História Boreal Transformation. - Capítulo 8


Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Magia, Mistério, Misticismo, Profecia, Vampiros, Yuri
Visualizações 51
Palavras 381
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - Capitulo 8


Acordou com os primeiros raios de sol, interferindo na paz de seu sono.


-Deveria ter cortinas... – murmurou, abrindo os olhos.


-já acordada tão cedo?


A voz rouca, fez Eleonor despertar maia rapido.


-olá Akantis. – Eleonor disse meio decepcionada por constatar que tudo era verdade.


Akantis estava do lado oposto, com os braços cruzados, e seu típico sorriso sarcástico.


-hoje é um ótimo dia. Levante-se.

-vem cá, você não dorme? Está muito cedo.

-durmo sim.

-então porq- 

Ao se virar, Eleonor se deparou com uma nova Akantis. Ela estava com uma calça de couro preta justa, uma camiseta preta de mangas compridas, com um decote médio, e uma bota de salto curto. – onde...aprendeu a se vestir?


Eleonor estava incrédula.


-bem... Imagino que o couro seja bem utilizado ainda hoje em dia... E ... O preto combina com tudo, certo?

-sim mas... Onde conseguiu tudo isso da noite pro dia?

-eu tenho meus truques. A propósito...

-Hm?


Eleonor estava sentada na cama.


-como é a sua graça?

-como?

-seu nome...?

-aaah... Eleonor... Eleonor Coulter.

-lindo nome. Pois bem. Se arrume. 


Akantis se sentou numa cadeira ao lado da janela.


-vai ficar sentada ai?

-obviamente.

-ah....


Eleonor se levantou, e mesmo que não fosse se deitar mais naquela cama, a arrumou, e tentou dar um jeito no cabelo, sem escova ou espelho.

Ajeitou com a própria mão, usando o reflexo do celular. Quando mirou o celular em Akantis, não a viu, então olhou para trás, e viu Akantis do mesmo jeito.


-então... Verdade que não aparecem em reflexos ou fotos?

-sim.

-porque? – Eleonor se virou definitivamente, atenta a qualquer explicação.

-longa história. Não entenderia.

-não mesmo?


Akantis balançou a cabeça negativamente. Eleonor desviou o olhar, olhando para seu celular. Percebeu, de canto de olho, que Akantis á observava.


-o que foi?

-nada.

-então porque esta me olhando?

-estou observando. Os humanos são tão... Peculiares.

-ah...é mesmo?

-sim.

-entendo. – Eleonor fica de pé – então vamos?

-claro.


Akantis se levantou, e saiu do quarto, sendo seguida por Eleonor. Foram até o local, onde Eleonor havia caido a algumas horas atrás. Akantis parou e se virou para Eleonor.


-muito bem. Me de suas mãos.

-que?

-suas mãos – Akantis pegou as suas mãos – assim.


Eleonor sentiu que as mãos de Akantis, eram delicadas, e gélidas.


-esvazie a mente. Não pense em nada... Feche os olhos...



Eleonor tentou fazer aquilo, por mais difícil que fosse. Após alguns segundos, sentiu um choque. Eleonor abriu os olhos, e viu que estava no beco, o mesmo da noite anterior. Mas Akantis não estava em sua frente. Nem atrás.


-Akantis?


Notas Finais


Espero que estejam gostando❤
Se gostou não esquece de deixar seu favorito❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...