História Boku no Hero: O Caminho do Herói - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens All For One, Dabi, Denki Kaminari, Eijirou Kirishima, Enji Todoroki (Endeavor), Fumikage Tokoyami, Fuyumi Todoroki, Gran Torino, Hanta Sero, Hitoshi Shinsou, Hizashi Yamada (Present Mic), Ibara Shiozaki, Iida Tenya, Inasa Yoarashi, Inko Midoriya, Itsuka Kendo, Katsuki Bakugou, Kinoko Komori, Kurogiri, Kyoka Jiro, Mashirao Ojiro, Mei Hatsume, Midoriya Izuku (Deku), Mina Ashido, Minoru Mineta, Mirio Togata (Lemillion), Momo Yaoyorozu, Naomasa Tsukauchi, Neito Monoma, Nejire Hado, Nemuri Kayama, Personagens Originais, Pony Tsunotori, Sen Kaibara, Shouta Aizawa (Eraserhead), Shouto Todoroki, Stain, Tamaki Amajiki (Sun Eater), Tetsutetsu, Thirteen, Toga Himiko, Tomura Shigaraki, Toru Hagakure, Tsuyu Asui, Uraraka Ochako (Uravity), Yagi Toshinori (All Might), Yosetsu Awase, Yu Takeyama (Mount Lady), Yuga Aoyama
Visualizações 60
Palavras 3.525
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá Olá, eu sinto em dizer que pra quem esperava treta, este cap tá bem suave, por que? Por que sim, desculpa mas eu preciso de alguns momentos dele pra tentar estabelecer uma relação entre os alunos, e uma coisa mais pro final que vai fazer a diferença no cap seguinte
Então, eu gostaria de contar uma coisa pra vocês que assim, eu não consigo acreditar no que eu fiz, mas eu fiz, eu normalmente ja digito o cap pelo menos um dia antes de lançar, e no dia eu so corrijo, so que... Eu tava com um tempo livre sobrando ai descidi continuar digitando, então abri minha pasta de documentos e notei que eu tenho 25 capítulos já digitados... Sim, eu digitei feito loco e nem percebi, ou seja, eu estou tão adiantado que é assustador
Isso quer dizer que vou postar tudo de uma vez? Na verdade não, por que eu estou lendo e relendo os caps, pra decidir se alguma coisa precisa mudar sabe? Mas é isso, eu to bem adiantado viu galerinha
A, este cap eu digo que se você quiser pode até pular ele, vou postar o próximo jaja
Desculpa enrolar tanto, aproveitem a leitura

Capítulo 12 - Festa para os Professores


                A turma estava agitada, o dia da festa havia chegado e eles estavam colocando todas as ideias em pratica na organização, eles decidiram fazer a festa como um grande evento cultural para todos os professores, varias tendas com diversas coisas diferentes para se fazer, todos estavam se dedicando ao máximo para a organização, mas havia duas pessoas que estavam correndo como loucas, que eram Bakugo e Akami, que pareciam não parar de brigar des do primeiro dia em que começaram a planejar o evento com a turma, e agora eles pareciam trabalhar em conjunto para organizar, Bakugo ia de um lado pro outro ajudando em um pouco de tudo, ele vê em uma prancheta que as barracas de comida ainda não receberam a lenha, ele procura alguém que possa carregar tudo de uma vez

 

Bakugo- “Kirishima, pode pegar a lenha pras barracas de comida por favo?”- Era assim que o ruivo escutava, mas na verdade oque realmente Bakugo falou foi- KIRISHIMA SEU MONTE DE MUSCULOS BURRO, PEGA A DROGA DA LENHA PRAS BARRACAS DE COMIDA- O ruivo para de varrer o chão e levanta o polegar pro amigo

Kirishima- Deixa comigo, eu ajudo- Ele já se vira e sai correndo

Bakugo- VAI LOGO DROGA- O Ruivo solta uma risada

                Kirishima corre por dentro da escola esbarrando em outros alunos mas ele imediatamente pede desculpa e os alunos sorriem mostrando que estava tudo bem, ele corre até a dispensa onde ele abre a porta e da de cara com uma garota subterrada em lenha

 

Kirishima- Calma ai que eu te ajudo- Ele puxa a garota de lá que acaba caindo em cima dele

Mina- Obrigada, eu já ia derreter tudo so pra não morrer- A garota fala de olhos fechados e puxando o ar pra dentro como se estivesse a horas sem respirar

Kirishima- Mi... na- A garota olha sem entender pro colega

Mina- A é você? Obrigada de novo- A garota sorri, mas o amigo nem se referia a ser ela- Oque foi?

Kirishima- Seu peitos estão...- A garota percebe os peitos colados no corpo do garoto

Mina- A... Gomen Gomen- Ela se senta sobre o garoto e lentamente se levanta- Oque ta fazendo aqui?

Kirishima- Vim pegar a lenha- O garoto pega sua lenço branco e o coloca na cabeça como uma bandana

Mina- A ótimo, me ajuda então- A garota joga toda a lenha nos braços do garoto e pega duas, uma para cada mão, Kirishima não parece se importar muito com isso, os dois saem dali andando- Então, esta animado?

Kirishima- Claro, essa festa vai mostrar nossa gratidão e esforço aos professores, além do mais vai ser bem divertida

Mina- Eu que o diga, vou estar na apresentação de dança típica com a Momo, você vai la assistir?- Mina encarava o garoto de lado enquanto ela andava de costas pro caminho que seguiam...

Kirishima- Vou tentar ir, vou estar em uma das barracas de lembrancinhas, vou vender coisas como bandanas, katanas, umas miniaturas e a joia da coroa... Uma armadura de samurai- O garoto cria um brilho nos olhos- Mas vou tentar assistir sim

Mina- Oooh que legal! Vamos ter bastante trabalho então... Kirishima, você esta muito diferente sabia?- O garoto fica surpreso- Na escola você já tinha um jeito meio durão mas era mais escondido sabe, hoje você gosta de mostrar quem você é...

Kirishima- Eu acho que sei oque você esta falando, mas eu não me sinto tão diferentes assim, ainda tenho muito a crescer

Mina- É isso que eu to vendo, você crescendo cada vez mais- O garoto fica um pouco corado na hora

Kirishima- Você... Também mudou...

Mina- Seio?! Como?!- A garota ficou animada

Kirishima- Esta mais habilidosa... Mais decidida... Mais bonita- Ele se constrange um pouco- Não que não fosse bonita antes, é só que você esta mais sabe tipo seu sorriso, ele é sempre lindo, e ai você parece mais linda e seu sorriso fica...- Ele enfia a cara nas lenhas tentando se esconder, e logo percebe um sorriso de Mina, que não era boba nem nada, e sabia que o garoto demoraria a sair daquele constrangimento...

Mina- Quer comer comigo depois da minha apresentação? Vai ter uma barraca com raspadinha

Kirishima- Serio? Sim, é claro

                Os dois chegam a quadra onde Bakugo puxa Kirishima até as barracas de comida e Mina segue para o palco montado no meio do lugar, um palgo redondo e aberto, elas fariam uma apresentação de dança onde todos teriam visão ao espetáculo, um pouco distante do palco estava Jiro e Kaminare que ouvia a conversa de Hagakure e Ojiro

 

Hagakure- Você promete que vai esta lá pra ver?- A garota perguntava com as mãos juntas a frente dos peitos, so era possível ver pois ela usava luvas, já que a garota não queria machucar as mãos

Ojiro- Claro, estarei na fileira da frente pra te ver de perto

Hagakure- Oohhhn- A garota se derretia de alegria por dentro, e mais ao canto Kaminari ria escondido ao lado de Jiro

Kaminari- Hihi, Ojiro se deu bem, já tem uma caidinha por ele

Jiro- Para de espiar os outros e me ajuda com esses cabos, eu não consigo mexer com eles assim, se não levo choque- Ele percebe que o garoto come algo, uma veia salta de sua testa, ela da um tapa e pega o lanche do garoto- DENKI, ME AJUDA SEU IDIOTA

Kaminari- Hai hai, que coisa- O garoto volta a colocar as tomadas no lugar- Jiro você pretende ficar na mesa de som a noite toda?

Jiro- Claro que não, eu quero comer bastante e até comprar algumas coisas, soube que a loja do Kirishima vai ter um monte de coisas legais

Kaminari- Vai mesmo, então a gente pode ir junto que tal?- A garota solta uma leve risada

Jiro- E ficar de vela pra você e a Ibara? Nem pensar, Momo e Uraraka ficaram de vim me buscar

Kaminari- Vela? Do que você ta falando- O garoto consegue esconder a cara vermelha de Jiro que olha surpresa- Não tem nada entre eu e Ibara, ela só é bem legal, além do mais não sabia que ia ter alguém pra te acompanhar e pensei que ia gostar de companhia- Jiro abre um leve sorriso enquanto vê o garoto com dificuldade pra saber que tomada vai aonde, ela acha engraçado a preocupação do amigo, que nesse ultimo mês tinha ficado bem mais próximo a ele

Jiro- tá bem, então a gente anda junto e depois me encontro com as meninas, ai passamos na loja do Kirishima juntos

Kaminari- Serio?

Jiro- Serio, as meninas não iriam gostar da loja dle

Kaminari- Claro, so você é meio garoto entre as meninas

Jiro- REPETE SEU IDIOTA- Ela joga um microfone contra o Kaminari que automaticamente ganha um galo            

                Perto das tendas de brinquedo estava Akami que falava com Tokoyami e Jiro, que pareciam ter tido algum problema com a barraca e com as lembrancinhas que ainda não tinham chegado

 

Akami- Então repassa pra mim aqui, vocês não se lembram quem ficou de trazer as mascaras?

Asui- Isso, eu achei que tinha sido ele

Tokoyami- E eu achei que tinha sido ela, mas deve ter sido um erro meu, estou meio esquecido hoje

Akami- Fala serio gente, os armazéns já estão vazios, essas coisas estão em algum lugar

Asui- Já sei onde esta! Na nossa antiga sala- Tanto Asui quanto Tokoyami coram imediatamente

Akami- Então ta bem... Como exatamente essas coisas foram parar lá?- Tokoyami se virou e saiu correndo

Tokoyami- Estou indo buscar imediatamente- O garoto parecia meio desesperado, ninguém nunca o tinha visto nessa situação

Akami- Ta legal, agora que o urubu sinistro foi embora pode começar a falar Tsuiu- A garota tinha um sorriso leve, mas demorou alguns segundos pra falar

Asui- Eu fiquei com ele na sala, já que estava vazia

Akami- “ELA SE ENTREGOU FACIL DE MAIS, QUE FOFA”- Pensou virando o rosto e inflando as bochechas pensando como a garota era honesta- Serio? Desculpa chamar ele de urubu sinistro mas... Ele é tão diferente de você sabe, você é sorridente, alegre e divertida, já ele é...

Asui- Meio recluso e misterioso... Eu acho isso fofo nele, quando conversamos ele é bem sincero e até me da alguns sorrisos

Akami- Que lindo... Tsuiu, eu prometo não contar pra ninguém!

Asui- Não se preocupa com isso, vamos contar depois da festa

Akami- “MEU DEUS ELA É MUITO SINCERA! QUERO UMA ASUI PRA MIM TAMBÉM!”- Mais uma vez ela incha as bochechas e agora leva a mão ao rosto ainda pensando como ela era fofa

Asui- Mas e você e o Bakugo? Vocês estão tendo alguma coisa?- Akami murchou na hora

Akami- Eu e o Bakugo? Não por que? Nos estávamos próximos por que tínhamos que trabalhar juntos e tal...

Asui- Akami você não percebeu ne?- A garota sapo tinha um sorriso no rosto- Ele não grita mais com você, pelo menos não na nossa frente

Akami- Não grita? Eu não notei, acho que ele fala comigo normalmente sabe...

Asui- Mas eu so desconfiei disso hoje de manha quando ele falou “Akami, vê se os idiotas das banquinhas já trouxeram tudo por favor”- Akami ficou sem entender- Ele falou “Por favor”- A garota olhou pro lado vendo Bakugo não muito longe dali gritando com alguém, ela leva a mão ao rosto e percebe que o garoto não é do tipo que diria “Por favor” nem pra mãe...

                Bakugo gritava com Midoriya que depois de algum tempo não parecia mais se encolher ao ouvir o amigo gritando, ele apenas respondia e fazia suas tarefas, mas por alguma razão a garota mais ao lado não gostava da gritaria, ela se vira para Bakugo e decide dar uma boa resposta

 

Uraraka- Bakugo! Pare de gritar, Deku te entende quando fala normal sabia!- A garota leva as mãos para a cintura e fala com um olhar de serio para irritado

Bakugo- Ahhhn?- Ele escutou bem, só não era comum alguém reclamar

Uraraka- Você ouviu seu encrenqueiro, ele é seu amigo, devia tratar ele com mais respeito sabia? Só agora ele se acostumou com você o gritando pra todos os lados!

Midoriya- Uraraka, esta tudo bem, não precisa se irritar com isso- O garoto achava que era uma discussão pequena que poderia ser evitada, mas para Uraraka era bem mais

Uraraka- Não Deku, pelo que eu sei ele te incomoda a muito tempo e você nunca fez nada pra ele, isso é errado Bakugo, você age como um valentão enquanto o Deku só tenta ser um cara legal

Bakugo- Eu não me lembro de ter chamado ele de amigo em momento algum...- Uraraka não ia aceitar que Bakugo continuasse com aquela atitude em cima do garoto

Uraraka- Para de tratar o Deku como se ele fosse so uma pedra no seu caminho, ele já é um dos melhores da turma e você sabe disso, ele cresce mais e mais todos os dias, e se você não é amigo dele fique sabendo que sempre que vamos falar de você é ele quem te defende, mesmo com esse seu jeitinho irritado ele não quer que ninguém te odeie- Bakugo olha pra Midoriya com seu olhar sanguinário de sempre, e o garoto se encolhe um pouco, mas não cria aquele mesmo aspecto medroso de sempre

Bakugo- Isso é verdade... Deku?!

Misoriya- Bem... Sabe Kachan, não gosto que falem mau de você sem te conhecerem...- Bakugo parecia que ia explodir ali mesmo, e ao lado dele tinha Uraraka com seu olhar maléfico de que iria fazer alguma coisa caso Bakugo fizesse algo , ele se vira e começa a andar pra longe

Bakugo- TERMINA ESSE SERVIÇO E VA AJUDAR NA SATO COM A ILUMINAÇÃO DO LUGAR DEKU!- O garoto vai pra longe

Midoiya- Uraraka, não precisava se preocupar com isso, eu não tenho mais problemas com ele sabe

Uraraka- Mas eu não aceito que ele te trate mal Deku, você é tão legal com ele e ele nem te retribui, você merecia um descanso dele

Midoriya- Obrigado por ver assim, você é tão gentil que as vezes sinto como se você estivesse me mimando um pouco- O garoto tinha um sorriso bobo na cara

Uraraka- Você merece um descanso sabe- Ela começa a ajudar o garoto a terminar de montar a barraca que ele começou a montar sozinho- Você merecia amigo melhor

Midoriya- Eu já tenho você Uraraka- A garota fica com um sorriso simpático por um tempo até que Midoriya se vira e ela imediatamente cora e se esconde na barraca e começa a puxar o ar pra dentro de sí, teve que segurar firme o ar pra não perder o sorriso naquela hora...

Hagakure- Vocês são tão fofos!!- Uraraka grita assustada ao notar a amiga ali

Uraraka- A QUANTO TEMPO VOCÊ TA AI?

Hagakure- Des de que você começou a dar a bronca no Bakugo, eu estava terminando de trazer as caixas dessa barraca, e não consegui deixar de ouvir você e o Midoriya, e eu acho tão fofinho, quando vai dizer pra ele que gosta dele de outro jeito em?

                A noite logo caiu, as lanternas penduradas de uma barraquinha a outra se acenderam e logo os professores estavam aparecendo de um a um, e até mesmo Aizawa estava na festa, mas eles não andavam com seus uniformes, eles pareciam pessoas comuns em um evento, Midnight fez questão de comprar um quimono, Present Mic havia ido em uma das brincadeiras do evento onde se molhou todo e seu cabelo caiu ficando semelhante ao de Aizawa que teve que mostrar como se prende o cabelo ao colega de trabalho, a noite estava quente então uma das barracas mais movimentadas era a de Todoroki e Momo, que vendia raspadinhas de gelo

 

Power Lord- Me vê duas de morango... Vocês são os dois alunos de recomendação certo?

Momo- Sim, somos nós, você é o professor do departamento de suportes, eu agradeço pelo seu incrível trabalho, nossa turma deve ter dado muito trabalho

Power Lord- Que nada, eu gosto de ver seus pedidos e ver que tem ideias interessantes... Obrigado- Ele pega seus doces gelados e sai dali

Momo- Acho que esse foi o ultimo por enquanto... Precisa descansar Todoroki?- A garota pergunta vendo o colega se sentando

Todoroki- Sim, mas você também, não parou dês de que começamos organizar tudo, e ainda ajudou na organização com Bakugo e Akami, não precisa disfarçar se estiver cansada...

Momo- Já que falou vou me sentar um pouco- Ela se senta ao lado do garoto, que a encara por um tempo- Oque foi... Esta me encarando assim de canto é um pouco constrangedor

Todoroky- Desculpa, mas parece que suas mãos estão doendo- Ele estava certo, era bem observador e havia aprendido a analisar o corpo das pessoas e entender oque sentiam- Posso fazer uma coisa para que a dor diminua, se importa?- Momo fica sem entender por alguns segundos até que confirma, ela entrega o braço ao garoto- Fique parada, so vai demorar um segundo- Ele faz uma agulha de gelo, era algo simples que nunca tinha feito nas aulas, ele logo espeta o braço da garota que se assusta por alguns segundo mas sente a mão parar de doer

Momo- Não sabia que fazia apicultura, e não sabia que era tão eficaz...

Todoroki- Não sou de fazer, mas fiquei preocupado com você, então abri uma exceção

Momo- Ficou... Preocupado comigo?- A garota cora

Todoroki- Sim, é so que você sempre é tão forte consigo mesma, e não parece dizer oque precisa

Momo- Eu não sou tão forte assim- Na mente da garota ainda se passava sua derrota no evento esportivo... E Todoroki não sabia oque dizer num momento como aquele...

Todoroki- Terminei, você vai melhorar logo, so descansar

Momo- Me deixa agradecer direito- O garoto fica sem entender e espera um simples “Obrigada ” da garota, que o puxa e da um beijo de canto de lábio, o garoto fica meio paralisado por um tempo, mas vê Momo agindo normalmente então pensa em agir de forma normal...

                A festa se segue e os alunos recebem uma surpresa, outros heróis chegam ao evento, Todoroki vê seu pai pelo evento, ele não parecia muito animado como sempre mas acompanhava a festa, e logo as luzes se diminuem, Kirishima percebe que a apresentação das garotas vai começar, ele esta com um ultimo cliente

 

Cimentos- Ooohh Uma armadura e tanto, e ela é grande, pode ser que caiba em mim...

Sniper- Acho que ficaria ótima na sua casa, tem até aquela estante com um quadro em cima lembra?

Cimentos- Siim, e minha mulher ama essas coisas tanto quanto eu...

Kirishima- E a melhor parte ela vem com partes ajustáveis , e se levar tudo te dou um desconto- Ele falava tentando apreçar o professor que caiu na tentação

Cimento- Eu vou levar, vou pagar avista- O professor pega seu dinheiro e entrega ao garoto que pega lentamente o então embala a armadura, o professor sai com um grande sorriso... Kirishima se troca rápido e se vira para o colega

Kirishima- Tetsutetsu! Cuida da barraca, prometi que ia ver a apresentação

Tetsutetsu- Se não fosse uma promessa eu não deixaria, mas um homem deve cumprir sua palavra, vai logo!!!

                Os dois trocam olhares sérios, não usavam muito de palavras entre si, e logo Kaminari corre, ele atravessa uma multidão e logo esta de frente ao palco, as meninas sobem as escadas lentamente elas sobem, Momo se trocou e vestiu um dos quimonos, todas as garotas da sala dançariam, elas começam a dançar ao som que Jiro colocu, era uma dança coreografada, mas já conhecida, Mina e Hagakure dançavam procurando os olhos certos, e logo os encontram em Kirishima e Ojiro que estavam lado a lado apreciando a dança, Uraraka dançava dando grandes saltos, ela percebe que em um lugar alto apoiado apenas por um pé e se segurando em uma corda estava Midoriya que a assistia de longe. Já Jiro estava tendo um pequeno problema, uma das funções da mesa de som não funcionava e na troca de musica ela teria que desligar a mesa e ligar pra trocar a musica, ela se  prepara pro momento, as garotas fingem uma reverencia fingindo o fim da musica e aquele era o sinal, Jiro desliga a mesa mas não consegue ligar, ela tenta ali na hora mas não liga, então uma mão toca a mesa que religa na hora, Kaminari tinha um sorriso amigável pra ela, ele sabia que a caixa não ia religar por que ouviu um circuito queimar quando ela desligou de forma tão repentina, ele tinha ouvido bom pra isso graças a seus inúmeros celulares queimados, mas com ele ali a mesa funcionaria, Jiro imediatamente coloca a musica e assim ninguém nota o corte, a dança continua e Jiro para de prestar atenção na dança e presta atenção em Kaminari que assistia a dança com um sorriso, ela não sabia mas seus olhos estavam vidrados em Ibara que acabara re entrar na dança, Jiro sentiu como se o garoto estivesse ali so por ela, se sentiu melhor em saber que o loiro estava ali... Mesmo sem saber que era apenas para apreciar outra... A dança se encerra com uma salva de palmas de todos, e logo todos os alunos tem um curto tempo para apreciar aquela comemoração animada, a turma se senta em um canto e todos descansam e respiram fundo comendo algumas raspadinhas geladas, então logo Aizawa surge, todos os olham surpresos, ele estava mais casual, sem suas faixas no pescoço e até seu cabelo estava diferente, ao lado dele estava Hitoshi, que se senta ao lado da turma, o garoto parecia triste, cansado sempre mas triste de verdade

 

Hitoshi- Isamu vai sair do Tartarus amanha- A turma mostra um olhar até animado- Direto para um julgamento, onde ele provavelmente vai ser preso, e querem dar perpetua pra ele

Uraraka- Mas Momo disse que ele so agiu por que protegeu ela... Não podem prender ele por ter ajudado alguém

Todoroki- Ele tem crimes pesados Uraraka- Todos olham pro rapaz que mantem o olhar serio- Não é justo, as leis que caem sobre nos nunca são- O rapaz se lembra do que a policia fez para esconder a ação dos jovens na luta contra Stein

Midoriya- Mesmo assim, ele merecia uma chance, ele estava se esforçando

Momo- Eu também acho- Todos olham surpresos- Eu dei pra ele o alicate que ele usou pra cortar a coleira, eu esperava que ele fosse preso por fugir e não tivéssemos que lidar com ele, mas ele foi me salvar...

Ibara- Não tive muito contato com ele sabe, mas tinha uma coisa que eu queria fazer por ele...- Todos olham pra garota que acabava de se sentar ali, já de mãos unidas como se rezasse- Eu queria pedir desculpa por termos falado tantas vezes que ele não poderia se tornar um herói, por que como ultimo ato ele foi

                Naquela hora todos ficaram tristes... Mas Midoriya percebeu algo, algo que o conectava ainda mais ele ao Isamu, a diferença entre eles, a linha tênue que dividia Isamu daquela turma, e que talvez o fizesse desistir...

 

Midoriya- Temos que falar com Isamu!


Notas Finais


Obrigado por ler...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...