1. Spirit Fanfics >
  2. Borboleta Arco-íris (Imagine Park Jimin) >
  3. Mãe?!

História Borboleta Arco-íris (Imagine Park Jimin) - Capítulo 42


Escrita por:


Notas do Autor


Oi galera CHEGUEI disse que tinha voltado agora vai ser assim de vez em quando eu vou aparecer pra voces, mas eai tão gostando dos capitulos? Queria saber a opinião de vocês e queria agradecer novamente pelo apoio galera vocês são top demais
🌼💛 B O A L E I T U R A 💛🌼

Capítulo 42 - Mãe?!


Fanfic / Fanfiction Borboleta Arco-íris (Imagine Park Jimin) - Capítulo 42 - Mãe?!

XxSenhorita,Senhorita,SENHORITA!.._ Cutucou-me diversas vezes

- Sim, sim, o que aconteceu o avião não decolou? Onde estamos?_ Citei artodoada.

Xx- Não, acabamos de pousar, estamos na Coréia todo já sairão do avião, só resta a senhora_ Olhou me cuidadosa.

- É..é... Perdoe-me hehe não tive noção do tempo já vou indo adeus, e obrigada_ Sorri envergonhada saindo do avião.

Meu Deus (S/n), aquela mulher é de pensar que você, é doida da cabeça, como pode? Dormir no avião? Só por Deus, bom mais nesse momento o que importa é que vou poder sentir novamente o ar coreano, voltar a minha gastronômia natal, aaah como sinto saudades de um lámem a moda da casa, é de encher os olhos. Saí do avião e o ar bateu sobre meu rosto, de alguma forma me sentia em casa, acho que depois de tanto tempo voltar a Seoul não esteve nos meus planos, mas isso é que faz a graça, nada de planos e sim ações, mesmo que tenha vindo aqui a trabalho, vou aproveitar bastante é assim que se fala.

- Taxista! Taxista! Moço para!_ Gritei ao carro que parava a minha frente.

Sobre o porta-malas coloquei minha bagagem, e em uma pequena bolsa coloquei sobre meus braços meus pertences mais importantes, e necessitados no momento.

Xx- A senhorita está de viagem? Parece meio perdida, atordoada_ Disse o moço vendo minha pressa.

- Não exatamente estou de viagem, bom, eu sou daqui, mas moro em Los Angeles a alguns anos, tinha me esquecido como Seoul era tão agitada_ Sorri e o mesmo Gargalhou.

Xx- Então boa sorte a terra natal,bem vinda de volta_ Curvei-me.

Depois de alguns minutos o taxista parou no lugar desejado por mim, o centro de Seoul, averia de comprar algumas roupas, avia me esquecido de como esta terra era fria no inverno, era realmente de si congelar, mal conseguia abrir minhas próprias mãos. Bem a minha frente uma grande fachada de uma loja bem estruturada e bem rica, por tal glamour concerteza alí averia de ter algo para mim.
Adentrei rapidamente, o  lugar era agradável, no fundo tocava música clássica, um total sonho, seja lá quem for dono deste estabelecimento, sabia bem no que estava trabalhando, ao variar o catálogo de roupas e nada encontrar, aproximei-me de uma garota que avia alí.

- Com lincença, poderia me informar com quem devo perguntar sobre o catálogo?_ Perguntei calmamente.

Xx- A claro, o Dono da loja está aqui, sobre a bancada é só seguir a frente, ele estará lá.

- Obrigada Senhorita, ajudou-me muito, agradecida_ Curvei-me e andei na direção que a mesma citou, ao chegar ao balcão vi um garoto de no máximo 19 anos, de aparecia duvidosa mas belo ainda sim, que vinha me receber.

Hu- Bom dia, no que poderia ajudar?_ Perguntou atencioso.

- Eu desejaria falar com o gerente sobre o catálogo, mas uma garota que vi a pouco falou-me que o Dono do estabelecimento, estaria aqui no Momento_ Aproximei-me do balcão.

Hue- A é claro, vou chamá-lo_ Andou até a custina, até aparecer um homem bem mais velho que o mesmo.

Jk- Deseja falar comigo senho...._ Era Jeon.

Jk- (S/n)?_ Perguntou surpreso.

- Jeon?!_ Perguntei me curiosa. O mesmo correu até mim, me abraçando fortemente me rodopiando por toda loja.

Jk- Aah, os céus me ouviram, minha pequena está aqui nos meus braços novamente, não consigo acreditar nisso.

- vejo que que fui feita pra aguentar sermão de um certo alguem- sorri.

Jk- Minha garotinha que eu conheci a 7 anos atrás, já não é a mesma, virou uma grande mulher, independente e trabalhadora, já nem reconheço- Colocou uma mecha de meu cabelo atrás da orelha.

-Se tudo que passamos fosse escrito em um livro, com certeza ficaria muito interessante o enredo e o instinto direito em que as coisas aconteceram- Olhei em seus olhos.

Jk- Fico muito feliz que esteja de volta, te esperamos por muito tempo- ele sorriu.

- esperamos?- Perguntei curiosa.

Seu- S/N!!!- Correu até mim me abraçando.

- Seulgi, que inesperado você está na Coreia, como veio parar aqui? Vi seu Instagram, sua turnê não se apresentará a Coréia- olhei curiosa a mesma.

Seu- Bom, foi um imprevisto, eu vim ver Alguém- sorriu envergonhada olhando para Jeon.

- O quê?…. OUW, você quer dizer que você e o Jeon, estão? Não acredito!- apontei para os dois sorrindo alegremente

Jk- Depois de um tempo nos resolvemos, e decidimos dar um chance a nós mesmos- O maior colocou a mão sobre a nuca.

Seu- Ele é uma boa pessoa e me trata muito bem, eu gosto dele- sorriu corada.

- Tenho inveja dos dois, parecem tão adoráveis juntos e eu estou aqui ainda sozinha- Fiz bico.

Seu- Deixa disso, é a melhor arquiteta de Los Angeles, não precisa de ninguém.

- Você tem razão, não tenho do que reclamar, é ótimo ser quem sou, bom se me dão licença, tenho que ir, vou fazer uma surpresa para minha mãe faz, muito tempo que não a vejo- disse despedindo-me.

Seu- é claro, vai lá, tenho certeza que ela vai amar a surpresa, mais tarde passo por lá, sei onde fica, Adeus- acenou.

Jk- Adeus pequena.

Andei até a rua, não avia trânsito algum e minha casa não era longe, era bem a minha frente, era uma casa nada moderna mas sim muito aconchegante, me aproximei e percebi que a porta da casa estava aberta, adentrei rapidamente para ver o que estava acontecendo.

- Mãe? Onde você está? Está em casa?- adentrei a cozinha e não avia ninguém lá, então fui para o quarto quando me aproximei da porta, pude observar minha mãe se beijando com um cara, meu coração palpitou rapidamente e minha visão borrou.

-MÃE!?


















Continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...