um relacionamento ou não, suas amiguinhas, riam da minha cara, pois, elas sabiam que estava comigo, mas riam por que você ficava com elas, eu era taxado de corno, de trouxa iludido, eu tentava, eu juro que tentava me afastar de você, e toda vez que eu conseguia, você batia na porta da minha casa com uma flor, com aquelas malditas flores, você me destruiu, mas psicológicamente, você nunca levantou a mão contra mim, mas meu psicológico está destruido, não sou mesmo de antes, me afastei dos meus amigos, pensei que eles não se importassem comigo, você me dizia isso, que eu não era importante, mas surpreendentemente, eles vieram atrás de mim, eles se preocupam, me segurei, detive as lágrimas que queriam escorrer, cara, você me diminuiu, fez eu me achar um lixo, graças a você, aquele garoto, alegre, extrovertido e energético sumiu, não sou o mesmo denki kaminari, todos estão reclamando, tentando me ajudar, bakugou queria até explodir a sua cara, mas como o trouxa que sou, não deixei, mas uma vez te protegi, sinto que estou em um abismo, sinto que vou afogar em um mar de sentimentos, não entendo, minha empatia era grande, mas ela, simplesmente sumiu, você me transformou em um ser apático, VOCÊ ME TRANSFORMOU EM UM FILHA DA PUTA DE ESPÍRITO AMARGO,  midoriya quer me ajudar, mas como?, Como ele, que finge um sorriso todos os dias pode me ajudar? Como um depressivo pode ajudar o outro? Eu sei que o motivo de midoriya não ter desistido da vida, foi todoroki, ele é a âncora de izuku, mas e eu? Minha âncora era você, você devia me estabilizar nas tempestades, e não me puxar para baixo, hoje, eu vi você com uma "amiga" sua, Mei Hatsume, da sua sala, quando você me viu a única coisa que disse foi, " saia daqui, você está me atrapalhando", me diga por que? Porque comigo? Eu nunca fiz mal a ninguém, me explique o porquê das pessoas boas sofrerem tanto, me tranquei em meu dormitório, eu não sei qual a sensação que tive aquele momento, era uma sensação de medo, minha boca ficou com um gosto amargo, eu não parava de tremer, as lágrimas desciam como uma cascata, é, eu tive uma crise, minha primeira crise de ansiedade, droga, me sinto tão inútil sabe? Como se eu não importasse, como se.....eu devesse morrer, ah, eu pensei que você iria chegar, me abraçar, pedir perdão, mas não, não apareceu, você estava com ela, você sempre está, sei que fui ingênuo, naquela hora eu quis tirar minha vida, mas pensei, que não valia a pena, tinha minha mãe, meus amigos, eu pedi a ajuda deles, eu pedi ajuda a midoriya ele pode me entender, eu vou te esquecer, mas te peço que fique longe, eu não quero ver você ou aquelas malditas flores, fique com suas amigas, você não precisa de um trouxa iludido como eu, eu não vou ceder a seus caprichos, você, já saiu do meu coração faz tempo, eu só estava cego demais para ver, isso é um adeus, espero nunca mais ouvir sua voz sequer, nunca mais fale comigo, nunca mais me toque, nunca mais olhe pra mim.

Adeus, shinsou Hitoshi.


Notas Finais


Aah, sorry por isso ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...