1. Spirit Fanfics >
  2. Bom, ou, ruim? (TXT) >
  3. Capítulo 42

História Bom, ou, ruim? (TXT) - Capítulo 42


Escrita por:


Notas do Autor


Oi meus amores. Eu disse que iria demorar um pouco mas acabei que postei breve. As minhas aulas estão suspensas,portanto terei bem mais tempo livre e tentarei ao máximo me dedicar as minhas fics. Espero que gostem do capítulo ❤️

Capítulo 42 - Capítulo 42


S/n On

Acordo e vejo Yeonjun ao meu lado dormindo profundamente,levanto e vou até o banheiro fazer minhas higiene,tomo um banho e saio só de toalha,procuro minha mala e pego um shorts jeans simples e uma regata sem sutiã mesmo. Após me vestir vou até a pequena cozinha e preparo algo simples para eu e o Yeonjun comer.

S/n=Yeonjun - Balanço ele com intuição de acordar ele - Acorda

Yeonjun=Hum?... Já vou - ele falava sonolento

Saio dali e vou tomar meu café.

Após nós termos tomado café eu e yeonjun ficamos jogando dama já que não havia outra coisa para fazer,eu tentei k tempo todo descobrir onde era que estávamos indo,mas foi invão. O piloto anúncia que ia aterrissar e manda nós colocarmos os cintos de segurança. Sento na poltrona e coloco o cinto,olho pela janela e dou um grito

S/n= Yeoooooon,não acredito que nós viemos para o Rio,aaaa eu te amo. - minha vontade era de sair dali e beijar ele, porém não podíamos sair

Yeonjun=Também te amo - ele manda um beijinho no ar

Assim que saímos do avião ele pegou um carro que havia alugado e fomos para uma casa na praia de Copacabana.

Yeonjun=Gostou da surpresa? - falava enquanto retirava as malas do carro

S/n=Tá brincando? Eu amei - sorrio

Yeonjun=Nós vamos passar no total um mês aqui no Brazil,então vamos para vários estados. Semana que vem vamos para lençóis Maranhão, MG e por último Salvador Bahia. O que acha?

S/n=Acho incrível meu amor

Nós entramos na casa e yeonjun como o cavalheiro que ele é me pegou no colo antes de entrarmos,rio de seu ato. Ele logo me põe no chão e eu vejo a casa, era tudo muito bonito. Não era grande,mas era muito confortável..

- Está cansada meu amor? - yeonjun fala após colocar as malas no canto da sala e me abraçar por trás colocando seu queixo na curvatura de meu pescoço

- Não - digo sorrindo e olho ele de lado

- Então - ele me vira - acho que podemos aproveitar né? - ele inicia um beijo quente

- Uhum - digo após separar

3 Semanas depois.

 Sabe aquele momento em que você para olhar o céu e sentir a brisa bater em seus rosto com repletas lembranças e planos? Então. Nesse exato momento estou aqui,olhando para o varão céu azul com um sol quente batendo em meu rosto. A praia de Salvador é sem dúvidas uma beldade de lugar. Hoje era o último fim de tarde que eu iria passar aqui nesse país,minha casa,um lugar acolhedor. Cheio de defeitos,mas com uma característica única. Talvez muitos daqui não gostem do que veem em seu dia a dia,mas mal sabem,que o carisma,calor das pessoas e sorrisos daqui são únicos. Há tantos lugares lindos por aqui,a natureza deste lugar é vasta. Lembro-me da época do 8 ano,onde eu achava que tudo iria ser belo nessa vida,que eu iria estudar aqui mesmo,ter minha vida,sem nunca optar por casar. Lembro dos fins de tarde que passava com João e Mirella na pequena praça que havia perto da minha antiga  casa. Sinto saudades. Porém não quero mais trocar essa vida que tenho agora,com Yoonjun,o homem que eu amo. 

S/n=Merda - digo correndo até o banheiro e jogando tudo que havia comido no almoço por vaso a baixo

Yeonjun=S/n? - diz chegando até porta do banheiro - está tudo bem? - ele me lançava um olhar preocupado enquanto eu me recompunha e lavava minha boca

S/n=Você já chegou? - digo tentando desviar o assunto - e respondendo sua pergunta: eu estou bem. Foi só um embrulho no estômago,acho que a tapioca não me fez bem

Yeonjun=Tem certeza? - passo por ele saindo do banheiro - Eu trouxe isso para você - ele estende uma sacola para mim - achei sua cara

S/n=Oh meu deus - era um chaveiro com a foto de nós dois na praia de Salvador que havíamos tirado ontem - eu amei - dou um abraço nele e me deparo dando um selinho 

Yeonjun= O que acha de irmos caminhar um pouco pela praia? 

S/n=Acho ótimo. Deixa eu ir por uma roupa para irmos - vou até o quarto e coloco uma regata acompanhada de um short jeans simples e chinelo - pronto.

Assim que chegamos até a calçada vejo o quão lindo estava o fim de tarde. O mar parecia agitado . Nós sentamos em um banquinho e ficamos olhando em silêncio

Yeonjun= Quer um sorvete? - ele pergunta me abraçando de lado e eu encosto a cabeça em seu ombro 

S/n= Não meu amor 

Yeonjun=Eu vou pegar um para mim está bem? 

S/n=Claro,vai lá, enquanto isso eu vou comprar um remédio para mim ali na farmácia. 

Yeonjun=Que remédio? - ele tinha uma voz preocupada

S/n=Um remédio apenas para levarmos amanhã na viagem

Yeonjun=Ahh. Então vai lá 

Ele vai buscar o sorvete dele e eu vou rapidamente até a farmácia que falava do outro lado da avenida

S/n=Moça,me vê um teste de gravidez por favor

Farmacêutico=Claro

Ele pega e eu pago o remédio no caixa

S/n=Aqui tem um banheiro?

Caixa=Sim logo ali - aponta sorrindo e eu vou até lá

Adentro o local e penso:Não poderia ser,eu tomei os remédios e só esqueci um dia,não tem como eu estar grávida,tudo que vou fazer é tirar essa maluquice que habita na minha cabeça.

Assim que faço o teste repsiro fundo e olho

S/n= Não pode ser - meus olhos enchem de lágrimas - eu não posso estar grávida

Seco as lágrimas que haviam ali e lavo o rosto,jogo fora o teste e saio do local de pressa. Sinto que meu coração vai sair pela boca. A falta de ar se instala em mim,atravesso a avenida indo em direção ao yeonjun que estava sentando no mesmo banco degustando seu sorvete

Yeonjun= O que foi meu amor? - ele me vê e logo se levanta vindo até mim - por que essa cara de choro? - abraço o mesmo forte

S/n=Aí Yeon - Ele me abraça apenas com um braço e o outro ele segurava o sorvete - eu tenho que te contar uma coisa

Yeonjun=Pode contar - ele diz ainda abraçado em mim - estou ficando com medo s/n - ei ouvia o coração do mesmo batendo rápido 

Me afasto dele e pego sua mão indo até a fente do mar. O mesmo me olhava com uma cara indecifrável. Paro de frente para ele e olho o mesmo. Foi nesse momento que me senti feliz. Ter um filho de yeonjun vai ser bom,mesmo eu não pretedendo ter agora.

S/n=Yeon - digo manhosa recebendo toda sua atenção que me olhava aflito - eu estou... - respiro fundo - g-gravida  - ele deixa seu sorvete cair

Nesse momento tudo em minha volta parecia ter parado,conseguia sentir meu coração bater, vejo o rosto de yeonjun e era indecifrável. Talvez ele não quer esse ter um filho agora,ele está tão jovem,nem fez faculdade ainda e já ter uma responsabilidade dessas era deverás muita coisa

- Yeon,se não qui... - me corta

- Amor,você está brincando não é? - eu nego - ESA É A MELHOR NOTÍCIA QUE EU PODERIA TER - Ele começa a rir alto e logo me pega no colo me girando e um beijo e instalado em mim - s/n,eu sou o homem mais feliz desse mundo - me põe no chão e logo se ajoelha depositando um beijo em minha barriga

- Eu te amo tanto yeon - digo com a voz embargada - agora seremos três - ele se levanta e nos abraçamos por uns minutos

- E daqui uns anos seremos 4 - olho para ele incrédula desfazendo o abraço - apresar que.... - ele estava com as mãos no queixo - E SE FOR GÊMEOS 

- Tá louco?! - paro para pensar e me lembro que minha família por parte de mãe já teve gêmeos e a gerações ninguém teve,e uma vez um médico disse que eu poderia sim ter - yeonjun,nem brinque com isso

- Tá tá - ele estava tão feliz como eu nunca o havia visto antes - eu vou fazer todos os seus dejesos... E também irei falar com ele ou ela ou eles - repreendo o mesmo - todos os dias. Também irei ficar com você todinho esse tempo e... 

- YEON,eu entendi que você vai ser o melhor pai desta terra - riu com seu entusiasmo  - eu sou a mulher mais feliz desse mundo todo - pego suas bochechas e dou um breve beijo nele

 8 MESES DEPOIS

- Yeon - Digo acoradndo o azulado que dormia profundamente

- Oi meu amor - ele se levanta rapidamente - quer alguma coisa. Está sentindo dor?

- Eu queria melancia com Toddy - ele me olha se perguntando o que era Toddy - aquele achocolatado com vaca,boi ou sei lá. 

- Ah sim - ele parecia cansado - vou até lá embaixo preparar - se levanta preguiçosamente

- Eu estou te cansando não é? - eu me sentia culpada,mas nesses últimos meses não estou conseguindo descer escadas por conta da barriga que está pesando muito, aliás está mais grande do que eu acho que é o normal,mas o médico disse que está tudo bem - sinto muito - estava trsite por estar cansando tanto ele,meus olhos estavam marejados

- Não meu amor - ele me abraça - eu te entendo,e tenho que cuidar do meu filhote ou filhota

Sim,nós não sabemos o sexo,queremos saber na hora do nascimento,o médico só dizia se estava bem ou não quando íamos fazer ultrassom por pedido nosso,não sabíamos se eram um ou que seja.

- Agora vou ir fazer 

Nossos parentes e amigos já sabíamos,como planejado nós voltamos naquela mesma semana para Coreia,mas acabamos que viemos embora para o Brasil, atualmente estávamos morando no Rio Grande do Sul em um condomínio um tanto luxuoso, yeonjun iria começar uma faculdade assim que o bebê nacesse. E eu? Bom,eu vou colocar uma babá assim que tiver a idade certa e ir fazer uma também. 

Eu e yeonjun decidimos que vamos colocar o nome de Choi Alice se for menina e Choi soobin se menino. Eu sempre achei o nome deverás muito bonito, yeonjun disse que eu só estava puxando o saco do Soobin mas depois ele se conformou.

Olho meu celular e eram 4:08 da manhã

- Aqui está meu amor - ele trouxe o que eu havia pedido e logo começo a comer feito uma desesperada  - como consegue comer chocolate com melancia? - ele ria, ofereço para o mesmo que nega na hora

Após eu comer me deito e yeonjun também.

- Eu, mocinho ou mocinha - ele falava com o bebê,que incrivelmente sempre que escutava yeonjun ou seus toques começava a se mexer - papai está tão curioso para ver o seu rostinho,vai ser linda igual a mãe ou vai puxar o galã aqui - bato em seu ombro devagar - já está pertinho de rei poder te segurar meu amor - o bebê se mexia mas não era como as outras vezes,desta vez eu sentia uma dor

- Yeon - Ele para o me olha - estou sentindo minha barriga doer muito,a dor vai,e vem - será que...? Não podia ser,eu ia ter ali,hoje? 

- Será que? - sinto um líquido de ser em minhas pernas 

- A BOLSA ESTOUROU 







Notas Finais


Meus amores,se vocês forem perceber a escrita na parte das falas irão ver que algumas vezes eu usei travessão e outras não. Isso meio que foi automático meu,porque já estou acostumada a escrever desta forma ks. O próximo capítulo será o último,então aguardem e por favor comentem o que estão achando dessa mudança brusca. No capítulo que vem irei contar o fim de todos que eu puder.... Beijinhos e só mais uma coisinha ksksks. 😘

Quem quiser conversar comigo seja pelo insta, Whatsapp ou até mesmo Spirit,me falem nos comentários ou mandem mensagens no spirit,Estou totalmente no tédio nesses dias de quarentena e amizades novas são bem-vindas🥰💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...