1. Spirit Fanfics >
  2. Boku no Hero: The Brand New Doctor >
  3. Meet the Medic

História Boku no Hero: The Brand New Doctor - Capítulo 2


Escrita por: Fany_09 e Mensageiropedro

Notas do Autor


Oi gente, eu espero que gostem do novo capítulo e que gostem da nova médica da UA! Boa leitura e por favor comentem, vai ser muito bom ver o que vcs acharam do capítulo

Beijos <3

Capítulo 2 - Meet the Medic


 

Depois da conversa que os alunos da classe A tiveram, Aizawa o professor daquela turma tinha aparecido e dito que precisava da ajuda do Midoriya pra ir buscar a nova médica da U.A que a indentidade ainda era um grande mistério. Midoriya já estava no carro de seu professor a caminho da onde quer  que fosse a casa dessa nova médica, durante o caminho Midoriya se perguntava como ela seria, qual seria sua individualidade e principalmente, quem ela era? Afinal, Aizawa nunca tinha mencionado que conhecia uma médica antes, mas considerando que seu professor era um grande mistério em volta de um enigma, não era tão estranho que nunca tinha ouvido o professor mencionar alguém assim, Aizawa nunca foi muito de comentar sobre sua vida pessoal especialmente com seus alunos e isso com certeza não ia mudar tão cedo. Os dois continuavam no caminho em silêncio, Midoriya ainda não tinha perguntado nada sobre a médica, apesar de querer muito, essa curiosidade acabou ficando tão grande que finalmente resolveu quebrar esse silêncio e perguntar pro seu professor quem era aquela médica que estava falando

Midoriya: sensei- ele disse- já que você tá me levando pra conhecer a médica, você pode pelo menos me contar quem ela é? Porque eu tô bem curioso- Aizawa olha pro seu aluno ao seu lado. Era justo com ele falar quem era a médica que tinha pensado, afinal estava levando ele pra conhecê-la, precisava saber quem iria conhecer e talvez enfrentar 

Aizawa: bem, a nova médica é uma mulher que eu conheci a um certo tempo, o nome dela é Shinro Yoshi- disse Aizawa surpreendendo o garoto verdinho- ela é uma grande médica, apesar de ser bem nova ela é muito talentosa e costumava ser uma médica prestigiada- continuava dizendo- ela é ótima em curar pessoas por mais que muitas vezes seja dos jeitos mais estranhos, e ela também tem uma...grande curiosidade sobre individualidades- terminou deixando Midoriya chocado e ainda mais curioso

Midoriya: Shinro Yoshi?- se perguntou- Isso...parece um nome inventado

Aizawa: depois eu explico melhor, agora temos que nos concentrar em ir até ela, eu não sei se ela vai aceitar porque ela tende a ser um pouco teimosa as vezes, mas acho que podemos convencer ela- Aizawa disse enquanto continuava a dirigir o carro, Midoriya ficava se perguntando como seria essa doutora, agora já tinha muito mais informações sobre essa tal de Shinro Yoshi e se perguntava que tipo de nome é esse. Shinro não era exatamente um nome, não sabia nem se era uma palavra exatamente era só uma...coisa. E Yoshi? Quem nomearia uma pessoa assim? Shinro Yoshi, era obviamente um nome inventado, queria saber porque a médica tinha um nome assim, talvez ela tivesse inventado seu nome, mas porque? Ela tinha algum motivo? Talvez pra fugir dos vilões mas porque uma médica ia ter algo relacionado a vilões? Eram tantas perguntas, e queria uma resposta pra elas, e ele teria. 

Aizawa então para o carro em frente a uma casa bem grande no limite da cidade, a casa tinha as paredes feitas de metal e uma porta parecida com uma espécie de armário com uma porta dupla, não era uma casa muito bonita mas Midoriya não deixou isso afetar seus pensamentos sobre a doutora que estava prestes a conhecer. Aizawa então desce do carro sendo seguido por Midoriya, os dois se aproximam da porta da casa e o mais velho bate na porta duas vezes ecoando pela parte de dentro da casa e chamando a atenção da mulher que morava nessa casa que estava ocupada arrumando alguns papéis em cima de uma mesa. A mulher então para o que estava fazendo e caminha até a porta, onde tinha um Aizawa cansado e um Midoriya ansioso a esperando. A porta então é aberta por uma mulher por volta dos 28 anos com um cabelo loiro tingido e mal cortado com uma franja longa que cobria um de seus olhos azuis um tanto cansados, a mulher usava uma blusa de botão azul turquesa, uma calça jeans preta com algumas manchas vermelhas e sapatilhas pretas, ela também usava um óculos de proteção que tinha sido levantado até sua testa. A mulher tinha uma aparência bem européia e bonita, talvez o traço mais interessante dela seria seu cabelo mal cortado e as machas vermelhas que tinham em sua calça. Midoriya finalmente havia visto a médica que seria a médica de seus colegas e dele, porém seus pensamentos foram interrompidos pela médica

Shinro: Shota?- disse com um sotaque alemão bem forte e tirou seus óculos de proteção os colocando em uma mesa perto da porta- a quanto tempo, você não vem aqui desde...nunca, o que tá fazendo aqui agora? Precisa de algum exame? Porque você nunca quer ter consulta comigo e você parece bem- ela fala parecendo já conhecer Aizawa e até usando seu primeiro nome indicando um certo grau de intimidade entre os dois

Aizawa: olá Shinro- disse o professor preguiçoso. Quantas horas será que ele dorme por noite pra ficar assim?- não, eu não vim aqui pra uma consulta, mas eu preciso te perguntar uma coisa

Shinro: uma coisa?- perguntou- que tipo de coisa? 

Aizawa: veja bem- começou- a Chyou a médica da UA acabou se aposentando depois de tanto tempo de serviço, e agora a UA está sem médico então eu tava pensando de como você é uma ótima médica e tudo mais, você poderia trabalhar na UA- o professor disse calmamente. Shinro ficou bem surpresa com esse tipo de pergunta, ser médica da UA? Ter que cuidar de um bando de jovens que se quebraram em batalha? Isso deveria ser uma piada, não era uma médica de escola, era uma médica séria, não ia passar seu tempo cuidando de um monte de adolescentes aspirantes a heróis irresponsáveis 

Shinro: é sério isso?- ela disse com uma certa raiva- escuta Shota, eu sou uma médica séria! Você vai me colocar pra cuidar de um monte de alunos que se quebram em lutas sendo irresponsáveis e teimosos? Essa é a maior Schmutz que eu tá ouvi, pode esquecer eu não vou fazer isso- disse a doutora alemã prestes a fechar a porta que foi impedida por Aizawa

Aizawa: Shinro, por favor agora que a Recovery Girl se aposentou você é nossa melhor opção, eu nunca vi alguém curar pessoas de uma forma tão impressionante como você- disse Aizawa com um certo desespero

Shinro: ah, e agora que a sua doutora se aposentou você precisa de mim? Eu sou o que sua segunda opção?- disse a alemã ofendida

Aizawa: sim- disse o professor. Uau isso foi bem rude, grosseiro- agora com a UA sendo frequentemente atacada por vilões nós precisamos de você mais do que nunca

Shinro: ah vai pro inferno Aizawa- disse a Yoshi- eu não tive que estudar medicina por tanto tempo pra ser babá de um monte de jovens irresponsáveis- a esse momento Midoriya que esteve calado esse tempo todo resolveu falar

Midoriya: com licença senhorita Shinro- disse o esverdeado chamando a atenção de Shinro que até agora não tinha notado na presença do garoto

Shinro: e o que seria você?- perguntou a doutora curiosa sobre a presença do garoto

Midoriya: meu nome é Izuku Midoriya, eu sou um dos estudantes da UA e eu e meus colegas não somos irresponsáveis- disse o garoto confiante- olha, eu sei que você deve ser seus motivos pra não querer trabalhar na UA, mas a gente precisa de um médico e pelo o que o Aizawa sensei disse você é a melhor pra isso, então por favor doutora, pelo menos considere a oferta do Aizawa sensei a gente precisa de você- o garoto disse quase implorando pra alemã, Shinro sinceramente se sentiu um tanto especial naquele momento. Shinro pensou um pouco, ela não trabalhava realmente como médica a um bom tempo e talvez numa escola cheia de crianças cheias de habilidades incríveis aquele trabalho não fosse tão ruim. Ela poderia ajudar aqueles estudantes finalmente- e então doutora? Você pode ajudar a gente?- Shinro pensou um pouco e finalmente deu sua resposta

Shinro: *suspiro* vocês não vão sair daqui até eu aceitar né? -disse com seu típico sotaque europeu

Aizawa: não é o que eu pretendo- disse Aizawa pela primeira vez na vida desmontando um pouco de determinação

Shinro: ótimo, então eu aceito o trabalho- disse a doutora finalmente cedendo aos dois heróis conseguiram acabar com a minha paciência, eu vou ser sua médica Grüner Junge- foi a palavra final da doutora, ela estava pronta pra ir pra UA ser uma médica, e ia ser a melhor médica possível, em tudo que sempre fez em sua vida ela fez com gosto e determinação, e dessa vez não seria diferente, ainda mais por ter quase que permissão instantânea pra fazer o que achasse melhor com os alunos da UA, não podia mentir que estava bem animada pra descobrir todos os mistérios de suas individualidades, queria ter uma resposta pra todas as suas perguntas e se tivesse logo poderia descobrir da onde vieram as individualidades. Ia transformar esses alunos em heróis, e depois ia transformar esses heróis em Deuses

 

 

 

 

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...