História Boku no Hero: O Caminho do Herói - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens All For One, Dabi, Denki Kaminari, Eijirou Kirishima, Enji Todoroki (Endeavor), Fumikage Tokoyami, Fuyumi Todoroki, Gran Torino, Hanta Sero, Hitoshi Shinsou, Hizashi Yamada (Present Mic), Ibara Shiozaki, Iida Tenya, Inasa Yoarashi, Inko Midoriya, Itsuka Kendo, Katsuki Bakugou, Kinoko Komori, Kurogiri, Kyoka Jiro, Mashirao Ojiro, Mei Hatsume, Midoriya Izuku (Deku), Mina Ashido, Minoru Mineta, Mirio Togata (Lemillion), Momo Yaoyorozu, Naomasa Tsukauchi, Neito Monoma, Nejire Hado, Nemuri Kayama, Personagens Originais, Pony Tsunotori, Sen Kaibara, Shouta Aizawa (Eraserhead), Shouto Todoroki, Stain, Tamaki Amajiki (Sun Eater), Tetsutetsu, Thirteen, Toga Himiko, Tomura Shigaraki, Toru Hagakure, Tsuyu Asui, Uraraka Ochako (Uravity), Yagi Toshinori (All Might), Yosetsu Awase, Yu Takeyama (Mount Lady), Yuga Aoyama
Visualizações 66
Palavras 3.710
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá Olá, olha, so estou postando hoje por que eu ia postar ontem mas a bateria do meu note acabou e estava tarde, então hoje é so pra compensar okay? Amanha vou postar dois caps normalmente pelo horário da manha e da noite
Aproveitem a Leitura!!

Capítulo 10 - Eu vou Deixar as Coisas Claras


Fanfic / Fanfiction Boku no Hero: O Caminho do Herói - Capítulo 10 - Eu vou Deixar as Coisas Claras

 

Jiro- Me diz, por favor, oque aconteceu- Jiro puxava o braço de Isamu

Isamu- Não, eu não quero falar isso, e pra que você quer saber?

Jiro- Ué... Pra saber se você esta bem, depois desse tombo eu preciso saber...

Isamu- Jiro, serio isso? Você realmente precisa saber oque a Midnight fez comigo? Você não consegue imaginar?- Jirou o encarou sem expressão algumas por alguns segundo até que seu rosto logo ficou um pouco vermelho e logo uma pequena gota de sangue sai do seu nariz

Jiro- Não

Isamu- Vai a merda- Isamu sai andando e deixa Jirou rindo sozinha

                Kirishima para em frente a uma loja e encara um quadro, Mina passa por ele e quando percebe o colega parado ela fica ao lado dela e para pra encarar

 

Mina- É UM QUADRO ACINADO DO CRIMON RIOT !

Kirishima- Sim, e existem só 3 desses assinados com essa inscrita e com essas palavras... “Eu tenho medo, mas o verdadeiro homem não é oque não sente medo, e sim aqueles que os aceitam e usam ele para crescer e ficar mais forte”- Kirishima fecha os olhos e bota a mão no peito!

Mina- Você é realmente o maior fã dele? Ele bem Homem másculo mesmo...- Mina via a emoção nos olhos do amigo

Kirishima- Bem, ele é meu herói favorito, acho que se não fosse por ele e pela Mina eu nunca teria feito a prova da U.A

Mina- Oque?

Kirishima- Eu já te falei Kaminari- Quando o garoto olha pro lado ele demora alguns segundos pra perceber- MINA!- Ele entra em um mini pânico seguido de uma breve parada cardíaco

Mina- Oque eu tenho haver com isso?

Kirishima- Não, nada, eu falei sem querer- Ele imediatamente corre pra longe de mina, que fica com uma cara de perdida sem entender

                A garota corre para a turma que estava vestida de forma mais solta por estarem no shopping, todos estavam se divertindo, mesmo enquanto trabalhavam vendo preços e materiais, eles já estavam quase no limite do tempo de Isamu que estava sempre acompanhado pela Midnight, mas mesmo assim ela dava espaço para que ele conversasse com os colegas e que se divertisse ao máximo, já que ela sabia que ele não teria essa chance sempre, Nezu so permitiu por que usaram a justificativa do trabalho, e mesmo assim teve que assinar muita papelada, Midnight olhava pros lados de forma desconfiada a algum tempo, ela percebe então oque já era de se esperar, policiais disfarçados, vigiando o garoto que parecia realmente estar tendo um dia com os amigos, Isamu se senta cansado com um milk-shake a mão, Jirou foi a outro lugar ajudar a escolher os materiais para áudio da festa,  ele estava um pouco distraído quando Momo se senta ao lado dele, ela se senta com um copo de refrigerante a mão, Isamu abre um sorriso simples para Momo que nem troca olhares com ele, Isamu automaticamente fica corado, sente que deveria sair dali

 

Momo- Eu vou deixar as coisas claras pra você- Isamu sente um arrepio ruim, sabia que isso não parece um bom começo para uma conversa- Eu não aceitei ajudar com aquela festa por que queria me desculpar, eu não tentei abrir brecha pra uma amizade por que não queria contato com você... é só isso- A garota continua ali sentada em silencio sem esperar resposta, mas Isamu achava que ficar em silencio não faria bem pra ele mesmo...

Isamu- Eu não ligo- A garota olha assustada- Eu sei que não gosta de mim e que não me aceita na escola, aposto que quer mais me ver em uma cela no tártaro- A garota o encarava ainda surpresa- Mas se eu ligasse pra isso eu já teria desistido, então quero que saiba que não pretendo desistir...E eu não te odeio...

Momo- Não?- Ela ficou curiosa

Isamu- Não, sinto dó de você por se sentir inferior a mim- A garota sentiu-se desarmada, antes que pensasse em uma resposta Kaminari chega correndo

Kaminari- Momo... Uraraka e Asui estão te chamando, acharam uma loja com quimonos e querem que você as ajude a escolher os delas

Momo- Claro... Já estou indo- A garota parecia abalada de alguma forma, mas disfarçou e saiu correndo para o encontro das amigas, Isamu relaxou fechando os olhos e respirando fundo, sentia que fazer inimizades ali era a pior coisa que poderia fazer ali...

Kaminari- Cof cof- Isamu olha pra Kaminari que tinha um olhar disfarçado para o lado- Isamu, posso falar com você em particular?- Isamu assentiu com a cabeça e logo seguiu o loiro para um local que dava próximo aos banheiros, Kaminari encostou na parede e Isamo parou no corredor ainda com o canudo do milk-shake entre os lábios- Olha aqui, eu vou deixar as coisas claras pra você...

Isamu- “Mais um...”- Isamu pensou já mostrando um olhar baixo...

Kaminari- Eu sei que algumas pessoas da turma estão tentando ser o mais amigáveis possíveis e tudo mais, mas quero te dar um toque... Eu quero que tome cuidado com a Jiro...- Isamu ficou surpreso com oque o colega falou- Eu notei que estão ficando mais íntimos, e que ela até pareceu preocupada com você ontem, e isso é com certeza muito legal da parte dela, mas...

Isamu- Mas...

Kaminari- Você é encrenca, e ela parece ter esquecido disso por agora, mas que nem naquele dia que você mostrou seu rosto ela vai entender que você é...

Isamu- Um monstro?- Kaminari olhou meio assustado- Eu sei que é isso que você esta vendo agora, não consegue nem ver meu rosto sem pensar nisso não é?- Kaminari engole aquilo com medo do garoto- Mas sabe... Eu não me sinto um monstro, por que eu não quero ser e não me sinto um... E acho que não posso fazer muito se você não gosta, mas se a Jiro fica perto de mim é decisão dela- Isamu já estava saindo de la quando Kaminari o segura

Kaminari- Cara ela deixou de falar com as amigas pra ficar conversando com você, ela brigou com a galera e...- Kaminari respira fundo e abaixa o tom de vos- Se você gosta dela vai se afastar dela, por que você sabe que você é uma encrenca, e se oque você disso for verdade então você quer mesmo ser um herói e respeito isso... Mas é um dever de um herói pensar nos outros primeiro- Isamu não recebia um sermão tão bom faz um tempo, ele se solta e sai andando

                Isamu ficou desanimado depois daquilo ele fica meio triste ao ver que seu milk-shake acabou e logo teve que se juntar com a turma que já estava se arrumando para partir, alguns já até haviam ido embora, Mina não parava de incomodar Midnight para que pudessem ficar mais, só que a heroína deixou claro a situação do garoto que tinha hora para estar em casa, eles se juntaram para lanchar todos juntos um pouco antes de sair, eles se sentaram nas mesas e ficaram ali comendo

 

Jiro- Não acredito que você come o hambúrguer daqui, achei que você era um esquisito que so comia comidas típicas que nem um fresco – A garota comia o mesmo que o amigo que parecia distraído mas pensava no que Kaminari falou, todos sentados a sua volta, e nota que Momo olha meio triste para Jiro

Isamu- Jiro você mão tem falado pouco com o pessoal?- A garota olha sem entender a pergunta 

Jiro- A isso? Nçao se preocupa com isso sabe, brigamos um pouco- Isamu cria certeza que foi por sua culpa

Isamu- É só que achei que você poderia estar ignorando o pessoal pra falar comigo e tal?- Jiro olha meio irritada pro garoto

Jiro- Se estiver querendo ficar sozinho é so falar, não é obrigado a ter minha companhia- Isamu pensa bem em sua resposta e talvez devesse afasta-la por um tempo

Isamu- Eu sei que vai ficar meio ofensivo, mas eu preciso de um tempo sozinho...- Jirou se irrita ali

Jiro- Idiota- Ela fala e se levantando pegando sua bandeja, ela falava de forma calma, oque pra ela era pior que gritar com alguém, seu tom de voz dizia muito, e naquele momento dizia que ela estava enfurecida- Eu estou tentando te ajudar e você vem agir como um ignorante que gosta de ficar sozinho? Você merece mais é ir se ferrar e ficar sozinho

 

Jiro sai dali e Isamu logo esta sozinho enquanto esta rodeado de pessoas sentadas nas outras mesa, ele olha pra cima percebendo como esta solitário, mas pensa se é melhor assim, e que talvez não fosse tão ruim, seria triste, mas seria melhor assim já que ela não tinha como negar que era um ima para confusão, e que Jiro já havia feito muito por ele, Midnight o encara jazendo um gesto para avisar que o tempo dele acabou, então ele se levanta pronto para se despedir, mas antes que falasse todos escutam uma explosão...

 

MINUTOS ANTES

                A van que transportava todos os homens que se preparavam para a batalha, eles pareciam todos animados, alguns pareciam insanos aos olhos do garoto, que parecia ser apenas um jovem com um pouco mais de 17 anos, em seu colo duas espadas que ele terminara de afiar, ele as guarda e logo pega duas submetralhadoras pequenas que lhe pareciam uteis no momento

 

-Posso contar com você jovem Atsuhi?- A voz do homem era meio arranhada e baixa, por uma tela eles viam um homem que cobria seu rosto com uma mão- Meu mestre disse que você é muito eficaz em seu trabalho, mas tenho certas duvidas depois de ver sua aparência

Atsushi- Eu entendo sua preocupação, mas se estiver com duvidas as sanarei aqui e agora okay?- Ele falava com um sorriso, o homem da tela desaparece e assim o grupo começa a se preparar- Ótimo, agora que o poderoso se foi me escutem- Seu sorriso mudou um pouco- Irei abrir o caminho pra vocês, mas depois disso vocês não me conhecem, estamos entendidos?

                Os vilões confirmam com a cabeça, o garoto pega suas espadas e metralhadoras na cintura, ele abre a porta e no instante seguinte some... Ele logo esta dentro do prédio, ele sai pelo armário do zelador , ele começa a andar quando passa pelo zelador, o zelador que passa sorrindo pra ele segue andando um pouco mais que 4 passos antes de cair no chão com seu pescoço sangrando, o garoto pega o corpo e o joga no armário, o garoto se alonga, ele passa andando despercebidos pelas pessoas, ele andava olhando pra algo que ninguém notara, policiais pra todos os lados, mas isso já se esperava, ele anda calmo até a entrada onde ele para por alguns segundos onde tem vários policiais ali- Todos o encaram meio estranho, um deles se aproxima, mas o homem percebe uma fumaça estranha perto dele... O cheiro da fumaça o incomodava

 

Guarda- Não é permitido fumar aqui rapaz, e terei que chamar a policia, duvido que tenha idade para fumar

Atsushi- Mas eu não estou fumando, eu juro, pode chegar perto, o cheiro não vem de mim- O policial se aproxima se concentrando em seu olfato e logo antes que percebesse o garoto tem uma espada nas mãos - Gomen gomen, já estava sem folego já

                Ele crava a espada no rosto do homem que cai morto, todos os outros reparam mas antes que sacassem suas armas sentem uma dor seguida da morte, nem souberam de onde veio, mas foi silencioso, Atsushi pega o celular e faz uma ligação logo seguido quebra o celular, ele entra e a espada em sua mão desaparece, ele segue andando com um sorriso e os óculos brilhando

                Os vilões entram já em caos, um homem de óculos de fundo de garrafa que fica apertado em seus olhos larga uma caixa em um lugar e liga um contador, o grupo segue para o lugar sem chamar muita atenção, as pessoas começam a se amontoar, outros guardas os afastam dali e ligam pra policia, os policiais já no lugar foram informados, eles estavam prestes a agir, mas a bomba assustou a todos. Os vilões já estão armados e a policia se prepara para agir, mas eles foram imediatamente encontrados, eles não sabe como foram identificados, mas eles tiveram que se organizar, as pessoas entraram em pânico,  a turma que estava ali percebeu oque aconteceu, o instinto de agir da maioria estava quase os jogando em direção ao combate, mas todos pararam ao ouvir aquele salto alto, que fazem os alunos terem a vista as costas de Midnight

 

Midnight- Vilões? Que péssimo dia pra pensarem em agira- Ela tinha um grande sorriso, ela tinha uma vantagem grande a seu favor naquele dia em especial

Kirishima- Vamos ajudar Midnight

Sero- Isso, temos que fazer alguma coisa

Asui- É uma pena que esses tenham vindo estragar nosso passeio, acham que eles sabiam que a turma ia estar aqui?

Midnight- Se sabiam cometeram um grande erro, se não eles estão sem sorte

Sero- Então vamos poder ajudar?!- O garoto fala animado

Midnight- Mas é claro- A turma olha em maioria animada por poder entrar em ação, e outra confusa por ouvir aquela permissão- Vocês irão ajudar na evacuação das pessoas- O sentimento dos alunos se inverteram, os felizes ficaram confusos e os confusos felizes

Momo- Como uma profissional deveria pensar, não vai nos envolver em combate...

Uraraka- Mas não vai nos deixar de lado apenas assistindo

Midnight- Exato, quero que evacuem as pessoas pela saída sul e o oeste, pelo barulho eles ocuparam a norte e a leste... Vão, retirem todos daqui

Turma- HAI- Todos se viram prontos pra sair correndo e quando olham vem uma pessoa sentada sem mudar oque estava fazendo, comendo seu lanche- Isamu?

Isamu- Oque foi?

Iida- Não vai nos ajudar?

Hagakure- Sua ajuda deve ser excelente numa hora dessas, experimentar ação de frente sabe?

Todoroki- Ele não vai ajudar...- Todos olham para o garoto que já seguia em frente- Lembram da coleira?

Midoriya- Mas é um caso urgente- O garoto falou se aproximando de Isamu

Isamu- Pra policia não importa, se eu agir...

Midnighr- Ele perde o direito de ficar na U.A, ele não pode agir de forma alguma, se não é direto pro tribunal, agora deixem de conversa e façam oque mandei         

                Os alunos logo se separam e seguem ajudando as pessoas , eles vem que algumas caíram sob escombros e estavam perto de explosões, ajudaram a todos, tiraram até mesmo policiais feridos de lugares perigosos e chegaram perto de vilões que trocavam tiros contra a policia, mas os alunos viam o combate e se mantinham longe, os vilões ainda nem usaram direito suas individualidades, Midnight tomou a frente, os policiais começam a sair e os vilões se preparam para o verdadeiro combate onde um homem negro de 2 metros segura um grande martelo muito grande pra sua estatura, Midnight se sentia excitada por poder entrar em combate naquele dia... Ali perto estava Mina que carregava um garoto que havia batido a cabeça, ela sai extremamente perto da Midnight que a percebe

 

-Midnight- Droga, precisa sair daqui agora- Um vilão pula muito alto e assim entra no caminho da garota

Mina- Parece que se eu quiser sair teria que lutar, mas o garoto...- A garota percebe que não tem como fugir

Midnight- Sua individualidade é acido certo? Suas roupas são feitas de material para não derreter imagino?- Midnight abriu um sorriso...

Mina- Sim, mas oque tem haver?

Midnight- Envolva ele com suas roupas, pra que ele não se machuque okay?- Mina obedece e começa a tirar as roupas, mesmo envergonhada com os vilões que a encaram ela veste o garoto o cobrindo por completo- Mina, não se envergonhe de seu corpo, e os olhos desses homens não devem te deixar mais fraca- A garota respira fundo e fica seminua

Mina- Okay, Oque eu faço agora?- A garota percebe a fumaça roxa e tapa o próprio nariz

Midnight- Fique tranquila, essa não desacorda, e sim derrete...

SEGREDO DA INDIVIDUALIDADE DA MIDNIGHT!

                Quando seu corpo tem o tratamento devido e recebe carinho (Falando de forma mais vulgar quando tem uma boa foda) o perfume de seu corpo sai a sua escolha ou para adormecer ou corrosivo!! Ela não conta isso as pessoas pois prefere que não saibam exatamente oque ela fez no dia anterior claro...

Midnight- Você so precisa se concentrar em fugir, ele vai estar ocupado de mais com a queimação, quando eu falar quero que seja o mais rápida possível e passe correndo

                A garota acenou com a cabeça, haviam 3 vilões a frente de Midnight e um a frente de Mina, Midnight gira seu chicote e então lança um ataque para trás atingindo o rosto do vilão a frente de Mina que vê o momento certo, ela começa a deslizar com os líquidos que faz sair de seu pé, esta quase saindo quando o vilão estende seu braço para a garota, seu braço se estica em uma espécie de mola, o homem usa uma mascara com a imagem de palhaço, ele esta quase tocando quando a garota rosa lança um acido em sua direção machucando a mão do homem que recua, a garota foge e assim abre um sorriso no rosto de Midnight que teria uma grande batalha

                Mais ao centro do shopping estava Isamu sentado, ele sentia uma agonia que o era quase como dor, ele sentia vontade de se levantar e agir, mas a coleira era um grande problema, ele esta ali sentado quando vê Momo chegando com um grupo de pessoas que corre para a saída, Momo deixa as pessoas com Kirishima que logo as leva em direção a saída, e Momo para ao lado de Isame, ela o encara com uma espécie de desgosto, Isamu não tinha como dar resposta a aquilo, eles escutam um grito vindo da loja ao lado

 

-Por favor me ajudem- Era a voz de um garoto- Eu machuquei minha perna e não consigo sair

Momo- Estou indo- A garota esta prestes a sair, mas antes materializou um alicate de corte e jogou na mesa de Isamu- Sei que não deve, mas nunca se sabe quando se vai precisar certo- Isamu olha para o alicate

Isamu- Certo eu acho...- Ela imaginou que não precisaria

                Momo corre para a loja de esportes ali ao lado, Isamu fica com o olhar baixo e então  escuta uma risada, ele olha pro lado e vê um garoto com duas espadas na mão, ele tinha um sorriso amigável e até um rosto comum, ele saca uma das espadas e aponta para Isamu

 

 Atsushi- Eu vou te matar Jisatsu- Isamu não gostou de ouvir aquilo- Eu quero que sofra como eu sofri, e pra começar, matarei a garota ali, e será culpa sua por não salva-la

Isamu- Ei espera!- O garoto desaparece

                Isamu entra em desespero, ele pega o alicate de corte e o coloca contra a coleira, que já apita em amarelo avisando que se ele continuar levara um choque e será preso e seus privilégios serão retirados....

                Momo andava procurando alguém, via que o lugar possuía um segundo andar, ela primeiro procurou no andar de baixo, mas então escutou um barulho e olhou para cima, viu um garoto com um sorriso simples no rosto, ele saca sua catana e pula o mais alto que consegue, ele se prepara pra cair com tudo, uma fumaça negra o envolve, Momo percebe o ataque e estende o braço, ela dispara bastões de ferro para cima tentando atingi-lo mas cada bastão o atravessa, Momo entra em pânico, aquela lamina a empalaria de baixo para cima, ela percebe que não tem tempo de fazer um escudo, ela sente que vai morrer ali, ela se encolhe e fecha os olhos apenas esperando a morte...

 

-Da pra... Você se levantar... Rápido de preferencia... Se não for pedir de mais claro- Momo se assusta, ao abrir os olhos vê Isamu, que defendeu o ataque usando a parte de ferro de um skate, que conseguiu parar a ponta da lamina

Momo- Isamu sua coleira?- Ela pergunta vendo seu pescoço marcado onde deveria estar a coleira

Isamu- Tá lá na mesa apitando como alerta pra policia, oque tem?

Momo- Vai perder seu privilegio?

Isamu- Essa não é minha preocupação no momento, agora é você sair dai

                Ele chuta Momo para longe e assim defende o golpe seguinte do garoto que gira sua catana mas como um falso golpe que gera um chute direto na cabeça, ele gira e recua, o garoto desapareceu diante de seus olhos...

 

Isamu On

                 Meu sangue ferve, ele pulsa intensamente, minhas pupilas estão dilatadas, meu punho treme... Eu estou com medo, droga, qual a individualidade dele? Invisibilidade? Sem som de passos ou refração de luz, Teleporte? Ele deveria sair em algum lugar, sairia perto por causa das Katanas... Oque tem agora que não tem antes? Não tem nada a minha volta, mas o cheiro de brasa queimada, eu vejo uma fumaça baixa, que começa a se acumular, indo para de trás de meus pés... Eu me jogo para frente e coloco minha mão no caminho. A espada perfura minha mão esquerda mas é um preço pequeno, vejo o garoto que me encara surpreso sem perder o sorriso, giro um soco com a mão direita direto no peito dele... Ele puxa sua espada de uma vez, ele a gira em direção ao meu peito, eu me jogo para trás e preparo minhas mãos... Eu as fecho com a espada entre elas, ele me encara surpreso de novo, mas então a espada se desfaz e surge ao lado como se desaparecesse dali... Ele pula pra trás..

 

Momo- Como fez isso?- Ela me pergunta se levantando- Aconteceu muito rápido e justo atrás de você onde não tinha visão...

Isamu- A fumaça Momo, acho que sei a individualidade dele. Fumaça, ele vira a fumaça...

Atsushi- Acertou... Eu posso transformar coisas em fumaça, até mesmo meu corpo... Reconhece essa individualidade ?

Isamu- Deveria? Eu não me lembro de ninguém assim saindo nos jornais...

Atsuishi- Vou te ajudar... Black Smoke versos Shot, a quase 2 anos atrás- Isamo arregala os olhos e range os dentes, sentindo seu peito queimar, Momo percebe uma aura sinistra a sua volta- Você lembrou, Jisatsu- O sorriso do garoto cresce- Eu vou te matar


Notas Finais


Proximo cap vai ter historinhas do passado olha que legal? Obrigado por ler


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...