História Boku no Hero: O Caminho do Herói - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens All For One, Dabi, Denki Kaminari, Eijirou Kirishima, Enji Todoroki (Endeavor), Fumikage Tokoyami, Fuyumi Todoroki, Gran Torino, Hanta Sero, Hitoshi Shinsou, Hizashi Yamada (Present Mic), Ibara Shiozaki, Inasa Yoarashi, Inko Midoriya, Itsuka Kendo, Izuku Midoriya (Deku), Katsuki Bakugou, Kinoko Komori, Kurogiri, Kyoka Jiro, Mashirao Ojiro, Mei Hatsume, Mina Ashido, Minoru Mineta, Mirio Togata (Lemillion), Momo Yaoyorozu, Naomasa Tsukauchi, Neito Monoma, Nejire Hado, Nemuri Kayama, Ochako Uraraka (Uravity), Personagens Originais, Pony Tsunotori, Sen Kaibara, Shouta Aizawa (Eraserhead), Shouto Todoroki, Stain, Tamaki Amajiki (Sun Eater), Tenya Iida, Tetsutetsu, Thirteen, Toga Himiko, Tomura Shigaraki, Toru Hagakure, Toshinori Yagi (All Might), Tsuyu Asui, Yosetsu Awase, Yu Takeyama (Mount Lady), Yuga Aoyama
Visualizações 181
Palavras 3.679
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá OláMais um Cap ai o, so que amanha não posto, vou digitar mais 20 caps dessa bagaça mas não vou postar!!!
Mentira, não sei se aguento, eu acho que da pra postar dois por dia numa boa... Affs, blz Aproveitem a leitura
De imagem tem os uniformes do Isamu, o primeiro é o de Jisatsu, o segundo é o novo e o terceiro é da Akemi

Capítulo 15 - Nunca deixamos de ser Amigos


Fanfic / Fanfiction Boku no Hero: O Caminho do Herói - Capítulo 15 - Nunca deixamos de ser Amigos

Isamu On

                Eu não parava de dar socos, eu socava um equipamento velho de treino, um “Mundjong”, servia para dar socos em bastões que rodavam e voltavam para acertar do outro lado, eu não conseguia parar, cada soco que eu dou eu continuo dando golpes, mas eu não pensava em lutar, so conseguia pensar naquela proposta... Uma individualidade... Como alguém pode oferecer algo assim? Ele realmente podia me dar uma individualidade? Eu não consigo parar os socos e chutes, eu giro sem parar meu ritmo, eu tentei ao máximo não pensar naquele cara sinistro, eu paro os movimentos do equipamento e coloco minha testa contra o pedaço de madeira

 

Isamu- não pense nisso... do que adianta, ele foi preso, não tem mais como me oferecer nada então... continue... continue...- Eu estava prestes a dar mais um golpe quando escuto uma voz

Mina- Incrível!!- Eu reconheci a voz animada seguida por passos

Hagakure- Esse é o dormitório dos meninos, mas de quem é esse quarto?

Midoriya- É o ultimo quarto mas parece que é a mais

                Eu pego minha toalha e então descido sair, eu dou um gole em uma garrafa de água gelada e logo abro a porta, vejo a turma que estava ali se afastando, eles todos parecem extremamente assustados por ter alguém ali, eu os encaro sem mudar meu olhar, mas me encaram como se eu fosse um fantasma...

 

Jiro- I... Isamu?- Jiro da um passo a frente com a mão estendida tentando ver se eu sou real, a mão dela chega perto da minha cara

Isamu- Eu vou avisando que eu estou todo suado- Ela para na hora com uma veia saltando do rosto

Jiro- VOCÊ É UM CARA REPUGNANTE- Eu abro um sorriso e ando até a mão dela que toca meu rosto suado, ela abre um sorriso mas ao mesmo tempo parece constrangida

Isamu- A quanto tempo sua chatinha?- Não consegui perder o sorriso de alegria em ver aquela garota

Kaminari- Cof Cof- Jiro tira a mão do meu rosto e da alguns passos pra trás, todos ainda me encaravam surpresos, eu abro um sorriso pra todos

Isamu- Oi gente...

                Eu sou surpreendido por fortes abraços, eu não entendi o por que mas a recepção de todos estava bem calorosa, nos fomos direto pra área comum de todos e nos sentamos no sofá

 

Kaminari- Conta ai quando você voltou....

Isamu- Faz uma semana já- Todos olharam confusos- É por que eu fiquei sabendo daqui antes então já me estabeleci no meu quarto, que por sorte fica bem distante de todos...

Mina- Ei Isamuuuuu! Por que não avisou que tinha saído, poderíamos ter preparado uma festa de saída sabia?!

Midoriya- É verdade, fico feliz que esteja bem- Midoriya fala sentado ao meu lado, eu estico minha perna deixando sobre a dele, ele olha sem se incomodar

Todoroki- Como foi no Tartarus?- Na hora que escuto isso vejo a turma toda caindo pra trás- Oque foi? A pergunta foi muito direta?

Momo- Um pouco Todoroki, um pouco...- Eu vejo Momo escondida atrás do sofá e logo cutuco seu ombro

Isamu- Oi, oi, Como você esta?- Ela me deu um sorriso

Momo- Vou bem, mas isso nem chega a ser importante sabe, a pergunta do Todoroki foi meio direta mas...

Hagakure- Mesmo sendo rude nos queremos saber... Se não for ofensivo- Olho sem entender

Isamu- Não tem problema nenhum na verdade- Todos caem de novo, eu fico alguns segundos em silencio, até que penso na única resposta valida- Foi normal- Todos demoraram a reagir, mas logo responderam em conjunto

Turma- OQUE?!

Lida- Não pode simplesmente sair da Tartarus e dizer que é “NORMAL”, não tem nada de “NORMAL” nisso seu idiota

Todoroki- É realmente assustador, você ficou preso junto aos maiores criminosos certo?

Isamu- Sim, tive que dividir a cela com Stein- Lida, Todoroki e Midoriya me encaram serios- Sim, eu sei a verdade- O resto da turma tinha uma grande interrogação sobrea cabeça- Relaxem, não é nada de mais hahaha- Quem dera fosse... Queria poder contar, acho que os 3 mereciam ser reconhecidos pelo que fizeram

Kaminari- Nossa cara, parece que foi realmente difícil, mas como vai fazer pra não ficar pra trás?- Ele tem a mão no queixo e um grande sorriso- Nos tivemos chance de treinar nossas individualidade no acampamento e superar nossos limites sabia?

Sato- Bem, foi meio interrompido mas ainda vale...

Isamu- Eu sei, eu recebia jornal... E serio? Treino de individualidades? Eu to mais preocupado com a prova que vou ter que fazer sabia?- Todos se lembraram- Isso ai, eu tenho a prova pratica contra um professor ainda... Vai ser um saco

Akami- Por sua culpa eu e o Hitoshi tivemos que esperar, vamos fazer a prova em trio

Hitoshi- Já notou que sempre que tem que fazer em grupo eles juntam nos 3? Como se estivessem nos marcando- O garoto fala se sentando no sofá, oque surpreende a turma

Isamu- Onde você estava?

Hitoshi- Estava treinando com Aizawa, terminei de arrumar meu quarto cedo

Akami- Não acho que seja coincidência sempre estarmos juntos, é o destino!- Ela fala animada, mas logo ela troca olhares com Isamu e Hitoshi- Se vocês me fizerem falhar nessa prova eu quebro os dois na porrada- Os dois dão um sorriso forçado a garota- Agora alguém viu o Bakugo? Preciso falar com ele...

Uraraka- Foi dormir cedo, disse que não ia perder tempo com a gente

Isamu Off           

A garota se vira sem dizer nada, a turma tenta impedir que a garota entre no quarto mas ela simplesmente os empurra pra longe e entra no quarto batendo a porta com toda sua força oque imediatamente acorda Bakugo que já ia se levantar batendo na pessoa, mas Akami logo se joga tapando a boca do garoto que fica ainda mais irritado, mas a garota se senta sobre ele, que logo fica sem entender a situação

 

Akami- Eu não quero que escutem... Não acho que a turma precise ouvir isso...- Bakugo parece se acalmar...- Eu quero que me responda uma coisa depois, não hoje se não eu não vou dormir esta bem?- Ela fica relutante por um segundo- Bakugo eu gostaria de saber se você... Se importa comigo- Ela tira a mão da boca do garoto, que parecia serrilhar os dentes- So responda amanha okay?- Ela esta prestes a se levantar quando Bakugo pega seu braço e a joga na cama e a imobiliza a deixando de costas e com o braço para trás

Bakugo- Agora você vai me escutar Akami, você não pode entrar no meu quarto, me vim com baboseiras e esperar que eu fique calado, pra que me perguntar se eu me preocupo com você? Eu já não mostrei que me importo? eu não costumo lembrar o nome de muitas pessoas, eu já faço questão de lembrar o seu- Ele vira a garota soltando seu braço e a encara de frente- Pare de se preocupar com idiotices...

Akami- Isso quer dizer que você gosta de mim?- A garota se precipita com a pergunta e então percebe que falou mais do que queria, seu rosto corou mas seus olhos que agora estão amarelados não desgruda dos olhos do garoto, que parece não saber responder

Bakugo- Tch... Me acordar no meio da noite para fazer perguntas idiotas- A garota ficou tímida naqueles poucos segundos- Eu gosto de você- Ela o encara assustada com a resposta fácil- Mas você ainda não é totalmente sincera comigo, por isso não falei nada

Akami- Como assim não sou... Sincera?

Bakugo- Eu sei que ta me escondendo alguma coisa, e eu odeio isso, por isso... So vou assumir que gosto de você quando me falar a verdade entendeu?- Ele estava prestes a soltar a garota que segura ele- Oque foi dessa vez?

Akami- Me prova... Me prova que gosta de mim- A garota falou pensando em um beijo, como em filmes onde o garoto da um beijo sincero, mas sabia que Bakugo não era disso, e que ele apenas gritaria dizendo que aquele pedido era idiota, estava prestes a sair do forte abraço quando sentiu o garoto se aproximou

Bakugo- Garota melosa, se queria algo assim devia ser um pouco mais direta- Ele se aproxima dando um leve beijo de canto na garota, que se assusta, ele ia se afastando quando a garota o abraça forte e o beija de verdade virando o garoto contra a cama

Akami- Não atice uma garota se não for se responsabilizar por ela seu idiota- Ela decide não esperar e beija o garoto sem perdão

                Bakugo não queria aceitar aquele beijo onde ele sentia estar sendo controlado pela garota, ele a joga contra a cama, ele se ajeita sobre ela, oque faz a garota sentir ele esfregando seu corpo contra o dela, ela sentia seu intimo ser tocado pelo membro do rapaz, que usava um fino short, que não escondia muito, Akami vestia uma calça  moletom colada junto a um curto top que achava a melhor roupa para dormir, Bakugo colava seu corpo ao da garota, ele manteve o beijo que se tornou algo mais intenso, a garota estava perdendo o controle do corpo, Baguko a segurava firme pela nuca, o seu corpo colado a esquentava, e seu intimo implorava por atenção, ela que estava prestes a implorar por mais sente que é largada a deriva quando Bakugo sai de cima dela e se levanta

 

Akami- Por que?- Ela se ajeita na cama levando a mão ao intimo como se o escondesse

Bakugo- Já teve oque queria, e até mais, então sai...

                A garota se sentiu frustrada, mas não mostra ao colega, ela sai batendo a porta com tudo, mas quem estava mais frustrado era Bakugo, que logo se joga na cama pensando como aquilo era revoltante, ele sentia o mesmo que a garota, ele queria aquilo a muito tempo, mas ela não lhe deu escolha, ele não suportava segredos, e ela tinha um grande, ele não aceitaria estar com alguém que mente para ele...

                No dia seguinte a turma teria sua aula para treinar técnicas especiais, todos já estavam em seus devidos lugares com um clone do professor Ectoplasm, cada um com sua técnica em mente, mas Isamu chegou depois na sala, ele estava usando sua nova roupa, aquela jaqueta cinzenta com uma calça simples era oque tinha, ele chega se alongando e claro que Aizawa já da uma bela bronca no garoto...

 

Aizawa- So por que não tem individualidade não quer dizer que não tenha que vim pra essa aula, e pra um primeiro dia fora da cadeia esta agindo igual um meliante

Isamu- Desculpa, eu estava vendo todo meu uniforme e vendo oque eu precisaria mudar, mas acho que vai ser bastante coisa no final... Então, eu preciso criar uma técnica secreta ou sei lá?

Sato- Bem você já tem o “punho de vidro” que derruba qualquer um- O garoto fala sem tirar os olhos do professor a sua frente

Aizawa- É, mas não será o suficiente, precisa trabalhar tudo, quero ver sua mobilidade, força, precisão entre outros, além do mais..

Izamu- Professor Aizawa- O homem encarou surpreso por ser interrompido- Me deixa praticar um pouco, acho que consigo me virar- O professor o encara sem falar nada- Se não for falta de educação claro- O homem tinha um olhar de cima esmagador

Aizawa- Vai logo, e se eu não gostar você vai se ver comigo

                Isamu apenas fez uma reverencia e se virou, ele anda até uma parede feita por Cimentos e a encara por alguns poucos segundos até que saca suas tunfas e então começa a gira-las se preparando, e então gira um forte golpe contra parte da pilastra que quebra, mas ele não era burro de mirar em uma parte muito duro, foi quebrando pelas pontas e golpe após golpe ele ia quebrando, e então  ele da um ultimo golpe com as armas, para finalizar ele pula e gira um chute contra o resto da parede já solta... Alguns pararam pra olhar, surpresos com a força do garoto que parecia insatisfeito...

 

Ectoplasm- Acho que essa parede não é um bom adversário pra você, que tal eu?

Isamu- Eu aceito, jaja, mas antes eu gostaria de testas mais uma coisa sozinho, se importa?- O professor apenas se afasta

                Isamu respira fundo olhando tudo ali, onde os colegas treinavam, via as rotas que Cimentos fez para que eles subisse e ignorou essas rotas, ele queria os caminhos improváveis, e então formulou a rota em sua cabeça, e ai então começou a correr em direção a uma parede com alguma rachaduras feitas por Sato que socava a parede a agora pouco, ele usa os espaços quebrados pra subir, ele passa por Mina que estava jogando seu acido, ele desliza por de baixo da amiga evitando o acido, e na sua frente uma grande queda que o faria cair de no mínimo 8 metros de altura, ele pula sem medo, todos se surpreendem com a distancia do pulo, mas ele não para ali, ele vê mais uma grande queda, mas aquela seria impossível de seguir, Aizawa prepara suas faixas para puxa-lo quando o garoto pula, mas então ele se surpreende, ele usa da parede como apoio, ele corre usando-a para conseguir distancia e ai pular, e então Cimentos decide desafiar o jovem, ele cria 4 paredes formando um grande poço com ele dentro, não teria como o garoto sair se não escalasse, e em sua mente seria impossível, mas logo vê uma sombra passar por ele, ele olha surpreso o garoto já distante que termina de dar a volta no lugar parando de frente para Ectoplasm

 

Isamu- Acho que agora estou pronto- Ele nem se quer estava suando ainda- Precisava me aquecer, fiquei parada por muito tempo

Ectoplasm- Interessante, me mostre o seu melhor

Aizawa- De dois clones pra ele enfrentar, ele precisa ser lembrado que o caminho não sera fácil

Ectoplasm- Isso parece bom, que tal Isamu?

Isamu- Se querem saber oque acho... Prefiro que me de 3- Ele tinha um sorriso que irritou um pouco o professor

Ectoplasm- Este é o pensamento garoto, vá além

                A turma que antes estava focada se distrai ao ver a luta, nem mesmo Bakugo se mantinha focado, parou pra ver o colega enfrentando 5 clones ao mesmo tempo, e o mais difícil de lidar era que estava vencendo, usando um clone contra o outro, fazendo com que eles parecessem lutar entre si, e então o ultimo clone caiu, Isamu tira o casaco pelo calor e então se senta cansado...

 

Isamu- Cara, eu consegui suar aqui, acho que talvez eu devesse rever minha precisão ou agilidade

Lida- ISAMU- O garoto olha sem entender por alguns segundos, mas o colega tinha um olhar tendo, e ele entendeu- Seu movimentos- Ele revia seus movimentos- Seu jeito de desviar- Ele lembrava da luta em Hosu- E até seus ataques- Ele revê o rosto de Stein...- SÃO DELE NÃO SÃO?!- Isamu abre um sorriso

Isamu- Talvez Lida, mas eu não vou mentir pra você, eu precisei dar uma modificada no estilo de luta

Todoroki- É estranho ver alguém saltando dessa forma e não sentir certa raiva Isamu, oque você fez na cadeia esse tempo todo exatamente?

Isamu- Acho que não preciso contar pra toda a turma, mas posso falar pra você- Eu falo baixo para que ele escute

Todoroky- Entendo, sinistro, mas entendo...

Aizawa- Isamu, pelo jeito você não esta fora de forma, parece até que se manteve em treinamento...

                Todos viam como Isamu estava diferente de antes, ele já parecia forte antes , mas agora não sabiam dizer qual seria o limite daquele garoto, mas a turma não se deixou abalar, eles continuaram a se esforçar, mas alguém parecia mais distraída que o normal

 

Ectoplasm- Jiro, gostaria de descansar um pouco? Talvez devesse beber uma água- O professor chama a atenção de Jiro que volta a pensar oque estava fazendo

Jiro- Não! Eu estou chegando perto da minha técnica secreta, eu so preciso entender como fazer

Ectoplasm- Por que não pratica o limite de sua individualidade por enquanto e amanha vemos sua técnica secreta

                Ela tentou focar, mas não parava de pensar no colega que havia deixado de falar direto com ela, na noite anterior teve um pequeno momento em que poderiam conversar mas quando a turma se juntou Jiro saiu dali, ela pensou nisso até quando foi ao vestiário, ali ela se mantinha distraída...

 

Asui- Esta pensando em Isamu?- Jiro pula assustada

Jiro- Que susto , você surgiu de onde?

Momo- Estamos aqui o tempo todo, você que esta em outro planeta, ou talvez esteja pensando de mais no Isamu- Jiro cora

Uraraka- Não seria no Kaminari? Vocês parecem já estar namorando a muito tempo

Jiro- Tipo você e o Izuko- Uraraka se escondeu na hora- E você em Momo? Todoroki já esta aceitando seus romances ou continua uma pedra de gelo sem emoções- A garota ficou em posição fetal no canto- Okay, quem mais falta

Hagakure- Eu não vou me envolver- Hagakure imediatamente some, oque não era nem um pouco dificil

Mina- Você não precisa vim pra cima de mim, eu estou quieta- A rosa se escondeu atrás de seu armário

Jiro- Vocês facilitam de mais, mas que tal você Tsuiu- Ela aponta para a amiga que apenas sorria- Droga, não da pra usar nada contra você, já assumiu o Tokoyami mesmo... Okay, estou livre de vocês por enquanto

Tsuiu- Mas você parece estar em conflito, tanto que acaba de atacar os sentimentos de todas as suas amigas, olha- Ela percebe que todas estavam de costas pra ela

Jiro- Meninas...- Ela sentiu o choro subir a garganta- Me perdoem, eu não queria atacar você dessa forma... É só que... Eu estou tão confusa- A garota fala bagunçando o próprio cabelo e se sentando, suas amigas se sentam já indo conforta-la

Hagakure- Te perdoamos, é so que você não é disso

Uraraka- Acho que precisa botar pra fora, é mesmo o Isamu?

Momo- So pode ser o Kaminari, como já falou Uraraka,  eles já são quase um casal...

Jiro- Esse é o problema- Todos a encaram- É o Isamu e o Kaminari ao mesmo tempo, não tem como eu falar com o Isamu sem magoar o Kaminari, e o Kaminari parece ter complexo com o Isamu... E eu nem sei dizer oque eu sinto exatamente pelo Kaminari, eu vejo como meu amigo mas ele tenta ser tão próximo que é meio obvio que ele gosta de mim!

Mina- A... Entendi, você não sabe qual você realmente quer não é mesmo?

Jiro- Não é isso, eu tenho certeza de quem eu quero!- Ela finge estar confiante

Asui- Então qual dos dois você quer?- A pergunta pega a garota desprevenida, que não consegue responder a pergunta

                Jiro se levanta e segue para a ducha e liga o chuveiro fingindo que aquilo abafaria o som de um forte grito, ela volta toda encharcada e logo em seguida se senta ao lado das garotas

 

Jiro- Tá, eu não sei qual eu quero- Todas riem da colega que facilmente aceita as risadas,,,

                A turma volta para o dormitório, ao chegarem vem que Isamu chegou primeiro e estava com um pequeno caderno na mão, todos achavam que ele estaria estudando, mas ao se aproximarem vem desenhos, pensaram logo em bater nele mas reparam que era como se estivesse desenhando seu uniforme

 

Akame- NÃO ACREDITO- O garoto se assustou- VAI MUDAR O UNIFORME QUE NOS JUNTAMOS PRA FAZER?!

Isamu- Que isso?! Que exagero, pra que gritar

Mina- Não é justo, nos esforçamos tanto pra fazer aquele uniforme

Sero- Cara vacilo... Desvalorizando nosso serviço, me sinto triste agora

Kirishima- Não é coisa de homem isso que esta fazendo sabia?!

Isamu- Ei ei ei, relaxa gente- Todos encaram ele- Querem me ajudar?- A turma logo abriu sorrisos brilhantes- Eu preciso arrumar algumas coisas da mobilidade e tals

                Então logo a turma toda começa a dar palpites sobre o novo uniforme do garoto que ia se animando com as ideias, todos conversavam animados, e então Kaminari se joga no sofá sentando no controle da televisão, ligando direto no jornal

 

                “Vejam na reportagem de hoje “Quem é Isamu Takeshi: O justiceiro Jisatsu aposentado” E conheçam todo seu caminho até se tornar um pretendente a super herói, conheça desde sua herança heroica até sua motivação para a trilha do justiceiro, e recebam a maior revelação de todas sobre o Justiceiro, sua individualidade que antes era um mistério agora é revelada...”

                A televisão foi desligada por Jiro, e toda a turma a encarou furiosa, ela apontou pra Isamu que quando olharam já havia se levantado e deixado o caderno, a turma percebeu que talvez aquela matéria pudesse o ofender, ele seguiu para seu quarto, imediatamente Kaminari religa a televisão, Jiro olha pro garoto que nem percebe seu olhar, ela percebe que Isamu ainda não entrou no quarto então o segura pelo pulso oque o faz parar

 

Jiro- Isamu... Podemos conversar?- Ela encarava diretamente o garoto

Isamu- Claro, vem comigo- O garoto serviu um sorriso que desarmou Jiro

                Jirou seguiu Isamu achando que ele a levaria ao seu quarto, mas ela se surpreende quando passa direto, ele segue por uma porta corta fogo e assim sobem para o topo do prédio, Jiro fecha a porta e imediatamente sente frio, ela olha pra Isamu que encarava o céu, Jiro anda e fica ao lado do garoto, e assim percebe o mesmo céu que ele, Jiro conseguiu se manter em silencio até que Isamu gira e a abraça

 

Isamu- Jiro, me perdoa, da ultima vez que conversamos eu fui muito idiota com você sabe, eu estava preocupado com você, eu gostaria de continuar sendo seu amigo , se não te incomodar sabe- A garota sentiu-se confortável naquele abraço, e assim que Isamu terminou de falar ela o abraçou deixando seu rosto contra o peito do garoto

Jiro- Idiota, nunca deixei de ser sua amiga- Ela separa o abraço- E de onde vem toda essa preocupação do nada em seu idiota

Isamu- Oque foi? Não posso me preocupar?

                Ele começam a discutir com muita facilidade, mas oque não viram era Kaminari ali observando os dois...


Notas Finais


Espero que tenham gostado viu?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...