1. Spirit Fanfics >
  2. Borboletas no estômago >
  3. Uma amiga quase irmã

História Borboletas no estômago - Capítulo 8


Escrita por: NogitsuneKido

Notas do Autor


Espero que tenham uma boa leitura..

Capítulo 8 - Uma amiga quase irmã


Sakura acordou de uma noite bem dormida apesar do ocorrido, reparando no ambiente desconhecido embora claro e acolhedor. Passou as mãos sobre os olhos e se espreguiçou, pensando no lugar onde estava e lembrando do porquê de estar ali. Sentou-se na cama em que se encontrava constatando estar sozinha, olhou para o relógio no criado mudo e reparou que passava das 9h.


- Hinata? - A rosada chamou saindo da cama, viu que a morena não estava no banheiro pois a porta se encontrava aberta.


Sakura saiu do quarto esperando ver Hinata na sala ou na cozinha e nada. 'Onde essa garota se enfiou? Será que foi comprar algo para o café da manhã?' Ponderava até reparar em um prato com ovos, bacon e uma torrada coberto com plástico-filme sobre a mesa. Ao lado do prato estava seus itens pessoais (celular, chaveiro e carteira) sobre uma Folha de papel com um bilhete.


Bom dia! Espero que tenha conseguido dormir bem, eu tive que sair cedo por causa da minha aula, mas deixei seu café da manhã pronto é só esquentar no micro-ondas. Eu também coloquei uma chave da entrada no seu chaveiro para você trancar a porta se for voltar para sua casa. Minha aula só acaba às 17h, mas se você quiser pode ficar até eu voltar. P.S.: Sua amiga Ino te ligou, eu conversei com ela, mas é melhor você ligar de volta. 


'Será que ela contou tudo o que aconteceu para a Ino?' Pensou Sakura olhando para a chave que Hinata havia deixado presa em uma espécie de mosquetão que tinha em seu chaveiro.


A rosada respirou fundo e pegou o celular, com intenção de ligar para a amiga enquanto aquecia o café da manhã que Hinata preparou no micro-ondas, mas seu celular estava com tão pouca bateria que desligou em sua mão antes de completar a chamada.


Sakura tomou o café de pé mesmo na cozinha, lavou a louça, botou para escorrer e voltou ao quarto para arrumar a cama. Colocou suas roupas de volta antes de retornar para seu apartamento, deixando o pijama que Hinata a emprestou no cesto de roupas sujas no banheiro.


'Mais tarde, quando a Hinata voltar da aula eu a devolvo sua chave.' Pensou enquanto trancava a porta.


- Bom dia! - A voz de um homem chamou Sakura, causando um mini infarto na rosada com susto.


- Bom dia! - Sakura retribuiu olhando para o senhor de cabelos grisalhos, que não era tão velho quanto suas madeixas aparentavam. - Professor Kakashi? Tudo bem? Não sabia que o senhor morava nesse prédio. 


- Ah, Sakura?! Sim, eu estou bem! É eu moro aqui sim. - Respondeu o homem com um sorriso no rosto e um pouco sem jeito ao reparar que a jovem a sua frente era a sua melhor aluna. - E você como está?


- Eu estou bem também, na medida do possível. - A rosada limitou-se a responder com um sorriso amarelo.


- Esse não era o apartamento da Hinata Hyuuga? - Indagou o homem de cabelos grisalhos um pouco curioso, apontando para a porta que Sakura tinha acabado de trancar.


- Sim, é o apartamento dela. - Sakura respondeu agora sorrindo de verdade. - É que eu dormi aqui, mas ela tinha aula cedo hoje e... - Continuava sua explicação. 


- Ah, tá! Entendi. - Kakashi afirmou com um sorriso envergonhado coçando o queixo, sorriso pelo qual Sakura não soube definir o motivo. - Então, de meus comprimentos a ela quando a encontrar.


- Darei sim. - Afirmou a rosada olhando o homem destrancando a porta da cobertura em frente a da Hyuuga.


- Tchau! - O professor deu para a rosada acenando para a mesma. - Tenha um bom dia.


- Tchau! - Sakura se despediu e foi pegar o elevador. - Você também.


A primeira coisa que Sakura fez ao chegar em casa foi pôr o celular para carregar, porque se demorasse muito a falar com Ino era capaz dessa aparecer em sua porta a qualquer momento. Depois pegou as roupas que trouxera da lavanderia na noite anterior para guardar em seu closet, tentava evitar pensar no que poderia ter ocorrido se Hinata não a salvasse.


beep beep beep - O celular de Sakura tocava sobre o balcão da cozinha, era sua amiga Ino ligando.


- Alô! - Sakura respondeu logo após pegar ar e suspirar.


- Sakura, o que aconteceu contigo? - A loira questionou apreensiva. - Você está bem? Eu falei com a Hinata e ela me contou por alto o que aconteceu.


- Sim, eu estou bem. - Sakura informou a amiga. - O que te deu para resolver me ligar tão cedo hoje?


- O sai me disse cedo que passou pelo seu prédio ontem e viu você discutindo com o Sasuke, aí te liguei para ver o que aconteceu e a Hinata me contou o que houve. - Ino cuspia um monte de palavras em Sakura, que reparou pelo tom e velocidade que a loira estava realmente preocupada.


- Ah! - Sibilou a rosada. - Graças a Hinata não aconteceu nada, então não tem com o que se preocupar.


- Aquele maldito bastardo, quem pensaria que ele desceria tão baixo para tentar te violentar. - Falava a loira. - Eu vou para sua casa, passar o final de semana ai com você!


- Não precisa, eu estou bem. - Sakura sorriu pensando na atitude impulsiva da amiga.


- Claro que precisa, não posso deixar todo o trabalho pesado de tomar conta de você com uma desconhecida! - Nessa hora Sakura sabia que Ino se referia a Hinata. - Eu já falei com a minha mãe que vou passar o fim de semana contigo.


- Está bem então! - Concordou a rosada revirando os olhos, embora achasse graça da reação da amiga.


- Ok, na verdade eu já estou chegando, vou estacionar o carro! - Informou a loira encerrando a chamada.


Ding Dong - tocou a campainha pouco tempo depois da loira encerrar a chamada, Sakura abriu a porta e Ino a abraçou chorosa. 'Precisa mesmo de tudo isso?' Sakura se questionou convidando a amiga para dentro.


- Por que você não me ligou ontem a noite sua idiota? - Resmungou a loira colocando sua mochila no chão perto da cama/sofá de Sakura. - Eu teria vindo para ficar aqui com você!


- Eu não queria atrapalhar. - Se explicava a de cabelos róseo. - E de qualquer forma a Hinata ficou comigo, então não fiquei sozinha!


- Sabe, foi uma surpresa para mim quando ela atendeu o seu celular, pensei que tinha ligado para a pessoa errada. - Ino informou sentando-se no sofá. - A Hinata parece ser uma boa pessoa e estava bem preocupada contigo, então depois a agradeça direito.


Sakura assentiu positivamente com a cabeça, sentando-se virada para Ino para que pudessem conversar civilizadamente. Papearam por mais algumas horas sobre o ocorrido e como Sakura estava se sentindo e em certo momento a rosada teve certeza que a loira estava agindo como sua psicóloga particular. Pararam quando deu a hora do almoço por conta da fome, prepararam alguma coisa rápida e passaram o resto da tarde maratonando uma série de médicos na netflix.


Por alguns instantes, enquanto passava uma cena chata e mais do que repetida na série para Sakura, ela deixou seu pensamento vagar até a noite anterior. Relembrando não do incidente com Sasuke, mas da sensação que o toque de Hinata em sua cintura a causou, provocando-lhe novamente aquela sensação e alguns arrepios, um frio de excitação no abdômen inconfundível.


'Aquilo me fez me sentir tão bem.' Sakura afirmou para si mesma olhando para a televisão e mordendo de leve o lábio inferior. 'Eu já tinha reparado que as vezes me sinto atraída em relação a Hinata, será que eu estou gostando dela?' A rosada sorriu, mas tentou não deixar sua ansiedade transparecer para a amiga sentada a seu lada. 'É difícil saber, pois eu nunca gostei de uma mulher antes.'


- Nossa, mas que canalha! - Ino comentou sobre um personagem da série, trazendo Sakura de volta a realidade.


Retornaram ao silêncio de antes da tal fala da loira, mas cenas se passaram até a rosada decidir que queria falar um pouco sobre o assunto de esta possivelmente interessada em Hinata, embora não desejasse expor de quem estava gostando.


- Ino! - Sakura chamou a amiga em tom baixo.


- Humn... - vocalizou a loira, que apesar de esta prestando atenção no que Sakura dizia permaneceu olhando para a TV.


- Acho que estou gostando de alguém! - Informou a rosada, fazendo a loira olhar para ela surpresa.


- Como é que é? - Questionou Ino com um sorriso no rosto querendo saber mais. 


- Na verdade, eu não sei bem se o que estou sentindo é algo nesse sentido romântico ou só uma atração física. - Sakura ponderou antes de se aprofundar no assunto. - Quando eu estou com essa pessoa eu só me sinto muito bem, sabe.


- E eu conheço ele? - Ino incentivou para que Sakura falasse mais, já que era difícil sua amiga puxar conversa sobre tal assunto.


- Eu estou me sentindo tão perdida ultimamente. - Falou Sakura apoiando o rosto nas mãos e desviando do que a loira queria saber.


Ino riu da reação incomum de sua amiga ao falar sobre algo totalmente inusitado para si, como interesse romântico. Sakura sempre fora o tipo de garota feita para os estudos, tinha sido até uma surpresa para a loira quando esta contou que estava namorando com Sasuke.


Knock Knock - Uma notificação no celular de Sakura chamou sua atenção, era Hinata.


~ 16:57 Você está bem? ~


~ 16:57 Minha aula já acabou. ~


~ 16:57 Daqui a pouco estou chegando. ~


~ 16:58 Você ainda está na minha casa? ~


Sakura deixou transparecer um meio sorriso bobo no rosto, coisa de menina apaixonada na concepção de Ino, que apenas a encarava com um sorriso sórdido na cara, apenas esperando que Sakura a olhasse.


~ 16:58 Eu estou bem, estou na minha casa. Minha amiga Ino, com quem você falou mais cedo, veio me vê e disse que vai passar o final de semana aqui. ~


~ 16:58 Ah... hahah :D ~


~16:58 Então eu não vou incomodar vocês ~


~ 16:59 rs.. Você não é um incômodo ~ Sakura franziu o cenho apesar do sorriso ainda bobo na cara.


- Quem é? - Ino perguntou muito curiosa para saber se era o tal cara por quem Sakura estava interessada.


- É a Hinata. - Sakura informou sem desviar os olhos do celular esperando o que Hinata estava digitando. - Ela disse que a aula dela acabou agora.


Ino instintivamente fez cara de quem não estava entendendo mais nada, já que tinha certeza que Sakura trocava mensagens com seu possível interesse romântico. A loira tirou o sorriso sórdido que tinha na cara e franziu as sobrancelhas em dúvida, novamente surpresa com a amiga.


~ 16:59 Quando eu chegar passo ai rapidamente pra te ver. ~


~ 16:59 Okay! Hinata, obrigada por tudo que tem feito por mim, não sei o que teria acontecido se não fosse por você ontem. ~


~ 16:59 Assim você me deixa encabulada. ~


~ 16:59 Vou começar a dirigir ~


~ 16:59 C: até daqui a pouco! ~ a morena finalizou com um rostinho sorrindo.


~ Até! ~ Sakura finalmente colocou o celular de lado e voltou sua atenção para a amiga, que a olhava com cara de quem já tinha entendido tudo e esperava uma explicação. 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...