História Boku tensei maou-sama - Capítulo 25


Escrita por:


Notas do Autor


Obrigado a todos que leiam

Capítulo 25 - Um contrato e jura


3 meses e duas semanas até a guerra anual, território dos Skyfallen.

Kuroyami skyfallen o pai de Yamihiiro o chama na sala do trono do castelo Skyfallen.

Kuroyami- filho eu tenho uma missão para você.

Yamihiiro- qual?

Kuroyami- alguém no arquipélago de ferro, fez uma convocação demoníaca.

Yamihiiro- e o que isso tem a ver com a gente?

Kuroyami- que o indivíduo é forte o bastante para me invoca.

Yamihiiro- sério? Porque você está aqui ainda?

Kuroyami- porque eu estava no banheiro então apareceu aquela mensagem.

Yamihiiro- o demônio que você invocou está ocupado, por favor espera 3 dias, se não tente novamente, em caso de segunda tentativa o demônio invoca será mais forte que o anterior sem dúvida.

Yamihiiro- cara, porque o responsável pelo o sistema de invocação de demônios é o mesmo cara responsável pela empresa de telefonia.

Kuroyami- não sei, mas isso foi ontem e o invocador teu um jeito de invoca um Skyfallen, a sua irmã é nova e instável demais para um contrato demoníaco então vai você.

Yamihiiro- e a okaa-sama? Não na última vez que ela fez uma cidade foi destruída e ganhamos uma cratera enorme, porque tem tantos bruxos atrás da okaa-sama.

Kuroyami- vai logo moleque, quer tu tens dois dias para chega.

Yamihiiro sai do castelo.

Kuroyami pega uma bola de cristal.

Kuroyami- alo, alo.

XXX- ohh, e o demônio que eu invoque?

Kuroyami- não, é o chefe dele, ele está chegando.

XXX- é bom mesmo!

Algum tempo depois Yamihiiro chega até o arquipélago de ferro.

Yamihiiro- Anne, onde devemos ir?

Anne- templo Noboru Taiyo na cidade de Tomi no kuni, na procuramos uma pessoa chamada de Doman Ashiya.

Yamihiiro- certo quanto tempo demora até esse lugar?

Anne- mais ou menos 2 horas andando.

Yamihiiro- vamos logo que eu não quero ver o meu otou-sama com raiva, ninguém que um novo vale do desastre.

Anne- meu lord, foram só duas cidades dos nossos inimigos, o continente da luz.

Yamihiiro- e não precisamos de outro desse em outro lugar.

Algum tempo depois Yamihiiro e Anne chegam no templo Noboru Taiyo e bate no portão.

Toc toc.

Guarda do portão- quem e você, moleque? Espera você é um demônio?

Yamihiiro- alguém aí vez uma invocação demoníaca, então eu estou aqui.

Guarda de portão- sério, pensei que vocês apareciam no ciclo de invocação na hora.

Yamihiiro- tem umas exceções.

XXX- o guarda, deixa ele entra logo que o onmyouji-chefe já autorizou a entrada deles.

Guarda de portão- certo, Reiji-san.

Yamihiiro e Anne entram.

Anne- quando o senhor Doman Ashiya-dono chega.

XXX- e eu tenho cara de homem para você? Minha irmã!

Quem fala isso é uma garota de pele morena, um olho verde esmeralda e outro é verde escuro com cabelos meios grisalhos, com uma boa aparecia, mas ela tinha aura sombria, não essa aura é quase igual a de um demônio de alto grau.

Doman- eu sou Doman Ashiya o onmyouji-chefe desse templo.

Yamihiiro- pensei que os onmyoujis tinham o deve de mata todos os demônios e monstros, todos os seres malignos do mundo.

Doman- não nos confunda com os exorcistas do continente da luz, aqui devemos defende o equilíbrio de yin e yang, em partícula eu sou uma usuária de yin

Yamihiiro- certo, me desculpe aí, vamos fazer esse contrato ou não?

Doman- eu fazer contrato com um moleque como você? Não obrigada.

Anne- como é? Você está falando que o meu lord é franco?

Yamihiiro- você me chamou de moleque, mas quantos anos você tem?

Doman- 16 anos, algum problema?

Yamihiiro- então embatamos na mesma idade, mas eu sei que eu não sou franco que você não acredita valos faze um duelo de magias!

Doman- da bom então.

Os dois saíram para onde na mansão parecia um campo de treinamento.

Doaman- não me culpe se você ser machuca um pouco. Diz ela com um dom de ironia.

Yamihiiro- o mesmo para você. Com o mesmo dom.

Doman- invocação de shikigami multiplica.

Do nada ela jogou três papeis e deles saiam um lobo de gelo, um pássaro de raios e uma espece de espirito de vento em uma forma de bola.

Yamihiiro- ótimo, faz um tempo que a minha magia de trevas ascendeu e eu queria testa ela um pouco. Diz ele com um sorriso sinistro no rosto.

Doman- um tolo que acha só porque tem uma magia demoníaca de trevas-

Yamihiiro- errado a magia de trevas ascendeu para black hole magic.

Yamihiiro- Black hole magic: gravitational banish.

Três cortes de mana de cor negra saíram da mão de Yamihiiro acertando todos os skikigamis então uma pequena esfera negra se formou sucatou os três e os matando.

Doman- bem, que magia incomum não parecer ser uma mistura qualquer de trevas com espaço e sim uma magia original que coisa rara, mas mesmo habilidades originais muitas acabam de ser um ou dois truques besta e intuis, então me mostre a força dessa magia!

Doman pega um papel escuro com escritos vermelhos então do papel sair um monstro que parecia um lobo de 2 metros de altura com 4 caudas e raios negro saiam do pelo desse lobo.

Yamihiiro- esse e seu oficial? O bichinho aí é forte.

O lobo avança até Yamihiiro então ele e joga para longe por uma esfera negra que apareceu do nada.

Yamihiiro- Black hoke magic: mini black hole sphere, esse e um simples feitiço de armadilha porem e muito útil contra ataques diretos.

Doman- fale menos e ataca mais.

Doman invoca um cajado e com ele, ela conjura um feitiço que ser mostrou na forma vala faca de escuridão indo em minha direção.

Yamihiiro- black hole claw, uma maça de escuridão que sugou todas as facas e logo depois Yamihiiro usou para mata o lobo que estava preso pela mini black hole sphere.

Yamihiiro- agora vem um ataque de verdade. Diz ele com um dom infantil, mas ao mesmo tempo zombeteiro.

Uma esfera negra foi lança no céu então em um ritmo voraz devorava a mana da natureza e a luz em volta.

Então na mão de Yamihiiro um espiral banca que girava no sentido oposto dos buracos negros.

Yamihiiro-black hole magic: white hole destruction radius.

Da espiral um raio de mana puro foi lançado em direção a Doman que fez uma barreira triplica, mas foi perfurada pelo o raio com uma faca quente na manteiga.

Doaman- i i- isso-

Yamihiiro-com isso o meu saco de truques acabou, vai quere faze o contato comigo sim ou não?

Doman- mas é claro de sim, eu vou gosta dessas magias.

Algumas horas depois perto da meia-noite Doman e Yamihiiro está desenhando um círculo de magia e com um cálice no meio.

Yamihiiro- certo vamos começa isso agora.

Usado uma faca cerimonial corta o pulso e cai dento do cálice onde tinha só água, com umas gotas, toda a água virou sangue e logo após a Doman bebeu.

Yamihiiro- certa para finaliza precisa de uma jura de lealdade para isso nos-

Então Doman puxa Yamihiiro para perto e logo depois ela o beija.

Yamihiiro- o-o-o que? Por-porque i-sso- isso?

Doman- porque não? Não e assim que os Lords demônios não fazem assim, desse modo, dês de antigamente.

Yamihiiro- MINGUEM FAZEIS ISSO, ASSIM 1000 ANOS!

Doman- então fizemos do jeito Antigo e daí?

Yamihiiro- você não que não queria fazer um contrato comigo porque eu era franco?

Doman- eu estava erra e admito isso então?

Yamihiiro- então voc-você me-e-me beijou?

Doman- é com isso que esta preocupado, o que é isso um lord demônio inocente não é como se eu fosse a primeira garota que tu beijo?

Yamihiiro- Mas é!

Doman- então eu sou a sua primeira.

Yamihiiro- chega disso eu to indo embora.

Doman em pensamento- esse idiota é muito mais forte, bonito e poderoso que aquele outro idiota, mesmo que eu seja só mais uma ao lado dele eu estarei no lado dele, isso é muito melhor do que est na sombra de um idiota



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...