1. Spirit Fanfics >
  2. Boku No Hero: Origens. - Interativa >
  3. Capitulo 17 - QUE PORRA E ESSA?

História Boku No Hero: Origens. - Interativa - Capítulo 18


Escrita por:


Capítulo 18 - Capitulo 17 - QUE PORRA E ESSA?


Fanfic / Fanfiction Boku No Hero: Origens. - Interativa - Capítulo 18 - Capitulo 17 - QUE PORRA E ESSA?

Capitulo 17 – QUE PORRA E ESSA?!

P.O.V (Point Of Vision) Ivy Ross <Paciente 002>

                Se aproximando de forma calma do garoto e sem conter seu belo sorriso, junto de suas belas bochechas rosas, Ivy, já decidida de sua resposta, falava:

                - Sim Eu Aceito! – Ao completar as últimas palavras o ruivo “pulava” em cima de Ivy e a atacava, com longos e demorados beijos cheios de amor e carinho.

                - Eu sabia que iria aceitar. – Sussurrava o cabelinho de Kpop enquanto abraçava a cintura da garota e ia a guindo de forma calma para trás, sem parar um segundo de beija-la ou dar atenção para a garota.

                Com um sorriso meio abobalhado a garota sussurrava alguma coisa para Todoroki e logo ambos decidiam, simultaneamente, sair da cantina e ir para um lugar, digamos, mais reservados onde ambos poderiam conversar tranquilamente.

 

=-=-=-=-=-=

P.O.V (Point Of Vision) Lewis  Atsuko<Paciente 057>

                Nós…. Nós…. Ela se referiu no plural…. Ela disse “nós” .... Essa garota e comunista? Isso explicaria o vestido vermelho.... Aliás, espera um momento, por que raios ela e a única que não está utilizando um uniforme, quero dizer, os carrapatos da Alice usam azul claro e os restante uniformes completamente semelhantes e de outra cor.... De fato, essa garota e comunista! Pensava o garoto enquanto se encontrava um labirinto mental só de pensar sobre Baby.

                Deixando isso de lado, de um jeito ou de outro, o garoto suspirava e dava leves toques em sua nuca, na tentativa de parar de repensar sobre isso, e com um suspiro ainda mais logo ele lembrava que precisava fazer comida para esses bandos de ingratos, que não sabem apreciar uma boa comida.... Pensava ao andar rumo a cozinha.

                Entrando na cozinha o garoto sorria e retirava algumas facas, olhando ao seu redor com calma para então fechar os olhos e pensam no que iria preparar para essas pessoas.... Ser chefe não e nada fácil, concluía o garoto com um longo suspiro, talvez estivesse a ter seu primeiro bloqueio criativo ao realizar uma refeição.

 

=-=-=-=-=

P.O.V (Point Of Vision) Miken <Paciente 01309>

                - Minha fofinha. – Disse o garoto levantando a garotinha em suas costas. Levando suas mãos as costas, pegou a menina pelas pernas e a segurou de cabeça para baixo em sua frente, o que causava, obviamente, um riso maravilhoso de se ouvir de Baby. – Você não e uma exploradora.... – Ele sussurrava baixinho ao colocar a garota no chão, tentando se aproximar dela e utiliza-la para se livrar de um outro problema. – Nós somos caçadores de artefatos.

                - COMO PIRATAS?! – Berrava a garota a dar pequenos pulinhos no chão

                - Quase como isso.... – Falava Miken tentando pensar em uma contra medida para a frase da garota, já que o mesmo não queria corrigi-la – Nós devemos caçar um tesouro. – Ao sussurrar isso, Miken arregalava seus olhos e olhava para a esquerda e para a direita de forma extremamente extravagante.

                Com apenas isso, ele já havia chamado a atenção da garota que estava a fechar um de seus olhos e com sua mão direita a fazer um gancho com o dedo, a mesma parecia estar empolgada para achar o “artefato”.

                - A terrível pirata momo está escondendo um grande tesouro em pílulas no hospício! Nosso dever e achar e enterra-los para nós! Arg! – Concluía o garoto, também começando a entrar na brincadeira.

                - Mas não sabemos onde é.... – Falava a garota que logo criava um terrível sorriso em seu rosto. – Mas nós podemos encontrar.

                Ao terminar sua frase Baby começava a rir e seus olhos começavam a ficar completamente negros, sua sombra, que pairava com o sol, começava a borrar até o ponto de desaparecer e sem retirar seu sorriso os olhos da garota começavam a se revirar para todos os lados, ou pelo menos o que dava para ver de suas pupilas, já que seus olhos estavam completamente negros.

                - Achei! – Baby falava a gargalhar enquanto tanto sua sombra e seus olhos voltavam ao normal.

                Com um sorriso meio assustado e aproveitando a animação da garota, Miken voltava a agir normalmente, então dizia:

                - Então vamos saquear esse tesouro! – Falava Miken começando a dar passos largos nas pontas dos pés e se escondendo atrás de mobílias e objetos que obviamente não o escondiam, o que causava um riso na garota.

                - Você não sabe se esconder. – Dizia a garota a sacudir ambos os braços, para cima e para baixo. – Deixa que nós reto…Ret.... Resolvo!

                - Hmm...? – Miken erguia a sobrancelha e logo Baby corria em sua direção e o abraçava.

                Com seu abraço, a sombra de Baby voltava a expelir aquela gosma negra que aos poucos começavam a subir pelas pernas de ambos, Miken tinha a sensação de ser areia movediça, ele não conseguia mexer muito bem suas pernas que começavam a formigar por causa da gosma e quando aquela coisa negra chegava na cintura de ambos, ela parecia criar dentes e um brusco movimento para os lados ela se erguia e devorada os garotos, e ao reabrir aquela “mandíbula” eles estavam em um lugar onde Miken não havia visitado ainda, a zona proibida do hospício.

                - Hihihi! – Ria baixinho a garotinha – E por aqui. – Falava Baby a fazer movimentos de vem com sua mão.

                Olhando ao seu redor, Miken, observava que as luzes viviam piscando e algumas estavam caídas ou tombadas para baixo, sendo penduradas por apenas um fio e o outro ponto de ligação, os corredores eram sujos e possuíam manchas de sangue, fora o forte cheiro de cadáver por lá, olhando lentamente para trás ele notava que isso se repetia por toda a extensão do lugar, notando principalmente, que as portas estavam tombadas ou caídas no chão, sem querer se perder de Baby, e com um leve medo de que Alice pudesse encontra-los lá, Miken, apenas a seguia até uma parede, onde a garotinha dava um soco, fazendo uma laje no teto desabar para o seu lado, e com auxílio de sua gosma, a garota subia lá em cima e pegava um grande frasco, de quase 70cm de altura e jogava para Miken, ele estava completamente lotado de pílulas, seja por simples ou seja por tarja preta.

                - Agora temos que enterrar o tesouro! – Dizia Baby, certa do que estava fazendo. – Vamos enterrar no porão, ninguém nunca vai encontrar ele lá! Hihihi. – Baby tampava sua boca com uma das mãos para conseguir parar de rir, já que seu rosto estava começando a ficar vermelho.

 

=-=-=-=-=-=

P.O.V (Point Of Vision) Akame Igarashi <Paciente 007>

                Depois de ouvir todo o desabafo da garota, Akira, sorria de forma leve e decidia ajuda-la, pelo menos enquanto o assunto se tratava de comida, e sem diminuir seu sorriso, começava:

                - Você pode comprar comida e essas coisas, tem uma garota chamava Momo, dizem que as pessoas costumam comprar coisas com ela. – Sussurrava para Akira, não querendo chamar a atenção dos demais – Então acho que você pode comprar com ela, mas antes, obviamente, tenha o dinheiro para fazer sua compra.

                - Olha... Até que não e uma ideia ruim.... – Dizia Akira refletindo sobre o que ela acabava de falar, já que a mesma considerava aquela comida do hospício repugnante, imagina, só imagina se isso fosse uma prisão (Ideia original da história).

                Olhando o livro que Akira carregava, Akame, tinha a brilhante de ideia de tentar se amigar mais com a garota de cabelos loiros, e com um sorriso um tanto quanto, peculiar, ela sugeria:

                - Olha, agora que essa confusão já acabou eu gostaria de ir na biblioteca pegar um livro, gostaria de ir comigo? Para não ficarmos sozinhas, sabe.

                - Oh, eu adoraria! – Dizia Akira se animando com a ideia de pegar mais livros, parando para pensar, a garota nunca tinha uma biblioteca exclusiva para ela, talvez seja uma boa ideia tomar aquele território como dela.

 

    =-=-=-=-=-=

P.O.V (Point Of Vision) Franklin Snart <Paciente 1957>

                Terminando sua exploração, o garoto esticava suas mãos para trás na tentativa de se alongar e ao escutar um estalo o mesmo parava de esticar seus braços e os balançava para frente e para trás, já estava sabendo de tudo, inclusive sobre um buraco na grade que dava em algum lugar, infelizmente o mesmo não teve a oportunidade de ir explorar aquele lugar, não pelo fato de falta de coragem, mas sim pelo fato de não saber o que tinha para lá, ainda.

                Imaginando que os tais novatos poderiam estar planejando uma fuga, já que só pela manhã que ele observava, eles estavam agindo de forma bem suspeita, indo para os cantos isolados, sussurrando coisas entre eles, etc. Decidido a ir no cara que parecia ser o líder do grupo, Miken, o mesmo começava a procurar ele pelo Hospício.

                Ao não ter um sinal de vida de Miken, Franklin tinha a brilhante ideia de ir procura-lo no dormitório, as vezes poderia estar dormindo, por isso não o encontrava. Passando pelo dormitório ele encontrava Takashi saindo de lá com um cara meio estranha, erguendo sua sobrancelha e ao andar para dentro ele começava a escutar uns barulhos um tanto quanto.... Estranhos para um ambiente como aquele e não querendo descobrir como os bebes nascem, Franklin dava meia volta.

 

=-=-=-=-=-=

P.O.V (Point Of Vision) Takashi Morgan <Paciente 0942>

                Impressionado com o fato da garota conseguir comer tantos doces, e tendo uma baita certeza que a mesma passaria a noite, ou boa parte da noite, no banheiro, Takashi, sorria de forma meiga para a mulher e se levantava.

                - Te ver comer tanto doce está me enchendo de cede.... Tem algum bebedouro por aqui...? – Perguntava batendo em sua própria bunda para tirar a grama e um pouco de terra que estava nela e olhava ao seu redor.

                Começando a caminhar sozinho pelos pátio externo do hospício, o garoto suspirava e começava a gesticular com as mãos enquanto pensava sobre todo o mistério que tinha naquele lugar, chegando a ter certeza que aquele lugar tinha mais mistérios que sua própria individualidade, que era um mistério para si mesmo. Quantas vezes eu falei mistério ao pensar isso.... Pensava Takashi

                A garota, que havia sido deixada sozinha por ele, apenas se levantava um tanto quanto cabisbaixa por não conseguir bater seu recordo, e decidia acompanhar o loiro a procura de seu bebedouro pelo menos por enquanto.

                Quando finalmente Takashi encontrava seu bebedouro, o mesmo começava a beber aquela agua geladinha e deliciosa que saia dele, enquanto Keiko apenas se despedia do garoto e seguia seu rumo.

                Vagando pelos corredores, Keiko, chegava a conclusão que não existia mais lugares para explorar.... Não tem lugares para explorar ou você não quer me levar para certos lugares Autora? EU JÁ MANDEI PARAR DE QUEBRAR A QUARTA PAREDE! .... A mesma ia até o jardim, onde encontrava Miken a brincar com uma garotinha fofa, e com um sorriso um pouco meigo ela andava em direção as flores nas quais observava, a espera de talvez algum apreciador se juntar a ela.

                AUTORA! Você vai colocar alguém para me fazer companhia aqui... Né? Não.... Garota eu juro se continuar a quebrar a quarta parede.... Vai fazer o que? Rum! EU ACABO COM O CAPITULO AQUI! PRONTO! OLHA ALI EMBAIXO O QUE TA ESCRITO! SATISFEITA?!

=-=-=-=-=

Continua.....

 

Nota: Vocês podem escolher e realizarem suas ações nos comentários. Tanto por textos ou apenas notas.

Caso não goste da forma que seu personagem foi retratado nesse capitulo, avise, iremos melhorar ele nos demais capitulos. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...